sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

KC-390: mais capaz do que o previsto

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

por Guilherme Poggio

Dia após dia o mais recente produto da Embraer no campo da aviação de transporte militar, o KC-390, vem se integrando às diversas missões da Força Aérea Brasileira. A aeronave segue cumprindo as determinações do OPFM (Operational Familiarization), como o treinamento tático da primeira missão de reabastecimento em voo (REVO), ocorrido no dia 9 do corrente mês.

Além disso, o KC-390 tem se mostrado melhor do que o inicialmente projetado. Um desses casos é o valor do peso máximo de decolagem (MTOW em inglês). Em alguns documentos oficiais e apresentações da aeronave foi passada a informação de que a aeronave de transporte teria um MTOW ao redor de 73 – 74 toneladas.

Este foi um valor inicialmente estabelecido para os primeiros ensaios da FAB, onde havia certa restrição de performance da aeronave devido a versão EIS (Entry Into Service). Para estes ensaios, ocorridos no início do ano de 2020, foi utilizada a aeronave matrícula FAB 2853,primeiro KC-390 entregue pela Embraer para a FAB.

Passadas as restrições iniciais e a maior familiarização dos tripulantes com a própria aeronave, não só o envelope de voo do KC-390 foi se expandindo como os limites e as capacidades foram sendo estendidos. Atualmente, a FAB trabalha com o MTOW de 87 toneladas, valor este 17% acima do limite da versão EIS. O valor também é bem superior ao MTOW do C-130J, comumente indicado como sendo de 70 toneladas.

DETALHES

O KC-390  matrícula FAB 2853 (primeiro KC-390 recebido pela FAB) esteve presente no evento do Domingo Aéreo ocorrido no último domingo na Academia da Força Aérea em Pirassununga (SP).

Trata-se de uma aeronave bem imponente. Um verdadeiro C-17 em escala reduzida. Em alguns ângulos ele realmente lembra Globemaster III como a sua cauda em T e os motores a jato pendurados nas asas.

Pudemos fotografar alguns detalhes curiosos e verdadeiros feitos da engenharia nacional como os sponsons do trem de pouso…

… a porta lateral que permite o lançamento de paraquedistas (observar a proteção de vento), cujo desenho acompanha a aerodinâmica da fuselagem + sponson e possui um recolhimento para cima bastante engenhoso.

Na foto abaixo, detalhe das duas portas laterais abertas (e recolhidas para cima) a partir da rampa de carga traseira.

E detalhe do apoio da fuselagem quando da abertura da rampa de carga traseira (comparar também essa imagem com a imagem da porta lateral fechada mais acima).

Definitivamente o KC-390 será uma figurinha bastante comum nos eventos abertos ao público nos próximos anos, ao passo que o C-130 se tornará “avis rara”!

 

- Advertisement -

85 Comments

Subscribe
Notify of
guest

85 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Campos

Para os invejosos mais uma na cara, C130J é inferior só tem que aceitar, mais barato de manter, mais capaz. C390 melhor de sua categoria

leonidas

Pois é, mas o maior boicote ao projeto inacreditavelmente vem do próprio governo.
Alias inacreditavelmente uma ova né?
Sabotar tecnologia nacional de ponta sempre foi a especialização do governo brasileiro…

Fernando

Por que ?

Underground

Cortaram o pedido de 28 para 21 aeronaves.

Reinaldo Pereira

E tomara que cortem tudo. Não tem lógica esse programa. Nunca teve. Nunca foi dos requisitos da FAB, isso foi coisa dos comunistas lá do Basiu Putenfia. A FAB sempre desejou o C-130J. Isso foi coisa de paisano, gente que pra variar não sabe nada dos anseios da força. Igual a compra do H-XBR (Jaguar/Caracal) e do AH-2 Sabre, tudo obra deles.

Last edited 1 mês atrás by Reinaldo Pereira
Adriano Madureira

“Não tem lógica esse programa. Nunca teve. Nunca foi dos requisitos da FAB, isso foi coisa dos comunistas lá do Basiu Putenfia. A FAB sempre desejou o C-130J. Isso foi coisa de paisano, gente que pra variar não sabe nada dos anseios da força”. As vezes o bom de ser paisano, é não usar antolhos como muitos milicos… Para alguns, bom mesmo é comprar o C-130J e dar emprego e manter o pessoal lá em Maryland e Massachusetts, além do pessoal do condado de Cobb lá no grande estado da Geórgia com a planta ativa… O KC-390 não foi coisa… Read more »

Marcelo Lopes

sim!… de onde esse Reinaldo tirou essa idéia???

Rinaldo Nery

Nossa… Nessa você superou! Eu estava na COPAC em 2009, quando o projeto foi criado. Sim, foi um requisito e desejo da FAB. A FAB NUNCA quis o C-130J.

Reinaldo Pereira

Até você agora? Foi uma imposição do MD, todos sabem, igual ao Sabre e aos Caracal. O mesmo ocorreu com Portugal, os portugueses da FAP queriam o KC-130J.

Rinaldo Nery

Todos quem, cara pálida? Tem algum documento provando isso? Na COPAC eu não vi. Onde você estava em 2009? No segundo grau?

Reinaldo Pereira

E tu tem documento provando que Sabre/Caracal foi compra política? No fundo todos sabemos que foi independente de qualquer PDF com suas siglas ai, não vem com esse papinho não. Na base que tu se formou eu dei instrução!

Carlos Campos

tu quer brigar com um cara que estava perto dos Brigadeiros e dentro do COPAC? kkkkkk

2Hard4U

Apaga que ainda dá tempo, este verdadeiro festival de insanidade presente nas suas postagens a cerca do KC-390.

Marcelo Lopes

Sim.. é melhor antes que todos cheguem à conclusão que é um tolo!!

George

Ainda bem que eram os portugueses da FAP. Imagina se fossem os nicaraguenses da FAP?

Fernando EMB

Nada como alguém que conhece a história real, pois a vivenciou… E não inventa coisas como este Reinaldo Pereira.

ROMMELQE

Prezado Fernando : por favor, você que trabalha na EMBRAER, comunica à Wikipidia que o valor correto do MTWO nominal de projeto é de 51 t (vazio) MAUS 29000 l de Jp8, o que dá aproximadamente 78 t, sendo que o valor real ja testado esta da ordem de 87t!!!!! PARABENS à EMBRAER!

Felipe Morais

Gostaria que o Sr. Reinaldo tivesse culhão de retornar agora e fazer uma retratação do comentário dele. Parece que a única intenção é vir aqui, falar uma baboseira e não retornar mais. Aí vai fazendo isso a cada matéria.

E aí Reinaldo…agora que você foi colocado no seu devido lugar, você vai fazer uma retratação??

Nascimetno

Não seu infeliz. É um erro institucional da própria força. Pra que manter o GTE enquanto corta encomendas do KC-390? Um monte de programas pra lá de mal elaborados. Se a força bateu o pé pelo Gripen, negando o presidente na época sobre o Rafale, pq não fazer o mesmo com outros programas? Ta mais do que na cara que esses programas (HX-BR, AH-X, KC-390) foram mal dimensionados e mal elaborados. Sobrou pros fabianos de plantão gritar comunismo, dizer que foi obra de civis e etc. Senhor Pereira, talvez eu não tenha sido claro, mas vou tentar ser: não estou… Read more »

Rinaldo Nery

Nossa, escreveu uma ode! Gostei do “claríssimo”. Não sabia que participava das reuniões do AltCom.

Alexandre

COMUNISTA? PAISANO? E você é quem ou melhor dizendo onde e como você adquiriu conhecimentos que te possibilitou dizer tantas asneiras?

Wagner Figueiredo

Essa vergonha é no débito ou no crédito?!?! Rsrsrs

Arthur

Não entendi nada do que falaste. Acho que te ausentaste uns 15 anos aqui do blog. Tens certeza do que estás no Brasil? A América do Norte fica um pouco mais pra cima…

George

Está liberado viajar na maionese aqui no blog?

Marcelo Lopes

Rapaz, sua opinião é de um completo ignorante.

Curiango

Osório, tamoio, mar 1 e outros

Wilson Look

Nem todos os projetos foram cancelados pelo governo, alguns foram por outras razões ou pelas próprias Forças Armadas, por exemplo: O Osório nunca foi um projeto do EB, foi um projeto da ENGESA visando o mercado externo, mais especificamente a concorrência saudita, já o Tamoyo sim foi um projeto do EB junto com a Berbardini para criar um tanque nacional, tanto que o Tamoyo só atendia aos requisitos do EB, sendo necessária uma versão muito mais avançada para competir no mercado externo, esse programa passou por adiamentos após o EB testar o Osório e depois foi cancelado sem terem testado… Read more »

Allan Lemos

O boicote vem da própria FAB, é ela que toma as decisões e quase nunca o Executivo e o Legislativo são consultados. Aliás, essa sempre foi uma das minhas maiores críticas em relação as FAs, o fato das decisões estratégicas, que têm potencial de comprometer(ainda mais) a segurança nacional e nossa capacidade de resposta, serem tomadas à revelia dos poderes da República.

As críticas têm que ser direcionadas aos lugares certos, é a FAB que está boicotando um produto nacional.

Felipe Morais

Allan, concordo com a substância de seu comentário, mas é o seguinte, não existe vácuo de poder. Onde existe poder desocupado, alguém irá ocupá-lo. O Congresso Nacional nunca se propôs a adentrar nas discussões da defesa nacional de forma institucional. Por mais que existam comissões voltadas para esse fim, sempre estão longe dos holofotes e, por isso, não despertam interesse de nossos “excelentíssimos”. O judiciário é um poder que não serve a este fim, pois atua (ou deveria atuar) mediante provocação, resolvendo questões pontuais que lhe são submetidas. Já com nosso presidencialismo uno, além de gerir toda uma atividade administrativa/estatal,… Read more »

Fabio Araujo

Não é boicote, tanto de que a FAB ajuda nas demonstrações, trata de cobertor curto a FAB precisa fazer alguns corte e como o C-390 já esta garantindo mercado lá fora a EMBRAER termina tendo o prejuízo diminuído ou até mesmo compensado. Mas pode ser que a FAB aumente os pedidos no futuro se o orçamento permitir!

ROMMELQE

Há um raciocínio tacanho e ignorante pelo qual o aumento de encomendas no mercado/industria interno acabam gerando um ônus ao governo central. Ocorre que os impostos diretos e indiretos advindos de cada aeronave representam um valor superior ao seu preço.É assim no mundo todo e no Brasil também…não esquecer que devem ser computadas todas as parcelas pertinentes …. é a tal da triplice hélice, teoria tão em moda…

Chris

Qtos Gripens teremos ? Sempre achei 28 unidades… Um número exagerado para um cargueiro ! Talvez tenha sido uma decisão mais política do que militar !

E… Torcidas a parte… O HÉRCULES vence na AUTONOMIA, e nas vantagens proporcionadas pelas HÉLICES como custos e pousos em pistas não pavimentadas… De resto, da KC-390 !

Não sei porque tanta polêmica.

Last edited 1 mês atrás by Chris
leonidas

Jesusamado.
Esse povo ou nasceu ontem ou jamais acompanhou os programas de defesa, os misseis que já tentamos desenvolver, nossa indústria bélica de blindados, o que teria sido da MECB que nasceu junto com o programa indiano e hoje ainda não temos um veiculo lançador e enquanto isso se colocar na ponto do lápis o valor já gasto (do pais supostamente pobre) em orçamento muito além do que é pago mesmo no primeiro mundo em coisas como poder judiciário e politico a cifra chega a valores abissais.
Afff…

Marcos Silva

Governo nada! Foi desse lixo de força aérea brasileira. E ainda querem cortar pra 15 unidades apenas,não esqueça disso.

Nonato

Falar mal do governo está na moda.
O cara se sente feliz
Não tem “sabotagem” alguma.
O projeto Não já foi pago?
21 aviões é um número bem razoável.
A FAB não pode se entupir de cargueiros.
Tem que balancear o orçamento.
Já estão querendo mais gripens
A Embraer participa na fabricação do gripen.
O sucesso do avião não se faz a FAB comprando 100 KC 390.
Sucesso é outros paises comprarem
Um cantor lotar um show com parentes numa quadra de esportes não é sucesso.
É bondade da família

Sensato

O governo bancou o desenvolvimento da aeronave. Como isso se enquadra em boicotar desenvolvimento ou tecnologia em si?

Marcelo Lopes

Mas nesse caso acho que não é o governo… na minha opinião é o comandante da FAB que tem tido esse papel. Desde que ele entrou pro comando tem demonstrado uma má vontade para com a Embraer…É dirente em relação ao comandante anterior.

Saldanha da Gama

Me lembrei do NELSON RODRIGUES……
Abraços

Rodrigo

IMPRESSIONANTE (Em letras garrafais mesmo).
Vai ser sucesso no mundo, não tem outro caminho.

Reinaldo Pereira

Eu conto ou vocês contam? Kkkkkkkkkkk

Paulo Montezuma

A medida que mais KC-390 estejam voando pelo mundo (Brasil, Portugal, Holanda…), mais operadores estrangeiros vão entender a vantagem que será sair debaixo da asa dos EUA e comprarão mais aeronaves da Embraer.

Arthur

Se for fofoca pode contar! Agora, se é pra repetir aquelas barbaridades, guarda pra ti.

Ulisses

Baita avião!

Dod

imagina o cálculo daquela porta, kkkkkkkk

Bardini

O que se divulgava anteriormente, era um MTOW de 74.400kg. De forma muito resumida, sem entrar em tantos detalhes, com estes números, o KC-390 teria um desempenho prá lá de pífio perante ao C-130J. . Pq? . O C-130J tem MTOW inferior ao do divulgado nesta matéria para o KC-390, mas o C-130J é muito mais leve que o KC-390. Enquanto o C-130J pesa aproximadamente 34.270kg vazio, o KC-390 tem peso vázio básico de aproximadamente 51.200kg! Para fechar o MTOW com este peso anteriormente divulgado, a FAB teria a disposição a capacidade de levar apenas 23.200 kg, dividindo isso entre… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bardini
Reinaldo Pereira

Excelente comentário.

Bardini

C-130J gambiarra…
Torcidas e suas paixões.
.
No mais, não identifiquei nada que tenha mudado o que abordei.

Reinaldo Pereira

C-130J uma gambiarra? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Bom é o KC-390 que quase ninguém comprou, né? Kkkkkkkkkkkkkk Misericórdia, tão igual os russos. Tudo vai conforme o “planejado”. Eu tenho andado afastado dos fóruns, mas quando saiu a noticia que a FAB ia cortar o número de KC390 a ser adquiridos eu tive meus conhecidos que foram ou são militares da FAP a dizer que iam ficar com um elefante branco nas mãos. Os Holandeses nesta área pouco ou nada dizem ao pessoal cá em Portugal. Já a Bélgica, Espanha, EUA e outros sim. Fala-se é que neste momento e devido às pressões no… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Reinaldo Pereira
FernandoEMB

Ahhhh um Tuga recalcado. Tá explicado!!!!

Rinaldo Nery

E eu perdendo meu tempo com um português criticando a FAB….

Carlos Campos

kkkkkkkkkk

Arthur

Correção: não foi caso de afastamento dos fóruns, foi sumiço!

Rinaldo Nery

Nenhum avião de transporte consegue levar o máximo de carga e o máximo de combustível. Eu voava A-320Neo, e acontecia exatamente a mesma coisa. O vôo de BEL-FLL, com quase seis horas de duração, era um problema. O que ajudava era a quantidade de alternados na Florida. Mas, fazer o REC-MAO era mais crítico.

Bardini

Veja o que acontecia com 74.400 kg de MTOW, na tabela.
.
Acrescentar aproximadamente 12.600 kg no MTOW, melhora e muito a sistuação. De resto, cabe a comparação com o C-130J.

390.PNG
Rinaldo Nery

Acrescentar 12.600kg no MTOW depende do trem de pouso, da estrutura, junção das asas c a fuselagem, motorização etc. Fernando EMB que me corrija. Acho difícil uma empresa que fabrica aviões de passageiros há décadas errar em cálculos de pesos.

Bardini

Sinceramente, está difícil… Onde foi que eu apontei uma questão de erro de cálculo? . O que estou tentando dizer e ninguém consegue interpretar, pois estão todos completamente cegos por sua torcida e paixões, é que os 12.600kg adicionados ao MTOW, não são um “extra”. O projeto não é melhor que o previsto, como se dá a entender a reportagem. Não existe acrescimo de mais de 10 toneladas em um MTOW, sem isto estar previsto, já que isso tem implicações diretas as pontos que tu mesmo citou. E dá mesma forma como aconteceu esta expansão, sobre os 74.400kg inicais, ainda… Read more »

Rinaldo Nery

Agora entendi. Creio, não tenho certeza, se houve essa expansão, é porque já estava previsto desde o início. Talvez, não sei, houve essa restrição inicial por algum motivo técnico que não sabemos. Pode ter algo a ver com o incidente do ensaio de gelo, onde a aeronave entrou em parafuso.

LucianoSR71

Vamos lá, como as capacidades de carga são maiores no KC-390 ( 26t carga centralizada e 23t distribuida contra C-130J=19t e C-130J-30=20t ), busquei dados confiáveis ( sites da USAF e da Embraer ) p/ situações mais próximas então temos: Maximum Normal Payload: C-130J, 34,000 pounds (15,422 kilograms)  C-130J-30, 36,000 pounds (16,329 kilograms)   Range at Maximum Normal Payload:  C-130J, 2,071 miles (1,800 nautical miles)  C-130J-30, 1,956 miles (1,700 nautical miles) Embraer KC-390 ( só há informações c/ essas cargas ): c/ 26t=1080nm c/ 23t=1470nm c/ 14t=2710nm Então temos que c/ 1,422t a menos que o C-130J o KC-390 tem… Read more »

Bardini

O 390 pesa ~51.200 kg. Se o MTOW é de 87.000 kg, sobrariam em tese 35.800 kg para jogar com carga, combustível e afins, dentro dos seus respectivos limites óbvios. Se tu colocar 26.000 kg de carga nele, sobram 9.800 kg para combustível, dentro deste limite de MTOW. Quando que um KC-390 vai fazer 1080 nm (2.000 km) em uma puxada, com este peso, só com isso aí de combustível? Quando 1 nm = 1 km? Quem souber, por favor, me explique… . Coloca 19.000 kg de carga no 390, para ficar igual ao C-130J. Sobram, em tese, quantos mil… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bardini
LucianoSR71

Parabens! Sua sapiencia é maior que os dados oficiais, não adianta conversar c/ quem crê que sabe mais que o fabricante. Vc acha que um fabricante de renome internacional vai divulgar no seu site dados falsos?Tchau.

Leopoldo

Não daria para fazer igual o C130-J e colocar tanques extras de combustíveis se tornando um KC-390 J ? Rsrsrs

Bardini

Você e o de cima, claramente não entenderam lhufas do que abordei.
.
Devem ser filhotes da pátria educadora.

Fernando EMB

A reportagem não está correta. A capacidade não está melhor que o previsto, pois sempre foi esta. O que houve foi liberação de envelope para operação.

Bardini

Isso é justamente o que eu estou tentado dizer!!!

FernandoEMB

Exato Bardini… A capacidade é de projeto. Não se aumenta neste nível apenas na caneta se não estivesse prevista de projeto.

LucianoSR71

Peraí, eu me calei quando fui chamado de analfabeto funcional, pois é isso que querer dizer suas palavras, porque não gosto de bater boca, mas seja honesto!!! Vc desqualificou os dados oficiais que coloquei ref ao KC-390 ter range de 1080nm c/ carga de 26t: ‘Se o MTOW é de 87.000 kg, sobrariam em tese 35.800 kg para jogar com carga, combustível e afins, dentro dos seus respectivos limites óbvios. Se tu colocar 26.000 kg de carga nele, sobram 9.800 kg para combustível, dentro deste limite de MTOW. Quando que um KC-390 vai fazer 1080 nm (2.000 km) em uma… Read more »

Bardini

Mas tu realmente parece ser um analfabeto funcional… . Pega o que eu escrevi e compara com a tabela que postei mais acima e pensa um pouco. Usa tua cabeça. . Eu te ajudo: o KC-390 abastecido com 9.612 kg de combustível e carregado com uma carga de 13.554 kg, que é pouco mais da metade dos 26.000 kg divulgados para carga concentrada, faz meras 1152 nm. Soma, 9.612 + 13.554 = 23.116 kg. Número interessante, não? A Embaer divulga o alcance para 23 toneladas, como 1470 nm. Pega a tabela da FAB e vê ali, a quantidade de combustível… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bardini
Fernando EMB

O Kc390 faz 1080 nm com 23t de carga útil. Só carga, sem considerar o combustível.

LucianoSR71

Caro Fernando, uma pequena correção, seguem dados do site da Embraer:
Embraer KC-390 ( só há informações c/ essas cargas ):
c/ 26t=1080nm
c/ 23t=1470nm
c/ 14t=2710nm
Mas adianta argumentar, que ele parte p/ ignorância, ele acha que a Embraer está mentindo no seu site, não dá mais p/ argumentar c/ esse cara. O que vc que trabalha lá acha disso?Abraço.

Ozires

Sim… com 23 ton só de carga faz 1.470 nm.

23 ton é payload, que não considera o combustível.

Morgoth

Pergunta de leigo, esse MTOW avaliado com 17% superior ao estimado pela Embraer impacta a capacidade de carga pra cima?

Underground

MTOW – Maximum Take Off Weight (Peso máximo de decolagem).

Machado

Só me deixou puto os caras terem reduzido o número de aeronaves. Sempre assim. Um equipamento de primeira desse e um país continental como o nosso precisamos de mais

Felipe Morais

Pois é. Um dia desses um colega aqui do fórum falou que os resultados da capacidade de carga do avião estavam sendo negativos, uma vez que a aeronave estava se mostrando muito menos capaz do se havia divulgado. Na oportunidade pedi para que ele detalhasse, mas esqueci de retornar para ver se havia respondido. Pela matéria, parece que não é isso que está acontecendo. Aproveitando, uma pergunta bem de leigo. Essa estrutura do trem de pouso permitiria eventual pouso sob duas rodas para equilibrar em uma situação de ventos transversais? Nem sei se essa é a forma mais adequada de… Read more »

Rinaldo Nery

Isso é muito comum e qualquer avião é capaz.

Camargoer.

Olá RInaldo OffTopic. Vocẽ já testemunhou algum evento envolvendo um UFO ou coisa esquisita assim?

Rinaldo Nery

Nunca. Sou meio cético quanto a isso.

Camargoer.

Olá Rinado. Obrigado pela resposta. Também sou cético. Segundo as imagens do Hubble, o universo visível possui cerca de 100 bilhões de galáxias, sendo cada uma formada de 100 bilhões de estrelas. Os recentes dados sobre exoplanetas sugerem que praticamente todas as estrelas possuem planetas em sua órbita. Assim, a probabilidade de que existam alguns planetas com condições favoráveis á vida nos quais tenha surgido uma civilização tecnológica em algum momento é grande. Contudo, tenho muita dificuldade em aceitar a ideia de viagens interestelares como algo comum visto que as distâncias são astronômicas (literalmente), o que me leva a também… Read more »

Leildo Costa

Calma!! Vcs estão muito desesperados por causa do corte dos KC-390s… Haverão mais pedidos pra FAB além dos 28 iniciais.. pode escrever aí!

Fabio Araujo

Não é a toa que derrotou o C130J na Holanda. Os holandeses foram bem claros em afirmar a superioridade do C-390!

Talisson

Excelentes imagens!

Felipe Maia

Vídeo bem bacana sobre o Super Hercules, cheio de detalhes e imagens excelentes.
Mas o que chama a atenção mesmo é a evidente idade do projeto, bastante inferior ao KC-390 em inúmeros aspectos.
Desde o espaço/volume para cargas e tripulação, passando pelo acabamento antirruído e indo até mesmo ao pequeno banheiro (que no C-130 é motivo de piada até para a tripulação haha), nota-se claramente que se trata de um projeto datado e já superado pel KC-390, embora a aeronave continue extremamente capaz e atendendo às necessidades das Forças.

https://www.youtube.com/watch?v=N2ngdgzXBGo&ab_channel=SamEckholm

BLACK SPEED

É uma boa máquina, não tenho dúvidas, num futuro deve ter uma versão “NG” talvez com os atuais motores do A321NEO, WINGLETS…

Infelizmente o governo federal a quem deveria ser o principal cliente foi o primeiro a “boicotar” o projeto!!!

Brasil precisaria de ao menos uns 36; divididos em 6 bases Brasil afora…

Heinz

É por causa de projetos como este que eu mantenho a esperança de que o Brasil pode desenvolver suas armas por aqui mesmo, obviamente nem tudo será nacional, mas só do projeto ser feito aqui já um salto e tanto.

Últimas Notícias

Embraer entrega E-Jet de número 1.700

São José dos Campos - SP, 29 de setembro de 2022 – A Embraer atingiu um novo marco no...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -