segunda-feira, junho 14, 2021

Gripen para o Brasil

Array

‘Southern Partner’ começa no final do mês – Brasil está fora

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A USAF, através da US Air Forces Southern/12th Air Force, programou um roteiro de visitas e intercâmbio com Forças Aéreas da América Latina. Os deslocamentos ocorrerão no final deste mês de outubro e envolverão 70 militares ao longo de duas semanas. Denominado ‘Southern Partner’, esta missão procurará estabeler um melhor relacionamento com as forças aéreas da Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile. Os temas abordados incluirão desde manutenção de aeronaves até missões de busca e salvamento.

Esta missão norte-americana ocorre num momento em que a Venezuela, tradicional aliado dos EUA na América Latina por décadas, aproxima-se mais da influência russa. O comandante da 12th Air Force, General Norman Seip, afirmou ao grupo Jane’s que os EUA estarão monitorando a aquisição de material militar  pela Venezuela, “mas que isso ainda não é uma ameaça ao balanço militar regional”.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
thiago

medo do f-5/r-99

Walderson

são tão amigos que o Brasil não figura na lista. “Mui amigo”.

Cinquini

Amigo igual aos EUA? Não preecisamos de inimigos! 😉
Eles vao visitar um dos seus maiores alidos, o Chile; e vão passear em outras duas “províncias”, Uruguai e Paraguai!

Ou vcs acham que a Força Aérea do Paraguai é um “aliado” estadunidense?

Abração

konner

Com o fim da Base de Manta no Equador,

‘Talvez’ o principal alvo dos EUA na América do Sul, volte a ser a criação de uma base militar americana na região da Tríplice Fronteira, no Paraguai.

AMX

Talvez a Força Aérea do Paraguai propriamente dita não seja um “aliado” estadunidense, mas, com certeza, com dinheiro, rapidamente ela se tornaria um.
Não sei precisar hoje, mas, lembremo-nos de que ainda durante o primeiro mandato do (arg!) Lula, causou uma certa animosidade entre nós e o Paraguai o fato de eles realizarem manobras conjuntas com o exército dos EUA próximo à nossa fronteira.

Paulo Costa

Ficaria preocupado se, so nos ficassemos de fora,mas como o
maior aliado na região a Colombia tambem não estara,alem do que
estamos envolvidos como pais organizador da Cruzex 2008….

RL

É pra largar a mão de ser idiota.

País bonzinho é isso ai.

O bom, é sempre o mais bobo.

Kaleu

Srs. onde está vossa inteligência ? Olhem para os paises convidados, e verão potenciais Bolivarianos (com exceção do Chile), a ação americana é tão somente um contrapeso a Chaves, e sua exagerada aproximação com a Russia, leiam :- “Southern Partner’, esta missão procurará estabeler um melhor relacionamento com as forças aéreas da Argentina, Paraguai, Uruguai” ou seja limitar a influência Russa na região. Graças a Deus não fomos convidados, eu ficaria ofendido, Colombia não foi convidada, pois, não há a minima chance de aliar-se a Chaves e Russos e o Brasil… Bom o Brasil é outro papo, é papo de… Read more »

Kaleu

háá, antes que me esqueça, e o Chile ??

Bom o Chile é simplesmente o maior consumidor de vetores americanos da Região e acaba de adquirir 16 F16MLU, convidado de honra !

abraços
Kaleu

Pinchas Landisbergis

Valeu Kaleu!!!

thiago

medo do f-5/r-99

Walderson

são tão amigos que o Brasil não figura na lista. “Mui amigo”.

Cinquini

Amigo igual aos EUA? Não preecisamos de inimigos! 😉
Eles vao visitar um dos seus maiores alidos, o Chile; e vão passear em outras duas “províncias”, Uruguai e Paraguai!

Ou vcs acham que a Força Aérea do Paraguai é um “aliado” estadunidense?

Abração

konner

Com o fim da Base de Manta no Equador,

‘Talvez’ o principal alvo dos EUA na América do Sul, volte a ser a criação de uma base militar americana na região da Tríplice Fronteira, no Paraguai.

AMX

Talvez a Força Aérea do Paraguai propriamente dita não seja um “aliado” estadunidense, mas, com certeza, com dinheiro, rapidamente ela se tornaria um.
Não sei precisar hoje, mas, lembremo-nos de que ainda durante o primeiro mandato do (arg!) Lula, causou uma certa animosidade entre nós e o Paraguai o fato de eles realizarem manobras conjuntas com o exército dos EUA próximo à nossa fronteira.

Paulo Costa

Ficaria preocupado se, so nos ficassemos de fora,mas como o
maior aliado na região a Colombia tambem não estara,alem do que
estamos envolvidos como pais organizador da Cruzex 2008….

RL

É pra largar a mão de ser idiota.

País bonzinho é isso ai.

O bom, é sempre o mais bobo.

Kaleu

Srs. onde está vossa inteligência ? Olhem para os paises convidados, e verão potenciais Bolivarianos (com exceção do Chile), a ação americana é tão somente um contrapeso a Chaves, e sua exagerada aproximação com a Russia, leiam :- “Southern Partner’, esta missão procurará estabeler um melhor relacionamento com as forças aéreas da Argentina, Paraguai, Uruguai” ou seja limitar a influência Russa na região. Graças a Deus não fomos convidados, eu ficaria ofendido, Colombia não foi convidada, pois, não há a minima chance de aliar-se a Chaves e Russos e o Brasil… Bom o Brasil é outro papo, é papo de… Read more »

Kaleu

háá, antes que me esqueça, e o Chile ??

Bom o Chile é simplesmente o maior consumidor de vetores americanos da Região e acaba de adquirir 16 F16MLU, convidado de honra !

abraços
Kaleu

Pinchas Landisbergis

Valeu Kaleu!!!

Reportagens especiais

Embraer apresenta o avião de transporte militar KC-390

Gavião Peixoto-SP, 21 de outubro de 2014 – A Embraer apresentou hoje o primeiro protótipo do avião de transporte...
- Advertisement -
- Advertisement -