terça-feira, abril 13, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Em Pequim, Chávez anuncia compra de aviões chineses

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Presidente venezuelano também assinou acordos de petróleo;
aeronaves são de treino e reconhecimento

PEQUIM – O presidente venezuelano, Hugo Chávez, anunciou nesta quarta-feira, 24, a compra de aviões de treino e reconhecimento chineses, um assunto sobre o qual Pequim não se pronunciou, após um dia marcado pela assinatura de acordos de petróleo. “Estamos negociando e acordando a compra de alguns aviões que são de treino e reconhecimento que fazem muita falta para nós”, assinalou Chávez após encontro com o presidente da China, Hu Jintao.

Segundo o presidente venezuelano, a compra já foi acordada, mas não há ainda “detalhes”. Há algumas semanas, Chávez havia anunciado que compraria de Pequim 24 aviões de combate, enquanto outras fontes assinalaram seu interesse em sistemas de defesa antimísseis e submarinos a diesel, que provavelmente negociará na Rússia, para onde viaja na quinta-feira.

Chávez iniciou nesta quarta a agenda oficial de sua quinta visita à China, marcada pela assinatura de 26 acordos em que predominou o setor do petróleo. A Venezuela é o quinto maior produtor dessa commodity e envia à China 4% do petróleo que os chineses necessitam.

Com os acordos assinados nesta quarta, Caracas aumentará o volume de exportação, que hoje é de 250 mil barris diários, para 500 mil. Entre os documentos assinados também há o acordo de construção de uma refinaria em Cabruta, na Venezuela, e outra em Cantão, na China.

Além disso, os dois governos estudam a construção de três refinarias adicionais em solo chinês. “A China pode se transformar algum dia no principal destino de nosso petróleo”, ressaltou o chefe de Estado venezuelano.

Sobre a crise financeira, Chávez voltou a culpar Washington por sua “irresponsabilidade” e sua “grande farsa econômica”. Segundo Chávez, que ao lado de Hu foi um dos poucos líderes que não foram à Assembléia Geral da ONU, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, “é um dos mais culpados.”

FONTE: Estadão

- Advertisement -

34 Comments

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
konner

Tudo indica se tratar do avião de treinamento avançado Hongdu JL-8. O avião, que realizou seu vôo inaugural em 1990 e teve as suas primeiras unidades entregues em 1994, é monomotor, porém pode ser equipado com um canhão de 23mm além dos quatro pontos de fixação de armamentos sob as asas, totalizando 943kg de carga bélica, entre bombas de queda-livre e foguetes não-guiados. O alcance operacional do JL-8 é de 2.250km e desempenha velocidade máxima de até 800km/h, se não me engano. Olha ele aí, http://www.youtube.com/watch?v=1XPJS1_SS1o O avião é resultado da cooperação entre o Paquistão e a China. A versão… Read more »

Fábio Max

O que será que Chaves dirá de Barack Obama, se ele for eleito, para manter essa bobagem anti-EUA?

Raphael

250 mil a 500 mil, como? Magica? rsrsrs

Marco

Ele ainda vai dar muita dor de cabeça. Seu projeto é liderar os seus satélites bolivarianos( Bolívia, Equador, Nicarágua)contra os interesses de nosso país.Usa o argumento anti-EUA mas seu objetivo é 2/3 do território da Guiana Inglesa. Está se armando pq a guerra será aqui na fronteira do Brasil com a Guiana.

konner

Os Estados Unidos não tiveram ‘consistência’ e ‘habilidade’ ao lidar com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Os EUA optaram pela máxima: — Tudo o que meu inimigo faz é ruim. Assim, contribuiu para polarizar a região, colocando um grande desafio à sua política na América Latina. Pessoalmente, vejo os estreitos laços de Caracas com Teerã, como sendo muito mais preocupante do que com a Russia. Isto deveria preocupar “particularmente” Washington. Além disso, os EUA deveriam estreitar laços com países como Chile e Brasil e deixar claro a outros, como Bolívia e Equador, que a Casa Branca continua aberta à… Read more »

Marcos

Caro Marco
Compartilho de sua opinião e ainda questiono se parte do estado de Roraima também não está na mira de um possível expansionismo venezuelano.

João-Curitiba

E dizer que no governo FHC o Bush chegou a pedir para o nosso presidente dar uns “conselhos” ao Chavez. Aliás, o Chavez tinha respeito e admiração pelo FHC. Ao que parece, o Lula não é merecedor da confiança do mesmo Bush. Afinal, ele é da turma do Chavez.

Baschera

O que vcs não sabem, é que nas horas vagas, o Chaves coloca uma capa vermelha e um capuz com anteninhas e fala : Não contavam com minha astúcia….
Sds.

joao

Tomara que ele compre mais Sukhoi da Russia. Talvez assim o Brasil acorde de seu eterno sonho cryogenico. O que aconteceu com o FX-2? Sera que ainda existe? Fica todo muito rindo do Chavez,mas parece que daqui a dez anos o panorama sera esse: a Venezuela com uma enorme frota de submarinos russos modernissimos,72 Sukhoi 30-35 com um imenso estoque de misseis ar-ar e anti-navio de ultima geracao,defesa anti-aerea super efetiva com os S-300. O Brasil com o FX-3,porque o FX-2 morreu,visando em 2025 modernizar a frota com 36 aparelhos. A MB se arrastando para terminar o primeiro navio patrulha,comecado… Read more »

João-Curitiba

Prezado xará João. Quem conhece História do Brasil, sabe que o cenário que você descreveu pode muito bem acontecer. E já que estamos num exercício de “loucura”, vamos imaginar a Venezuela (talvez com mais algum aliado) atacando o Brasil. As grandes potências ocidentais vêm em nosso socorro e após violentos combates onde quem sairá perdendo é o povo desses países sul-americanos, cada um dos nossos “salvadores” ficará com um pedaço das amazônias verde e azul, a título de garantir maior proteção (afinal, a Rússia e a China também estariam de olho), assim como muitos novos países indígenas seriem criados, também… Read more »

Fábio Max

O João-Curitiba é que projetou um futuro plausível.

O Brasil seria “defendido” de evental agrssão pelos EUA, mas em troca, teríamos que aceitar “patrulhamento” internacional na Amazônia e nos nossos mares territoriais… e não duvidem que não haveria movimentos separatistas no Brasil, a partir disso…

joao

Realmente,amigos,cenarios bem possiveis. Acontece que ja perdi a paciencia com essa novela de “reaparelhamento”. E um processo simples,que no Brasil se transforma em algo tao complexo como o programa espacial americano. Quando a Venezuela precisa reaparelhar-se,o Chavez entra no seu jato na Segunda,assina o acordo na Quarta,e algums meses depois chegam Sukhois com grandes quantidades de misseis anti-navio e ar-ar,sem nenhuma limitacao de uso. Enquanto isso vejo meus compatriotas empolgados com a chegada ao Brasil de mais F-5 da Jordania. A Jordania,apos vender esses bagulhos para nos,comprou um esquadrao de F-16 da Belgica e da Holanda,com nosso dinheiro! Ate quando… Read more »

Marcos
Carlos Mauser

Será que tem alguém acordado em Brasília? Será que são alfabetizados e conseguem ler e interpretar a notícia abaixo? http://port.pravda.ru/news/mundo/26-09-2008/24609-venezuela-0# A Venezuela pretende comprar na Rússia aviões e armas antiaéreas por um total de um bilhão de dólares de crédito concedido pela Rússia, declarou esta sexta-feira (26) o subdiretor do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologia, Konstantin Makienko. “A Venezuela necessita, em primeiro lugar, dos mísseis antiaéreos Tor-1 para defender os aeródromos onde estão estacionados os 24 caças Su-30MK2, comprados na Rússia”, disse Makienko. “ É seguro que Venezuela também comprará lança-mísseis antiaéreos portáteis Igla –S, assim como aviões-… Read more »

Baschera

Venezuela plans to purchase 20 Tor-M1 missile complexes from Russia and three diesel-electric submarines. The contracts will total one billion US dollars. Venezuela also plans to purchase six non-nuclear submarines and several dozens of warships of different classes from Russia. Russian experts offer Venezuela 14310 Mirage patrol cutters, 12061E Murena-E air cushion amphibious assault landing crafts and mobile missile complexes capable of hitting sea-based targets at the range of up to 130 kilometers. The source added that Caracas plans to spend over $30 billion on military hardware and weapons before 2012 in accordance with the program to rearm the Venezuelan… Read more »

konner

Há um jogo perigoso sendo jogado na Bolívia, Equador, porém o jogo mais perigoso sendo jogado no momento é o de Hugo Chávez, e promete causar muita confusão externa. Circulam com muita insistência informações, desmentidas pelo governo boliviano, de que parte dos 100 mil fuzis automáticos leves que serão substituídos pelas AK-47 estariam indo para a Bolívia. Há boatos que parte dos aviões de combate venezuelanos serão modernizados pelo Irã, Venezuela e Irã são aliados próximos, ambos membros da Opep e críticos ferozes dos Estados Unidos. Há comentários que o investimento iraniano na Venezuela tem aumentado, em 2006 Caracas e… Read more »

joao

A situacao do Brasil e alarmante. o Chavez vai de novo a Russia,e vai voltar com mais Sukhoi-30MK2,baterias de Tor 1,subs modernissimos,duzias de navios novos,e tudo mais. se pode dizer que esse homem e comunista,louco,etc,mas que dinamismo,nao? Enquanto isso,cade o FX-2,que leva mais de dez anos para tentar decidir a comprar 36 unidades? Ate agora nada,so enrolo. Brevemente a FAV tera mais Sukhoi-30MK2 do que a FAB tem os maravilhosos F-5M e mirages. Quanto isto acontecer,a Venezuela tera a indiscutivel superioridade aerea em qualquer conflito regional na AL.

konner

Tudo indica se tratar do avião de treinamento avançado Hongdu JL-8. O avião, que realizou seu vôo inaugural em 1990 e teve as suas primeiras unidades entregues em 1994, é monomotor, porém pode ser equipado com um canhão de 23mm além dos quatro pontos de fixação de armamentos sob as asas, totalizando 943kg de carga bélica, entre bombas de queda-livre e foguetes não-guiados. O alcance operacional do JL-8 é de 2.250km e desempenha velocidade máxima de até 800km/h, se não me engano. Olha ele aí, http://www.youtube.com/watch?v=1XPJS1_SS1o O avião é resultado da cooperação entre o Paquistão e a China. A versão… Read more »

Fábio Max

O que será que Chaves dirá de Barack Obama, se ele for eleito, para manter essa bobagem anti-EUA?

Raphael

250 mil a 500 mil, como? Magica? rsrsrs

Marco

Ele ainda vai dar muita dor de cabeça. Seu projeto é liderar os seus satélites bolivarianos( Bolívia, Equador, Nicarágua)contra os interesses de nosso país.Usa o argumento anti-EUA mas seu objetivo é 2/3 do território da Guiana Inglesa. Está se armando pq a guerra será aqui na fronteira do Brasil com a Guiana.

konner

Os Estados Unidos não tiveram ‘consistência’ e ‘habilidade’ ao lidar com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Os EUA optaram pela máxima: — Tudo o que meu inimigo faz é ruim. Assim, contribuiu para polarizar a região, colocando um grande desafio à sua política na América Latina. Pessoalmente, vejo os estreitos laços de Caracas com Teerã, como sendo muito mais preocupante do que com a Russia. Isto deveria preocupar “particularmente” Washington. Além disso, os EUA deveriam estreitar laços com países como Chile e Brasil e deixar claro a outros, como Bolívia e Equador, que a Casa Branca continua aberta à… Read more »

Marcos

Caro Marco
Compartilho de sua opinião e ainda questiono se parte do estado de Roraima também não está na mira de um possível expansionismo venezuelano.

João-Curitiba

E dizer que no governo FHC o Bush chegou a pedir para o nosso presidente dar uns “conselhos” ao Chavez. Aliás, o Chavez tinha respeito e admiração pelo FHC. Ao que parece, o Lula não é merecedor da confiança do mesmo Bush. Afinal, ele é da turma do Chavez.

Baschera

O que vcs não sabem, é que nas horas vagas, o Chaves coloca uma capa vermelha e um capuz com anteninhas e fala : Não contavam com minha astúcia….
Sds.

joao

Tomara que ele compre mais Sukhoi da Russia. Talvez assim o Brasil acorde de seu eterno sonho cryogenico. O que aconteceu com o FX-2? Sera que ainda existe? Fica todo muito rindo do Chavez,mas parece que daqui a dez anos o panorama sera esse: a Venezuela com uma enorme frota de submarinos russos modernissimos,72 Sukhoi 30-35 com um imenso estoque de misseis ar-ar e anti-navio de ultima geracao,defesa anti-aerea super efetiva com os S-300. O Brasil com o FX-3,porque o FX-2 morreu,visando em 2025 modernizar a frota com 36 aparelhos. A MB se arrastando para terminar o primeiro navio patrulha,comecado… Read more »

João-Curitiba

Prezado xará João. Quem conhece História do Brasil, sabe que o cenário que você descreveu pode muito bem acontecer. E já que estamos num exercício de “loucura”, vamos imaginar a Venezuela (talvez com mais algum aliado) atacando o Brasil. As grandes potências ocidentais vêm em nosso socorro e após violentos combates onde quem sairá perdendo é o povo desses países sul-americanos, cada um dos nossos “salvadores” ficará com um pedaço das amazônias verde e azul, a título de garantir maior proteção (afinal, a Rússia e a China também estariam de olho), assim como muitos novos países indígenas seriem criados, também… Read more »

Fábio Max

O João-Curitiba é que projetou um futuro plausível.

O Brasil seria “defendido” de evental agrssão pelos EUA, mas em troca, teríamos que aceitar “patrulhamento” internacional na Amazônia e nos nossos mares territoriais… e não duvidem que não haveria movimentos separatistas no Brasil, a partir disso…

joao

Realmente,amigos,cenarios bem possiveis. Acontece que ja perdi a paciencia com essa novela de “reaparelhamento”. E um processo simples,que no Brasil se transforma em algo tao complexo como o programa espacial americano. Quando a Venezuela precisa reaparelhar-se,o Chavez entra no seu jato na Segunda,assina o acordo na Quarta,e algums meses depois chegam Sukhois com grandes quantidades de misseis anti-navio e ar-ar,sem nenhuma limitacao de uso. Enquanto isso vejo meus compatriotas empolgados com a chegada ao Brasil de mais F-5 da Jordania. A Jordania,apos vender esses bagulhos para nos,comprou um esquadrao de F-16 da Belgica e da Holanda,com nosso dinheiro! Ate quando… Read more »

Marcos
Carlos Mauser

Será que tem alguém acordado em Brasília? Será que são alfabetizados e conseguem ler e interpretar a notícia abaixo? http://port.pravda.ru/news/mundo/26-09-2008/24609-venezuela-0# A Venezuela pretende comprar na Rússia aviões e armas antiaéreas por um total de um bilhão de dólares de crédito concedido pela Rússia, declarou esta sexta-feira (26) o subdiretor do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologia, Konstantin Makienko. “A Venezuela necessita, em primeiro lugar, dos mísseis antiaéreos Tor-1 para defender os aeródromos onde estão estacionados os 24 caças Su-30MK2, comprados na Rússia”, disse Makienko. “ É seguro que Venezuela também comprará lança-mísseis antiaéreos portáteis Igla –S, assim como aviões-… Read more »

Baschera

Venezuela plans to purchase 20 Tor-M1 missile complexes from Russia and three diesel-electric submarines. The contracts will total one billion US dollars. Venezuela also plans to purchase six non-nuclear submarines and several dozens of warships of different classes from Russia. Russian experts offer Venezuela 14310 Mirage patrol cutters, 12061E Murena-E air cushion amphibious assault landing crafts and mobile missile complexes capable of hitting sea-based targets at the range of up to 130 kilometers. The source added that Caracas plans to spend over $30 billion on military hardware and weapons before 2012 in accordance with the program to rearm the Venezuelan… Read more »

konner

Há um jogo perigoso sendo jogado na Bolívia, Equador, porém o jogo mais perigoso sendo jogado no momento é o de Hugo Chávez, e promete causar muita confusão externa. Circulam com muita insistência informações, desmentidas pelo governo boliviano, de que parte dos 100 mil fuzis automáticos leves que serão substituídos pelas AK-47 estariam indo para a Bolívia. Há boatos que parte dos aviões de combate venezuelanos serão modernizados pelo Irã, Venezuela e Irã são aliados próximos, ambos membros da Opep e críticos ferozes dos Estados Unidos. Há comentários que o investimento iraniano na Venezuela tem aumentado, em 2006 Caracas e… Read more »

joao

A situacao do Brasil e alarmante. o Chavez vai de novo a Russia,e vai voltar com mais Sukhoi-30MK2,baterias de Tor 1,subs modernissimos,duzias de navios novos,e tudo mais. se pode dizer que esse homem e comunista,louco,etc,mas que dinamismo,nao? Enquanto isso,cade o FX-2,que leva mais de dez anos para tentar decidir a comprar 36 unidades? Ate agora nada,so enrolo. Brevemente a FAV tera mais Sukhoi-30MK2 do que a FAB tem os maravilhosos F-5M e mirages. Quanto isto acontecer,a Venezuela tera a indiscutivel superioridade aerea em qualquer conflito regional na AL.

Combates Aéreos

Dogfight: F-16 Block 52 turco e Mirage 2000-5 grego

 O vídeo acima mostra parte de um 'dogfight' entre um caça F-16 Block 52 turco e um Mirage 2000-5...
- Advertisement -
- Advertisement -