Home Aviação Comercial Comandante da Aeronáutica assina contrato inédito com a França

Comandante da Aeronáutica assina contrato inédito com a França

472
170

ec725-cougar-1

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, representando as três Forças Armadas, assinará, nesta terça-feira (23), no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, contrato para a produção, no Brasil, e fornecimento de 50 helicópteros militares (EC-725). Este projeto destina 16 aeronaves para a Marinha do Brasil, 16 para o Exército Brasileiro e 18 para a Força Aérea e será firmado pelo presidente da Eurocopter, Sr. Lutz Bertling, representante do grupo europeu EADS que é especializado em Defesa.

O contrato, fruto de uma cooperação no campo aeronáutico entre o Brasil e a França, visa consolidar e ampliar o intercâmbio e a colaboração na área militar, além de incentivar as atividades industriais e comerciais entre os dois países.

Salienta-se, ainda, que o acordo contempla a fabricação das aeronaves no Brasil, no âmbito da Helibras e de parcerias com outras empresas, assim como a transferência de tecnologia e medidas de Compensação Comercial (“Off Set”).

O contrato foi consolidado a partir de exigências de requisitos operacionais estabelecidos pelas três Forças, objetivando a realização de projetos de engenharia, fabricação, adaptação e modernização de helicópteros, bem como capacitação de pessoal, no Brasil.

A assinatura deste contrato com a EADS é inédita, porque representa o primeiro projeto em conjunto das três Forças Armadas para a aquisição de material de emprego militar. A previsão é que as primeiras aeronaves sejam recebidas no final de 2010.

Fonte: CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA AERONÁUTICA

170 COMMENTS

  1. Gaspar,

    O modelo é o EC-725 mais conhecido por Super Cougar. Os opcionais ainda não sei, mas creio que estejam incluídos NVG, FLIR, CHAFF, FLARE, etc.

  2. Gaspar,

    O modelo é o EC-725 mais conhecido por Super Cougar. Os opcionais ainda não sei, mas creio que estejam incluídos NVG, FLIR, CHAFF, FLARE, etc.

  3. Galante,
    Atenção : O Comando da Aeronáutica deu sinal verde para que iniciem os estudos para de análise da viabilidade técnica-operacional de um vetor de tranporte com payload superior a 40 tons e com capacidade de voar full sem revo por no mínimo 4000KM.
    Será que termos C-17 ou IL-76 na FAB ??

    Sds.

  4. Galante,
    Atenção : O Comando da Aeronáutica deu sinal verde para que iniciem os estudos para de análise da viabilidade técnica-operacional de um vetor de tranporte com payload superior a 40 tons e com capacidade de voar full sem revo por no mínimo 4000KM.
    Será que termos C-17 ou IL-76 na FAB ??

    Sds.

  5. Concordo com o Bosco! Mas nem pelo aspecto tecnico das aeronaves em si, mas sim pela negociaçao. Esses Super Cougar estao trazendo tecnologia e investimentos para o pais. Os Mi-35, na minha opiniao, soh dor de cabeça. Absurdo nao ter nem um offsetzinho, e nao me venham falar em centro de manutençao pra eles pq isso eh o basico do basico e abrir um centro para apoiar 12 helicopetros aqui e mais 24 na Venezuela nao faz sentido comercial algum!

    E quanto a primeira compra JOINT da FAs brasileiras, meus parabens! Vamos agora unificar a instruçao basica de asas rotativas, centrada em aeronaves Esquilo das 3 FAs!

  6. Concordo com o Bosco! Mas nem pelo aspecto tecnico das aeronaves em si, mas sim pela negociaçao. Esses Super Cougar estao trazendo tecnologia e investimentos para o pais. Os Mi-35, na minha opiniao, soh dor de cabeça. Absurdo nao ter nem um offsetzinho, e nao me venham falar em centro de manutençao pra eles pq isso eh o basico do basico e abrir um centro para apoiar 12 helicopetros aqui e mais 24 na Venezuela nao faz sentido comercial algum!

    E quanto a primeira compra JOINT da FAs brasileiras, meus parabens! Vamos agora unificar a instruçao basica de asas rotativas, centrada em aeronaves Esquilo das 3 FAs!

  7. Concordo com o Almeida que por sua vez concorda com o Bosco, apesar de críticas quanto à desatualização do projeto, e que está saindo de linha na Europa, para nós está de bom tamanho, só o fato de ser zerinho e fabricado aqui já empolga bastante.

    Espero que o índice de nacionalização seja bem superior aos 50% prometidos, para que não sejamos apenas MONTADORES de helis e sim FABRICANTES de helis. fico feliz pela Elbit Systems e a AEL entre outras suas subsidiárias estarem no Brasil a participar de vários projetos como os upgrade nos amx, e talvez atuando como fornecedora de aviônicos para os EC-725BR, e quiçá do FX2.

    Sds.

  8. Concordo com o Almeida que por sua vez concorda com o Bosco, apesar de críticas quanto à desatualização do projeto, e que está saindo de linha na Europa, para nós está de bom tamanho, só o fato de ser zerinho e fabricado aqui já empolga bastante.

    Espero que o índice de nacionalização seja bem superior aos 50% prometidos, para que não sejamos apenas MONTADORES de helis e sim FABRICANTES de helis. fico feliz pela Elbit Systems e a AEL entre outras suas subsidiárias estarem no Brasil a participar de vários projetos como os upgrade nos amx, e talvez atuando como fornecedora de aviônicos para os EC-725BR, e quiçá do FX2.

    Sds.

  9. Leo Paiva, concordo contigo.

    Já que vc concordou com o Almeida, que concordou com o Bosco, então estou concordando com os amigos citados, por tabela.

    um forte abraço

  10. Leo Paiva, concordo contigo.

    Já que vc concordou com o Almeida, que concordou com o Bosco, então estou concordando com os amigos citados, por tabela.

    um forte abraço

  11. Esse aí da foto então ta igual a um chevetinho que eu tinha. Todo equipado. Flir, sonda para REVO, metralhadoras, lançadores de flares, gancho de carga, flutuadores infláveis, receptores passivos, etc.
    PsiPsiuuuu!

  12. Esse aí da foto então ta igual a um chevetinho que eu tinha. Todo equipado. Flir, sonda para REVO, metralhadoras, lançadores de flares, gancho de carga, flutuadores infláveis, receptores passivos, etc.
    PsiPsiuuuu!

  13. Hornet,

    já que virou “tabela”, sou mais um nessa fila.

    Jacubão,

    Não foi a Romênia que desenvolveu uma versão de ataque? E baseado no SA-330 Puma?

    A África do Sul usa o Rooyvalk como heli de ataque.

  14. Hornet,

    já que virou “tabela”, sou mais um nessa fila.

    Jacubão,

    Não foi a Romênia que desenvolveu uma versão de ataque? E baseado no SA-330 Puma?

    A África do Sul usa o Rooyvalk como heli de ataque.

  15. Ô loco, Bosco! Que chevetinho era esse, com FLIR, metralhadoras, lançadores de flares, gancho de carga, flutuadores infláveis, receptores passivos?

    Quanto que vc pagava de IPVA desse chevetinho?….hehehehe

    eu entendi o seu comentário…mas não resisti…hehehe

    Na verdade, isso tudo que vc falou é só o que dá pra ver na parte externa do heli (aí da foto). Na parte interna tem MP3 player, rádio AM e FM, ar condicionado, encosto reclinável, frigobar e uma fitinha do Senhor do Bonfim amarrada no retrovisor…kkkkkk

    um grande abraço

  16. Ô loco, Bosco! Que chevetinho era esse, com FLIR, metralhadoras, lançadores de flares, gancho de carga, flutuadores infláveis, receptores passivos?

    Quanto que vc pagava de IPVA desse chevetinho?….hehehehe

    eu entendi o seu comentário…mas não resisti…hehehe

    Na verdade, isso tudo que vc falou é só o que dá pra ver na parte externa do heli (aí da foto). Na parte interna tem MP3 player, rádio AM e FM, ar condicionado, encosto reclinável, frigobar e uma fitinha do Senhor do Bonfim amarrada no retrovisor…kkkkkk

    um grande abraço

  17. Vassily, exatamente a IAR da Romênia desenvolveu uma versão de ataque baseado no 330 Puma ,tem um ensaio em vôo em uma Revista FA antiga.

    Pelo que li, lá ficaram bem impressionados com a capacidade do bicho!

  18. Vassily, exatamente a IAR da Romênia desenvolveu uma versão de ataque baseado no 330 Puma ,tem um ensaio em vôo em uma Revista FA antiga.

    Pelo que li, lá ficaram bem impressionados com a capacidade do bicho!

  19. Alguém sabe o nome certo do “gancho de carga” a que me referi.
    Um dispositivo dotado de um sistema de controle, um motor, um carretel, uma série de barras de reforço, uma calha guia, um cabo e com um gancho no finalzinho, e que serve para carregar e descarregar cargas e pessoas, não pode ser chamado só de “gancho de carga”.
    “Guincho” seria até mais apropriado.rs.rs……Mas sei que tem um nome próprio. Quem sabe?

  20. Alguém sabe o nome certo do “gancho de carga” a que me referi.
    Um dispositivo dotado de um sistema de controle, um motor, um carretel, uma série de barras de reforço, uma calha guia, um cabo e com um gancho no finalzinho, e que serve para carregar e descarregar cargas e pessoas, não pode ser chamado só de “gancho de carga”.
    “Guincho” seria até mais apropriado.rs.rs……Mas sei que tem um nome próprio. Quem sabe?

  21. Será que o chevette da foto vem com bola do câmbio (ou melhor, bola da barra de controle) com siri?

    Tem que ter encosto do banco com bolinhas massageadoras.

  22. Será que o chevette da foto vem com bola do câmbio (ou melhor, bola da barra de controle) com siri?

    Tem que ter encosto do banco com bolinhas massageadoras.

  23. Hornet,
    isso é porque não falei de um fuscão modelo Fafá que já tive nos bons e velhos tempos. Desse eu só falo quando tiver um post do V-22.rs.rs…
    Um abraço.

  24. Hornet,
    isso é porque não falei de um fuscão modelo Fafá que já tive nos bons e velhos tempos. Desse eu só falo quando tiver um post do V-22.rs.rs…
    Um abraço.

  25. Bosco, faixa branca é mais comum que o siri… O fusca 68 do meu sogro, que acumula poeira aqui na minha garagem, tem 4 belos faixas brancas. Aliás, preciso comprar uma bobeirinha de um platinado (lembra disso?) pra botar o bicho pra funcionar de novo.

    Voltando aos Helis, interessante que antes se falava em 51, sendo exatamente 17 pra cada força. Agora são 50, 16+16+18. Gostava mais do número anterior, tinha achado uma boa idéia…

  26. Bosco, faixa branca é mais comum que o siri… O fusca 68 do meu sogro, que acumula poeira aqui na minha garagem, tem 4 belos faixas brancas. Aliás, preciso comprar uma bobeirinha de um platinado (lembra disso?) pra botar o bicho pra funcionar de novo.

    Voltando aos Helis, interessante que antes se falava em 51, sendo exatamente 17 pra cada força. Agora são 50, 16+16+18. Gostava mais do número anterior, tinha achado uma boa idéia…

  27. Bosco e Nunão,

    faltou a “mãozinha” que dá tchau grudada no parabrisa….socuerro!!!

    Nossa! Manda suspender esse contrato dos helis…acabamos com eles aqui, virge porca miséria!!!…kkkkkk

    abração aos dois

  28. Bosco e Nunão,

    faltou a “mãozinha” que dá tchau grudada no parabrisa….socuerro!!!

    Nossa! Manda suspender esse contrato dos helis…acabamos com eles aqui, virge porca miséria!!!…kkkkkk

    abração aos dois

  29. A versão de ataque da Romênia é o IAR-330. Tem canhão numa torreta abaixo do nariz de CR, foguete, mísseis ar-ar e nada mais, nada menos, que os Spike ER israelenses.

    Esse Cougar da foto está configurado igual ao HH-60 americano. Só falta um sistema de supressão do calor das turbinas e um interferidor IR.

  30. A versão de ataque da Romênia é o IAR-330. Tem canhão numa torreta abaixo do nariz de CR, foguete, mísseis ar-ar e nada mais, nada menos, que os Spike ER israelenses.

    Esse Cougar da foto está configurado igual ao HH-60 americano. Só falta um sistema de supressão do calor das turbinas e um interferidor IR.

  31. Com todos esses “opcionais” no meu chevete só vai faltar é pintar de rosa e “vender” pro “Falcão” (o cantor), porque eu tô fora.
    Rs.rs.rs….

  32. Com todos esses “opcionais” no meu chevete só vai faltar é pintar de rosa e “vender” pro “Falcão” (o cantor), porque eu tô fora.
    Rs.rs.rs….

  33. Francisco M. Xavier,

    Aquela lapiseira gigante é a Metralhadora de Apoio Geral ( Mitrailleuse d’Appui General ), MAG, de fabricação Belga, 7,62mm NATO.

    Creio que não será difícil vê-la nos nossos futuros EC-725, dependendo da utilização que lhe seja dada, pois os exército opera esse equipamento.

    Direto das profundezas da Wikipédia para o colega.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/FN_MAG

    Sds.

  34. Francisco M. Xavier,

    Aquela lapiseira gigante é a Metralhadora de Apoio Geral ( Mitrailleuse d’Appui General ), MAG, de fabricação Belga, 7,62mm NATO.

    Creio que não será difícil vê-la nos nossos futuros EC-725, dependendo da utilização que lhe seja dada, pois os exército opera esse equipamento.

    Direto das profundezas da Wikipédia para o colega.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/FN_MAG

    Sds.

  35. Eu já vi um desembarque de paraquedistas do EB de um Cougar e vos digo, pensei que nao ia mais parar de sair gente de lá! Depois quando eu entrei eu como aquilo é uma “lotação” sempre cabe mais um rsss

    Parabens para o MD que fez a primeira “grande compra” em conjunto!

  36. Eu já vi um desembarque de paraquedistas do EB de um Cougar e vos digo, pensei que nao ia mais parar de sair gente de lá! Depois quando eu entrei eu como aquilo é uma “lotação” sempre cabe mais um rsss

    Parabens para o MD que fez a primeira “grande compra” em conjunto!

  37. Os Rooyavalks sul-africanos sao baseados no Super Puma tambem, motorizaçao, rotores, etc.

    O Caracal da foto tem supressores IR na saida dos motores, eu ja analisei imagens IR dele com e sem aquela saida de ar.

    Tambem conheço como guincho, nas portas laterais para infiltraçao/extraçao de combate e como gancho, na parte inferior da fuselagem para transporte de carga.

    A todos os que concordaram comigo e o Bosco orbigado, e que mais ninguem aqui diga que a gente so reclama! 😛

    E Bosco, quero comprar esse teu chevelho! 🙂

  38. Os Rooyavalks sul-africanos sao baseados no Super Puma tambem, motorizaçao, rotores, etc.

    O Caracal da foto tem supressores IR na saida dos motores, eu ja analisei imagens IR dele com e sem aquela saida de ar.

    Tambem conheço como guincho, nas portas laterais para infiltraçao/extraçao de combate e como gancho, na parte inferior da fuselagem para transporte de carga.

    A todos os que concordaram comigo e o Bosco orbigado, e que mais ninguem aqui diga que a gente so reclama! 😛

    E Bosco, quero comprar esse teu chevelho! 🙂

  39. A “lapiseira gigante” não é metralhadora, é sonda para reabastecimento em vôo. Os requisitos das aeronaves que equiparão cada Força são determinados por uma Subdiretoria do CTA.

  40. A “lapiseira gigante” não é metralhadora, é sonda para reabastecimento em vôo. Os requisitos das aeronaves que equiparão cada Força são determinados por uma Subdiretoria do CTA.

  41. kkkkkkkkkkk!!!!!!! Wellinton a vovo’ aqui adorou o seu cartao de natal pras viuvas de Sukhoi do meu saudoso Brasil varonil!!!!! Feliz Natal e Deus abencoe os meus netinhos queridos que eu vou pedir pros pilotos bolivarianos daqui da Chavelandia pra onde eu me mudei pra voar no Natal em cima de voceis ai no Brasil puxando o papai noel!!!!!!! e a veia aqui vai voar de saco como eles falam por ai!!!!! saco de papai noel!!!!

    PS-esse helicoptero e’ muito feio helicoptero russo e’ muito melhor e e’ mais barato e leva muito mais viuva dentro!!!!

  42. kkkkkkkkkkk!!!!!!! Wellinton a vovo’ aqui adorou o seu cartao de natal pras viuvas de Sukhoi do meu saudoso Brasil varonil!!!!! Feliz Natal e Deus abencoe os meus netinhos queridos que eu vou pedir pros pilotos bolivarianos daqui da Chavelandia pra onde eu me mudei pra voar no Natal em cima de voceis ai no Brasil puxando o papai noel!!!!!!! e a veia aqui vai voar de saco como eles falam por ai!!!!! saco de papai noel!!!!

    PS-esse helicoptero e’ muito feio helicoptero russo e’ muito melhor e e’ mais barato e leva muito mais viuva dentro!!!!

  43. Dumont,
    é provável que as especificações de cada força sejam feitas depois, mas “parece” que os Cougars da MB não serão usados na função antisubmarina e nem antinavio, portanto não terão os Exocets e deverão assumir funções gerais.

    Francisco,
    metralhadoras montadas nas portas de helicópteros de combate servem mais para deixarem a cabeça do inimigo baixa, tendo muito mais função psicológica, portanto, considero a MAG (ou M240) tão boa quanto qualquer uma. Ta certo que uma Minigun impõe mais “efeito psicológico”, mas consome muita munição, e nesses tempos de vacas magras….
    Ao meu ver a melhor metralhadora lateral para helicópteros é a Gecal 50 (GAU-19/A) em calibre ponto 50, com três canos rotativos. Tem o dobro do alcance da munição 7,62 e uma cadência 4 X maior.

    Um abraço a todos.

  44. Dumont,
    é provável que as especificações de cada força sejam feitas depois, mas “parece” que os Cougars da MB não serão usados na função antisubmarina e nem antinavio, portanto não terão os Exocets e deverão assumir funções gerais.

    Francisco,
    metralhadoras montadas nas portas de helicópteros de combate servem mais para deixarem a cabeça do inimigo baixa, tendo muito mais função psicológica, portanto, considero a MAG (ou M240) tão boa quanto qualquer uma. Ta certo que uma Minigun impõe mais “efeito psicológico”, mas consome muita munição, e nesses tempos de vacas magras….
    Ao meu ver a melhor metralhadora lateral para helicópteros é a Gecal 50 (GAU-19/A) em calibre ponto 50, com três canos rotativos. Tem o dobro do alcance da munição 7,62 e uma cadência 4 X maior.

    Um abraço a todos.

  45. O Super Cougar é similar em tecnologia ao AW-101 ??
    Pq esse esta sendo adotado em massa na Europa…
    Nao estariamos adquirindo um modelo obsoleto?

  46. O Super Cougar é similar em tecnologia ao AW-101 ??
    Pq esse esta sendo adotado em massa na Europa…
    Nao estariamos adquirindo um modelo obsoleto?

  47. Bosco, procura no youtube, vasto material, sobre a minigun 7,62 com munição incendiária…. se aquilo não é o inferno na terra eu não sei mais o que pode ser, em termos de metralha lateral…. estas armas com munição perfurante tranformam o chopper portador em uma máquina mortífera para combate urbano e contra blindagens leves, o inimigo não tem onde se esconder!!! já ví vários vídeos e li artigos sobre o emprego de tais armas… é psicológico sim, mas é muito mais letal do que parece ser… e já parece muito!
    é a diferença do ta-ta-ta-ta-tá e do Vraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, consome munição mas o consome o inimigo tb!

    Abração!
    Francisco

  48. Bosco, procura no youtube, vasto material, sobre a minigun 7,62 com munição incendiária…. se aquilo não é o inferno na terra eu não sei mais o que pode ser, em termos de metralha lateral…. estas armas com munição perfurante tranformam o chopper portador em uma máquina mortífera para combate urbano e contra blindagens leves, o inimigo não tem onde se esconder!!! já ví vários vídeos e li artigos sobre o emprego de tais armas… é psicológico sim, mas é muito mais letal do que parece ser… e já parece muito!
    é a diferença do ta-ta-ta-ta-tá e do Vraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, consome munição mas o consome o inimigo tb!

    Abração!
    Francisco

  49. Alfredo,
    o desenvolvimento dos helicópteros é marginal e lento.
    Tecnologia avançada mesmo só os tiltrotors como o V-22 e no futuro os helicópteros compostos com o dobro de velocidade e o triplo do alcance.
    O resto é aperfeiçoamento da roda. Uma tela de LCD aqui, um controle digital ali, um material novo acolá, uma melhora no consumo de combustível, menor número de horas/homens na manutenção, etc. Ou seja, perfumaria pura.
    Para quem compra P-3A e A-4 do tempo do ronca, esses helis “novinhos em folha” são “tudo de bom” e mais um pouco.

    Francisco,
    já vi os vídeos. O problema é que os alvos dos testes não atiravam de volta.rs.rs.rs…..
    Mas entendi sua colocação e não tenho dúvidas da capacidade das miniguns.
    Um abraço.

  50. Alfredo,
    o desenvolvimento dos helicópteros é marginal e lento.
    Tecnologia avançada mesmo só os tiltrotors como o V-22 e no futuro os helicópteros compostos com o dobro de velocidade e o triplo do alcance.
    O resto é aperfeiçoamento da roda. Uma tela de LCD aqui, um controle digital ali, um material novo acolá, uma melhora no consumo de combustível, menor número de horas/homens na manutenção, etc. Ou seja, perfumaria pura.
    Para quem compra P-3A e A-4 do tempo do ronca, esses helis “novinhos em folha” são “tudo de bom” e mais um pouco.

    Francisco,
    já vi os vídeos. O problema é que os alvos dos testes não atiravam de volta.rs.rs.rs…..
    Mas entendi sua colocação e não tenho dúvidas da capacidade das miniguns.
    Um abraço.

  51. Bosco/Alfredo

    Perfeito seu raciocínio sobre os helicópteros hitec, mas a pergunta do Alfredo procede e já foi tema de discussões acaloradas aqui no blog, com direito até a grosseria de algumas partes.

    Na verdade, em uma análise rápida e superficial surge um complemento a pergunta do Alfredo, porque comprar um heli que só é usado por um país ( França ), e mesmo assim com apenas 14 unidades compradas? Enquanto uma parte da Europa foi de AW-101 e uma parte maior ainda da Europa foi de NH-90, que são mais capazes, com rampa de embarque de pequenas viaturas e tudo mais?

    Tudo bem que o EC-725 CARACAL seja o supra-sumo da família Cougar, na verdade um upgrade do Super Puma, uma linha muito bem conceituada e testada, mas que foi superada plenamente em capacidade pelos outros dois citados.

    Acredito então que o MD tenha aceitado esse modelo por motivo da EUROCOPTER ter sido a única a atender a proposta de transferência de tecnologia e pelo modelo apresentar bom custo de manutenção, e finalmente por que ele atende plenamente nossas necessidades, pelo preço que pagamos pelos 50 EC-725 jamais iríamos ter 50 NH-90, nos moldes do contrato que foi feito, com fabrico local e transferências e tudo mais.

    Bem melhor do que comprar 25 NH-90 de prateleira, para daqui há 5 anos termos dificuldades em mantê-los voando, ou então fazer isso a um custo muito elevado.

    Sou a favor desse contrato por que ele trará capacitação de mão-de-obra, ganho tecnológico para a nossa indústria, geração de empregos, possíveis divisas com exportações para a AL, aumento do índice de nacionalização de componentes, entre outros, e de quebra nossas FAs ainda terão um bom vetor, com custo/benefício bem melhor que os outros mais sofisticados.

    Abraços.

  52. Bosco/Alfredo

    Perfeito seu raciocínio sobre os helicópteros hitec, mas a pergunta do Alfredo procede e já foi tema de discussões acaloradas aqui no blog, com direito até a grosseria de algumas partes.

    Na verdade, em uma análise rápida e superficial surge um complemento a pergunta do Alfredo, porque comprar um heli que só é usado por um país ( França ), e mesmo assim com apenas 14 unidades compradas? Enquanto uma parte da Europa foi de AW-101 e uma parte maior ainda da Europa foi de NH-90, que são mais capazes, com rampa de embarque de pequenas viaturas e tudo mais?

    Tudo bem que o EC-725 CARACAL seja o supra-sumo da família Cougar, na verdade um upgrade do Super Puma, uma linha muito bem conceituada e testada, mas que foi superada plenamente em capacidade pelos outros dois citados.

    Acredito então que o MD tenha aceitado esse modelo por motivo da EUROCOPTER ter sido a única a atender a proposta de transferência de tecnologia e pelo modelo apresentar bom custo de manutenção, e finalmente por que ele atende plenamente nossas necessidades, pelo preço que pagamos pelos 50 EC-725 jamais iríamos ter 50 NH-90, nos moldes do contrato que foi feito, com fabrico local e transferências e tudo mais.

    Bem melhor do que comprar 25 NH-90 de prateleira, para daqui há 5 anos termos dificuldades em mantê-los voando, ou então fazer isso a um custo muito elevado.

    Sou a favor desse contrato por que ele trará capacitação de mão-de-obra, ganho tecnológico para a nossa indústria, geração de empregos, possíveis divisas com exportações para a AL, aumento do índice de nacionalização de componentes, entre outros, e de quebra nossas FAs ainda terão um bom vetor, com custo/benefício bem melhor que os outros mais sofisticados.

    Abraços.

  53. Bosco,

    Concordo com vc sobre esses helicopteros. Estarao novinhos em folha e serao fabricados no Brsil, esta otimo! Claro que uns EH-101 seria perfeito mas os EC-725 servirao o Brasil muito bem.

    Com relacao as minigun…elas sao show de bola!! Queria que todos os Helos tivessem elas, claro que e impossivel mas elas sao anjos da guarda p/ infantaria!

    Semper Fi!

  54. Bosco,

    Concordo com vc sobre esses helicopteros. Estarao novinhos em folha e serao fabricados no Brsil, esta otimo! Claro que uns EH-101 seria perfeito mas os EC-725 servirao o Brasil muito bem.

    Com relacao as minigun…elas sao show de bola!! Queria que todos os Helos tivessem elas, claro que e impossivel mas elas sao anjos da guarda p/ infantaria!

    Semper Fi!

  55. Vou fazer o papel do diabo aqui (depois por favor algém faça o papel do advogado 😉 por favor rss)

    Tenho um amigo na Aviação de Asas Rotativas da FAB que me falou que o Cougar/Super Puma é helicoptero civil com pintura militar.

    Joguei a bola, agora chutem 😉 rsss

    Abração

  56. Vou fazer o papel do diabo aqui (depois por favor algém faça o papel do advogado 😉 por favor rss)

    Tenho um amigo na Aviação de Asas Rotativas da FAB que me falou que o Cougar/Super Puma é helicoptero civil com pintura militar.

    Joguei a bola, agora chutem 😉 rsss

    Abração

  57. Eh Marine… o Bosco brincou sobre meu comentário, do vídeo no youtube sobre as miniguns, dizendo que o alvo não atirava de volta… se o alvo, depois de uma saraivada daquelas, pudesse responder ao fogo, só poderia ser um veículo blindado médio e dae nenhuma metraca poderia salvar o Heli do desastre iminente… pois se forem infantes, jipes, humers, lanchas, alvos de menor reação, a coisa fica infernal para o inimigo! não tem comparação com uma MAG, neste sentido, na minha opinião as GAUs 7,62 (mais adequadas ao suporte de fogo e supressão de infantaria, montadas em helis) e as GAUs 12mm (.50) são armas muito eficientes e altamente letais, seja qual for a missão! tu tem conhecimento prático não é? :), vou falar para o Bosco entrevistar os poucos sobreviventes, insurgentes Iraquianos sobre o fato…:)
    Fico imaginando aqueles projéteis incendiários penetrando numa construção ou num jeep… ou então um coktail de munição, com penetrantes, traçantes e incendiárias…. deve ser a coisa mais horrível (fora a de estar num tanque ou predio e receber uma saraivada do Avanger GAU-8..esta..sem explicação!) para quem teve tal experiência, claro que foi contar esta para São Pedro…ou Lúcifer… quem sabe?
    Abraço MArine
    Francisco
    Ah! uma coisa: Jogas Cody4?

  58. Eh Marine… o Bosco brincou sobre meu comentário, do vídeo no youtube sobre as miniguns, dizendo que o alvo não atirava de volta… se o alvo, depois de uma saraivada daquelas, pudesse responder ao fogo, só poderia ser um veículo blindado médio e dae nenhuma metraca poderia salvar o Heli do desastre iminente… pois se forem infantes, jipes, humers, lanchas, alvos de menor reação, a coisa fica infernal para o inimigo! não tem comparação com uma MAG, neste sentido, na minha opinião as GAUs 7,62 (mais adequadas ao suporte de fogo e supressão de infantaria, montadas em helis) e as GAUs 12mm (.50) são armas muito eficientes e altamente letais, seja qual for a missão! tu tem conhecimento prático não é? :), vou falar para o Bosco entrevistar os poucos sobreviventes, insurgentes Iraquianos sobre o fato…:)
    Fico imaginando aqueles projéteis incendiários penetrando numa construção ou num jeep… ou então um coktail de munição, com penetrantes, traçantes e incendiárias…. deve ser a coisa mais horrível (fora a de estar num tanque ou predio e receber uma saraivada do Avanger GAU-8..esta..sem explicação!) para quem teve tal experiência, claro que foi contar esta para São Pedro…ou Lúcifer… quem sabe?
    Abraço MArine
    Francisco
    Ah! uma coisa: Jogas Cody4?

  59. Amigos ao ler esta matéria :

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u482747.shtml
    fiquei ainda mais confuso vejam falam de 51 helicópteros, mas vejam o que o Jobim disse :

    “São sete helicópteros para cada força, com complementações específicas, e 20 helicópteros básicos, além de mais dois híbridos. Nós vamos ter um custo de 1,89 bilhão de euros, através de um financiamento, que já está sendo constituído. E nós vamos pagar isso até 2026.”

    Vamos lá : 3×7 = 21 + 20 + 2 = 42 ( 51-42=9 ) para onde vão esses 9 que sobraram ???

  60. Amigos ao ler esta matéria :

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u482747.shtml
    fiquei ainda mais confuso vejam falam de 51 helicópteros, mas vejam o que o Jobim disse :

    “São sete helicópteros para cada força, com complementações específicas, e 20 helicópteros básicos, além de mais dois híbridos. Nós vamos ter um custo de 1,89 bilhão de euros, através de um financiamento, que já está sendo constituído. E nós vamos pagar isso até 2026.”

    Vamos lá : 3×7 = 21 + 20 + 2 = 42 ( 51-42=9 ) para onde vão esses 9 que sobraram ???

  61. As notícias de hoje citam: “montar helicópteros”. Já não fazemos isto em Itajubá? Isso é repassar tecnologia? Ou seria repassar votos do governador de Minas em 2010?

  62. As notícias de hoje citam: “montar helicópteros”. Já não fazemos isto em Itajubá? Isso é repassar tecnologia? Ou seria repassar votos do governador de Minas em 2010?

  63. “São sete helicópteros para cada força, com complementações específicas, e 20 helicópteros básicos, além de mais dois híbridos”
    Esse monte de palavras juntas ou não quer dizer absolutamente nada (embrômes puro) ou quer dizer que meu lado direito do cérebro não está funcionando à contendo. Não entendi nada!
    Ou melhor, os “7” que estão faltando são as “complementações específicas” seja la o que isso quer dizer.
    Então ficou assim: 3 x 7 = 21 + 20 + 2 + 7 = 50
    sendo 7 para a Marinha, 7 para o Exército, 7 para a Força Aérea, 20 helicópteros básicos (pra que?), 2 híbridos (híbrido de helicóptero com o que?), 7 complementações específicas (de que e pra onde?)
    Pirei de vez!

  64. “São sete helicópteros para cada força, com complementações específicas, e 20 helicópteros básicos, além de mais dois híbridos”
    Esse monte de palavras juntas ou não quer dizer absolutamente nada (embrômes puro) ou quer dizer que meu lado direito do cérebro não está funcionando à contendo. Não entendi nada!
    Ou melhor, os “7” que estão faltando são as “complementações específicas” seja la o que isso quer dizer.
    Então ficou assim: 3 x 7 = 21 + 20 + 2 + 7 = 50
    sendo 7 para a Marinha, 7 para o Exército, 7 para a Força Aérea, 20 helicópteros básicos (pra que?), 2 híbridos (híbrido de helicóptero com o que?), 7 complementações específicas (de que e pra onde?)
    Pirei de vez!

  65. FOI MAL VASSILY.
    ERRO DE DIGITAÇÃO.
    BEM, COMO EU IA DIZENDO, O ROOYVALK DA ÁFRICA DO SUL, TEM COMO BASE O SUPER PUMA, QUE FOI TOTALMENTE REDESENHADO PARA SE TORNAR UM VERDADEIRO HELICÓPTERO DE COMBATE

    ABRAÇOS

  66. FOI MAL VASSILY.
    ERRO DE DIGITAÇÃO.
    BEM, COMO EU IA DIZENDO, O ROOYVALK DA ÁFRICA DO SUL, TEM COMO BASE O SUPER PUMA, QUE FOI TOTALMENTE REDESENHADO PARA SE TORNAR UM VERDADEIRO HELICÓPTERO DE COMBATE

    ABRAÇOS

  67. Na verdade existem poucos helicópteros utilitários que foram feitos à partir de especificações militares de origem. Alguns que o foram com certeza são os Black Hawk, os NH90 e os EH101.
    Mas isso não tira o mérito e a validade de outras plataformas civis que se alistaram e vestiram uniforme.

  68. Na verdade existem poucos helicópteros utilitários que foram feitos à partir de especificações militares de origem. Alguns que o foram com certeza são os Black Hawk, os NH90 e os EH101.
    Mas isso não tira o mérito e a validade de outras plataformas civis que se alistaram e vestiram uniforme.

  69. Bosco,

    eu ‘rerrei’ as contas, o certo é :
    3×7 = 21 + 20 + 2 = 43 ( 51-43=8 ), na mesma matéria falam em 51 e não 50, daí faltam 8 e não 7 como considerou, ou seja continua tudo confuso.

  70. Bosco,

    eu ‘rerrei’ as contas, o certo é :
    3×7 = 21 + 20 + 2 = 43 ( 51-43=8 ), na mesma matéria falam em 51 e não 50, daí faltam 8 e não 7 como considerou, ou seja continua tudo confuso.

  71. Amigos, o Rooywalk, pelo que eu li, foi baseado no PUMA, que era fabricado e/ou montado na África do Sul.
    Claro que a idéia de juntar o projeto do Rooywalk (que tem tudo a ver com o Brasil) com a atualização tecnológica do CARACAL EC-725 é maravilhosa…
    Rusticidade, poder de fogo, alcance e uma avionica moderna… é possive sim.
    Só não sei se os controladore da Helibrás teriam interesse em dar fôlego a um poderoso concorrente do Tigre.
    Mas, como sonhar é gratís, um ROOYWALK-CARACAL nacional deixaria o EB em outro nível de combate, até mesmo a MB/Fuzileiros poderia se beneficiar com algumas unidades.

  72. Amigos, o Rooywalk, pelo que eu li, foi baseado no PUMA, que era fabricado e/ou montado na África do Sul.
    Claro que a idéia de juntar o projeto do Rooywalk (que tem tudo a ver com o Brasil) com a atualização tecnológica do CARACAL EC-725 é maravilhosa…
    Rusticidade, poder de fogo, alcance e uma avionica moderna… é possive sim.
    Só não sei se os controladore da Helibrás teriam interesse em dar fôlego a um poderoso concorrente do Tigre.
    Mas, como sonhar é gratís, um ROOYWALK-CARACAL nacional deixaria o EB em outro nível de combate, até mesmo a MB/Fuzileiros poderia se beneficiar com algumas unidades.

  73. Manfred,
    Seu questionamento faz todo o sentido.
    Provavelmente os franceses estam repassando a linha de montagem do PUMA (com botox e tv LCD) para nós. Neste interim se concentram em fabrica os novíssimos NH90.
    Mas se é o que se apresenta, vamos de PUMA com botox e fibra de carbono, que já é um começo.
    Se deixarem a gente comprar o projeto do Rooywalk dos africaners fica melhor ainda.

  74. Manfred,
    Seu questionamento faz todo o sentido.
    Provavelmente os franceses estam repassando a linha de montagem do PUMA (com botox e tv LCD) para nós. Neste interim se concentram em fabrica os novíssimos NH90.
    Mas se é o que se apresenta, vamos de PUMA com botox e fibra de carbono, que já é um começo.
    Se deixarem a gente comprar o projeto do Rooywalk dos africaners fica melhor ainda.

  75. Mesmo assim, me atrevo a escrever que 50 helicópteros médios para as FA brasileiras é pouco.
    Vem aí um punhado de BlackHawks via FMS e mais alguns de 2º mão.

  76. Mesmo assim, me atrevo a escrever que 50 helicópteros médios para as FA brasileiras é pouco.
    Vem aí um punhado de BlackHawks via FMS e mais alguns de 2º mão.

  77. Esses helicópteros vão dar mais mobilidade para as nossas Forças aeroestratégicas.Estas forças são as mais adestradas e equipadas do EB e têm a capacidade de serem rapidamente mobilizadas e empregadas em qualquer parte do território nacional, ou serem lançadas além das linhas inimigas, sendo importante força de dissuasão do nosso Exército.
    Seu conceito operacional ficou famoso no filme Falcão Negro em Perigo(Black Hawk Down), e é caracterizado, principalmente, pelo assalto, incursão e exfiltração aeromóveis. Estas operações são realizadas em conjunto com o Comando da Aviação do Exército(Taubaté SP). Helicóteros Esquilo, Pantera, Blackhawk e Cougar podem transportá-los a qualquer ponto onde seja necessária sua presença. Somente um único helicóptero HM-3 Cougar pode transportar 25 soldados equipados, sendo que um pelotão de aeronaves deste modelo poderá colocar uma subunidade inteira de Força de Ação Rápida (nivel Companhia) na zona de ação.Imaginem + 51 helicópteros para as nossas forças!.

  78. Esses helicópteros vão dar mais mobilidade para as nossas Forças aeroestratégicas.Estas forças são as mais adestradas e equipadas do EB e têm a capacidade de serem rapidamente mobilizadas e empregadas em qualquer parte do território nacional, ou serem lançadas além das linhas inimigas, sendo importante força de dissuasão do nosso Exército.
    Seu conceito operacional ficou famoso no filme Falcão Negro em Perigo(Black Hawk Down), e é caracterizado, principalmente, pelo assalto, incursão e exfiltração aeromóveis. Estas operações são realizadas em conjunto com o Comando da Aviação do Exército(Taubaté SP). Helicóteros Esquilo, Pantera, Blackhawk e Cougar podem transportá-los a qualquer ponto onde seja necessária sua presença. Somente um único helicóptero HM-3 Cougar pode transportar 25 soldados equipados, sendo que um pelotão de aeronaves deste modelo poderá colocar uma subunidade inteira de Força de Ação Rápida (nivel Companhia) na zona de ação.Imaginem + 51 helicópteros para as nossas forças!.

  79. Não sabia que o Rooyvalk foi um projeto derivado do Puma. Isso, para mim é novidade. Vendo por esse lado, compensa sim uma versão dedicada ao ataque do EC-725 para o EB.

  80. Não sabia que o Rooyvalk foi um projeto derivado do Puma. Isso, para mim é novidade. Vendo por esse lado, compensa sim uma versão dedicada ao ataque do EC-725 para o EB.

  81. Caro Luciano Baqueiro,
    Como já disse antes, esta imprensa “especializada” é phoda !!

    Na verdade o Jobim não disse “7” para cada força e sim, o correto, é de “17”. Na verdade serão distribuídos assim: 16 para o EB, 16 para a FAB e 17 para a MB, estes, os da MB, blindados e completíssimos para SAR. Os outros 2 que faltam (os tais “híbridos”) serão destinados para Pres. da República (GTE)e na verdade terão a bandeira da FAB.

    Sds.

  82. Caro Luciano Baqueiro,
    Como já disse antes, esta imprensa “especializada” é phoda !!

    Na verdade o Jobim não disse “7” para cada força e sim, o correto, é de “17”. Na verdade serão distribuídos assim: 16 para o EB, 16 para a FAB e 17 para a MB, estes, os da MB, blindados e completíssimos para SAR. Os outros 2 que faltam (os tais “híbridos”) serão destinados para Pres. da República (GTE)e na verdade terão a bandeira da FAB.

    Sds.

  83. Pra ter um Cougar de ataque eu prefiro o Mi-35. Romeno só entende é de ginástica olímpica.
    Os nossos vamos armas só com metralhadoras laterais mesmo que já ta de bom tamanho.

  84. Pra ter um Cougar de ataque eu prefiro o Mi-35. Romeno só entende é de ginástica olímpica.
    Os nossos vamos armas só com metralhadoras laterais mesmo que já ta de bom tamanho.

  85. Amigo Cinquini,

    vou responder sua provocação (que foi ótima, nada contra), fazendo uma outra provocação: a totalidade dos soldados (marinheiros, pilotos, oficiais etc.) de todas as FAs do mundo nada mais são que civis “pintados” para ações militares…então…

    Que eu saiba, nenhum ser humano nasce com uma AR-15 nas mãos…a não ser, é claro, se a criança nascer na maternidade do Comando Vermelho ou do PCC…hehehehe

    um forte abraço e um feliz natal

    ps. Aliás, um feliz natal a todos do(s) blog(s).

  86. Amigo Cinquini,

    vou responder sua provocação (que foi ótima, nada contra), fazendo uma outra provocação: a totalidade dos soldados (marinheiros, pilotos, oficiais etc.) de todas as FAs do mundo nada mais são que civis “pintados” para ações militares…então…

    Que eu saiba, nenhum ser humano nasce com uma AR-15 nas mãos…a não ser, é claro, se a criança nascer na maternidade do Comando Vermelho ou do PCC…hehehehe

    um forte abraço e um feliz natal

    ps. Aliás, um feliz natal a todos do(s) blog(s).

  87. Aleluia!!!!

    Parece que o pessoal aqui acordou. Talvez seja o espirito de Natal!!! não sei..

    A aquisição de Pumas última versão é uma evolução, mas não uma revolução. Notei que todos veem a situação como um grande avanço.

    Essas máquinas serão destinadas ao mercado “latino-americano” como noticiado na revista “força Aérea”. Na nossa realidade será um up grade, mas distante do marketing governamental de transferencia de tec para fabricação de helo médios “nacionais”.

    A Eurocopter vai faturar alto, ela assumiu de vez a Helibras; detém hoje em torno de 70% do controle da empresa. Transferirá tec. na velocidade e quantidade que achar adequada. Não pensem que ela vai transferir tecnologia para permitir uma industria brasileira que concorra com ela. Isso não vai.

    foi um avanço. 50 helos medios NOVOS EM FOLHA associados aos Blackhawks adquiridos pela MB e Exército, nos dará grande mobilidade e capcidade de apoio aproximado, além da capacidade de defesa para MB.

    tenho criticado muito o governo. Vocês percebem, e vou continuar assim. O markenting dos anúncios de “parceria” é bem diferente da realidade. Avanços têm sido feitos. Talvez se os contratos se corfimarem será o único avanço real de Lula, pois em saúde, educação e segurança pública,,, tudo na mesma… e na economia ele surfou os últimos 6 anos na onda global.

    Beleza!

  88. Aleluia!!!!

    Parece que o pessoal aqui acordou. Talvez seja o espirito de Natal!!! não sei..

    A aquisição de Pumas última versão é uma evolução, mas não uma revolução. Notei que todos veem a situação como um grande avanço.

    Essas máquinas serão destinadas ao mercado “latino-americano” como noticiado na revista “força Aérea”. Na nossa realidade será um up grade, mas distante do marketing governamental de transferencia de tec para fabricação de helo médios “nacionais”.

    A Eurocopter vai faturar alto, ela assumiu de vez a Helibras; detém hoje em torno de 70% do controle da empresa. Transferirá tec. na velocidade e quantidade que achar adequada. Não pensem que ela vai transferir tecnologia para permitir uma industria brasileira que concorra com ela. Isso não vai.

    foi um avanço. 50 helos medios NOVOS EM FOLHA associados aos Blackhawks adquiridos pela MB e Exército, nos dará grande mobilidade e capcidade de apoio aproximado, além da capacidade de defesa para MB.

    tenho criticado muito o governo. Vocês percebem, e vou continuar assim. O markenting dos anúncios de “parceria” é bem diferente da realidade. Avanços têm sido feitos. Talvez se os contratos se corfimarem será o único avanço real de Lula, pois em saúde, educação e segurança pública,,, tudo na mesma… e na economia ele surfou os últimos 6 anos na onda global.

    Beleza!

  89. Douglas em 23 dez, 2008 às 22:41
    “e na economia ele surfou os últimos 6 anos na onda global”

    Nosssa!!! Alguem com o mesmo discurso q eu!!!
    Cansei de falar isso com os petistas q eu trabalho…
    Crescimento economico interno em época de expansao dos mercados mundiais é mole!!! Se eu fosse o presidente e só coçasse o saco o Brasil cresceria a mesma coisa q cresceu!!!

  90. Douglas em 23 dez, 2008 às 22:41
    “e na economia ele surfou os últimos 6 anos na onda global”

    Nosssa!!! Alguem com o mesmo discurso q eu!!!
    Cansei de falar isso com os petistas q eu trabalho…
    Crescimento economico interno em época de expansao dos mercados mundiais é mole!!! Se eu fosse o presidente e só coçasse o saco o Brasil cresceria a mesma coisa q cresceu!!!

  91. Baschera,

    obrigado pela atenção, mas só por curiosidade, aonde é que tu cavocô essa informação, meu filho ? Porque achar fácil não deve ter sido.

  92. Baschera,

    obrigado pela atenção, mas só por curiosidade, aonde é que tu cavocô essa informação, meu filho ? Porque achar fácil não deve ter sido.

  93. Francisco Xavier,

    As miniguns realmente so deixam sobrar carne moida do inimigo, e impressionante o estrago! Jogo o COD4 sim mas nao online, nao tenho tempo e nao quero me viciar! Rsrsrsrsrs…Gosto muito tbm do Ghost Recon AW…

    Camarada,

    Vc falou certo, o pessoal as vezes esquece que nao e necessario ter helicopteros suficientes p/ transportar toda uma Divisao. Basta ter meios suficientes para transportar de 1-3 Batalhoes de Infantes Leves e assim se utiliza o que chamamos de “Vertical Envelopment” ou “Air Assault”. Por exemplo a 101st Airborne Division e capaz de mover toda uma brigada em um “lift” so e assim tambem com as Marine Air Wings.

    Semper Fidelis!

  94. Francisco Xavier,

    As miniguns realmente so deixam sobrar carne moida do inimigo, e impressionante o estrago! Jogo o COD4 sim mas nao online, nao tenho tempo e nao quero me viciar! Rsrsrsrsrs…Gosto muito tbm do Ghost Recon AW…

    Camarada,

    Vc falou certo, o pessoal as vezes esquece que nao e necessario ter helicopteros suficientes p/ transportar toda uma Divisao. Basta ter meios suficientes para transportar de 1-3 Batalhoes de Infantes Leves e assim se utiliza o que chamamos de “Vertical Envelopment” ou “Air Assault”. Por exemplo a 101st Airborne Division e capaz de mover toda uma brigada em um “lift” so e assim tambem com as Marine Air Wings.

    Semper Fidelis!

  95. Hornet,

    Engraçado vc falar sobre civis de farda.
    O Gen. Heleno, na palestra que tive com ele, disse quase a mesma coisa! Ele disse que não existe Sociedade Civil e Sociedade Militar, existe sim a Sociedade Brasileira, formada por civis e militares!!!

    Sobre os Super Puma/Cougar, sou completamente a favor desse contrato!!! Sei que não é um Black Hawk, mas vi a sua capacidade ao transportar paraquedistas e um Light Gun!!!

    Abração e Feliz Natal a todos!!!

  96. Hornet,

    Engraçado vc falar sobre civis de farda.
    O Gen. Heleno, na palestra que tive com ele, disse quase a mesma coisa! Ele disse que não existe Sociedade Civil e Sociedade Militar, existe sim a Sociedade Brasileira, formada por civis e militares!!!

    Sobre os Super Puma/Cougar, sou completamente a favor desse contrato!!! Sei que não é um Black Hawk, mas vi a sua capacidade ao transportar paraquedistas e um Light Gun!!!

    Abração e Feliz Natal a todos!!!

  97. Cinquini,

    grande general Heleno!

    Eu queria ter ido assistir essa palestra que vc foi, se eu soubesse teria ido. Numa próxima, quem sabe, né?

    um forte abraço

    ps. Mas sem o corneteiro, pelo amor de Deus!!!hehehehe

  98. Cinquini,

    grande general Heleno!

    Eu queria ter ido assistir essa palestra que vc foi, se eu soubesse teria ido. Numa próxima, quem sabe, né?

    um forte abraço

    ps. Mas sem o corneteiro, pelo amor de Deus!!!hehehehe

  99. DESEJO A TODOS OS AMIGOS DO BLOG UM FELIZ NATAL E UM GRANDE E ESPECIAL ANO NOVO!

    BOAS FESTAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Grande abraço!

    Francisco M. Xavier

  100. DESEJO A TODOS OS AMIGOS DO BLOG UM FELIZ NATAL E UM GRANDE E ESPECIAL ANO NOVO!

    BOAS FESTAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Grande abraço!

    Francisco M. Xavier

  101. A paz queremos com fervor, a guerra só nos causa dor. Porem se a pátria amada for um dia ultrajada lutaremos sem temor.

    Buscamos a paz porem temos o direito e o dever de defender nosso povo e o que é nosso.

    Um feliz natal e que neste ano que esta por vir nos tenhamos maiores e melhores realizações e desejo de coração que Deus lhes de saúde e felicidades para vocês e suas famílias e um agradecimento especial aos bloggers poder aéreo, naval e terrestre.
    Que 2009 seja um ano de mais paz, felicidades, fartura e perdão.
    E desejo que o meu palmeiras seja campeão paulista, Brasileiro, libertadores e mundial não custa nada sonhar rsrsrsrs.
    Um abraço a todos.

  102. A paz queremos com fervor, a guerra só nos causa dor. Porem se a pátria amada for um dia ultrajada lutaremos sem temor.

    Buscamos a paz porem temos o direito e o dever de defender nosso povo e o que é nosso.

    Um feliz natal e que neste ano que esta por vir nos tenhamos maiores e melhores realizações e desejo de coração que Deus lhes de saúde e felicidades para vocês e suas famílias e um agradecimento especial aos bloggers poder aéreo, naval e terrestre.
    Que 2009 seja um ano de mais paz, felicidades, fartura e perdão.
    E desejo que o meu palmeiras seja campeão paulista, Brasileiro, libertadores e mundial não custa nada sonhar rsrsrsrs.
    Um abraço a todos.

  103. LeoPaiva em 23 dez, 2008 às 15:24

    Totalmente concordo! Eh verdade q os Super Cougar nao sao um projeto estritamente militar e estao defasados como projeto em relaçao aos EH-101, NH-90 e H-60? Sim. Eh verdade q a França quer repassar a linha montagem dele pra ca e produzir seus NH-90 la? Sim. Mas sabem pq? Por uma simples questao economica real e comum em varios outros setores industriais hj em dia: terceirizaçao off-shore. Eh mais barato fazer o modelo basico aqui no Brasil e, a partir daqui, exportar pro resto do Mundo. Como ja disseram muitos colegas aqui, assim como o Brasil nao precisa e nem tem condiçoes de comprar e operar 50 helis ultra-modernos, muitos outros paises tambem nao. E tanto a França quanto o Brasil ganham, e muito, com isso.

    E vejam bem, serao 50 Super Cougars pra uso geral. Nao se esqueçam de q ja compramos 4 Blackhawks pro EB, 6 pra FAB e mais 4 seahawks pra MB, com opçao para mais 2. Todos topo de linha e completinhos. Alem disso, temos 15 outros H-60 esperando aprovaçao do Congresso Norte-Americano. Pelo menos nesta area, tirando os 12 Mi-35, parece q estamos fazendo direito.

  104. LeoPaiva em 23 dez, 2008 às 15:24

    Totalmente concordo! Eh verdade q os Super Cougar nao sao um projeto estritamente militar e estao defasados como projeto em relaçao aos EH-101, NH-90 e H-60? Sim. Eh verdade q a França quer repassar a linha montagem dele pra ca e produzir seus NH-90 la? Sim. Mas sabem pq? Por uma simples questao economica real e comum em varios outros setores industriais hj em dia: terceirizaçao off-shore. Eh mais barato fazer o modelo basico aqui no Brasil e, a partir daqui, exportar pro resto do Mundo. Como ja disseram muitos colegas aqui, assim como o Brasil nao precisa e nem tem condiçoes de comprar e operar 50 helis ultra-modernos, muitos outros paises tambem nao. E tanto a França quanto o Brasil ganham, e muito, com isso.

    E vejam bem, serao 50 Super Cougars pra uso geral. Nao se esqueçam de q ja compramos 4 Blackhawks pro EB, 6 pra FAB e mais 4 seahawks pra MB, com opçao para mais 2. Todos topo de linha e completinhos. Alem disso, temos 15 outros H-60 esperando aprovaçao do Congresso Norte-Americano. Pelo menos nesta area, tirando os 12 Mi-35, parece q estamos fazendo direito.

  105. Leo,
    É isso aí.
    O chato é o oba oba que o governo (qualquer governo) faz com um NEGÓCIO que é racional e (aparentemente) bom para todos.
    O “aparentemente” é por que não sei ainda o custo ou as bases deste negócio.

  106. Leo,
    É isso aí.
    O chato é o oba oba que o governo (qualquer governo) faz com um NEGÓCIO que é racional e (aparentemente) bom para todos.
    O “aparentemente” é por que não sei ainda o custo ou as bases deste negócio.

  107. Mas continua a sonhar com uma linha de montagem do ROOIWALK Tupiniquim com mecânica do CARACAL EC-725.
    Os controladores da Helibrás não iriam permitir, mas é Natal e podemos sonhar.

    Falando nisso;
    FELIZ NATAL para TODOS!!!

  108. Mas continua a sonhar com uma linha de montagem do ROOIWALK Tupiniquim com mecânica do CARACAL EC-725.
    Os controladores da Helibrás não iriam permitir, mas é Natal e podemos sonhar.

    Falando nisso;
    FELIZ NATAL para TODOS!!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here