Tu-160 chegou a 20 milhas da Inglaterra sem ser incomodado

68

Um bombardeiro russo Tupolev Tu-160 foi capaz de voar dentro do espaço aéreo britânico, a 90 segundos de vôo da costa da Inglaterra, sem ser detectado pelos radares da RAF a maior parte do tempo, em revelação feita no dia 30 de setembro.

O supersônico ‘Blackjack’ voou completamente despercebido a apenas 20 milhas da costa, em uma das piores violações de segurança aos britânicos, desde o fim da Guerra Fria.

Os radares da RAF eventualmente chegaram a detectar a aeronave, mas os aviões em alerta estavam sendo utilizados em outras funções, por isso não puderam interceptar o intruso.

A embaraçosa violação ocorrida no final do ano passado colocou em xeque as capacidades de defesa da Grã-Bretanha, depois que quatro esquadrões de jatos foram desativados com os cortes no orçamento de Defesa.

Um piloto da RAF disse que “os russos nos fizeram sentir impotentes. Foi um desastre – que basicamente deu luz verde a eles para voarem onde quiserem.”

O jato supersônico russo decolou da Base Aérea de Engel, perto de Saratov na Rússia, no delta do Volga.
O Ministério da Defesa britânico confirmou a incursão, mas disse que existe uma “abordagem multi-camadas” para dissuadir aviões inimigos.

FONTE: http://www.dailymail.co.uk

Publicidade

Forças de Defesa no YouTube

Subscribe
Notify of
guest

68 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tiago Jeronimo

O Daily Mail não passa de um jornaleco sensasionalista(Tábloide). A verdade é essa: “O ressurgimento da agressividade russa, que ostensivamente passeia os seus velhos, ainda que recuperados navios pelos mares do mundo, começou em 2006 e aumentou em 2007, com a retomada dos voos dos aviões bombardeiros de longo alcance. Tu-160, um dos quais esteve na Venezuela à alguns dias. Embora os países da OTAN tenham seguido os aviões, tem sido dada relativamente pouca importância aos voos, uma vez que eles se parecem destinar a pouco mais que propaganda interna. Ainda há alguns dias um desses aviões aproximou-se a pouco… Read more »

Fábio Max

Guardado o sensacionalismo, o que eu acho disso é que muitas forças armadas pelo mundo afora estão diminuindo em tamanho e abrangência de cobertura, basicamente porque os países ocidentais pensavam que a Guerra Fria não teria retorno.

Agora, começam a perceber que o mundo unipolar não é bom e ao mesmo tempo, percebem que a bipolarização está em curso, a Rússia está voltando ao status de potência militar e esses pequenos fatos isolados põe em pânico quem economizou e negligenciou recursos de segurança.

Manfred Von Richthofen

A fonte pode ser ruim, mas a informação é verdadeira e foi confirmada pelo MoD.
É uma situação realmente embaraçosa para a RAF e mostra como a Inglaterra está vulnerável.
Agora, imagine a gente, com os Tu-160 voando aqui do lado…rs

João-Curitiba

A Rússia chegou a pedir desculpas pelo “lamentável incidente causado por um problema momentâneo no sistema de orientação da aeronave”?

Ozawa

Apenas mais uma página, muito embora do apêndice, do volume I, da guerra fria… As movimentações recentes de parte à parte parecem querer preparar uma nova edição, o volume II.

edilson

Acho que o que estão fazendo é medir a força e comprimento do braço do adversário, nada mais do que isto

Leo

Concordo com o Edilson. O pessoal está medindo o “comprimento do braço de adversário”.

Para aqueles que menosprezam os velhos aviões, vale a pena lembrar que eles podem carregar misseis cruise nucleares, que estão muito longe de serem classificados como inofensivos.

O próprio B-52, antiquíssimo, ainda é empregado pelos americanos. Fez inúmeras campanhas nas duas guerras contrao Iraque. Acho que ninguém os considera inofensivos.

Leo

Cinquini

O TU-160 é o melhor da sua categoria!

welington

Que isso gente o TU-160 é muito superior ao B-1, ele é uma super ameaça a ser considerada por qualquer potencia.

Paulo Costa

Como isto aconteceu na ida,na volta com certeza os TU
foram acompanhados de perto…

Tiago Jeronimo

Os fãs russos continuam hilários, vocês acham que um avião do tamanho do Tu-160 blackjack não seria captado por radares Ingleses? Se vocês acham que a Inglaterra está mal assim então não falo mais nada.

welington

Uai parece que o ministério da defesa inglês confirmou a noticia porque o mesmo o faria?
Ilario.

Leo

O problema não é a captação, é o tempo de reação. Este é o “X” da questão.

Jonas Rafael

“Os radares da RAF eventualmente chegaram a detectar a aeronave, mas os aviões em alerta estavam sendo utilizados em outras funções”
Que outras funções?!? Show aéreo?!? Interceptar OVNIs?!? Os britânicos tem tantas aeronaves estranhas invadindo seu espaço aéreo assim? Me parece mais que houve alguma falha operacional

Alfredo_Araujo

O q vc diz entao Tiago?? Q os ingleses viram mais nao se importaram?? Ou é tao dificil assim acreditar em um desleicho por parte da Inglaterra??

joaquim

Acho que com os ingleses não se brinca. Acho que os russos queriam arrumar um incidente. Os britanicos perceberam isso, sem duvida. Nenhum avião russo se aproximaria tanto assim da Inglaterra sem um motivo pré-calculado. Acho que não haverá segunda chance amigos. Mais uma invasão desta a cobra vai fumar.

Meirelles

Que nada,os Ingleses não queriam é gastar querosene à toa.O que os russos poderiam fazer?…”foi um problema momentâneo no sistema de orientação da aeronave”…me engana que eu gosto.Daqui a pouco vão lançar um míssil nuclear em londres e vão dizer que era de teste e foi um problema momentâneo no sistema de guiagem do míssil.

Ricardo

Um avião de guerra bombardeiro nuclear entra no espaço aereo ingles e a RAF é incapaz de responder? é… parece que a RAF anda ruim das pernas…

RL

Gostem ou não, o fato de a URSS ter tido um colapso no ínicio dos anos 90 não sucumbiu por inteiro a Rússia.

Eles continuam sendo a Rússia, ferida más ainda tem força.
E se essa força não fosse de extrema relevância, nem ao menos seriam notificados incidentes como estes.

Sou contra a invasão de espaço aéreo, terrestre ou marítimo onde quer que seja, más a verdade é que o Urso esta sim fragilizado más não esta morto.

joaquim

O fato parece corriqueiro, mas esta ocorrendo simultaneamente com as movimentações navais da Russia, principalmente no Caribe. E isto esta acontecendo num momento de tensão internacional generalizada.Preocupante isso caros amigos.

ph ctba

Preocupante?
Nenhum país do Mundo (principalmente EUA e Rússia) quer um conflito dessas dimensões. Isso signifícaria o fim de tudo.
Esse jogo de gato e rato por parte da Rússia e dos membros da Otan sempre existiu e sempre vai existir.
Se os fatos são realmente esses, méritos da aviação estratégica russa e falha monstruosa da RAF, pois, se a Otan vigia em pleno mar internacional os voos dos Tu-160, por que a RAF não interceptaria os invasores do teu espaço aéreo?

Brasileiro

Acho relevante esta notícia no âmbito estratégico-militar na conjutura atual:
http://www.defesanet.com.br/br/dec_6592.htm
Chequem e digam o que acham.

joaquim

Bem…se ninguem quer um conflito, para que tantas armas. Bastaria então um porrete pra cada soldado né.

Montenegro

Tiago Geronimo como vc contunia hilário! seu total desconhecimento do assunto me assombra garoto. Em 1993 um velho MIG-21 cubano desertou para os EUA sendo somente detectado quando se preparava para pousar em Key West. O que isto mostra? que os “fãs” dos equipamentos americanos são hilários, ou talvez que os EUA são uma piada? Ou será que o velho MIG 21 e seu assustado piloto de 32 anos era um verdadeiro “ace” doa ares? Afinal que tipo de sumidade é o sr. para classificar este equipamento ou aquele como inefetivo, porcaria, etc… seja mais sereno em seus estúpidos comentários… Read more »

John

Tiago Jeronimo, vc é o maior fanfarrão que tenho visto neste blog, nunca vi um nível de conhecimento que beira a demencia , inutilidade, imaturidade, falta de conhecimento técnico e profissional, falta de nexo com a realidade e total servidão à imagem distorcida que certos países (como os EUA, seu ideal mor), prega pelo 4 cantos do mundo. Recomendo que se quiser, deixe comentários úteis, caso não os tenha, agradeço e respeito seu silêncio. Os comentários que deixamos no blog, em geral, visa difundir informações, notícias ou impressões gerais, porém sem polemizar; acho seu comentários preconceituosos, desnecessários, irracionais, sem ponderação… Read more »

ph ctba

Joaquim. Você já deve ter ouvido ou lido a expressão “se quer a paz, preparesse para a guerra”.
Se algum desses países quisessem uma guerra desta proporção, eu e você com certeza não teriamos existido, pois ela com certeza ocorreria a décadas atrás!

A Inglaterra até pode enfrentar uma guerra contra a Argentina ou Iraque. A Rússia contra a Geórgia ou Chechenia. Os Estados Unidos contra o Iraque ou Sérvia.
Agora, briga entre eles, os peixes grandes…ninguém vai querer assumir.

Walderson

Caro Galante,
enfim a Dassault abriu o bico:
http://www.defesanet.com.br/fx2/da_rafale.htm
um abraço.

Emanuel

esse Tiago é um babaquinha arrogante, com o perdão da palavra.

konner

Olha os ” MÚSCULOS ” do ” URSO ” !! Entre o território da Russia e o da Belorússia, está em andamento um grande exercício militar envolvendo aviação estratégica. Os exercícios deverão se encerrar no dia 12 de outubro. Tu-160, Tu-95 MS com os Tu-22 M3 participam das operações, junto com caças de superioridade aérea e aeronaves reabastecedoras. Durante as manobras, os bombardeiros estão realizando vôos de patrulha com armamento nuclear a bordo. O tenente coronel Vladimir Drik, porta-voz da VVS, declarou que estão voando com o máximo da capacidade bélica de suas aeronaves, o que inclui mísseis cruise de… Read more »

Ricardo

Pois é, cada Kh-55 custa o olho da cara nem a URSS gostava de fica disparando eles em teste.

Mateus_LB

O Brasil precisa de um bombardeiro,desde q os B-26 foram desativados ficou uma locuna na nossa aviação,os AMX ñ dão conta de um ataque de grande proporções como os bombardeiros são capazes.

fredy

Acho que está na hora do Brasil acordar. Hugo chaves deu início a corrida armamentista na américa do sul comprando vários caças Mig e Sukhoi. O mínimo que o Brasil precisa fazer é igualar essa força. De fato, chega a ser risível o equipamento utilizado pelo FAB. de fato, os ultrapassados caças do arsenal brasileiro sequer saberiem o que os atingiram se fossem atacados pela força aérea venezuelana. Em um páis continental como o brasil possuir uma força aérea bem equipada éabsolutamente essencial à defesa do país. Para isso basta dizer que alguns especialistas afirmam que se os misseis utilizados… Read more »

fredy

Há, para quem afirma que os Mig-29 nunca conseguiram uma vitória, lembrem que em 1999 a força aérea cubana derrubou dois monomotores de uma ONG formada por exilados cubanos em Miami.kkkkkkkkkkkkkkk, que vitória hein.

Tiago Jeronimo

O Daily Mail não passa de um jornaleco sensasionalista(Tábloide). A verdade é essa: “O ressurgimento da agressividade russa, que ostensivamente passeia os seus velhos, ainda que recuperados navios pelos mares do mundo, começou em 2006 e aumentou em 2007, com a retomada dos voos dos aviões bombardeiros de longo alcance. Tu-160, um dos quais esteve na Venezuela à alguns dias. Embora os países da OTAN tenham seguido os aviões, tem sido dada relativamente pouca importância aos voos, uma vez que eles se parecem destinar a pouco mais que propaganda interna. Ainda há alguns dias um desses aviões aproximou-se a pouco… Read more »

Manfred Von Richthofen

A fonte pode ser ruim, mas a informação é verdadeira e foi confirmada pelo MoD.
É uma situação realmente embaraçosa para a RAF e mostra como a Inglaterra está vulnerável.
Agora, imagine a gente, com os Tu-160 voando aqui do lado…rs

Fábio Max

Guardado o sensacionalismo, o que eu acho disso é que muitas forças armadas pelo mundo afora estão diminuindo em tamanho e abrangência de cobertura, basicamente porque os países ocidentais pensavam que a Guerra Fria não teria retorno.

Agora, começam a perceber que o mundo unipolar não é bom e ao mesmo tempo, percebem que a bipolarização está em curso, a Rússia está voltando ao status de potência militar e esses pequenos fatos isolados põe em pânico quem economizou e negligenciou recursos de segurança.

João-Curitiba

A Rússia chegou a pedir desculpas pelo “lamentável incidente causado por um problema momentâneo no sistema de orientação da aeronave”?

Ozawa

Apenas mais uma página, muito embora do apêndice, do volume I, da guerra fria… As movimentações recentes de parte à parte parecem querer preparar uma nova edição, o volume II.

edilson

Acho que o que estão fazendo é medir a força e comprimento do braço do adversário, nada mais do que isto

Leo

Concordo com o Edilson. O pessoal está medindo o “comprimento do braço de adversário”.

Para aqueles que menosprezam os velhos aviões, vale a pena lembrar que eles podem carregar misseis cruise nucleares, que estão muito longe de serem classificados como inofensivos.

O próprio B-52, antiquíssimo, ainda é empregado pelos americanos. Fez inúmeras campanhas nas duas guerras contrao Iraque. Acho que ninguém os considera inofensivos.

Leo

Cinquini

O TU-160 é o melhor da sua categoria!

welington

Que isso gente o TU-160 é muito superior ao B-1, ele é uma super ameaça a ser considerada por qualquer potencia.

Paulo Costa

Como isto aconteceu na ida,na volta com certeza os TU
foram acompanhados de perto…

Tiago Jeronimo

Os fãs russos continuam hilários, vocês acham que um avião do tamanho do Tu-160 blackjack não seria captado por radares Ingleses? Se vocês acham que a Inglaterra está mal assim então não falo mais nada.

welington

Uai parece que o ministério da defesa inglês confirmou a noticia porque o mesmo o faria?
Ilario.

Leo

O problema não é a captação, é o tempo de reação. Este é o “X” da questão.

Jonas Rafael

“Os radares da RAF eventualmente chegaram a detectar a aeronave, mas os aviões em alerta estavam sendo utilizados em outras funções”
Que outras funções?!? Show aéreo?!? Interceptar OVNIs?!? Os britânicos tem tantas aeronaves estranhas invadindo seu espaço aéreo assim? Me parece mais que houve alguma falha operacional

Alfredo_Araujo

O q vc diz entao Tiago?? Q os ingleses viram mais nao se importaram?? Ou é tao dificil assim acreditar em um desleicho por parte da Inglaterra??

joaquim

Acho que com os ingleses não se brinca. Acho que os russos queriam arrumar um incidente. Os britanicos perceberam isso, sem duvida. Nenhum avião russo se aproximaria tanto assim da Inglaterra sem um motivo pré-calculado. Acho que não haverá segunda chance amigos. Mais uma invasão desta a cobra vai fumar.

Meirelles

Que nada,os Ingleses não queriam é gastar querosene à toa.O que os russos poderiam fazer?…”foi um problema momentâneo no sistema de orientação da aeronave”…me engana que eu gosto.Daqui a pouco vão lançar um míssil nuclear em londres e vão dizer que era de teste e foi um problema momentâneo no sistema de guiagem do míssil.