segunda-feira, agosto 8, 2022

Gripen para o Brasil

EUA consideram transferir aviões de ataque A-10 Warthog para a Ucrânia e treinar seus pilotos

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os líderes da Força Aérea dos EUA levantaram a possibilidade de treinar pilotos ucranianos nos Estados Unidos e dar à Ucrânia a frota americana de aviões de ataque ao solo A-10 Warthog – uma ideia que poderia resolver um problema para os dois países.

A noção é um balão de ensaio clássico. O secretário da Força Aérea, Frank Kendall, considerou esta semana a ideia de entregar os aviões A-10 à Ucrânia, acrescentando que ainda está em fase de discussão.

Tal plano poderia fazer sentido. A Ucrânia precisa de mais poder aéreo e mais maneiras de destruir a artilharia e os tanques russos, e o Warthog foi projetado durante a Guerra Fria para esse propósito.

E a Força Aérea há anos deseja se livrar dos A-10. Isso liberaria dinheiro de manutenção para novos aviões que podem ser usados ​​para vários propósitos e seria mais eficaz em um possível conflito com a China.

Mas o Congresso bloqueou todas as tentativas de aposentar o A-10.

Sob o governo Obama, o secretário de Defesa, Robert M. Gates, tentou aposentar o avião, mas foi contestado pela senadora Kelly Ayotte, republicana de New Hampshire. Em vez de aposentar o A-10, o Congresso aprovou verba para modernizar e prolongar a vida útil dos aviões, projeto que foi concluído em 2019.

Sob o comando de Kendall, a Força Aérea mais uma vez tentou aposentar os aviões para economizar dinheiro e modernizar as forças armadas. Mas a tentativa mais recente de matar o Warthog foi bloqueada pelo senador Mark Kelly, democrata do Arizona.

O A-10 nasceu como caçador de tanques na Guerra Fria
O A-10 nasceu como caçador de tanques na Guerra Fria
A-10 Thunderbolt II
A-10 Thunderbolt II
A-10 Thunderbolt II disparando seu canhão rotativo de 30 mm

Embora projetado para destruir tanques russos, o Warthog foi usado no Iraque e no Afeganistão para fornecer apoio às tropas em combate. Os pilotos da Força Aérea voavam o Warthog lentamente sobre o terreno e depois abriam fogo com suas armas em combatentes insurgentes.

Alguns ex-funcionários acreditam que na Ucrânia o Warthog poderia desempenhar uma combinação desse papel e sua missão original de matar tanques. Nos últimos meses, esses ex-funcionários têm trabalhado com autoridades ucranianas e americanas para discutir a possibilidade de enviar à Ucrânia pelo menos parte da frota A-10 da Força Aérea.

Por enquanto, porém, qualquer plano de enviar Warthogs para a Ucrânia permanece apenas uma sugestão.

Mas há algumas indicações de que enviar os aviões para a Ucrânia pode atrair alguns legisladores. A versão da Câmara do projeto anual de política de defesa autorizaria os Estados Unidos a treinar pilotos ucranianos em aviões americanos.

Esta semana, o general Charles Q. Brown, chefe do Estado-Maior da Força Aérea, disse à Reuters que os Estados Unidos e seus aliados estão examinando planos de treinamento de longo prazo para pilotos ucranianos. Falando no Fórum de Segurança de Aspen, o general Brown disse que os ucranianos teriam que parar de usar aviões de combate da era soviética porque as peças de reposição não estariam disponíveis.

O general Brown não mencionou o A-10, mas em uma aparição posterior o Sr. Kendall reafirmou seu desejo de que a Força Aérea se livrasse dos A-10. Questionado pelo moderador, David Ignatius, do The Washington Post, se os Warthogs poderiam ser entregues à Ucrânia, Kendall parecia estar aberto pelo menos à possibilidade.

“Os sistemas mais antigos dos EUA são uma possibilidade”, disse Kendall. “Como a Ucrânia, que está muito ocupada lidando com o problema do agora, tenta resolver qual será seu futuro a longo prazo, estaremos abertos a discussões com eles sobre quais são seus requisitos e como podemos satisfazê-los.”

FONTE: The New York Times

- Advertisement -

101 Comments

Subscribe
Notify of
guest
101 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luis Carlos

Naquele ambiente, será bucha de canhão.
Sem chances.

Tutu

Os ucranianos tem usado Su-25, não vejo pq não usariam o A-10.

gordo

São duas belas aeronaves símbolo da guerra fria, mas sinceramente não vejo o que o A-10 pode fazer de diferente num cenário em que os Su-25 Ucranianos que restaram estão tendo dificuldades. O A-10 talvez tenha uma expectativa de sobrevivência maior por estar com uma eletrônica bem melhor que a dos Su-25 Ucranianos, mas ainda assim vai ter vida bem difícil já que vai lutar sozinho. Em um conflito com a URSS Ele teria cobertura do F-15 e F-16, na Ucrânia vai ter que se virar sozinho contra o Su-35 além das baterias antiaéreas Russas. Não diria que vai ser… Read more »

Wellington jr

creio que vai ser evento em cadeia, A-10 e uma aeronave de apoio para limpar os inimigos, creio no F-16 ou F-15 ( MAs amaria ver um Gripen surgindo lá para fazer os putinetes chorarem ao terem kill sobre os sistemas russos de defesa e caças).

PRAEFECTUS

Caros amigos, vamos esclarecer algumas coisas… Para a manutenção de apenas um F-16 é necessária uma equipe de especialistas de cerca de 20 pessoas, e os próprios centros, nos quais essas aeronaves são preparadas para voos, assemelham-se a pequenas fábricas. Mas com o A-10 Thunderbolt, não há tais problemas é verdade. Os Yankes o desenvolveram nos anos 70, quando os engenheiros de defesa americanos, ao contrário, tentaram projetar aeronaves indestrutíveis com custos mínimos de manutenção. A esse respeito, a transferência do “Warthog” para a Força Aérea independente parece mais lógica. A aeronave pode decolar de pequenos aeródromos, é capaz de… Read more »

Last edited 15 dias atrás by PRAEFECTUS
Castro

Queriam estocar os A10 no deserto e acabaram não fazendo isso, enviar a ucrania seria como promover uma aposentadoria com honras ao combatente, haveria baixas e os que sobreviverem estariam so o fiapo.

Adun

Se tiverem ao menos um esquadrão de F-16 com AIM-120 vão dar um calor nós russos. Precisam de mais que isso pra virar a guerra e retornar muito território, mas os A-10 com F-16 muito provavelmente salvariam Odessa.

Von Richtoffen

Apesar do absurdo diplomático que essa cessão geraria, de fato a aeronave foi desenhada para esse cenário.

gari

Melhor soluçao possível, o Avião foi feito pra isso, se for um fracasso acaba de vez com esse gasto inútil, se for sucesso é capaz até de reabrir a produção.

Léo Neves

Se usarem como estão usando o Su-25 pode até funcionar mas fora isso acho que pode considerar um milagre algum piloto voltar para a base após o uso do canhão contra tanques Russos.

Monarquista

Principalmente se a torre do tanque sair voando e acertar um dos A-10.

Luis Carlos

Com essa turbina ‘chama-míssil’, os russos vão adorar.
Pode mandar.

Victor Filipe

KKKKKKKKKKKKKKKKKK A turbina foi especialmente desenvolvida pra ter uma emissão de calor inferior. a posição delas ajuda a diminuir o calor geral da aeronave e o fluxo de ar das duas turbinas passam pelos dois lemes e faz com que ele tenha uma assinatura infravermelha menor que a do Su-25.

Last edited 17 dias atrás by Victor Filipe
Bosco

Victor,
Vale salientar que a proteção térmica do A-10 era efetiva contra mísseis de primeira geração, que perseguiam a aeronave por trás visando o bocal do motor.
Hoje os mísseis de perseguição térmica são sensibilizados pelo calor do corpo da aeronave e não só pelo da chama ou da estrutura interna do motor.
Para a defesa contra esse tipo de míssil o A-10 conta com um sistema de alerta de aproximação de míssil (MAWS) e lançadores de flares.

Sagaz

Tendo em vista que os russos usam armamentos da década de 60, então fica mais apropriado ainda o uso dessa aeronave.

Ivo

O projeto dela foi para isso mesmo. E mesmo levando um missil ele ainda volta pra casa pra lutar outro dia.

Bruno

Pronto. Agora o cara que tem amor platônico ( ou outro tipo ) pelo Putin é especialista em aviação de combate…

Bosco

Léo, Há uma série de armas guiadas e burras configuradas para operar no A-10 , e não só o canhão, que num teatro de alta intensidade sequer seria cogitado. O A-10 pode operar de média e grande altitude utilizando defesas passivas (interferidor de autoproteção, chaffs/flares, RWR, etc) e designadores laser de alto desempenho. As armas configuradas para ele sâo: Burras: bombas de emprego geral séria Mk-80 , com kit de baixo e alto arrasto , de 500, 1000 e 2000 lb foguetes Hidra 70 de 70 mm , em lançadores com 7 e 19 unidades. bombas de fragmentação de diversos… Read more »

JBS

Bosco é mestre!

glasquis7

Se realmente isso se confirmar, significa que tio Sam já tem em desenvolvimento um substituto do A 10.

Tutu

O substituto do A-10 são mais F-16, F-15, F-35, MQ-9, KC-46…. operando.

Bosco

Em tese o substituto do A-10 é o F-35A

SEM CHANCES , o GAU-8 é um produto de extrema importância tecnológica , a Rússia não produz nada com a mesma eficiência , mandem ST ,A10 não e não toquem mais no assunto !

Maurício Oliveira

Gryazev-Shipunov GSh-6-30, já ouviu falar?

Já , por isto afirmei que o Avenger é ímpar , seu sistema de recarregamento é uma coisa magnífica , indice de falhas desprezíveis , ele é o “cara” , o resto é bonzinho !

Luis Carlos

Mais um produto tecnológico que vai mudar a guerra em favor da Ucrânia.
Confia.

Confiar o que ? Já disse que ele não vai , tente virar o vinil , repete a mesma ladainha desde fevereiro !

Bosco

Se o A-10 vai mudar o curso da guerra a favor dos ucranianos eu não sei, o que sei é que o Kinzhal não está alterando nada. Lembra do Kinzhal? Aquela arma imparável que ganha guerras só por existir e que só os russos dão conta de fazer? Pois é!

Luis Carlos

Vc continua com dor de cotovelo por causa do Kinzhal?
Foi testado na Ucrânia e com sucesso.
E os EUA não estão nem perto de ter algo parecido.
Conforme-se!

Bosco

“E os EUA não estão nem perto de ter algo parecido”
Não há a menor chance disso acontecer mesmo.

Inimigo do Estado

Para quê gastar uma calibre 12 para matar mosca? Você usa as melhores iscas para os peixes melhores. Troque melhores peixes por OTAN e terás o mesmo resultado.

Andre

Matar uma mosca com uma 12 seria mais ou menos como atacar um alvo terrestre, fixo, com um SAM?

Bosco

Apesar do seu comentário em tom jocoso você realmente acha que os Javelins, Starstreak, Stinger, NLAWs, PZF3, M-777, HIMARS, Bayraktar… não mudaram o curso da guerra?
Você tem visto os mapas situacionais desde o dia 24 de fevereiro?

Rafael Costa

Acabei de ver aqui, quem está recuando são os russos, os ucranianos já estão chegando em Moscou Toinho, se segure na cadeira hahahahahaha.

Saudações a todos !!

Luis Carlos

Continue confiando.
A fé move montanhas, mas não move a Rússia da Ucrânia.

Bosco

Sim! Estamos vendo mesmo que nada está movendo a rússia na Ucrânia.

Nilton L Junior

Da um exemplo concreto dessa mudança, sem churmela.

Bosco

Juninho,
Geralmente não falo com adolescentes imberbes com “freadinha de bicicleta” na cuequinha do Pato Donald, mas com você vou abrir uma exceção.
A mudança promovida pelas armas ocidentais se materializa na estagnação do avanço russo desde 24 de fevereiro. Não fossem as armas ocidentais , provavelmente, apesar da incompetência, os russos já estariam às portas de Kiev.

Nilton L Junior

Bosco Bosco meu querido camarada faz tempo que deixei a adolescência para a vida madura e caminhando para velhitude.
Mas vamos aos fatos concretos e objetivos, não devia mas vou ajudar, do dia 24/02 até hoje quanto de território que a competente forças ucras conseguiu recuperar dos territórios cedido aos Russos, 10% ou nada?

Andre

Todos os territórios na região de Kiev, todos na região de Sumy, a maior parte na região de kharkiv e seguem avançando em Kherson. Bons tempos em que o gigante soviético era comparado aos EUA. Hoje seus projetos são comparáveis aos brasileiros (quantos aqui não escreveram: “falando mal do su57, e o Brasil que não tem nada parecido”) e seu desempenho no campo de batalha está comparável ao de sua antiga colônia ucraniana. Os EUA tbm demoraram algum tempo até tomar a frente na guerra contra seu antigo colonizador. Será que em alguns anos a Ucrânia estará para a Rússia… Read more »

Jagdverband#44

Acorda toinho

Andre K

Não é guerra! É operação especial! Seu chefe viu isso? Apaga que dá tempo.

pangloss

Quando a URSS quis montar um canhão poderoso em um avião de ataque ao solo – o MiG-27 -, o resultado foi que o canhão derrubava a própria aeronave.

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava Ucrania

Sem assistência americana , inglesa ou alemã ,eles não passam de párias com armas nucleares , dia deste descobri que até tecnologia agricula os caras tem que utilizar espionagem para roubar sementes geneticamente melhoradas , são animadores de circo sentados em 7000ogivas nucleares , o atraso humano na sua essência !

Luiz

Os caras são especialistas em produção agrícola em estufas e vão espionar ?? Kkkk

Hcosta

Especialistas não significa que sejam omniscientes. Tem sempre alguma coisa que escapa. E a economia russa não é conhecida por desenvolver produtos altamente tecnológicos (exemplo dos chips e muitos outros). É preciso investir muito dinheiro e em muitas áreas para desenvolver este tipo de tecnologia e a Rússia não faz milagres. Faz o que pode com as suas limitações.
E desde quando serem especialistas em produção em estufas implica que sejam especialistas em OGM’s?

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava Ucrania

Os caras são especialistas em produção agricolas em estufa ……🤔 Esta frase da a dimensão de sua ignorância , não vou jogar pérolas pra vc , permaneça no chão da fábrica !

Mcruel

o Gau-8 foi desenvolvido no final dos anos 70. Acredita mesmo que se os russos entendessem que precisavam algo similar não o teriam desenvolvido em 50 anos? Estamos falando de algo puramente mecânico, cujo princípio surgiu com Gatling por volta de 1850.
Não sou russófilo ou fan-boy dos EUA, mas não duvido da indústria militar russa, que já se provou suficientemente avançada (motores de avião, satélites, foguetes, etc).

Nemo do Nautilus

BRTRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

e depois disso virá…

BRTRRRRRRRRRRRRRRRRRRRTRRR

☺☺☺

Allan Lemos

Mas o Congresso bloqueou todas as tentativas de aposentar o A-10.

É assim que tem que ser, decisões estratégicas submetidas ao poder civil. Já aqui os militares fazem o que bem entendem sem prestar nenhuma satisfação a ninguém. Quem deve decidir quando e se um determinado equipamento deve ser aposentado é o Congresso.

Rinaldo Nery

Renan, Randolphe e Omar Aziz? Hahahahahahaha

Agnelo

Jandira Feghalli, Tiririca, Freixo, Benedita da Silva….

Hahahahahahahahahahahahahahahahahaha

Nilton L Junior

Maluff, Valdemar da Costa Neto etc etc

Heinz

Você diz o congresso brasileiro?
Risos.

Allan Lemos

Uma das atribuições do Poder Legislativo é a função de fiscalizar. Por exemplo, quando examina as contas públicas, o Congresso conta com o auxílio do TCU, os parlamentares não são contadores mas podem se basear nas análises dos técnicos especializados para a tomada de decisão. No caso das forças armadas, suas decisões deveriam ser discutidas na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, onde os parlamentares contariam com a análise de técnicos e analistas na elaboração de estudos e pareceres, assim como acontece nos EUA. As Forças Armadas não são um mundo à parte. Elas são sustentadas pelo dinheiro do… Read more »

Agnelo

Tudo o q as FFAA gastam passa pelo TCU.
Pela CJU antes e TCU depois.

tadeu54

Seria um terror para os tanques russos, a resistência desse avião a danos é impressionante.

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava Ucrania

Deixem os Ucrânianos operando os Boeing A-9 piorados mesmo ….

Recruta zero

Interessante notar que diferente do F16 nenhum país da OTAN optou pelo A10 ,mesmo os que seria linha de frente contra a URSS,talvez o A10 só se enquadre na doutrina e ecossistema da USAF.

Ele fez parte de um sistema complexo , coisa que os europeus não podiam montar , por isso não foi oferecido !

L G

A10 sem superiodade aerea…. Apenas alvos… Coitados de quem tiver em um avião desses… E melhor está no supertucanos a29. Vamos estudar pessoal e aguardar.

Bosco

O que você acha que um A-29 faria que o A-10 não faça melhor?

L G

A29 super tucanos mais difícil de ser descoberto e atacado. Vamos estudar pessoal.

cipinha

eu só acho que o A-29 é mais barato de operar

Bosco

O A-10 pode penetrar a muito baixa altura o que reduz a distância de detecção por radar (com capacidade look down) para 1/3. Em sendo avisado pelo RWR o A-10 pode se defender utilizando ECM e chaffs/flares e muito provavelmente o caça atacante pode se por dentro do alcance dos Sidewinders.
E já havia sido cogitado do A-10 levar despistadores rebocados do tipo ALE-50, o que multiplicariam suas chances de sobrevivência. Não sei se tal capacidade foi implementada de fato.
Não é porque existe uma contra-arma que uma arma se torna inútil.

L G

Meu grande amigo, gosto muito de você porque entende, apesar de ter sempre preferência pela OTAN. O seu erro. Mas o A10 como aqueles que conhecem a sua história foi criado para combate as hordas de tanques Rússia que iriam invadir a Europa. Mas a OTAN teria a supremacia aérea. Sem superiodade aerea o A10 e apenas um alvo para os caças da Rússia. O A 29 supertucanos tem menor assinatura térmica e conseguiria fazer um serviço melhor. Coitados dos pilotos de A10 sem superiodade aerea seria apenas alvos fáceis. Vamos estudar pessoal.

L G

Eu não estou aí para Rússia china e EUA Europa. Se possível que cada lado lançar 2000 bombas atômicas uns nós outros. O Brasil será o quinto império de Daniel. Professias do padre Antônio Vieira. O Brasil receberá os refugiados do hemisfério norte e recomecera o novo mundo. Vamos estudar e aguardar pessoal.

Ze das Couve

recomecera “? Vamos estudar (gramática) pessoal.

L G

Gramática do sistema. Mais fácil. Vamos estudar pessoal.

Teropode🇺🇦🇺🇦🇺🇦Slava Ucrania

Tá difícil te responder sem te magoar 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣, então deixa pra lá ! 😂

L G

O A10 e Apenas um avião que foi construído em volta de um canhão voador. Sem superiodade aerea nenhuma utilidade. Vamos estudar pessoal.

Hcosta

A Rússia tem superioridade aérea?

Rinaldo Nery

“Vamos estudar pessoal”. Hahahahaha
Só rindo mesmo. O caboclo deve ter cursado o Air War College.

_RR_

Prezado, Jamais será possível obter uma superioridade tal na qual não ocorram situações em que o espaço aéreo estará limpo… Até a mais poderosa força aérea do mundo é incapaz de prover resposta imediata (excetuando-se situações na qual a aeronave já esteja em voo e no setor). Vimos isso no Afeganistão (e em um cenário de supremacia aérea do invasor)… E assim o é pela própria limitação física de tempo e espaço, além do meio disponível… Que dirá os russos, operando em espaço aéreo hostil e com limitações de toda a ordem, que vão desde políticas até de materiais. Em… Read more »

Satyricon

RR, Exato. Ambos os lados possuem sistemas de defesa aérea eficazes. Isso força a aviação de combate de ambos lados a voar a baixas altitudes para evitá-las. Nessas condições, os radares embarcados perdem em alcance, dificultando as operações PAC. Portanto, apesar das aeronaves russas terem primazia na interceptação, não conseguem estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Daí as janelas de oportunidade. Ademais, os A-10 provavelmente seriam mais adequados em ataques relâmpago às linhas de suprimentos russas, destruindo comboios como fizera no Iraque, retornando rapidamente ao espaço aéreo controlado pela Ucrania. Seriam EXTREMAMENTE eficazes nessa função. Parece que tem… Read more »

carvalho2008

Bom, o St podeia operar mais disperso, barato e talvez com maior disponibilidade pela simplicidade…uma boa combinação de armas poderia ser instalado ali….as velocidade são similares mas o A-29 tem mais alcance e tempo de voo sobre a area de operação…e menos da metade da carga externa…pouco blindado…mas naquele cenario, acho que a questão maior está em ser alvejado por misseis…nao vejo muita artilharia aae de boca e assim….até vai… Mas não exstem estoques….ele teria de ser zero km….e assim, seria mais caro que os vetustos A10….. Noves fora….A10 seria melhor….seria curioso analisar em situação real como seria a maior… Read more »

Last edited 16 dias atrás by carvalho2008
Grifon Eagle

Aviões bons, porém já ultrapassados para o ambiente daquela guerra. Os sistemas russos vão derrubar sem muita dificuldade.

Quero ver os EUA colocarem os F-35 lá na Ucrânia contra a Rússia, aí eu quero ver rsrs

Leandro Assis

Nos atuais cenários de conflitos modernos, essa aeronave que não deixa de ser formidável, só é realmente eficaz em uma guerra assimétrica contra grupos insurgentes e tropas com equipamentos simples e limitados.
Seu diferenciado canhão GAU-8 Avenger seria útil dentro de uma distância o qual colocaria o Thunderbolt dentro do alcance de todo tipo de MANPADS e brilhando como uma árvore de Natal em seus radares.
Drones como o Bayraktar TB2 e até o Himars são mais eficazes. No mais, isso é apenas jogada dos americanos pra vender à Ucrânia aeronaves em estoque excedente e ganhar uma graninha

Leandro Assis

“Drones como o Bayraktar TB2 e o Lançador Múltiplo de Foguetes Himars são mais eficazes.” Especificando aqui pois não quis chamar o Himars de drone! Complementando, fora o uso do formidável canhão, o que na minha opinião é inútil no atual cenário, qualquer outro uso do A-10 pode ser efetuado por qualquer outro tipo de aeronave.

carvalho2008

O problema do canhão hoje dele, é que precisa de boa visada e proximidade….até isto acontecer…um MANPAD pega o bicho….tem de voar muito baixo…..mas ai tem de manobrar muito rapido….e assim, perde a visada…… O interessante é que o cenario Ucraniano resgatou requisitos muito antigos da epoca da WWII…como a media altura e alta altitude ficam protegidos pelos sistemas antiaereos, os ataques em profundidade tem de ser a baixa altitude…lembro de muitos defensores de micro fighters (killer Bees) nos anos 80 lembrando os ataques a 50 pés (15metros) dos B25 como devastadores pois não permitiam as defesas terem tempo de… Read more »

carvalho2008

O ARES RUTAN era um micro fighter concebido para voar extremamente baixo e exatamente nestes envelopes de voo hoje necesarios a Ucrania.

Ele era um micro A10 com o mesmo canhão de 30 mm…
comment image

https://www.youtube.com/watch?v=zG9LlHcX8lg

Last edited 16 dias atrás by carvalho2008
carvalho2008

comment image

Armamento

Last edited 16 dias atrás by carvalho2008
carvalho2008

Prestando atenção ao video e manobras dele….o TOP GUN Maverik deveria ser filmado com ele…kkk….

carvalho2008

Outro exemplo dos killer Bee conceituado no anos 80 para ataque a baixissima altura foi o Sadler Piranha. São projetos a frente de seu tempo que careciam armamento miniaturizado somente hoje existente. UAV´s procuram fechar estas lacunas.
comment image
450 hp e velocidade e 400 km/h com capacidade de até 454 kg….usaria um canhão de 30 mm ou 4 lançadores de foguetes 70 mm…a encomenda do projeto era para a Turquia.

carvalho2008
carvalho2008
_RR_

Leandro, O A-10 ainda é uma aeronave consideravelmente útil em cenários convencionais, onde ainda haveria a maneira “clássica” de se lutar, com o rolo compressor da USAF (essencialmente o que vimos na invasão do Iraque, por exemplo). Mas, naquele cenário em particular, um HIMARS (por exemplo) operando foguetes com mais de 150km de alcance, seria algo mais útil. Não que o A-10 não fosse útil, não é isso, mas ele não faria muito mais que o Su-25, ao passo que um sistema de artilharia de longo alcance daria as forças em solo um diferencial muito maior. Aliás, é curioso notar… Read more »

JCuritiba

Mesmo sendo apenas uma idéia, mesmo lembrando das horas e horas de leitura nos anos 80 sobre o A-10 no cenário europeu caçando os T-da vida,
nunca tinha visto uma definição tão boa de:

“Arrumar sarna para se coçar”

Nonato

Um drone não tem a mesma função?
Levar mísseis para atacar tanques e artilharia?
Muito mais barato e furtivo?
Aque o A 10 só faça sentido se o inimigo não tiver caças ou uma boa defesa antiaérea.
Tipo no Iraque e Afeganistão.
Por que não mandar drones baratos e F 16 antigos?

Bosco

Nonato,
O A-10 é compatível com bombas SDB (GBU-39) com 100 km de alcance e pode levar até 24 delas.
E pode levar bombas de fragmentação CBU-97/105, dotadas de submunições inteligentes “Skeet” capazes de uma só neutralizar até 40 tanques.

Nonato

Um drone ou F 16 antigo versão 10, 20 não poderia fazer isso?
Se lança a 100 km poderia ser qualquer caça ou drone.
Falo isso porque acho o A 10 um alvo fácil para a forca aérea russa
Basta mandar um Mig 29 ou SU 35 com míssil BVR.

Inimigo do Estado

“vem tranquilo” S-400, 2022.

images (37).jpeg
Arthur

É dá pra acreditar nesses delírios? 1° O congresso americano não quer se livrar do A-10 porque é um vetor extremamente robusto, já a Força Aérea quer o dinheiro da manutenção dos Warthog para adquirir F-35, que não são capazes de cumprir as missões do A-10. 2° Como manter os A-10? Só a logística do canhão de 30mm já é uma viagem (o monstro é do tamanho de um fusca). 3° Os caras não conseguem F-16, sequer um teco-teco, e vão sair de A-10? Então treinem direto num caça de 5° geração, já repassem os novos Panther alemães, transfiram o… Read more »

Sérgio Luís

Se os EUA forem considerar todas as opções não poderão esquecer que as consequências podem colocar sobre a mesa também uma “destruição multua garantida” fruto de uma escalada de envolvimento na Ucrânia.
Estão ávidos pra colocar esse A-10 “fim de carreira” contra aquilo porque ele foi criado. Outra coisa ninguém tem superioridade aérea na Ucrânia e o A-10 precisa dela.

Last edited 16 dias atrás by Sérgio Luís
Nick

Os ucranianos pedem F-16:
EUA: Vamos mandar A-10

Quer ajudar, ajude de verdade, ou vocês(americanos) querem que essa guerra se estenda de forma indefinida???

Plinio Jr

Hoje o mais interessante para os ucranianos seriam F-16s , poderiam dar mais trabalho aos russos em termos aéreos e tbm engajar alvos terrestres com munição inteligente à distância evitando o peso das defesas antiaéreas russas….

Scudafax

Caso a Ucrânia não tivesse apoio de treinamento há 8 anos, bilhões de dólares em ajuda e armamentos avançados, além de inteligência compartilhada em tempo real pelos EUA, já teriam se rendido e as mortes cessado há meses. Infelizmente, a continuação do conflito gera mais e mais mortes de ambos os lados. A Victoria Nuland deve estar satisfeita.

Nilton L Junior

Pois é a força aérea ucra virou fantasma.

Adriano Madureira

Por “transferir” quer dizer dar ou vender? A Ucrânia está realmente recebendo armamentos de países ou ela está pagando algo, mesmo que seja um valor pequeno?

Jefferson Henrique

Acredito que a conta vem depois. A Ucrânia irá demorar décadas depois do conflito para normalizar sua economia.

Luiz Trindade

Sinceramente… Acho melhor o Zelensky sentar a mesa com o Putin. Os russos estão atacando de maneira indiscriminada o território ucraniano e o Zelensky ainda acredita que o Ocidente quer ajudar a Ucrânia. A Ucrânia se não ver sua realidade agora daqui a pouco não sobrara quase nada para contar conversa!

Últimas Notícias

USAF avalia lançamentos de mísseis do F-15EX para verificar capacidade de combate

BASE DA FORÇA AÉREA DE NELLIS, Nevada (AFNS) — Os membros da equipe do Destacamento 6 do Centro de...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -