sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

REVO se expandindo pela FAB

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Atualmente contando com três aeronaves de busca e salvamento do modelo (SAR) SC-105 “Amazonas”, o 2º/10º GAV (Esquadrão Pelicano) é uma das unidades da FAB capaz de realizar reabastecimento em voo (REVO). Na verdade esta capacidade tem se expandido na força. Originalmente restrita aos esquadrões de F-5, essa capacidade foi se expandindo não só pelas unidades de caça (esquadrões de A-1, no antigo Mirage 2000 e agora nos F-39), mas também entre algumas unidades de transporte e asas rotativas em tempos recentes.

No Domingo Aéreo realizado na Academia da Força Aérea domingo passado (21/8) o público pôde ver de perto o SC-105 “Amazonas”, matrícula FAB 6551. A aeronave foi incorporada pouco antes da pandemia e por esse motivo ficou “distante” dos olhos da população civil.

O FAB 6551 trouxe a novidade para o Esquadrão Pelicano. Uma sonda para reabastecimento em voo (REVO). Embora a FAB já tivesse incorporado outro SC-105 em 2017 (FAB 6550), a aeronave mais antiga não possuía esta capacidade. Posteriormente ela foi modificada para receber a sonda. Mais recentemente a FAB recebeu o FAB 6552, que também já veio com a sonda instalada de fábrica.

Além da sonda, os SC-105 se destacam dos C-105 mais antigos por possuírem um sistema eletro-óptico de busca de imagem através do espectro infravermelho, o que permite detectar desde uma aeronave acidentada à noite até um náufrago no mar. Este sensor está instalado em uma torreta bem abaixo do do nariz da aeronave (foto abaixo).

Outro detalhe curioso é a proteção do domo da antena do radar Elta EL-M-2022A, cuja distância livre até o chão é muito pequena (apenas algumas dezenas de centímetros). Este radar é comum aos três SC-105 e também quipa os P-3AM.

- Advertisement -

50 Comments

Subscribe
Notify of
guest

50 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Foxtrot

Não entendo.
Se é uma aeronave de busca e salvamento (muito provavelmente, missão realizado sobre o mar), porquê uma pintura com camuflagem e não em cinza como os P3 por exemplo ?

Equilibrium

Uma aeronave SAR com esquema de baixa visibilidade e uma faixa SAR de alta? Vai entender…
E essa tinta desses C295 que parece que foi feita com cal, tá sempre toda desbotada.

Ivo

Sinal que o avião não é uma rainha de hangar.

Koprowski

Sr. Poggio, qual sua opinião de que os 03 H-60L do Esquadrão Pelicano deveriam receber a referida faixa laranja com a sigla SAR ?

Foxtrot

👍

Rinaldo Nery

70% das buscas são sobre terra. Por isso esse radar Elta foi uma imbecilidade. O que eu sugeri, quando era Adjunto do Projeto CL-X, foi um radar de abertura sintética na banda P. Se tiver que fazer busca sobre o mar, manda o P-3 ou o P-95. Busca é missão secundária das UAE de Patrulha.

Thunder

Mas nada impede a adição de mais dois aviões no esquadrão com equipamentos distintos em missões com um outro escopo de emprego voltado para missões de busca em terra.

Last edited 1 mês atrás by Thunder
Rinaldo Nery

Melhor substituir o radar…

Thunder

Qual radar existe no mercado que seja na banda P?

Rinaldo Nery

O da BRADAR, ex ORBISAT. Nacional.

ALISON

Continue falando so tecnicamente. quando vc se manifesta politicamente so sai asneira…

Rinaldo Nery

Não acho que devo aguardar “approval” quando alguém me ofende. Por que permitiram essa postagem acima?

Foxtrot

“radar de abertura sintética na banda P”
Que poderia ser o radar SAR nacional desenvolvido pela antiga Orbisat da Amazônia, hoje Bradar.

Rinaldo Nery

Era esse o que especifiquei nos requisitos, à época. Levei os espanhóis à Orbisat, em Campinas.

Foxtrot

Pois é!

Everton Maganin

Não existe FAB 6553, oque aconteceu foi que o 6550, voltou pra espanha para receber a sonda revo.
Os SC-105 da FAB são: 6550, 6551 e 6552.

Koprowski

… e já retornou.

Matheus

Que sonho ver o Esquadrão Pelicano voando HH-60W Jolly Green II e uma versão de C-SAR do C-390 igual ao HC-130J

Silvano

Os EUA não vão vender NADA para o Brasil enquanto este presidente estiver no poder, entenda isso. Tudo indica que essa eleição será decidida no primeiro turno com grande vantagem pelo candidato que arrasta multidões gigantescas por onde passa e que não deve nada a justiça. Certamente também ele vai aumentar a compra do KC-390 para 38 unidades.

Rafael Santos

E cairá picanha e cerveja do céu!

Last edited 1 mês atrás by Rafael Santos
Foxtrot

Nós quartéis isso já está acontecendo há um tempo viu !
Bom, ao menos o demonstrativo de gastos dos militares tem demonstrado isso.
No mínimo isso vem acontecendo há uns 4 anos.

Last edited 1 mês atrás by Foxtrot
Rinaldo Nery

“Este” é o Biden ou o Bolsonaro?

Morgoth

Apesar de alguns contratempos pontuais, como a diminuição nas compras do KC390, a FAB consegue fazer avanços significativos nas suas capacidades e de uma forma bem pé no chão.

Welington S.

Comparada ao EB e MB, parece que a FAB sempre teve uma boa administração apesar dos pesares.

Vitor

A FAB será uma Força Aérea de país de Primeiro Mundo após o recebimento do segundo lote do programa Gripen. Vão faltar algumas coisas pontuais como bombas inteligentes e mísseis de cruzeiros. O EB é um exército bem sul-americano: ultra sucateado e completamente engessado pelos próprios problemas administrativos. A MB, meu caros, já é algo mais sério: ela simplesmente não existe! O Brasil não possui Marinha de Guerra.

Sensato

Já há fábrica nacional produzindo bombas inteligentes e os mísseis de cruzeiro existirão em breve.

Rinaldo Nery

“Bomba inteligente” é só a cabeça diretora. O corpo é o mesmo de bomba burra.

Carlos Campos

boa não é, mas é razoável.

Rawicz

Tem total razão. Claramente decisões ajustadas com a realidade.

Tenho dúvidas do segundo lote do gripen se vale a pena ou se deveríamos tentar o F35 dado seu atual custo de aquisição. E antes que apanhe, os custos de aquisição estão alinhados entre ambas as aeronaves não a toa o gripen vem perdendo todas as licitações.

Além disso, os F16 do Chile são a versão A/B que apesar da modernização autorizada em 2020, devem ter mais 10/15 anos de vida.

Acredito que o Chile deve investir na próxima década em F35…

EduardoSP

Além dos modelos A/B, ex-holandeses, eles têm 10 F-16 C/D adquiridos novos no início dos anos 2000.

Sensato

É justamente pra avançar e por ser pragmática que a quantidade de KCs foi reduzida, por enquanto.

Angelo

Off topic , passeio de domingo no Gripen on board:

Swedish Air Force Gripen Display above Luleå, Sweden
https://www.youtube.com/watch?v=0HILoRVNjSE

Is it a dream? – Hans Zimmer Time tribute
https://www.youtube.com/watch?v=Vxs96UXXvXs

HUNAF Gripen Demo 2021
https://www.youtube.com/watch?v=Bn6ErDHo5fA

Guilherme Leite

É uma aeronave de baixa velocidade e grande alcance, será que o custo dessa implementação compensa face a utilidade operacional ?

Imagino que eles tenham feito esse cálculo, mas ainda assim acho bem curioso.

Carlos Campos

Esse radar aí é muito bom, se os Amazonas podem usar o LINK para o F39 seria melhor ainda, imagina que um ache um navio inimigo ou um sistema de lançamento de mísseis, o F39 poderia lançar um ataque com base nesses dados

Rinaldo Nery

O radar é bom, mas está no avião errado.

Marcelo Mendonça

Prezado Cel Nery bom dia. Na sua opinião valeria a pena adquirir a versão de patrulha marírima do C-105? Seria viável transferir os modernos sistemas eletrônicos do P-3 para esta aeronave (barateando custos) e “padronizar” mais a frota? Ou o velho Orion ainda é imbatível nessa função?

Rinaldo Nery

O Orion é maior e com mais autonomia. E antisubmarino.

Thunder

O problema do Orion é a quantidade de aviões disponíveis e o estado dos avioes.Eu sei que a disponibilidade é cíclica, mas quantos tempos sem restrições em uma missão de busca e salvamento em alto mar como foi no AF447. Vamos ficar com apenas 3 com modificações nas asas da Akaer?

Rinaldo Nery

Não. Os oito.

Santiago

Cel Nery. Senhor sabe alguma coisa sobre os caças Gripens pq não chega mais? Não se fala mais nada, a FAB é muito boa mas tem coisa estranha acontecendo principalmente na Amazônia.

Rinaldo Nery

Não sei.

Flight_Falcon

Tipo o que Santiago?
Principalmente na Amazônia?

Carlos Campos

qual o avião mais indicado então?

Rinaldo Nery

Pra quem tem dinheiro, o mais indicado é o P-8 Poseidon.

Thunder

O P8 está fora da nossa realidade

Rinaldo Nery

Bom que mais alguém pense assim.

Marcelo Baptista

Bom dia Rinaldo, e para o Brasil? quais seriam as outras possíveis opções?

Rinaldo Nery

Como foi postado acima, o C295MP.

Últimas Notícias

Embraer entrega E-Jet de número 1.700

São José dos Campos - SP, 29 de setembro de 2022 – A Embraer atingiu um novo marco no...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -