domingo, abril 11, 2021

Gripen para o Brasil

Su-35 e F-X2: tudo que sobe, desce…

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

su-35_landed

…e tudo que vem tem volta, como dizem a música e o ditado. Agora a notícia é de que o Su-35 não voltará ao F-X2. Mas mesmo assim, será avaliado. O que isso quer dizer?

Segundo novas notícias veiculadas no site Defesanet (clique aqui para acessar), uma fonte no Ministério da Defesa reafirmou a aderência do ministro Jobin ao programa F-X2, sendo que tanto o Sukhoi Su-35 quanto o Eurofighter Typhoon, concorrentes que não entraram para a lista dos três finalistas, não seriam incluídos novamente no programa. Passariam, isso sim, por uma avaliação técnica da FAB. O que isso realmente quer dizer, só saberemos com razoável clareza após novas declarações, de preferência de alto nível, mostrando detalhadamente como será enquadrada a questão de avaliar as novas propostas. Mas podemos supor, discutir e opinar, e para isso existe o Blog do Poder Aéreo.

su-30mk_n510515_big

- Advertisement -

234 Comments

Subscribe
Notify of
guest
234 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Erich Hartmann

Essas indas e vindas do projeto FX agora “2.0” lembra muito a “mentalidade Jurídica” do ministro da Defesa,pois vai que os russos entraram com um “recurso” (com a vinda do Medvedev no segundo semestre/08) para serem novamente avaliados no projeto?

Zero Uno

Ok. Lido no site defes@net, re-lido e não entendido… Más o que esses cara pretendem? O Saito e o Jobim foram passar frios juntos, e vão decidir o que? Confusão… Más se o Jobim disse que o FX2(excelente idéia essa do site defesanet colocar o 2.0) vai andar, esperaremso para ver.

adelmo

A cada dia que passa o FX2 ou 2,5 fica mais confuso.

Paulo Renato

Declaração sem sentido algum, vai ser avaliado sem estar no FX2, então para que avaliar, essa situação está estranha, acho que os Russos estão vindo com algo interessante ao Brasil, senão não teri a lógica analisar a prosta dele neste momento.
Acho que agora não estão sabendo o que fazer.
Vamos aguardar novas declarações.
Abs.

Rosoboronexport

Quer dizer que o ministro deve ter ido a um churrasco antes de ter dado as DUAS declarações conflitantes. (Churrasco; sabem né… carne, cerveja, caipiroska, carne, caipiroska, caipiroska, cerveja, caipiroska, cerveja …) (Caipiroska é em homenagem) Se nem ele que é ministro sabe o que quer, quem dirá nós, simples cidadãos brasileiros pagadores de impostos adivinhar o que sai de bum-bum de nenem, ops quer dizer, cabeça de ministro… E dá-lhe Brasil! Brasil-il-il!

Erich Hartmann

Pelo que entendi amigo Zero Uno é que antes o FX2 (corrijam-me por favor) era um projeto da FAB,hoje o MD entrou na discussão meio que de”sola” acrescentando mais participantes(SU-35BM e Typhoon) de forma “sutil” afirmou que deverão ser avaliados pela FAB…O que seriam essas declarações ou impressões postas disputas de poder/decisão sobre o tema?

(desculpem a sinceridade …mas parece que os dois[não quero acreditar isso sobre Saito] precisam sentar para conversar sobre mala preta de última hora…)

Pedro

Todo o sentido do mundo. O FX 2 não vai “estacionar” a defesa brasileira, principalmente porque ninguém vai dar tecnologia de quinta geração de mãos beijadas aos brasucas, e parece que o Ministro Jobim não quer jogar todas as suas fichas em um único vetor para defesa. E se o fornecedor desse único vetor não cumpriri os contratos ou fornecer códigos fontes a forças inimigas do brasil, mas suas aliadas???? Já disse e repito que no Brasil as compras de armas são diretas. Então o que impede o Brasil de adquirir um dos vencedores do FX2 com transferência de tecnologia… Read more »

Mauricio R.

Será que o Mangabeira leva jeito p/ ser o “Curly” desses “3 Patetas” da defesa nacional???

Jobim; Saito e…Unger!!!

Erich Hartmann

Uma hipótese otimista e desejando a crer boa vontade/eficiência de todos o envolvidos…na entrevista do Sr.Saito em 28/01/2009 percebe-se uma certa falta de fé que o projeto FX2 seria de fato finalizado pela conjuntura de crise econômica mundial etc e de repente vem o ministro da defesa mobiliza-se politicamente junto aos russos e representantes do consórcio eurofighter para tirar novos “coelhos das cartolas”(off-sets,vantagens,algumas “transferências tecnológicas” etc). Nesta hipótese quero acreditar que os Russos poderiam pela perda certa de receitas do petróleo e suprir com expansão das exportações de armas(de US$7.4bilhões em 2007 para 8.4 em 2008) vir oferecer vantagens consideráveis… Read more »

Manfred Von Richthofen

Senhores, vocês se lembram da questão do caça-tampão da FAB, que substituiu o Mirage IIIEBR? O Mirage 2000 é o avião que a FAB queria? Claro que não…
E alguns ainda acham que o avião comprado finalmente no F-X2 será aquele selecionado pela FAB? Doce ilusão…
Com a crise que temos aí, a melhor proposta $$$ vai levar o contrato. E os russos sabem disso muito bem.

Fábio Max

Será que está passando pelas loucas cabeças do governo ir até o final com o FX adquirindo os caças, mas ao mesmo tempo comprar um lote de aviões russos, para agradar gregos e troianos?

Pedro

Por que “loucas” Fabio? O Brasil não tem capacidade para manter 120 vetores do tipo Rafale F3 mais 40/60 SU35, p.ex? Nós somos o país em que deputados tem castelos, aloprados aparecam com milhões em suas cuecas e o presidente, em uma canetada, “dá” o BNDES R$ 150 bi só para reforçar o caixa dos “cumpadis”(muito mais que suficiente para comprar os 120 vetores do FX2 e mais 60 SU 35 BM à vista, com valor total de R$ 33.7 bi e ainda sobrariam R$ 116 bi para custeio da FA e para aquisições nas outras Forças!!) A idéia de… Read more »

Zero Uno

Acho que devemos operar apenas um tipo de aeronave de 1a linha. Não podemos e não temos grana suficiente para operar vetores diferentes. Até mesmo países do 1o mundo estão optando por isso. Logo irão padronizar toda a frota de caças. Os EUA “inventaram” o F35 – que mais parece um F22 menor – justamente porque o F22 não “cabem” em seus porta aviões… Vão continuar operando seus F18 e F16 devido ao atraso no programa F35. Más a intensão é substituir todos eles.

marujo

A volta do F-35 e o do EF-2000, para mim, tem duas explicações: a compra de um aparelho mais barato (nesse caso, o caça europeu entra para figuração) em tempo bicudos como o de hoje, ou estratégia de negociação para arrancar mais vantagens econômicas e tecnólgicas do fabricante ou do país do aparelho selecionado. O FX-2 hoje é um programa do MD, é fato,mas é impossível que Jobim e o comando da Força Aérea estejam jogando separado. A FAB não fez nenhuma reclamação até agora da volta do SU-325.Fez?

Paulo Renato

Parabéns PEDRO seus comentários foram ótimos e totalmente reais !!!

É isso aí.

Vamos parar de reclamar o que vier dentro dessas escalas será ótimo.
ou preferem os xavantes modernizados.

Abs.

Felipe Cps

Concordo em partes com o Pedro e:

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, as viúvas dançaram HAHAHAHAHAHAHAHA…

Demorou, rsrsrsrsrs…

Felipe Cps

Kd A viuvada agora????? Apareçam, ahuahuahuahuahuahua

Algol

“Su-35 volta ao F-X2”

HÁ! PEGADINHA DO MALANDRO!

Cronista

Pessoal, vamos com calma. Pensei eu em várias hipótese, até porque alguns colegas aqui são pródigos em teorias da conspiração e congêneres…. Quais são os fatos até agora? 1- Serão 36 caças com *potencial* para 120, considerando substituir Mirage, F-5 e AMX (só aqui são 100); 2- A questão da transferência de tecnologia é crucial, mas TODO mundo sabe que por maior e mais bem preparado que seja o contrato, é uma questão de altíssimo valor estratégico e, não raro, sensível ao humor de um único pol~itico ou um pequeno grupo deles (MIGs peruanos no chão, mísseis chilenos e de… Read more »

Cronista

Dei uma lida na reportagem do defesanet.
Confusa.
Melhor aguardar para ver…

Dalton

Cronista…

Limitar a escolha dos avioes da FAB ao fato de possuirmos o porta-avioes Sao Paulo ?

Quando estes avioes finalmente chegarem ao Brasil, o Sao Paulo terá mais uns dez anos de vida apenas, com ou sem ski jump.

Ou seja, o Sao Paulo será aposentado mas os avioes continuarâo por muitos e muitos anos ainda e nao há um indicativo de como será o nosso novo porta-avioes, se é que haverá um porta-avioes .

abraços

Algol

Que fique claro que meu comentário acima não foi direcionado aos fãs do Su-35 (sou “parcialmente” um deles) e sim à palhaçada que se tornou o F-X2.

Douglas

O Silêncio da FAB é preocupante. Como o poder militar é constitucionalmente submetido ao poder civil, acho que a FAB está meio estupefata contudo não querendo entrar em rota de colisão com o MD. O lobby russo no gabinete de Jobim é esquisito e transformou a short list da FAB em coisa nenhuma. É isto, coisa nenhuma, a avalição preliminar pareceu sem importancia, os prazos impostos tambem ficam sem sentido e o peso tecnico-politico do pessoal do comando militar que planejou a short list também foi pro beleléu. E como isso se deu? Bastou uma visita de um grupo de… Read more »

Douglas

Afinal de contas qual foi o parãmetro adotado?
Tem que ter parametro. Esse negocio de ficar indo e vindo. transformando prazos e análises prelminares em pó, só serve pra tumultuar o ambiente.

Só um comentário a parte: acho esquisito o Rafale nao ir ao show Indiano enquanto que a India está escolhendo o vencedor de uma disputa pra caça médio que irá resultar em 126 aquisições……

Algol

Douglas, isso que você disse sobre o Su-35 ser selecionado “a parte”, paralelamente ao F-X2 é algo que eu não havia pensado e que eu não acho tão difícil de acontecer não, levando em conta o histórico desta concorrência e deste país.

Douglas

É Algol…. Compraríamos 24 SU 35 ou Eurofighters pra Anapolis… .. e uns 80 caças mais leves como o gripen… pra maioria das interceptações..

Se é isso, tudo foi feito como não se deveria, ou seja, sem transparencia nenhuma. sem aparente critério. com decisões de gabinete palaciano.

marko

Q PAIS COMPLICADO !!! VAI ENTENDER…

Algol

É Douglas, não sei se estamos sendo muito paranóicos mas será que os russos e “europeus do Typhoon” não estão mesmo tentando nos empurrar uma quantidade menor de seus caças “por fora”, sabendo de como as coisas funcionam por aqui? Seria vergonhoso mesmo.

Pedro

Mas continua a questão: a compra é direta. O FX2 pode sim virar o “programa do caça médio brasuca” e o MD, numa sentada, pode escolher esse ou aquele como caça pesado. Afinal compra direta é isso: quero o X e trago! Ponto final. SE isso vier a ocorrer (mas eu duvideodó que “neste país” se imaginasse algo tão espetacular para nossa defesa aérea, entretanto tenho esperanças que alguma “boa alma” ilumine nossos politicos nesse sentido) as escolhas não estão erradas não! F18, Rafale F3 e Grippen NG são caças médios mesmo, isso se comparados aos EF2000 e aos SU35BM.… Read more »

Douglas

Pedro, se fosse isso, a compra direta, de qualquer modo tem que ser transparente e partir da FAB, do seu corpo tecnico, do seu comando; e não de uma reunião de lobistas em gabinete trancado com politicos da vez.
Não é assim que se faz politica de defesa.
Não cheira bem.

Abraço

Manfred Von Richthofen

Douglas, o Su-35 só foi “eliminado” da primeira fase por causa dos off-sets. Ao contrário do que se pensa, não foi por causa da desconfiança em relação ao serviço pós-venda russo.
Se os russos vierem com uma proposta de off-sets vantajosa ao Brasil, por que não considerar o avião novamente?

Douglas

Chegou o pelego Mauro, entricheirado atras das ofensas habituais contra tudo e contra todos que articulem sobre a tal reunião de lobistas.. até parece que a reunião não ocorreu… ou que “Assim a mencionada (re)avaliação do caça russo Sukhoi Su-35 e também do caça do consórcio EUROFIGHTER ficariam no âmbito de uma avaliação técnica na FAB. ”

O que isso significa??

Manfred Von Richthofen

Mauro, você ouviu a gravação do Programa de Rádio no qual o NJ diz claramente que o Su-35 será reavaliado?

Pedro

Eu não voto no lula, nem pretendo votar na dilma ou qualquer candidato de esquerda. Dito isso para esclarecer não ser partidário “deste governo” não posso compreender esse “medo” da compra direta PREVISTA EM LEI. Afirmar que todo investimento em material bélico deve ser feito à portas abertas não dá. Primeiro porque a autoridade máxima para efetuar as compras diretas agora, nos termos da END, é o MD, então o Jobim ode ir lá sim senhores e comprar o que entender necessário pra defesa, numa canetada no chequão! Segundo que seria pré-julgar um programa que ainda nem mesmo existe de… Read more »

Pedro

É “numa canetada no Checão!” Desculpem…

evandro

DOS TRÊS FINALISTAS.
O GRIPEN NG É A AÉRONAVE QUE O BRASIL PROCURA. ELE É MONO MOTOR, TEM UM RADAR CAPAZ, PODE LEVAR 4 MÍSSEIS BVR, INCLUSIVE OS DERBY QUE JÁ POSSUÍMOS, TEM UM CUSTO OPERACIONAL BAIXO, TEM UMA AMPLA OPÇÕES DE ARMAMENTOS O ÚNICO PROBLEMA É A AUTONOMIA. QUE NO “GRIPEN NG” FOI MELHORADA, MAS EU QUERIA MESMO O “F/A 18 SUPER HORNET” QUE É UMA OPÇÃO MINHA.

AÍ FELIPE CPS:
VIUVADA… FOI BOA!!!! HAHAHAHAHAHAHA…..

A ÚNICA VERSÃO DO SU_35 QUE A VIUVADA VAI SE CONTENTAR É:

SU_35 – PLAYSTATION III. RSRSRSRSR.

ABRAÇOS A TODOS.

Nunão

MAURO E DOUGLAS, ATENÇÃO POR FAVOR:

Ok, um já chamou o outro de pelego, que já respondeu com mentiroso e mau-caráter… Acho que não preciso avisar para parar a escalada por aqui e manter o debate num tom civilizado, certo?

Um bom debate a todos.

Nunão

Hum, Mauro… achei essa sua defesa muito nebulosa… E, por causa do “tio”, vou colocar uma advertência na sua caderneta.

Lecen

Pessoal, se o Jobim falou que o Su-35 será avaliado apesar de não estar concorrendo ao FX-2, isso só pode significar duas coisas:

1) Ele está enrolando e de fato os dois aviões serão analisados também.

2) Veremos um programa paralelo ou sucessor do FX-2. Ou talvez nem isso, talvez um acordo direto e simples para se comprar outro vetor.

madvad

Eu acho que essa avaliação do Su35 “á parte” do FX2..seria para uma outra aquisição, “á parte” mesmo.

O FX2 continuaria com os 3 finalistas..e fora a compra do ganhador destes,a FAB poderia comprar o Su35 para Anápolis…

Apenas um delírio meu…mas na minha mente, não tem outra explicação para analisarem o Su35 novamente, e afirmar que ele nao voltará a concorrência FX.

Wolfpack

Isso têm um claro significado, o FX2 está morto, porém não anunciaram ainda. Avaliação do SU35 e do EF2000 para quê? Qual a fidelidade da informação entregue a FAB e ao MD? OS dois podem estar super-valorizando suas características e apresentando um proposta aquém da realidade de ambos somente para colocar mais pontos de interrogação na FAB e no MD. Uma palhaçada. Isso só pode ser piada de mau gosto. Advogado/Juiz é uma Mer…….

Raphael

UAHUAHUHAUHAUHUAHAU Brasil….

Billy

Só pode significar que o FX 2 está morto.

Billy

Só pode significar que o FX 2 está morto!

Wolfpack

Segundo do DEFESA.NET a FAB recebeu esta notícia como um CHOQUE…
Isso já diz tudo… Armaram a cama de gato para derrubar o FX2.

Hornet

Bão, se o FX2 está morto, então o jeito é começarmos a nos preparar para ficarmos sem aviação de caça para os próximos 50 ou 60 anos. Pois essa janela, aberta com o FX2, se for fechada agora, só daqui uns 50 ou 60 anos para retomarmos, se é que iremos retomar, a aviação de caça na FAB. Os F-5 M e os Mirages 2000 se aposentam daqui uns 15 anos. Logo depois se aposentam os AMX, e ficamos apenas com os Super Tucanos por mais algum tempo, e depois eles se aposentam também…e ficamos sem caça nenhum. Bão, né?… Read more »

evandro

URGENTE

LEIAM MATÉRIA PUBLICA EM SITE DE DEFESA:

http://www.areamilitar.net/noticias/noticias.aspx?NrNot=731

DIZ NO FINAL DA REPORTAGEM QUE A RÚSSIA NÃO VAI MAIS ADQUIRIR AÉRONAVES SU 27 E DERIVADOS SU_35.

PARA MIM JÁ BASTA!!! SE QUEM FABRICA NÃO VAI MAIS COMPRAR PORQUE O BRASIL TEM DE COMPRAR??? QUE VENHA OS F18 SUPER HORNET.

Baschera

Mauro,
Calma…. foi só um factóide com cheiro ruim !!
Sempre digo aqui em outros lugares, que o NJ é um “boca de jacaré”….. como bom político que é.
Como ele e o Saito foram passar frio juntos na antártida, a notícia esfriou também. Gelllaaadaaaaaa!!!!

Sds.

Hornet

Mas a pergunta feita pela chamada do Blog procede.

Acho que houve um ruído provocado pela declaração do Jobim, e a tentativa de arrumar esse ruído só está piorando as coisas…é aquela velha história: a emenda está saindo pior que o soneto…hehehe

abraços a todos

Hornet

Baschera,

acho que vc está certo…também estou pensando por aí.

abraços

Combates Aéreos

Canhões do F-5: efetividade comprovada contra… F-5!

O curioso caso de um F-5E da FACh abatido por outro F-5E chileno em 1981 Nos últimos dias e...
- Advertisement -
- Advertisement -