sexta-feira, outubro 7, 2022

Gripen para o Brasil

Polônia compra 48 aeronaves de ataque leve FA-50 da Coreia do Sul por US$ 3 bilhões

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

VARSÓVIA, Polônia – O Ministério da Defesa Nacional da Polônia assinou dois contratos para comprar 48 aeronaves de ataque leve FA-50 da Coreia do Sul, com os primeiros 12 jatos a serem entregues no próximo ano e mais 36 aeronaves nos anos de 2025 a 2028.

O presidente polonês Andrzej Duda, que esteve presente na cerimônia oficial de assinatura em 1º de setembro. Em 16 de dezembro, disse que “a implementação do programa para introduzir a aeronave FA-50 aos militares poloneses nos permitirá renunciar totalmente ao uso das aeronaves MiG-29 e Su-22 de origem soviética”, conforme citado em um comunicado divulgado.

“Assumimos que, em geral, para as próximas décadas, e acima de todos os anos, este não é o fim de nossas compras para as forças de caças polonesas”, disse ele.

Um porta-voz da Agência de Armamento do ministério polonês, tenente-coronel Krzysztof Płatek escreveu no Twitter que os dois contratos FA-50 valem um total de US$ 3 bilhões.

A Polônia também é cliente do F-35. Em janeiro de 2020, o governo encomendou 32 jatos F-35A Lightning II sob um contrato no valor de cerca de US$ 4,6 bilhões, com entregas programadas para começar em 2024.

O vice-primeiro-ministro e ministro da Defesa Mariusz Błaszczak assinou os contratos FA-50 em nome do governo polonês. Em comunicado, ele disse que a fabricante da aeronave Korea Aerospace Industries (KAI) fornecerá à Polônia um pacote de treinamento e logística para acompanhar os jatos. Além disso, a KAI deve cooperar com a gigante de defesa estatal polonesa PGZ para estabelecer um centro de serviço para a aeronave, disse ele.

As últimas compras fortalecem a posição da Polônia como o maior cliente de armas sul-coreanas na Europa. Em 26 de junho, Błaszczak assinou dois contratos no valor total de US$ 5,8 bilhões, segundo os quais 180 tanques K2 devem ser entregues à Polônia de 2022 a 2025, e 212 obuseiros devem ser fornecidos entre 2022 e 2026.

Enquanto isso, Varsóvia também está mantendo conversações com Seul em relação a uma potencial aquisição e desenvolvimento conjunto dos lançadores múltiplos de mísseis K239 Chunmoo. As aceleradas aquisições militares da Polônia são em grande parte impulsionadas pela invasão russa de sua vizinha Ucrânia.

FONTE: Defense News

- Advertisement -

78 Comments

Subscribe
Notify of
guest

78 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Hellen

Todos os países procurando produtos bons para comprar mais também escolhendo produtos que a entrega comece já na assinatura do contrato !!!
Ameaça russa é a causa disso !!!

Leonardo

Putin si sabe mover los capitales extranjeros, las industrias militares muy agradecidas!!!

_RR_

Bonitinho… essa “cruza” de F-16 com Hornet…

E assim vão os poloneses… caminhando para possuir as forças armas mais poderosas do leste da Europa.

Carlos Crispim

Também achei.

Marcos Silva

Mais poderosa não sei. Mas muito bem equipada,com certeza.

Leonardo

Esa es la idea un frente militar poderoso y tecnológico. Cantidad y calidad!!
Curiosidad!! Made in usa / South Korea. Nada de europeo.

Allan Lemos

Parceria interessante esta entre Polônia e Coreia do Sul. Pena que nossas Forças Armadas só enxergam EUA e Europa, e por causa disso perdem boas oportunidades.

Jefferson BA

O brasil nao compra nada, nem dos EUA/Europa nem de outros fornecedores.

Nemo do Nautilus

É verdade, scorpene, mekos e gripens não são nada mesmo!

Adriano Madureira

E quando compra são em quantidades risiveis…

oswaldo

Compramos o Gripen, as Fragatas da Marinha, o KC 390…

Adriano Madureira

Infelizmente os nossos astutos militares usam antolhos, há muitos mercados interessantes além de Europa e EUA, que poderiam e certamente tem equipamentos que serviram a defesa do Brasil.

Burgos

Caramba !!!👀
Eles não param de comprar !!!
Tá certo !!!
São vizinhos da Rússia e eles não avisam que vão invadir, tem que estar prevenidos mesmo 💪👍

Bruno

A decisão de ir com FA-50 ao invés de F-16 que também tem capacidade ar-ar, foi por custo ?

A6Mzero

A Polônia já opera F16 e também encomendou um bom numero de F35, que serão os principais vetores de combate.

Os FA-50 devem ser pra aumentar o numero de vetores disponíveis, além de complementar a frota de treinamento de M346 (a Polônia possui 12 e encomendou mais 4).

Filipe Prestes

F-16 Viper, FA-50, K-2 Panther….A Polônia tá cheia da grana, hein

Boitatá

Nem tanta grana. Medo, precaução.

Henrique

mais uma vitória pra lista de conquistas do Putin kkkko cara não para 
.
.
.

enquanto isso a A R M E N I A fez um troca de lado mais rápido que o “ranger with the big iron on his hip” kkkkkk

awfawfawfawf.jpg
Last edited 19 dias atrás by Henrique
Jefferson BA

Incrível como esse Putin consegue enfraquecer a Rússia em 6 meses kkkkk
Ontem eu estava lendo a estratégia europeia de romper com energia russa, a ideia é matar essa dependência até 2027. Isso será um grande tiro no pé de Moscou, queimaram uma carta de forma completamente desnecessária.
Atacaram os irmãos dele “ucranianos”, empobreceram a região, mataram os jovens russos e ucranianos…tudo isso para manter a ditadura russa.
Isso é um grande exemplo de um país com péssima gestão e liderança.

Heinz

A Rússia está totalmente desmoralizada no contexto diplomático, não bastasse a invasão de um país independente e que não atacou a Rússia em nenhum momento. Agora negou ajudar a Armênia quando a mesma solicitou o artigo 4° do CSTO de ajuda militar, já que o território armênio foi atacado pelos Azeris, causando muitas baixas.
A Rússia apenas vai mandar uma “comissão de observação” da situação.
Uma vergonha, que país vai confiar nos russos agora? Até com seus aliados de longo prazo ela está errando.
Até o Irã está apoiando mais a Armênia do que a Rússia.

Carlos Crispim

Nossa q inveja, F35 e FA-50 , 180 tanques K2, obuseiros…A gente aqui com o gripado… Li no facebook que o radar AESA do Gripen apresenta problemas, alguém sabe dizer alguma coisa sobre?

Alexandre Galante

Se tá no Facebook, pode crer que é verdade 😉

gordo

O Facebook ( e assemelhados) é a arma de destruição em massa de democracias, o próprio EUA está se tornando vítima.

Henrique

KKKKKKKKKKKKKKKKKK
então arma da salvação da democracia é extinguir todas as rede sociais e assemelhados e tonar o governo o único disseminador de informação…
.

André Bueno

A questão é separar o joio do trigo, saber distinguir as fontes confiáveis das que não são. Muitas vezes isso é difícil em redes sociais on-line.

Carlos Crispim

André, ler aqui e ler lá é a mesma coisa, qual a diferença? Todos os blogs de defesa estão no Faceboook, Tecnomilitar, Cavok, Sistemas de Armas, exércitos do mundo, 101st Airborne Division quer dizer que estar no Face é furada? Acho que neguinho está fumando muito…

André Bueno

Carlos, não é furada. A questão é saber discernir entre a informação correta e a incorreta, aquela baseada em fatos [documentados, com boas fontes] e a outra baseada em chutes e imprecisões.

Carlos Crispim

Todos os blogs de defesa estão no Faceboook, Tecnomilitar, Sistemas de Armas, pra citar só alguns, além dos exércitos mais importantes do mundo, e aposto que muita gente aqui também está no Face…Kkkkkk Mas valeu pelas risadas.

Ricardo

😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂

Carlos Crispim

O mais engraçado é que o próprio galante posta lá…kkk

Carlos Crispim

Kkkkk Ri muito dos comentários, valeu pessoal! Só lembrando todos os blogs de defesa estão no Faceboook, Tecnomilitar, Sistemas de Armas, pra citar só alguns, além dos exércitos mais importantes do mundo, e aposto que muita gente aqui também está no Face…Kkkkkk Mas valeu pelas risadas.

Matheus

O fato que voce esta levando esse boato a sério dá a entender o quão inteligente voce é.

Glasquis7

E chegou a ler também, que o farol aceso dos carros nas estradas, é pra corrigir uma falha nos radares rodoviários???

Brncadeira né?

Qual poderia ser a falha nos AESA do Gripen? Se bobear os “especialistas do Face”, nem sabe qual radar usam os gripen.

Last edited 18 dias atrás by Glasquis7
Carlos Crispim

Todos os blogs de defesa estão no Faceboook, Tecnomilitar, Cavok, Sistemas de Armas, os exércitos do mundo, a 101st Airborne Division ,quer dizer que estar no Facebook é furada? Acho que pessoal está meio doidão…

oswaldo

Cuidado com as fontes de informacao. Facebook e um lixo…

Roberto Bozzo

Caramba, a Polônia comprou MBT’s, obuseiros, F35, Apaches, Type-31, FA-50….minhas dúvidas são:

1) tem gente suficiente pra operar ?
2) tem dinheiro suficiente pra operar tudo isso a contento ?
3) terá dinheiro para, no futuro, iniciar as manutenções, atualizações e reposições futuras ?

Comprar, assinar contratos é tranquilo, mas manter e operar é bem diferente.

Matheus

Provavelmente vão botar na conta da Alemanha, como já fizeram antes.
Se não, venderam a soberania pros EUA mesmo. O custo te der a Rússia como vizinha talvez.

A6Mzero

São questionamentos interessantes, algumas pontos podem responder 1- A Polônia tem 40 milhões de habitantes e autorizou o aumento de pessoal nas suas forças passando de 150 mil militares na ativa para 250 mil nos próximos anos ou seja pessoal treinado não será problema. 2- Sim a Polônia é hoje um dos membros da OTAN que mais investe em defesa com uma media de 2% do PIB e em 2023 é esperado um acréscimo chegando a um orçamento para 2023 de 29 bilhões de dólares. 3- Quanto ao dinheiro para futuro a economia polonesa é uma das mais estáveis,e apresenta… Read more »

Ivo

Uma resposta para as 3 perguntas: ainda que seja difícil, é melhor ter, no caso deles. Na hora que o bicho pegar não vai dar tempo de comprar.

Heinz

Saudações caro Bozzo, creio que provavelmente o MD da Polônia já deve ter feito um estudo de todos esses casos, geralmente aquisições militares (a compra) de fato é só a cereja do bolo, com todo um estudo macro tendo sido já feito.

Heinz

Em breve a Polônia terá uma força militar maior do que a Alemanha e Reino Unido

Arthur

É por isso que os polacos agora querem cobrar a divida de reparação se guerra de 2 trilhões? Querem botar na conta para a Alemanha pagar?

Underground

É só devolver o território que a Polônia tomou da Alemanha, que tá quites.
Aproveita e cobrar a conta da Rússia também.

Kommander

Rapaz, é muito grana… E não sei de onde a Polônia tá tirando tudo isso, mas só sei que uma hora a conta chega.

Underground

O que temos de referência somos nós mesmos, um país que queima dinheiro com inutilidades, cria leis que só dificultam a vida do próprio povo, cor-pcao corre solta, temos de sustentar um monte de gente que não trabalha e por aí vai. Acabe com isso e em dez anos podemos ter 200 F35, 24 FREEM. Aliás, não compramos o F35 por frescura, porque nos ofereceram.

Rinaldo Nery

É… Foi frescura mesmo: achamos muito feio. Orquinha.

Underground

Não foi Orquinha! Acharam que era demais para nós

Rinaldo Nery

O preço e o custo operacional, à época, eram sim. Aliás, já sanaram todos aqueles 300 problemas que o avião tinha? Ou tem…

Rinaldo Nery

Já pode voar na chuva?

Henrique

Na época o F-35 ainda tinha muitos problemas e havia incertezas sobre sua real viabilidade, além de eu achar difícil que a Casa Branca realmente iria liberar para nós. Só sei que o finalista americano foi o F/A-18E/F e não o F-35.

Last edited 18 dias atrás by Henrique
Rinaldo Nery

Iria sim. Foi oferecido. Recusamos.

Afonso

Cel Nery, pergunta hipotética e curiosa. rs Se você tivesse um cheque em branco (ganhamos na loteria mundial, muitos bilhões rs), qual seria o caça de superioridade área que você escolheria para o Brasil? Abs!

Antonio Juvenal

Se sobreviverem a esse inverno, terão forças armadas bem capazes.

Theo Gatos

Boa tarde a todos! Fico com uma dúvida, sei que o enxame mode ser útil em muitas situações, mas até que ponto é melhor ter 48 FA-50 do que 24 Rafale? Ou quantidade parecida de Gripen NG? Podemos até elocubrar sobre a comparação destes com 18 F35… Digo elocubrar porque na prática sei que o F35 não tem nem comparação com o FA-50 e sei que ela já adquiriu eles recentemente, mas talvez mais unidades fizessem mais sentido… O que traz mais dissuasão dentro da realidade da Polônia? 48 não são para treinamento… Porque, apesar de eu não ter nada… Read more »

Last edited 18 dias atrás by Theo Gatos
A6Mzero

A Polônia está ampliando a capacidade de suas forças e substituindo seu inventários de origem soviética, os FA-50 além de poder auxiliar nos treinamentos uma vez que seu vetor de treino são os novos M346, deverão substituir completamente os antigos Su-22 como vetor de ataque. Assim em um futuro próximo vai deixar os mig-29 e Su-22, para um força dotada de F35, F16 e FA-50. Agora se valia mais apenas padronizar em apenas um vetor é uma questão a ser analisada, já que a padronização pode ajudar com os custos de operação (uma só linha de suprimentos), ou talvez os… Read more »

Last edited 18 dias atrás by A6Mzero
Theo Gatos

A6M0 eu entendo, mas como vc mesmo disse para treinamento eles tem o 346 e para substituir o Mig29 ele não é tão rápido e nem leva tanta carga quando o Su22, tudo bem que são versões antigas, mas o perfil do FA 50 não é pra substituir nenhum dos dois em perfil…

Sds

A6Mzero

Theo pelos números divulgados na internet (sei que não são precisos, mas são os que pude encontrar) o FA-50 leva mais carga que o Su-22 (4000Kg) contra FA-50 (5440Kg).

Quanto a velocidade o Su-22 é apenas marginalmente mais veloz Su-22 (1860Km/h) vs FA-50 (1837Km/h).

O único ponto em que o Su-22 é superior é no alcance (2300km) vs (1800km).

Theo Gatos

Olá A6M0, na verdade como faltava a informação de peso do combustível do SU22 eu tinha pego o número de 4000kg de armamentos em 10 pilones e do FÃ 50, o peso máximo de decolagem – combustível – peso seco era de pouco mais de 3100kg decolando cheio de combustível (claro que ele não precisa ter essa combinação) em seus 7 pilones, alguma coisa me fez confundir a comparação…

Mas nesse quesito o F16 tem próximo de 8000kg em 9 pilones (ou hardpoints pra receber os pilones) e por isso fiquei na dúvida…

Sds

Glasquis7

O FA 50 oferece comunalidade no treinamento de caças como o F 16 E O F 35.

Serve pra patrulhar mantendo as suas tripulações familiarizadas com os caças já mencionados só que a um custo de hora voo bem mais baixo.

Theo Gatos

Mas Glasquis pra treinamento eles tem o 346 e não precisam de meia centena de aviões pra isso…

Para patrulhar o coreano não justifica… ele é caro para patrulha de baixa intensidade e fraco para cenários de maior intensidade… Um F16 seria um pouco mais caro, mas bem mais efetivo pra isso…

Enfim, apenas fiquei na dúvida se adquirir tantos foi tão inteligente assim…

Sds

glasquis7

ele é caro para patrulha de baixa intensidade…”

Patrulhar com F 16 ou F 35 é ainda bem mais caro.

e fraco para cenários de maior intensidade…”

Para isso tem os F 16 e F 35.

Theo Gatos

Sim Glasquis, mas esse é o ponto, ele não atende nenhum dos dois pontos plenamente, nem é tão barato pra uma patrulha e nem tem desempenho que um F16 teria…

Fora que pra patrulhar não seriam necessários 50 deles…

Não quero desmerecer a aeronave não, só acho que teria sido melhor empregado o dinheiro em outro vetor…

Sds

Willber Rodrigues

Se não fosse o problema das sanções e dos componentes britànicos, esse aí seria perfeito pra Argentina

Underground

Argentina deveria abrir mão do que nunca vai ser dela. Resolveria um.monte de problemas.

Cristiano GR

Também concordo. Deveriam inclusive saber tirar um bom proveito em nome da desistência oficial da ambição sobre as ilhas. O mesmo penso sobre a causa palestina.

Nemo

O FA-50 parece que ser da mesma categoria do M346ce de seu irmão YAK-130. Só que aparentemente a Rússia não está usando o YAK-130 na Ucrânia, será que esta categoria tem espaço em uma guerra moderna? A dúvida se estende ao super tucano que está um degrau abaixo.

Carlos Crispim

Uns 5 degraus abaixo.

Henrique

FA-50 é supersônico e tem canhão interno. Bem superior a M346/YAK-130.

Last edited 18 dias atrás by Henrique
Jagdverband#44

xiii…
Apache, FA50, etc etc
a coisa tá feia pra quem queria ir até Lisboa…

Guilherme

Desse jeito os poloneses chegam a Vladivostok antes dos russos chegarem a Lisboa

Marcelo

acho que eram Me109, os Me110 eram bimotores

Rinaldo Nery

Queria entender a “nova tática”.. Ataque ao solo não era assim?

Rinaldo Nery

Mas sempre foi assim. Quando você mergulha o avião embala. Após o tiro (ou bombardeio) tem que subir, ou pra não “entrar voando no chão”, ou pra sair do envelope de fragmentação. O AT-27 atirava com 200KIAS, o A-29 atira c 250 KIAS. O AT-26 atirava com 300KIAS. Em ambos aviões, ao recuperar com 3G, o avião sobe bastante. Lei da física.

Marcelo M

Achei curiosa a observação. No “Fokker Scurge” de 1915-16 os alemães se aproveitaram da superioridade de suas aeronaves e do sistema de tiro sincronizado exatamente para aplicar a técnica de mergulho sobre o adversário e depois aproveitar a velocidade para escapar.

Tiago

Qual é o atual tamanho das forças armadas Polonesas?
Com essas aquisições devem passar algumas nações europeias importantes como Itália e Espanha?

groosp

Deve ser o custo da hora de voo que fez a Polônia não gastar esses USD 3Bi em F-35.

oswaldo

O Mundo em ebulicao, com guerras, como na Ucrania, e gente se pergunta por que se evitar a guerra, se a Industria de Armamentos e os Politicos que a defendem vao ganhar muito dinheiro? A Paz nao da lucro…

Cristiano GR

Simpatizo muito com os poloneses. O que os soviéticos e nazistas fizeram com eles foi covardia.

Últimas Notícias

Embraer avança na produção do primeiro KC-390 Millennium para a Hungria

Hungria é o segundo cliente internacional do programa KC-390 Entregas estão programadas para começar em 2024 Gavião Peixoto –...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -