segunda-feira, julho 4, 2022

Gripen para o Brasil

Array

UCAV atacam campos de treinamento na froteira com o Paquistão

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

uav_mq-9_reaper

Ao menos 15 pessoas morreram pelo impacto de dois mísseis supostamente lançados por aviões americanos não-tripulados no conflituoso cinturão tribal paquistanês na fronteira com o Afeganistão, informou nesta segunda-feira a imprensa paquistanesa.

De acordo com a versão do canal paquistanês Geo TV, que não especificou suas fontes, o ataque foi contra esconderijo de insurgentes na região de Sarpal, situada na região tribal de Kurram. Esta é a primeira vez que se registra um ataque com avião-espião dos EUA em Kurram, embora em outras áreas tribais estas as ações sejam frequentes.

Um oficial das forças de segurança paquistanesas afirmaram que a maioria das vítimas dos ataques são insurgentes islamitas. “Um míssil lançado por um avião sem piloto americano destruiu um centro utilizado pelos talebans em Bhagan, no distrito tribal de Kurram, fronteira com o Afeganistão”, afirmou oficial.

Outro oficial afirmou que, entre as vítimas, estão combatentes estrangeiros –termo usado para designar insurgentes que não são paquistaneses nem afegãos, geralmente militantes da rede terrorista Al Qaeda procedentes de países árabes ou da Ásia Central.

De acordo com outra fonte dos serviços de inteligência, Bhagan é uma área de campos de treinamentos talebans paquistaneses e afegãos. Os insurgentes afegãos utilizam a localidade como retaguarda para suas operações no Afeganistão.

Míssil

No sábado (15), outro disparo de um suposto míssil americano sobre um campo de treinamento de talebans matou 27 insurgentes, em sua maioria combatentes estrangeiros da Al Qaeda.

O ataque com míssil teve como objetivo um campo de treinamento do líder do Movimento dos Talebans do Paquistão (TTP), Baitullah Mehsud, situado na cidade de Ladha (noroeste), no distrito do Waziristão Sul, segundo fontes dos serviços de segurança.

Mehsud não estava no local no momento do ataque. Dois combatentes árabes, assim como talebans locais e uzbeques, morreram no ataque.

Mehsud, líder dos talebans paquistaneses e ligado a Al Qaeda, é acusado pelo governo e pelos EUA de de ter planejado o assassinato da ex-primeira-ministra paquistanesa Benazir Bhutto em 2007. Nesta região, o Exército americano e a CIA, que operam no Afeganistão, são os únicos que possuem aviões espiões sem pilotos.

Os disparos de mísseis se tornaram frequentes nos últimos meses nas zonas tribais. O Paquistão protesta publicamente a cada vez, mas tanto a imprensa americana como a paquistanesa destacam que existe um acordo tácito entre Washington e Islamabad que autoriza os ataques.

FONTE: Folha Online

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Marine

Bom trabalho! Inteligencia acertada garantindo a morte de terroristas e sem “danos colaterais” caso a noticia seja confirmada como foi reportada ate agora.

Semper Fidelis!

Roberto CR

Acho que perdi algo. Os americanos estão autorizados a atacarem alvos no Paquistão?

Sérgio

Tem técnica Israelense no meio, acho que é da “ELBIT” – o Mossad está ultrapassado, assim como “piloto de Combate’ na carlinga. Há! ia esquecendo FX-2 também. Temos que sentar ao lado da molecada com PLAYstation e pau-na-máquina. Há! simulador já era também. EC-725 C-sar ou Black-algo C-sar para que? Vamos economizar! Mas deve ser realmente espetacular v. assistir os “frangos” correndo ou até mesmo não, pq. não sabe nem de onde vem. O desenvolvimento tecnológico é fantastico e há pouco mais de 1 século que criamos asas. Há aproveitando, alguem sabe como criar um sistema de reabastecimento em vôo… Read more »

Baschera

Sergio,
Num avião “pequeno” fazer revo, acho muito difícil.
Helis “pesados” fazem REVO, assim como aviões à hélice dos mais variados tipos……
Se fosse possível um REVO no ST, acho que o probe de reabastecimento deveria estar na ponta de uma das asas ou nada !!

Sds.

Marine

RobertoCR,

Oficialmente no que diz respeito a voce ou eu ficarem sabendo nao. Mas extra-oficialmente no que nunca vamos ter acesso sim.

Sds!

Tiago Jeronimo

Esses Predators são show de bola 🙂

Edmar

Bem que o Brasil poderia ter uns 12 bichinhos desse. Poderia realizar missões na região Amazônica e também em outras regiões do País.

Mauricio R.

O UAV da foto, não é o MQ-9 “Reaper”???

Olha aí outro campo do conhecimento, em que nossa dileta industria de materiais de defesa, não tem sequer tecnologia a altura p/ disputar mercado!!!

Bosco

É o póprio. rsrsrs…..
Que não deixa de ser um Predator “turbinado”

J Roberto

A IAI israelense está desenvolvendo um drone anti-míssil capaz de caçar alvos em terra como baterias de mísseis SAM e lançadores de mísseis balísticos. Será um UAV descartável chamado de Harop. O alcance será de 1000km com autonomia de quatro horas. A aparência externa é similar ao Harpy, mas asas maiores, e nariz mais comprido com canards. O Harop é lançado de terra e usa sensor de imagem para detectar e atacar alvos. Os UAV’s ajudam bastante num campo de batalha,identificando e atacando alvos prioritários e pelo fato de não ser tripulado,se for abatido não necessita resgate de tripulante.

sds!

Túlio

Faço faculdade de Ciência da computação, para o meu trabalho de conclusão de curso, vou projetar e construir um piloto automático para um aero-modelo . Comprei alguns componentes eletrônicos de fora do país, Hong Kong pra ser exato e o correios PERDEU a minha encomenda. Era um acelerômetro e um microcontrolador.

To puto.

Marine

Bom trabalho! Inteligencia acertada garantindo a morte de terroristas e sem “danos colaterais” caso a noticia seja confirmada como foi reportada ate agora.

Semper Fidelis!

Roberto CR

Acho que perdi algo. Os americanos estão autorizados a atacarem alvos no Paquistão?

Sérgio

Tem técnica Israelense no meio, acho que é da “ELBIT” – o Mossad está ultrapassado, assim como “piloto de Combate’ na carlinga. Há! ia esquecendo FX-2 também. Temos que sentar ao lado da molecada com PLAYstation e pau-na-máquina. Há! simulador já era também. EC-725 C-sar ou Black-algo C-sar para que? Vamos economizar! Mas deve ser realmente espetacular v. assistir os “frangos” correndo ou até mesmo não, pq. não sabe nem de onde vem. O desenvolvimento tecnológico é fantastico e há pouco mais de 1 século que criamos asas. Há aproveitando, alguem sabe como criar um sistema de reabastecimento em vôo… Read more »

Baschera

Sergio,
Num avião “pequeno” fazer revo, acho muito difícil.
Helis “pesados” fazem REVO, assim como aviões à hélice dos mais variados tipos……
Se fosse possível um REVO no ST, acho que o probe de reabastecimento deveria estar na ponta de uma das asas ou nada !!

Sds.

Marine

RobertoCR,

Oficialmente no que diz respeito a voce ou eu ficarem sabendo nao. Mas extra-oficialmente no que nunca vamos ter acesso sim.

Sds!

Tiago Jeronimo

Esses Predators são show de bola 🙂

Edmar

Bem que o Brasil poderia ter uns 12 bichinhos desse. Poderia realizar missões na região Amazônica e também em outras regiões do País.

Mauricio R.

O UAV da foto, não é o MQ-9 “Reaper”???

Olha aí outro campo do conhecimento, em que nossa dileta industria de materiais de defesa, não tem sequer tecnologia a altura p/ disputar mercado!!!

Bosco

É o póprio. rsrsrs…..
Que não deixa de ser um Predator “turbinado”

J Roberto

A IAI israelense está desenvolvendo um drone anti-míssil capaz de caçar alvos em terra como baterias de mísseis SAM e lançadores de mísseis balísticos. Será um UAV descartável chamado de Harop. O alcance será de 1000km com autonomia de quatro horas. A aparência externa é similar ao Harpy, mas asas maiores, e nariz mais comprido com canards. O Harop é lançado de terra e usa sensor de imagem para detectar e atacar alvos. Os UAV’s ajudam bastante num campo de batalha,identificando e atacando alvos prioritários e pelo fato de não ser tripulado,se for abatido não necessita resgate de tripulante.

sds!

Túlio

Faço faculdade de Ciência da computação, para o meu trabalho de conclusão de curso, vou projetar e construir um piloto automático para um aero-modelo . Comprei alguns componentes eletrônicos de fora do país, Hong Kong pra ser exato e o correios PERDEU a minha encomenda. Era um acelerômetro e um microcontrolador.

To puto.

Últimas Notícias

FAB intercepta aeronave carregada com 500 kg de drogas

Atuação da Força Aérea tem como objetivo defender o espaço aéreo e proteger as fronteiras do país A Força Aérea...
- Advertisement -
- Advertisement -