sexta-feira, outubro 7, 2022

Gripen para o Brasil

Embraer e BAE Systems anunciam colaboração para o C-390 Millennium e para eVTOL da Eve

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br
  • O primeiro MoU visa estabelecer uma parceria estratégica entre a Embraer e a BAE Systems para colaborar nos mercados do Oriente Médio para o C-390, com foco inicial no Reino da Arábia Saudita
  • As companhias pretendem criar uma joint venture para explorar uma eVTOL da Eve para aplicação no mercado de defesa e segurança

Farnborough, Reino Unido – 19 de julho de 2022 – A Embraer [B3: EMBR3, NYSE: ERJ] e a BAE Systems anunciaram hoje no Farnborough Airshow a assinatura de dois memorandos de entendimento (MoUs, na sigla em inglês), que ampliam a atuação das empresas no mercado global de defesa.

O primeiro MoU visa estabelecer uma parceria estratégica entre a Embraer e a BAE Systems para promover o C-390 nos mercados do Oriente Médio, com foco inicial no Reino da Arábia Saudita. O segundo MoU confirma a intenção de criar uma joint venture para desenvolver uma variante de defesa do veículo elétrico de decolagem e aterrissagem vertical (eVTOL) da Eve.

O C-390 Millennium e sua configuração de reabastecimento em voo, o KC-390, são a nova geração de aeronaves de transporte militar multimissão que oferecem mobilidade e capacidade de carga incomparáveis, reconfiguração rápida, alta disponibilidade, conforto aprimorado, e segurança de voo, bem como custos operacionais reduzidos ao longo de seu ciclo de vida – tudo em uma única plataforma.

“O memorando para o C-390 Millennium tem como base as competências de duas líderes aeroespaciais, a Embraer e a BAE Systems. A aeronave traz um novo conceito ao mercado, oferecendo uma plataforma versátil e multimissão com custos operacionais extremamente competitivos e alta disponibilidade, uma combinação imbatível”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

Ian Muldowney, Diretor de Operações da BAE Systems para o Setor Aéreo, disse: “Esta colaboração ressalta as capacidades da aeronave C-390 Millennium, assim como o amplo conhecimento e compreensão dos mercados internacionais da BAE Systems, incluindo experiência em ampliar a capacidade militar e de industrialização por meio de soluções de suporte, manutenção e treinamento para aeronaves avançadas.”

Para a colaboração no eVTOL, as empresas pretendem criar uma joint venture que reunirá as reconhecidas competências da Embraer e da BAE Systems para um potencial desenvolvimento de uma variante de defesa, que terá a Eve como fornecedora da plataforma.

“As equipes da Embraer e da BAE Systems continuarão trabalhando juntas para explorar como a aeronave, projetada para o mercado de mobilidade urbana, pode ser uma variante de defesa com baixos custos operacionais, sustentável e adaptável”, explicou Schneider.

“O ambiente operacional de nossos clientes está cada vez mais complexo e o eVTOL é apenas um exemplo de como estamos estudando tecnologias emergentes, inclusive do mercado de aviação comercial. Exploramos como podemos adaptar essas soluções para oferecer aos nossos clientes uma capacidade operacional vital a um custo reduzido, ao mesmo tempo em que reforçamos nossos compromissos ambientais e de sustentabilidade”, acrescentou Muldowney.

Em dezembro de 2021, a Embraer e BAE Systems anunciaram planos para atuar em conjunto no desenvolvimento de uma possível variante de defesa do eVTOL da Eve. O anúncio de hoje demonstra a ampliação da colaboração de duas empresas líderes nos setores aeroespacial e de defesa.

Siga a Embraer no Twitter: @Embraer

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde sua fundação, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Sobre a BAE Systems

Na BAE Systems, ajudamos nossos clientes a estarem um passo adiante na proteção de pessoas e segurança nacional, infraestrutura crítica e informações vitais. Fornecemos algumas das soluções mais avançadas do mundo em tecnologia, defesa, aeroespacial e de segurança, empregando uma força de trabalho qualificada de 90.500 pessoas em mais de 40 países.

Desde a detecção de última geração de ameaças cibernéticas até sistemas de controle de voo que permitem que os pilotos tomem decisões melhores, nunca paramos de inovar para garantir que nossos clientes mantenham suas vantagens. Este é um compromisso de longo prazo que envolve investimentos significativos em competências. Também trabalhamos em estreita colaboração com parceiros locais para apoiar o desenvolvimento econômico por meio da transferência de conhecimento, capacidade e tecnologia.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

13 Comments

Subscribe
Notify of
guest

13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Oséias

Que ótima noticia, essa parceria mira mercados promissores, como o dos sauditas.

Teropode 🇺🇦🇺🇦Slava ucraina

Quem sabe esta parceria não evolua ao ponto da Embraer ( não a banania ) ser uma sub contratada para o projeto 6G da Inglaterra , Suécia , Japão , Itália ? Capacidade e corpo técnico a empresa possui , principalmente na área administrativa de projetos , a EmbrEr faz isto com maestria pois trabalham com centenas de parceiros . Mais um reforço para o KC390 , reforço com mais aceitação em determinadas áreas de consumo do que os EUA !

Vítor

Onde tem fumaça tem fogo. Os Sauditas não haviam comprado o C-130J ?

Rafael Oliveira
Vítor

Claramente então existe uma oportunidade concreta. Ultimo anuncio de Parceria com a Fokker resultou em encomenda para a Holanda. Isso é definitivamente um bom sinal pro KC-390. Essa venda pra esse cliente de Peso vai literalmente deslanchar o KC-390 ! Inchalá… !

Rafael Oliveira

Concordo, principalmente porque tem potencial para ser a 2ª ou até 1ª maior encomenda de KC-390.

Nilo

Caro, perfeita análise:
“amplo conhecimento e compreensão….da BAE Systems, incluindo experiência em ampliar a capacidade militar e de industrialização por meio de soluções de suporte, manutenção e treinamento para aeronaves avançadas.”
A Embraer achou o parceiro certo que precisa para abrir as portas do mercado do Oriente Médio, bem que tentou com a Boeing.
Para uma empresa que de um dia para o outro deixou se ter competencia para para competir, está deixando muito urubu de olho arregalado.

Rommelqe
Nilo

“Embraer e BAE Systems anunciaram planos para atuar em conjunto no desenvolvimento de uma possível variante de defesa do eVTOL da Eve”. Neste caso pelo que entendo entra no acordo o conhecimento tecnologico aeronautico da BAE Systems. Não poderia acontecer melhor parceria, envolvida no projeto do Tempest, a BAE Systems foi selecionada pela GE Aviation para fornecer soluções de gerenciamento de energia para o programa demonstrador de tecnologia de propulsão elétrica-híbrida, Como parte do projeto de pesquisa da NASA, a BAE Systems projetará, testará e fornecerá componentes de gerenciamento de energia para aeronaves elétricas na classe de potência de megawatt… Read more »

Felipe Morais

Já pensou o kc390 na AS? aí eu botei fé. Grana não falta

Nilo

Em um momento que Arábia Saudita solicitou entrada nos BRICS rsrsrsr.

Thiago Pires

Excelente parceria: Embraer busca parceiros que podem ajudar a alavancar as vendas e abrir novos mercados.
Certamente será uma cooperação mutuamente benéfica que poderá evoluir para outros programas e projetos.
Gol de placa da Embraer!

LucianoSR71

Lembremos que há poucos dias tivemos um anuncio de uma parceria entre França, Alemanha e Suécia p/ um novo avião de transporte tático, que substituiria aeronave c/ grande diferença de porte a carga ( uma p/ 5ton e outra p/ 20ton ) algo que a prática não será racionalmente uma boa ideia, temos a BAE , da Inglaterra, que deve estar pensando a oferecer assim: quer uma ótima e moderna aeronave? Ela já existe é o C-390 confiem em mim eu não me arriscaria se não fosse assim, confiem em mim.

Últimas Notícias

Embraer avança na produção do primeiro KC-390 Millennium para a Hungria

Hungria é o segundo cliente internacional do programa KC-390 Entregas estão programadas para começar em 2024 Gavião Peixoto –...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -