domingo, maio 16, 2021

Gripen para o Brasil

Equador recebe Legacy da Embraer

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Enquanto recorre à Câmara de Comércio Internacional para não pagar dívida de US$ 286,8 milhões ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o presidente do Equador, Rafael Correa, recebeu hoje (13/12) o avião Legacy 600, fabricado Embraer, que usará em suas viagens.

Com a compra do avião, que será utilizada para viagens internas e internacionais, “se evitará o alto o custo de aluguel de aeronaves privadas, sobretudo para vôos internacionais“, justificou o Governo equatoriano.

Outra das razões da compra, acrescentou a Presidência, foi a necessidade constante da comunicação presidencial, já que atualmente o governante, Rafael Correa, permanece “isolado nas viagens longos e este fator resulta prejudicial para as atividades do líder e para o Estado em geral”.

O avião conta com internet e videoconferência, indicou a nota, especificando que o aspecto da segurança também foi levado em conta no momento de escolher a aeronave, “já que conta com a tecnologia mais moderna nesta área”.

O ministro da Defesa, Javier Ponce, recebeu oficialmente a aeronave na qual chegaram Miguel Carvajal, vice-ministro da Defesa e Diego Jaramillo, secretário-geral da Presidência da República.

O Embraer Legacy 600 tem capacidade para 13 passageiros e sua velocidade máxima é de 840 km/h.

Seu alcance sem escalas é de 6.019 quilômetros, podendo ir de Quito ou Guayaquil a toda América do Sul e até o sul do Canadá sem escalas e à Europa com uma só escala, acrescentou a Presidência.

Fonte: EFE        Foto: El Diario

Nota do Blog: segundo o periódico equatoriano El Comercio, o valor da compra foi de 30 milhões, trezentos mil e duzentos e noventa dólares, sendo que 40% do valor (12,1 milhões de dólares) foi pago antecipadamente, com os restantes 60% previstos para serem quitados na entrega por meio de transferência do banco central. O presidente equatoriano deverá fazer o primeiro uso da aeronave em viagem ao Brasil, em compromisso ligado à Unasul.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Alte Makarov

…Esse aí eles pagaram adiantado…não pagaram?

kaleu

Se não pagaram vão dar trabalho….

LeoPaiva

Mais um pra conta do BNDES.

Só não entendo uma coisa, se eles podem declarar moratória e não pagar mais nada, porque nós temos que continuar entregando coisas e honrando os contratos?

Por mim ele continuava voando em aviões fretados ou então na classe econômica.

Luciano Baqueiro

Será que alguém da EMBRAER consultou o Equador na SERASA ? Tô achando que não é só o avião que voa nessa história, o cheque também é voador …

Hornet

hehehe…Serasa foi boa!!!

Mas por via das dúvidas…é melhor consultar…

abraços

Julio

Essa novela já conhecemos…receberam o avião, vao usar durante alguns meses e simplesmente virão com a conversa que esta apresentando falhas…(a internet não funciona – e o ilustre presidente fica isolado durante os voos) e vão se recusar em cumprir com o contrato. Mas, não se preocupe, nosso Governo saberá lidar com o problema….nós contribuintes vamos pagar a conta.

Fábio Max

Mais uma anotação no caderninho do calote do bolivariano idiota Rafael Correa!

Wolfpack

Presentinho de Natal do colega Lulinha e seu amigo Marco Aurélio Garcia ao Bolivariano e amigo e caloteiro Rafael Correa. O povo Brasileiro e os prováveis desempregados da Embraer agradecem.

maxiliano

Mais um papagaio que o caloteiro não irá pagar

Nunão

Caros freqüentadores do Blog: devido à dinâmica das notícias, agora de manhã (14-12) conseguimos mais detalhes a respeito da compra e complementando o artigo, a partir de dados encontrados fonte do Equador a respeito da forma de pagamento da aeronave.
Saudações,
Nunão

kaleu

UFA….. AS VENDAS PROS BOLIVARIANOS TEM QUE SEGUIR ESSE CRITÉRIO… PRIMEIRO O PAGTO. DEPOIS VAI A MERCADORIA…

Francisco M. Xavier

Um Legacy custa 30 milhoes de dolares???? que roubo!

Sergio

Qtas asneiras ditas sem conhecimento de causa!!

camarada

Dizem que pagaram adiantado,será? Não há nenhuma surpresa no rumo tomado por esses governantes populistas. Ao enviar tropas para ocupar instalações da Petrobrás, em 2006, o presidente boliviano sinalizava o que viria a seguir. Ao anunciar a auditoria da dívida externa, o novo presidente do Paraguai segue o mesmo curso – mas o grande objetivo de seu governo, em relação ao Brasil, é mudar o acordo de Itaipu. Já o presidente Hugo Chávez, como informou o chanceler Celso Amorim, deu uma resposta vaga à indagação do Itamaraty sobre uma eventual revisão da dívida externa venezuelana. Não é fácil escolher a… Read more »

Almeida

Ueh, mas ele nao diz q nossas empresas e engenheiros sao ruins? Ta comprando aviao brasileiro pq? Vai comprar na Bombardier, seu populista safado! Ou melhor, Sukhoi ta com e-jet fresquinho! Pede pro Hugo Chavez encomendar um pra vc!

Nosso Governo eh uma piada. Se fosse eu nao teriamos mais um diplomata naquele de pais e as fronteiras estariam fechadas. Quer se isolar e dar calote, pois bem! Nao passaria um dia e o povo sofrido do Equador iria arrancar a faixa presidencial dele! Aposto!

Vassily Zaitsev

Sei não, acho que os 24 Super Tucanos encomendados pela FAE serão entregues, mesmo que com atraso.

André de POA

Caros amigos, aproveitando as facilidades da internete, leio diariamente o melhor da imprensa mundial e em especial a bolivariana. Recomendo a leitura diaria do EL Comercio de Equador e o ABC COLOR do Paraguay. A titulo de informação; *quanto a dívida com o BNDES o Correa não suspendeu pagamentos, ao menos por enquanto. * quanto a dívida geral do Equador, a impressa não é muito explícita mas entendi que se refere a uma parte de titulos equatorianos série Global e acredito que o BNDES esteja fora deste pindura. * No Paraguay a dívida com a ITAIPU tem contorno ideológico muito… Read more »

adelmo

Será que eles pagaram a fatura?

[…] a aeronave para transportar empregados entre as unidades da empresa no país, e, em dezembro, a FAE recebeu um jato Legacy 600, com capacidade para 13 […]

Alte Makarov

…Esse aí eles pagaram adiantado…não pagaram?

kaleu

Se não pagaram vão dar trabalho….

LeoPaiva

Mais um pra conta do BNDES.

Só não entendo uma coisa, se eles podem declarar moratória e não pagar mais nada, porque nós temos que continuar entregando coisas e honrando os contratos?

Por mim ele continuava voando em aviões fretados ou então na classe econômica.

Luciano Baqueiro

Será que alguém da EMBRAER consultou o Equador na SERASA ? Tô achando que não é só o avião que voa nessa história, o cheque também é voador …

Hornet

hehehe…Serasa foi boa!!!

Mas por via das dúvidas…é melhor consultar…

abraços

Julio

Essa novela já conhecemos…receberam o avião, vao usar durante alguns meses e simplesmente virão com a conversa que esta apresentando falhas…(a internet não funciona – e o ilustre presidente fica isolado durante os voos) e vão se recusar em cumprir com o contrato. Mas, não se preocupe, nosso Governo saberá lidar com o problema….nós contribuintes vamos pagar a conta.

Fábio Max

Mais uma anotação no caderninho do calote do bolivariano idiota Rafael Correa!

Wolfpack

Presentinho de Natal do colega Lulinha e seu amigo Marco Aurélio Garcia ao Bolivariano e amigo e caloteiro Rafael Correa. O povo Brasileiro e os prováveis desempregados da Embraer agradecem.

maxiliano

Mais um papagaio que o caloteiro não irá pagar

Nunão

Caros freqüentadores do Blog: devido à dinâmica das notícias, agora de manhã (14-12) conseguimos mais detalhes a respeito da compra e complementando o artigo, a partir de dados encontrados fonte do Equador a respeito da forma de pagamento da aeronave.
Saudações,
Nunão

kaleu

UFA….. AS VENDAS PROS BOLIVARIANOS TEM QUE SEGUIR ESSE CRITÉRIO… PRIMEIRO O PAGTO. DEPOIS VAI A MERCADORIA…

Francisco M. Xavier

Um Legacy custa 30 milhoes de dolares???? que roubo!

Sergio

Qtas asneiras ditas sem conhecimento de causa!!

camarada

Dizem que pagaram adiantado,será? Não há nenhuma surpresa no rumo tomado por esses governantes populistas. Ao enviar tropas para ocupar instalações da Petrobrás, em 2006, o presidente boliviano sinalizava o que viria a seguir. Ao anunciar a auditoria da dívida externa, o novo presidente do Paraguai segue o mesmo curso – mas o grande objetivo de seu governo, em relação ao Brasil, é mudar o acordo de Itaipu. Já o presidente Hugo Chávez, como informou o chanceler Celso Amorim, deu uma resposta vaga à indagação do Itamaraty sobre uma eventual revisão da dívida externa venezuelana. Não é fácil escolher a… Read more »

Almeida

Ueh, mas ele nao diz q nossas empresas e engenheiros sao ruins? Ta comprando aviao brasileiro pq? Vai comprar na Bombardier, seu populista safado! Ou melhor, Sukhoi ta com e-jet fresquinho! Pede pro Hugo Chavez encomendar um pra vc!

Nosso Governo eh uma piada. Se fosse eu nao teriamos mais um diplomata naquele de pais e as fronteiras estariam fechadas. Quer se isolar e dar calote, pois bem! Nao passaria um dia e o povo sofrido do Equador iria arrancar a faixa presidencial dele! Aposto!

Vassily Zaitsev

Sei não, acho que os 24 Super Tucanos encomendados pela FAE serão entregues, mesmo que com atraso.

André de POA

Caros amigos, aproveitando as facilidades da internete, leio diariamente o melhor da imprensa mundial e em especial a bolivariana. Recomendo a leitura diaria do EL Comercio de Equador e o ABC COLOR do Paraguay. A titulo de informação; *quanto a dívida com o BNDES o Correa não suspendeu pagamentos, ao menos por enquanto. * quanto a dívida geral do Equador, a impressa não é muito explícita mas entendi que se refere a uma parte de titulos equatorianos série Global e acredito que o BNDES esteja fora deste pindura. * No Paraguay a dívida com a ITAIPU tem contorno ideológico muito… Read more »

adelmo

Será que eles pagaram a fatura?

[…] a aeronave para transportar empregados entre as unidades da empresa no país, e, em dezembro, a FAE recebeu um jato Legacy 600, com capacidade para 13 […]

Reportagens especiais

Embraer KC-390: um avião que carrega o desafio de conquistar muitas bandeiras

Fernando “Nunão” De Martini e Alexandre Galante (matéria publicada originalmente na revista Forças de Defesa nº 14) Na manhã de...
- Advertisement -
- Advertisement -