segunda-feira, outubro 3, 2022

Gripen para o Brasil

Saab recebe pedido de serviço e manutenção para Gripens sul-africanos

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Saab recebeu um contrato de suporte para o serviço, reparos e manutenção dos caças a jato Gripen C/D da Força Aérea da África do Sul. O valor do pedido é de MSEK 333 (US$ 30,8 milhões) durante um período de três anos

O contrato tem duração de três anos, de 2022 a 2025, e abrange serviços, reparos e manutenção, bem como pequenas atualizações dos sistemas de suporte e treinamento do sistema Gripen das Forças Aéreas da África do Sul.

A África do Sul opera o Gripen C/D desde 2008 e é o primeiro cliente de exportação do Gripen da Saab.

“Estou muito feliz e satisfeito por termos chegado a um acordo para um novo contrato de suporte, para que possamos da melhor maneira apoiar nossos clientes em suas necessidades operacionais”, diz Åsa Schöllin, chefe da unidade de negócios Gripen Sustain da Saab.

O Gripen C-series é a aeronave de combate swing-role mais confiável disponível no mundo atualmente. Mais de 150 milhões de pessoas em cinco países em três continentes confiam no Gripen C-series para proteger seu espaço aéreo soberano e garantir sua independência. O Gripen C/D participou com sucesso de exercícios liderados pela Otan, bem como de vários exercícios e missões de policiamento aéreo em todo o mundo.

Sobre a Saab

A Saab é uma empresa líder em defesa e segurança com uma missão duradoura de ajudar as nações a manter seus povos e a sociedade seguros. Capacitada por seus 18.000 funcionários talentosos, a Saab constantemente ultrapassa os limites da tecnologia para criar um mundo mais seguro, sustentável e equitativo. A Saab projeta, fabrica e mantém sistemas avançados em aeronáutica, armas, comando e controle, sensores e sistemas subaquáticos. A Saab está sediada na Suécia. Possui grandes operações em todo o mundo e faz parte da capacidade de defesa doméstica de várias nações.

FONTE: Saab

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest

6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues

Se não me engano, toda a frota
de Gripens sul-africanos ficaram no chão por quase 1 ano e meio por problemas de contrato de manutenção.

Gustavo

eu lembro de ter ligo algo do tipo ou que menos de 5 unidades ainda operavam, sendo todas biplace, às custas das unidades que foram sendo canibalizadas para sustentar algum voo por lá.
Imagino que o contrato não tenha sido mto barato, pois se for verdade a história da canibalização, vão ter que recuperar as aeronaves paradas por anos.

Adriano Madureira

Finalmente os sul-africanos irão botar seus caças para voar ! Estavam fazendo oquê?!

Juntando dinheiro no cofrinho para fazer a manutenção?!

comment image

Carlos Campos

seria legal se comprássemos esses aviões, com as atualizações para usar o Meteor e o mesmo software dos gripen do Brasil

Camargoer.

Olá Carlos. Discordo. A FAB tem um contrato para a aquisição de 36 F39E/F e negocia um segundo lote, chegando talvez a 60 aeronaves novas. Neste momento, a FAB possui dois tipos de caças (F5M e A1M) que serão paulatinamente substituídos pelos F39 novos, padronizando a frota.

Douglas Rodrigues

36 + 4 recentemente adicionados com a intenção de aumentar a frota para mais 26, totalizando 66 caças novos.

Últimas Notícias

Maioria dos C-130H da USAF está ‘groundeada’ por problemas nas hélices

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) "groundeou" (proibiu o voo) a maioria de seus aviões C-130H Hercules (e...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -