sábado, agosto 20, 2022

Gripen para o Brasil

Fotos de satélite mostram alvo destruído pela China semelhante a um avião militar do Japão

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Especialistas dizem que Pequim provavelmente testou míssil balístico contra alvo fictício das SDF

TÓQUIO – A China destruiu um alvo que se acredita ter a forma de uma aeronave das Forças de Autodefesa do Japão (SDF) em uma área desértica de Xinjiang, apurou o Nikkei através da análise de fotografias de satélite com especialistas. O objeto pode ter sido usado para treinamento de ataque de mísseis em alvos hipotéticos no Japão.

O Nikkei examinou fotos tiradas pela Planet Labs, uma operadora de satélites com sede nos EUA. Fotografias do mesmo local em meados de maio mostraram um objeto com a forma de um E-767, um sistema de alerta e controle aéreo (AWACS) usado pelas SDF, uma pista e edifícios que lembram um pátio de aeronaves. Uma foto de 13 de julho mostra o objeto destruído, junto com detritos e marcas pretas de queimadura.

Fotografias anteriores de satélite mostraram que o objeto ainda estava no local em 2 de julho. O momento preciso não está claro por causa das condições climáticas que impediram a fotografia em alguns dias, mas parece que o objeto foi destruído no início de julho. É a primeira vez que se sabe que um objeto que imita uma aeronave da SDF foi destruído.

Acredita-se que a área seja controlada pelos militares chineses, e vários objetos em forma de navios de guerra dos EUA também foram encontrados lá. Em uma ocasião, um objeto semelhante a um porta-aviões dos EUA foi encontrado com marcas que especialistas disseram ter sido feitas por impactos de mísseis.

“Acho que podemos concluir com segurança que este foi um teste de algum tipo de míssil balístico”, disse Jeffrey Lewis, professor do Middlebury Institute of International Studies em Monterey e especialista na análise militar de fotos de satélite, referindo-se à destruição do objeto em forma de E-767.

Tom Shugart, membro sênior adjunto do Center for a New American Security, também disse que um míssil pode ter sido usado. “Se o objetivo do alvo simulado era testar a capacidade de uma ogiva de míssil de reconhecer e atingir aeronaves específicas de alto valor, e essa capacidade foi de fato testada com sucesso, então a implantação de tal arma poderia melhorar a capacidade do Exército Chinês de atingir aeronaves chave como o E-767″, disse ele sobre as capacidades de mísseis da China que podem ser inferidas a partir das fotos.

Nem todos concordam sobre como o objeto foi destruído. Kiyofumi Iwata, ex-chefe de gabinete da Força Terrestre de Autodefesa do Japão, observa que nenhuma marca de impacto pode ser vista e que o objeto em forma de caça permanece. “O objeto AWACS pode ter sido incendiado, em vez de atingido por um míssil”, disse ele.

De qualquer forma, é provável que a China tenha usado a maquete da SDF para treinamento e a tenha destruído. Fotos de satélite mostram que a China também começou a remover estruturas ao redor do objeto, como a pista e o asfalto.

Segundo o Ministério da Defesa, a SDF é a única organização que opera o E-767, com um total de quatro aeronaves implantadas na Base Aérea de Hamamatsu. A aeronave usa seu radar montado na traseira para detectar aeronaves e mísseis inimigos distantes. Também serve como posto de comando móvel para aviões de combate. Seria fundamental para garantir a superioridade aérea no caso de uma emergência em Taiwan, por exemplo.

A análise de fotos de satélite anteriores indica que a estrutura em forma de AWACS foi instalada na primavera de 2021. Isso foi logo após os governos japonês e americano compartilharem um documento conjunto mencionando especialmente o Estreito de Taiwan. A China pode tê-lo usado para treinamento militar no ano passado.

O período do início de julho, quando se acredita que o objeto foi destruído, coincide com o período em que a China e a Rússia realizaram atividades militares perto do Japão. Em 4 de julho, navios de guerra chineses e russos entraram na zona contígua ao redor das Ilhas Senkaku. Os dois países podem estar aumentando sua demonstração de força ao Japão sobre a situação na Ucrânia e em Taiwan.

FONTE: Nikkei Asia / FOTOS: Planet Labs

- Advertisement -

52 Comments

Subscribe
Notify of
guest

52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carvalho2008

hummmmm…aí complica….míssil mais do que inteligente escolhendo o alvo na base….

os fornecedores de engodos infláveis vão aumentar o faturamento….

Bosco

Carvalho, Pode ter sido um míssil com seeker e capacidade de reconhecimento autônomo de alvo como pode ter sido um míssil com data-link operando no modo “man-in-the-loop”, um míssil guiado por laser semi-ativo, assim como pode ser um míssil sem seeker guiado só por satélite (GNSS), já que se trata de um alvo estacionário. Claro, no último caso há de se obter informação em tempo real da posição do alvo e há de se ter um míssil de alta velocidade já que é um alvo de tempo crítico. Seja como for , concordo que um engodo inflável de alta tecnologia… Read more »

Jefferson Ferreira

Poderia ser um novo tipo de drone ? Que reconhece e ataca de forma autônoma alvos, ditos prioritários ?

Bosco

Sem dúvida! Um míssil com seeker tranca no alvo de 2 modos antes do lançamento (LOBL) depois do lançamento (LOAL) Antes do lançamento geralmente a designação é humana. Ex: Maverick D Depois do lançamento a designação do alvo pode ser via humana com ajuda do data-link (Ex: SLAM-ER) ou autónoma, com o míssil se virando sozinho para achar o alvo (Ex: Tomahawk) O trancamento autônomo (ATA) é uma tarefa complicada e potencialmente catastrófica. Em geral há dois modos de ser implementada. Num modo o míssil tem uma área restrita, muito bem definida, onde ele procura o alvo que “satisfaça” seu… Read more »

Chris

E eu posso afirmar que o Japao realmente tem destes avioes E-767…

E ao menos aqui, da base aerea de Hamamatsu… Decolam todos os dias, de olho no gordinho e nos chinas…

Num primeiro momento, o pais tentaria se defender com os Aegis… E num 2o momento… Com os Patriot localizados em Osaka !

Tbem ha uma leve tensao na ilha de Hokkaido, com deslocamento de tropas de ambos os lados… Apos um politico russo declarar que a ilha pertence a Russia !

Last edited 24 dias atrás by Chris
karl Bonfim

Treino é treino, jogo é jogo, como diriam os russos!

Tá , e daí ? Qual efeito prático disto ? Os EUA e Japão já possuem seus alvos prioritários , nunca vi os mesmos atacando maquetes chinesas , sabem o porquê ? Nestes países não há a necessidade de criar burburinho e factóides para manter o povinho nacionalista empolgado , eles estão em outro nível !

Romão

Pera aí, o “factóide”, quem está publicando nos jornais e fazendo pirraça, pra manter o público nacionalista aceso, é o Japão.

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava ucraina

Sua dificuldade interpretativa é constrangedora , quem montou as maquetes foram os xinas , quem tirou a foto foram os chinas e quem publicou a foto como super trunfo primeiro foram os xinas , então o que tem haver os japas publicarem , quando eles publicarem uma maquete chinesa atacada por eles vc volta aqui e posta está mesma resposta , neste momento ela não faz sentido , sem lógica e inteligência !

Luiz Trindade

Tá bom o “dificuldade interpretativa”… Aonde esta escrito que foi os chineses que publicaram isso?!? Outra essa foto foi de satélite que os japoneses publicaram… Enfim… treino é treino e jogo é jogo!

Jefferson Ferreira

Vamos tentar de novo, vou de dar uma força agora:

Nikkei examinou fotos tiradas pela Planet Labs, uma operadora de satélites com sede nos EUA

Agora vai!!!!

Rogério Loureiro Dhierio

Más a matéria não é proveniente de meios chineses. Pelo contrário. Foram fontes e meios americanaos quem pegaram o “ladrão de calça curta”. A China apenas realizou o teste. Não divulgou nada. Se o amigo estivesse falando do Irã com seus mísseis supremos contra porta aviões de madeira e sendo divulgado a torto e a direita eu até entenderia. Mas neste caso aí a China fez o teste e os americanos viram com os “zoios” que lhe são de direito. Dai o Japão divulgou. A meu ver foi uma mensagem dos EUA e Japão dizendo. Hei. Estamos de olho em… Read more »

Romão

Pois é… Desde quando a China precisa ficar fazendo gracinha pra público interno, pra fomentar nacionalismo ? Lá, ou é nacionalista ou vai preso.

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava ucraina

Estou cheio de links que provam que vc tá equivocado , mas o blogue não vai publicar , fico te devendo , Sorry !

Rogério Loureiro Dhierio

É verdade kkkkk

Se vc não avisa eu não saberia , o Japão obteve a foto em material publicado por xineses !

Rogério Loureiro Dhierio

Deu pra perceber que não apenas não saberia como continua não sabendo.
Bom. A matéria está ai.
Da pra vc ler, reler, ler e reler umas mil vezes.
Igual aqueles exercícios de matemática que a gente cansa de ler más não consegue interpretar.

A semana é longa. Tenta ai. Pode ser na próxima leitura vc entenda ou pode ser que lá pra sexta ou domingo tb. Ou, deixe estar. Vc não é obrigado a entender. Isso não é conotação de incapacidade de interpretação de texto.
Apenas que vc não entendeu.
Passa para a próxima leitura e seja feliz.

Paulo Brics

Amigo, é o oposto da sua suposição.

Obviamente os chineses sabem que satélites podem ver estas coisas, todo mundo sabe disto a tempos e todas as potências tem satélites capazes de ver o que se passa em outros países.

E o fato deles terem demorado para limpar a área dá a entender que eles queriam que a coisa fosse vista para enviar um recado ao Japão: ” Ei, vocês são absolutamente vulneráveis. podemos fazer chover mísseis balísticos em suas bases e destruir suas aeronaves no chão”.

Last edited 25 dias atrás by Paulo Brics
Chris

Ate os AWACS japoneses voam o tempo todo… O Japao os veria !

E no caso dos Aegis, conectados a rede americana de combate, falharem… Eles usariam os Patriot da base de Osaka, de acordo com os treinamentos !

E os EUA… Que pelos acordos firmados… Seria a 3a guerra mundial !

Last edited 24 dias atrás by Chris
Red Pill - 红色药丸

slavateukú

Digo

https://defence-blog.com/u-s-army-uses-mockup-of-chinese-modern-tank-for-training-purposes/?amp

Entendi, essa réplica de um type 99 feita pela US army vai para um museu então?

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava ucraina

Sua dificuldade para entender a diferença entre fazer uma maquete para testar os reflexos de radares e uma maquete pra jogar bombas causa estranheza , não vale o esforço para te explicar !

Digo

Sua lógica não faz sentido, a USAF pintou alguns F-35 em cores semelhantes aos do J-20 para servirem como agressores, e postaram a foto em suas redes sociais, isso não é um burburinho para manter nacionalista empolgado?

Independente da mídia, ambos tem uma única finalidade, treinar as tropas para se acostumarem com designs de seus inimigos.

SteelWing

Ué, mas EUA tem esquadrões Agressors, com as pinturas e insígnias de países rivais, como rússia e irã, fora os diversos filmes como Topgun ra propaganda… sabia não?

Da próxima vez vou comentar e enviar um DESENHO para ver se vc entende a diferença !

Rogério Loureiro Dhierio

Temos um Deus da sabedoria entre insetos da ignorância que somos nós.

Francisco Brenha

A propaganda é a alma do negócio.

Bosco

Informação completamente irrelevante. Desde a década de 70 que existem PGMs.

Red Pill - 红色药丸

Respeita o Gigante …!

Bosco

?????

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava ucraina

Desenhe na próxima oportunidade , facilite as coisas pra eles !

Carvalho2008

Mestre Bosco, nosso melhor conhecedor das especificações e doutrinas missilisticas, bem que o amigo poderia dar uma palhinha ou o Galante montar um material sobre engodos…

De um lado, mísseis inteligentes que selecionam o alvo pela imagem da biblioteca, recusando os alvos de menor valor e assim, otimizando cada disparo realizado.

De outro, os engodos e iscas, quase não falamos deles….estou desatualizado neste setor… minhas informações são antigas da época que era fácil….não sei como estas doutrinas estão agora….

Vocês bem poderiam montar 3 séries….a área, a naval e a terrestre…

Last edited 25 dias atrás by carvalho2008
Bosco

Seria interessante. Engodos ou iscas são utilizados para proteger helicópteros, aviões, veículos terrestres, IADS, navios, submarinos, mísseis balísticos (no caso, os RVs), mísseis semibalísticos (como vimos no caso do Iskander na Ucrânia), etc.
Vou tentar reunir um material e se eu achar que ficou legal eu falo com o Galante.

Bosco

Te respondi mas está no AntiSpam

Rogério Loureiro Dhierio

Putz…mandou bem.
Boscao…manda ai.

Carlos Campos

mas bosco a precisão não chama atenção? achei muito preciso.

Bosco

Carlos,
Mas a foto fora de contexto não serve de base. Precisão de quê? Foi um míssil lançado a 5000 km ou uma bomba guiada por laser?
O avião com certeza teria sido destruído já que não sobrou nada.
Vale salientar que a “sombra” no chão é para avaliarem a distância em que os pedaços do avião e os estilhaços/fragmentos do míssil alcançaram.

Carlos Campos

pelo que li foi um teste de míssil balístico, aí ele atinge o alvo e ainda o de maior valor, me impressionou, mas como você disse pode ser que tenha sido uma bomba guiada a laser.

Bosco

Carlos, O mais provável é que se foi um míssil hipersônico (boost glide ou balístico) tenha sido um míssil guiado por satélite. Apesar de ser um alvo móvel (avião) ele está estacionário. Se for um míssil balístico ou boost glide, ambos hipersônicos, dotado de um seeker capaz de “enxergar” o alvo seria interessante sabermos se ele precisou frear (pull up manouver). As opções de seeker são: radar centimétrico (improvável) radar milimétrico (possível) imagem IIR (possível) imagem visual (possível) LADAR (possível mas improvável) antirradiação (não possível) laser (possível desde que haja uma aeronave na área iluminando o alvo). Se for um… Read more »

Carlos Campos

obrigado, existe algum míssil com radar centimetrico? ou milimetrico

Bosco

Carlos, Sim! Há vários. Os centimétricos são usuais desde a década de 70 e são utilizados pela maioria dos mísseis antinavios e pelos ar-ar e sup-ar com orientação por radar. Os mílimétricos são mais recentes, tendo o primeiro sido o Hellfire Longbow AGM-114L no final da década de 90. Em termos gerais a diferença é que os milimétricos por terem melhor resolução pode detectar a forma do alvo e por isso são utilizados contra alvos em terra. Os centimétricos são utilizado contra alvos no mar ou no ar. Por isso eu disse que se um míssil encontrou o alvo no… Read more »

Ou implantaram uma bomba na maquete só para os japas tirarem fotos e ficarem com medinho !

Red Pill - 红色药丸

É tudo mentira essas armas da China, verdade é os ucras cercando Moscou.

Mooscou ucras 🤔🤔🤔🤔, cara vc tá deslocado aqui , fora do tema , meu deus , vc tá paranóico com Moscou ucras , vai se tratar meu ,!!!! Que mirim ….

Red Pill - 红色药丸

É tudo mentira essas armas da China, pode dizer pros altanticistas e pra ukraina dormirem tranquilos.

Carlos Campos

tudo é possível kkkkk, ou é uma tecnologia que nem sabemos que eles tem. tipo um Harop ou algo assim

Francisco Brenha

Acho que este tal Red Pill é robô chinês… Está usando algoritmo PIA (Pseudo Inteligência Artificial). Mas esperar o que de um robô chinês??

Luis Carlos

O Japão tem um dívida com o povo chinês.
Se a China for cobrar, será com juros e correção monetária.
No momento, o melhor para o Japão é ficar quieto para ver se passa despercebido.

Bosco

O PCC tem uma dívida com o povo chinês e pelo jeito foi ou esquecida ou represada. Esquece essa dívida do Japão. Ela é fichinha perto da do PCC.
Os japoneses mataram cerca de dois milhões de chineses e o PCC matou 35 vezes mais que isso em 30 anos.

Red Pill - 红色药丸

Errado, o povo chinês é que tem que agradecer o PCC por tornar a China no que é.

Bosco

O que a China é? Um país governado por uma elite de iluminados que mantém o povo debaixo do chicote?

Heinz

Quero ver ter coragem de ir cobrar….
Não possuem coragem nem de tomar um ilhota a poucos kms de seu território, imagine atacar o Japão.

Últimas Notícias

VÍDEO: 53º aniversário da Embraer

Comemoramos hoje o 53º aniversário da Embraer! São mais de cinco décadas superando desafios e fomentando a inovação à...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -