sábado, novembro 27, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer – prejuízo no terceiro trimestre

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Embraer encerrou o terceiro trimestre do ano com um prejuízo líquido de 48,4 milhões de reais, de acordo com as regras contábeis brasileiras, informou a empresa em comunicado ao mercado financeiro.

No mesmo período do ano passado, a companhia havia registrado um lucro líquido de 306 milhões de reais.

A receita líquida da empresa nos três meses encerrados em setembro somou 2,638 bilhões de reais, ante 2,728 bilhões de reais no mesmo período de 2007.

“A alta volatilidade da taxa de câmbio ocorrida ao final do mês de setembro de 2008 teve reflexo direto no resultado líquido da Embraer”, afirmou a empresa no comunicado.

Fonte: O Globo

Previous articleEurofighters italianos
Next articlePrimeiro F-15SG
- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
RL

E ai vem o “molusco” e diz que a crise não chegou aqui.
Na cabeça dele que é um ser de outro mundo, outra galaxia, realmente a crise pode não ter chagado aqui.
É obvio que, se a crise é mundial e o Brasil fazendo parte do mundo, esta mesma crise vai chegar aqui.
O reflexo dela esta ai.

Noticia chata esta né?. Chata no sentido de trazer preocupação, sabendo-se que poderia muito bem estar sendo noticiado exatamento o contrário. Ao invéz de perder 48 milhões, estar na verdade lucrando 10 vezes mais do que isso.

Brigadeiro... de chocolate

Só modernizando F-5 e fabricando Ejets ..da nisso..tem que diversificar.

Marco

ISSO É QUE DÁ SE ASSOCIAR COM OS CHINESES ( ELES COPIARAM ).AGORA É SE PREPARAR PARA A CONCORRÊNCIA DA RUSSIA E DA CHINA QUE FABRICAM TURBINAS ALEM DA CANADENSE BOMBARDIER.

Tá no G1
http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL848621-9356,00.html

EMBRAER avalia possível desenvolvimento de jato maior

Indústria aeronáutica chinesa mostra as garras com primeira venda de avião regional

Marco

Eu já mandei um e-mail para Embraer sugerindo a eles diversificar , incusive lançando uma unidade de fabricação de automóveis . Imagine o nome Embraer e a tecnologia alcançada pela empresa em um carro genuinamente brasileiro?
Precisam também investir em aviões militares.

konner

Noticia boa então … — Presidente da Airbus planeja parceria com Embraer O alemão Thomas Enders, principal executivo da Airbus, tem acompanhado à distância o crescimento da Embraer e considera o desempenho da companhia brasileira de jatos regionais ” surpreendente ” . Enders irá a São José dos Campos (SP) conhecer a empresa de perto. Enders não detalha se o que pretende é uma aliança da Airbus com a Embraer ou com os fornecedores da empresa brasileira. De qualquer forma, a aproximação faz parte da estratégia da Airbus de ampliar fronteiras e de reduzir um pouco o que Enders chama… Read more »

João-Curitiba

Ter lucro ou prejuízo faz parte do jogo empresarial. Fala-se do prejuízo no trimestre. E o lucro nos 50 trimestres anteriores? E a crise não chegou agora. Eu que sou micro-empresário estou sentindo uma retração faz mais de um ano. Segundo dados das associações comerciais de todo o País, apenas nas regiões Norte e Nordeste a economia está crescendo muito acima da média. Este ano o NE superou o Sul em consumo de energia elétrica pela primeira vez desde o Descobrimento. E desde o ciclo da cana de açúcar ainda no Brasil Colônia, que o NE não superava o Sul… Read more »

Igor

Discurso sulista, paulistano provinciano.

Baschera

Senhores, Não existe empres imune, ao mercado, a economia… e aos concorrentes. Editorial importante do Defesanet….Estaria a Embraer piscando ?? “O nicho de mercado em que a EMBRAER, criou para sí, terá novos competidores nos próximos meses. Além das incertezas do mercado com os preços do petróleo variando mais de 200 %, em poucas semanas. Assim, como o jogador ou o pistoleiro, que pisca no momento decisivo, mostra dúvidas e incertezas quanto ao futuro. Durante a conferência de imprensa para apresentação de resultados do Terceiro Trimestre (04Nov08) pela primeira vez a EMBRAER não negou peremptoriamente a aproximação com alguma empresa… Read more »

joao são josé sc

A embraer tem de começar a fazer parceria se não consegue sobreviver no mercado.As grandes empresas estão se espandindo no mercado.Embraer tem de pensar gual o melhor .um abraço.

Iuri Korolev

Caros amigos do blog

Sem alarmismo, por favor.
1)Foi apenas um soluço cambial, plenamente normal em uma empresa exportadora.
Comercialmente e operacionalmente a Embraer vai bem obrigado.
Pelo contrário, com o dólar mais alto sua competitividade vai melhorar muito.

2) O negócio com a EADS é um sonho antigo da Embraer, que quer entrar no filé da aviação comercial, que são os aviões na faixa dos 180 lugares.Putz, se vingar isto vai ser o canal.
Não é apenas medo dos russos e chineses (embora não estou afirmando que não se deva ficar atento com eles).

Sds
Iuri

John

Caro Baschera e demais colaboradores, “Qual o siginificado do piscar da EMBRAER ?” Como diria Jack estripador, vamos por partes (pessíma piada, né ?). 1 – Bem, do ponto de vista de um membro e colaborador da EMBRAER, significa que a turbulência que se arrasta a 06~18 meses (crise das bolsas mundiais, alta do petróleo, valorização de moedas (dólar, real, rublo, ien,…etc), problemas políticos externos, etc), o resultado apresentado no trimestre é inadequado, mas não ruim. Grandes empresas, inclusive algumas brasileiras apresentaram balanços piores nas últimas 02-03 semanas. E convém lembrar que não são empresas de bases estratégica (produzem produtos… Read more »

Hornet

pessoal, se vcs acham que a coisa está ruim para a Embraer é porque ainda não viram o meu saldo bancário…rs.rs.rs.

abraços a todos

Iuri Korolev

Pô Hornet eu ia te pedir uma grana emprestada…
(lembra da musica do Chico – Deus dará)

Caro John
Concordo com quase tudo o que você disse.
Só não concordo com a parte sobre Embraer na China.
A China para mim é um “inimigo” que quanto mais longe dele mais perigoso fica.
A Embraer China foi uma jogada de mestre do Botelho, que na minha opinião é um executivo brilhante.

Sds
Iuri

Hornet

Iuri,

kkkkk…O gerente do meu banco sempre canta essa música do Chico pra mim quando vou pedir alguma coisa…”Deus dará, Deus dará”…rs.

Ô dureza!!!

abraços

John

Iuri,

Meu receio é que o aliado de hoje (China) será o adversário de amanhã.

A abertura da unidade fabril da EMBRAER na China trouxe beneficios apenas em parte, a recente mudança chinesa de abertura de mercado e exigência de contrapartidas comerciais deve ser visto com cuidado. O governo chinês promove vendas de seus produtos, mas não necessariamente compra de fornecedores externos.

Abraços,

John

AJS

Não se preocupem com a China, ela hoje, está em termos de qualidade de produtos, como se apresentava o Japão em fins da década de 60, início da de 70, ao tencionar comprar algum produto, logo se ouvia de alguém, “quinquilharia japonesa”.
E hoje, deu no que deu.
Não devemos nos preocupar, mas sim, investir maciçamente em educação, saúde, saneamento, para que possamos ter uma população em condições de assimilar novos conhecimentos e partir agressiva e decididamente para o desenvolvimento de novos produtos, ficando a frente do que exista, para ai sim, deslanchar.

RL

E ai vem o “molusco” e diz que a crise não chegou aqui.
Na cabeça dele que é um ser de outro mundo, outra galaxia, realmente a crise pode não ter chagado aqui.
É obvio que, se a crise é mundial e o Brasil fazendo parte do mundo, esta mesma crise vai chegar aqui.
O reflexo dela esta ai.

Noticia chata esta né?. Chata no sentido de trazer preocupação, sabendo-se que poderia muito bem estar sendo noticiado exatamento o contrário. Ao invéz de perder 48 milhões, estar na verdade lucrando 10 vezes mais do que isso.

Brigadeiro... de chocolate

Só modernizando F-5 e fabricando Ejets ..da nisso..tem que diversificar.

Marco

ISSO É QUE DÁ SE ASSOCIAR COM OS CHINESES ( ELES COPIARAM ).AGORA É SE PREPARAR PARA A CONCORRÊNCIA DA RUSSIA E DA CHINA QUE FABRICAM TURBINAS ALEM DA CANADENSE BOMBARDIER.

Tá no G1
http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL848621-9356,00.html

EMBRAER avalia possível desenvolvimento de jato maior

Indústria aeronáutica chinesa mostra as garras com primeira venda de avião regional

Marco

Eu já mandei um e-mail para Embraer sugerindo a eles diversificar , incusive lançando uma unidade de fabricação de automóveis . Imagine o nome Embraer e a tecnologia alcançada pela empresa em um carro genuinamente brasileiro?
Precisam também investir em aviões militares.

konner

Noticia boa então … — Presidente da Airbus planeja parceria com Embraer O alemão Thomas Enders, principal executivo da Airbus, tem acompanhado à distância o crescimento da Embraer e considera o desempenho da companhia brasileira de jatos regionais ” surpreendente ” . Enders irá a São José dos Campos (SP) conhecer a empresa de perto. Enders não detalha se o que pretende é uma aliança da Airbus com a Embraer ou com os fornecedores da empresa brasileira. De qualquer forma, a aproximação faz parte da estratégia da Airbus de ampliar fronteiras e de reduzir um pouco o que Enders chama… Read more »

João-Curitiba

Ter lucro ou prejuízo faz parte do jogo empresarial. Fala-se do prejuízo no trimestre. E o lucro nos 50 trimestres anteriores? E a crise não chegou agora. Eu que sou micro-empresário estou sentindo uma retração faz mais de um ano. Segundo dados das associações comerciais de todo o País, apenas nas regiões Norte e Nordeste a economia está crescendo muito acima da média. Este ano o NE superou o Sul em consumo de energia elétrica pela primeira vez desde o Descobrimento. E desde o ciclo da cana de açúcar ainda no Brasil Colônia, que o NE não superava o Sul… Read more »

Igor

Discurso sulista, paulistano provinciano.

Baschera

Senhores, Não existe empres imune, ao mercado, a economia… e aos concorrentes. Editorial importante do Defesanet….Estaria a Embraer piscando ?? “O nicho de mercado em que a EMBRAER, criou para sí, terá novos competidores nos próximos meses. Além das incertezas do mercado com os preços do petróleo variando mais de 200 %, em poucas semanas. Assim, como o jogador ou o pistoleiro, que pisca no momento decisivo, mostra dúvidas e incertezas quanto ao futuro. Durante a conferência de imprensa para apresentação de resultados do Terceiro Trimestre (04Nov08) pela primeira vez a EMBRAER não negou peremptoriamente a aproximação com alguma empresa… Read more »

joao são josé sc

A embraer tem de começar a fazer parceria se não consegue sobreviver no mercado.As grandes empresas estão se espandindo no mercado.Embraer tem de pensar gual o melhor .um abraço.

Iuri Korolev

Caros amigos do blog

Sem alarmismo, por favor.
1)Foi apenas um soluço cambial, plenamente normal em uma empresa exportadora.
Comercialmente e operacionalmente a Embraer vai bem obrigado.
Pelo contrário, com o dólar mais alto sua competitividade vai melhorar muito.

2) O negócio com a EADS é um sonho antigo da Embraer, que quer entrar no filé da aviação comercial, que são os aviões na faixa dos 180 lugares.Putz, se vingar isto vai ser o canal.
Não é apenas medo dos russos e chineses (embora não estou afirmando que não se deva ficar atento com eles).

Sds
Iuri

John

Caro Baschera e demais colaboradores, “Qual o siginificado do piscar da EMBRAER ?” Como diria Jack estripador, vamos por partes (pessíma piada, né ?). 1 – Bem, do ponto de vista de um membro e colaborador da EMBRAER, significa que a turbulência que se arrasta a 06~18 meses (crise das bolsas mundiais, alta do petróleo, valorização de moedas (dólar, real, rublo, ien,…etc), problemas políticos externos, etc), o resultado apresentado no trimestre é inadequado, mas não ruim. Grandes empresas, inclusive algumas brasileiras apresentaram balanços piores nas últimas 02-03 semanas. E convém lembrar que não são empresas de bases estratégica (produzem produtos… Read more »

Hornet

pessoal, se vcs acham que a coisa está ruim para a Embraer é porque ainda não viram o meu saldo bancário…rs.rs.rs.

abraços a todos

Iuri Korolev

Pô Hornet eu ia te pedir uma grana emprestada…
(lembra da musica do Chico – Deus dará)

Caro John
Concordo com quase tudo o que você disse.
Só não concordo com a parte sobre Embraer na China.
A China para mim é um “inimigo” que quanto mais longe dele mais perigoso fica.
A Embraer China foi uma jogada de mestre do Botelho, que na minha opinião é um executivo brilhante.

Sds
Iuri

Hornet

Iuri,

kkkkk…O gerente do meu banco sempre canta essa música do Chico pra mim quando vou pedir alguma coisa…”Deus dará, Deus dará”…rs.

Ô dureza!!!

abraços

John

Iuri,

Meu receio é que o aliado de hoje (China) será o adversário de amanhã.

A abertura da unidade fabril da EMBRAER na China trouxe beneficios apenas em parte, a recente mudança chinesa de abertura de mercado e exigência de contrapartidas comerciais deve ser visto com cuidado. O governo chinês promove vendas de seus produtos, mas não necessariamente compra de fornecedores externos.

Abraços,

John

AJS

Não se preocupem com a China, ela hoje, está em termos de qualidade de produtos, como se apresentava o Japão em fins da década de 60, início da de 70, ao tencionar comprar algum produto, logo se ouvia de alguém, “quinquilharia japonesa”.
E hoje, deu no que deu.
Não devemos nos preocupar, mas sim, investir maciçamente em educação, saúde, saneamento, para que possamos ter uma população em condições de assimilar novos conhecimentos e partir agressiva e decididamente para o desenvolvimento de novos produtos, ficando a frente do que exista, para ai sim, deslanchar.

Últimas Notícias

Mais fotos dos primeiros caças Gripen E de série para a Suécia e o Brasil

A Saab divulgou mais imagens dos primeiros caças Gripen E de produção em série apresentados essa semana para a...
- Advertisement -
- Advertisement -