segunda-feira, agosto 8, 2022

Gripen para o Brasil

Mais imagens do primeiro KC-30 (A330) da Força Aérea Brasileira

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Mais imagens do primeiro KC-30 (A330-200) nas cores da Força Aérea Brasileira.

O KC-30 FAB 2901 deixou a Irlanda e seguiu para os EUA, onde será recebida contratualmente.

O FAB 2901 deverá pousar na Base Aérea do Galeão em 26/07/2022.

O avião, que tinha matrícula PR-AIS, fez manutenção na Jordânia e depois seguiu para a Irlanda a fim de receber a pintura da FAB.

- Advertisement -

123 Comments

Subscribe
Notify of
guest
123 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui Chapéu

Pergunta:

Esse avião foi comprado ou foi feito leasing igual as companhias aéreas fazem?

Se não me engano, a maioria das empresas de leasing operam na Irlanda devido a leis de impostos lá.

Rodrigo

Amigo, se não me engano também rs, dois foram comprados para FAB e serão convertidos em MRTT em breve.
Tem muita matéria a respeito é só digitar ali no campo de busca.

Last edited 25 dias atrás by Rodrigo
Frederick

Foi compra. Ao contrário do 767 outrora em serviço, estes serão da FAB.

Foxtrot

Eu ainda estou para entender quem dá des-likes em uma pergunta válida do colega.
Deve ser os que se julgam “senhores do conhecimento universal”.

Funcionário da Petrobras

Aqui dão deslikes apenas pelo prazer de dar deslikes.
Nem ligo mais.

Gustavo

kkk exato. Dias atrás eu perguntei sobre o tempo de conversão do EVAM para o Transporte de pessoal, por exemplo. Uma resposta que agregaria a muitos aqui.
Tomei deslike.
O segredo é ignorar, sinceramente, pouco me importa isso, mas evidência o quão pequeno é a cabeça do cidadão.

Robert Smith

Creio que estes “deslikes” tem algo a ver com o fato da informação solicitada esta presente em vários post na web… pessoalmente eu acho que quem pergunta algo do tipo é por que não tem o conhecimento ou tempo para pesquisar e estes “deslikes” desestimula essas pessoas, acho estes “deslikes” muito descortês da parte de alguns… afinal fórum como estes são para informar e educar… nem todos tiveram o privilegio de nascer sabendo tudo…. e estes fórum não são o playground exclusivo para estes sabichões…

Claudio Moreno

Fox… Bom dia amigo e demais camaradas do Forte!

Essa por#@ é automático. Tem vez que eu dou positivo e sai junto um negativo.

Mesmo no PC isso acontece.

Sgt Moreno
(CM)

India-Mike

Sargento, quando carregamos a página, evidentemente estamos vendo os likes e dislikes daquele momento específico. Se gastamos um tempo lendo a matéria e os comentários e votamos, digamos, 20 minutos depois, provavelmente a quantidades de votos já mudou, porém ainda estamos vendo um valor defasado. Meu entendimento é que, quando votamos, isso força um ‘refresh’ dos contadores positivos e negativos daquele comentário específico, que assim passam a mostrar os valores ‘atuais’, então tem vezes que existe realmente uma diferença absurda do antes e depois do nosso voto. É natural que humanos curiosos e vaidosos que somos, atribuamos uma causalidade inexistente… Read more »

Camargoer.

Olá Fox. Diga-me quem te negativas que eu direi quem és… riso. É bíblico.

Camargoer.

Olá Rui. Estes dois A330 foram comprados de segunda-mão. São relativamente novos, mas serviam antes para transporte comercial de pessoas.

Heinz

O funileiro mandou bem demais!

Frederick

Posição meio alta da matrícula na deriva, não? Seria provisória?

Frederick

Pensando bem, acho que a altura está adequada. Deve ter me causado estranheza a falta de outras informações que usualmente constam.

BK117

Também tive essa sensação de estranheza. Acho que falta principalmente o nome “KC-30” acima da matricula, como tinha no C-767 e KC-137. Mas tá ótimo!

Douglas Rodrigues

Acredito que vão aguardar a conversão do mesmo em MRTT para colocar KC-30.

Camargoer.

Olá BK. Por enquanto é apenas C30.

BK117

Caro Camargoer, era só tampar o “K” com uma fita crepe que ia ficar certin hehehehehehe

Camargoer.

RIso Verdade. Ou fazer um “K” depois com fita isolante… riso

Jefferson Henrique

Acho que essas pinturas de marcação, esquadrão e nome podem ser feitas no próprio esquadrão também.

Rinaldo Nery

A UAE pode personalizar, com algumas limitações ditadas pelo COMGAP/DIRMAB, órgãos responsáveis pela pintura das aeronaves.

Von Richtoffen

Achei estranho as marcações em preto, a pintura de baixa visibilidade não deveria ser em cinza para diminuir o contraste?

Camargoer.

Olá Von. Eu também acho mais bonito as marcações em outro tom de cinza, como nos A4 da MB. Contudo, o Rinaldo explicou que não faz diferença quando estão voando. È preciso chegar bem perto para poder ler.

a4.jpeg
Foxtrot

Duas observações.
Porquê mandaram pintar no exterior?
Será que não temos empresas especializadas aqui ?
E deve ter uma “casta” da sociedade nacional que deve estar feliz da vida.
Trem da alegria !!!

Alexandre Galante

Já explicaram que, devido à atual grande demanda por aeronaves comerciais, não havia slots vagos para fazer o serviço no Brasil dentro do prazo estipulado.

Foxtrot

Hummm obrigado.
Não tinha pego essa explicação!

Cosme Eustáquio

A empresa vencedora da licitação tem que seguir os requerimentos da FAB, como as duas aeronaves com as suas revisões em dia, em condições de voo. Então ainda não está gerando despesas para a união, mas sim para a Azul Linhas Aéreas

Frederick

As legislações e contratos comerciais envolvidos nesse tipo de aquisição são complexos. Assim, não duvido que a soma de dois ou três itens dessa rede tornou a pintura no Brasil inimaginável.
Embora entenda a bronca, claro.

Jorge Augusto

Do mundo todo, era o lugar que tinha com vaga disponivel para agora. Todo mundo, inclusive o Brasil estão totalmente entupidos de pedidos e não tinham espaço.

E existe uma data para essas aeronaves serem entregues.

Rinaldo Nery

Isso já foi explicado em vários posts da matéria anterior… É só ler.

Nonato

No Brasil, onde se pintam aeronaves?
As próprias empresas aéreas?

Rinaldo Nery

Nem todas possuem seção de pintura.

Clésio Luiz

Porquê mandaram pintar no exterior?

Será que não temos empresas especializadas aqui ?

Oficina para pintura de aeronave temos sim. Mas o que realmente tem em abundância é gente com preguiça de ler, além do título, as dezenas de matérias que o Poder Aereo publica sobre essa aeronave. Depois vem nos comentários fazer perguntas como essa que o povo está cansado de responder.

Foxtrot

Leia meus comentários se quiser.
Ao menos minha mente pensante é utilizada para analisar as informações, e não digerir como muitos aqui.
E não vejo crime em questionar, a humanidade é questionadora por natureza, foi assim que chegamos onde estamos (bom boa parte dela né, alguns são como gado seguindo o rebanho).

Clésio Luiz

Woof woof.

Rodrigo

Não piore as coisas tentando remendar.
Questionar é uma coisa, preguiça de ler e pesquisar é outra.

Foxtrot

Podem xingar, negativar , esbravejar etc, mas o tempo dirá a verdade.
Quem viver verá!

Sensato

Estás aeronaves não tem cama de casal…

Camargoer.

Olá Sensato. Pelo que sei, o VC1 tem uma suite para o presidente. O “sucatão” 707 da FAB também tinha uma suíte. Quando o FHC aposentou o 707 e alugava um avião da TAM, ele usava a primeira classe (não recordo se o avião da TAM tinha um banheiro com chuveiro). Não sei se o KC330 terá uma primeira classe para transporte presidencial ou se isso poderá ser instalado como uma espécie de “módulo vip”

Rinaldo Nery

Quer viajar c o bofe no KC-30?

Teropode 🇺🇦Slava Ucraina

A conversão para reabastecer já foi feita ? Ou vao entregá-lo apenas como transporte e depois realizar a instalação da bomba de combustível ?

Douglas Rodrigues

A conversão em MRTT demora, pelo que assisti no canal da Airbus, 9 meses! Então não está convertido ainda.

Paulo César

Até conversão será feita na fábrica da Airbus posteriormente.

Camargoer.

Olá Teropode. Por enquanto é apenas um avião de transporte. Seria mais adequado chama-lo de C30 ao invés de KC30.

Jefferson Henrique

Olá Camargoer. , sabe dizer como está a configuração interna dele neste momento? Foram removidos os assentos da Azul ou continuam lá? Neste momento ele só poderá levar carga no porão acredito eu.

Camargoer.

Olá Jeff. Não sei. Como o avião foi para revisão pode ser que tenham removido toda a tapeçaria e bancos, mas é apenas chute. O que sei é que estas duas aeronaves só poderão levar carga no porão. O pavimento intermediário será mantido, ao contrário das aeronaves de transporte que possuem um único pavimento reforçado para transporte.

Jefferson Henrique

Perfeito, obrigado.

Sensato

Não faz muito sentido terem retirado os assentos já que, por hora, só será usado como transporte, inclusive, de pessoas.

Camargoer.

Olá Sensato. Isso depende do nível de manutenção. Algumas removem tudo, inclusive trocando toda a tapeçaria. Em outras, é mais simples. Como disse, vai depender do nível de manutenção e do que a FAB pretende fazer com o layout. Lembro de ter lido uma missão de transporte no qual foram removidos todos os bancos do 707.. acho que era para o Haiti após o terremoto ou coisa assim…

Foxtrot

Sinceramente ainda estou para entender quem negativa dúvidas válidas do amigo acima.

Camargoer

Olá Fox. Nem eu entendo, mas temo que quando entender será porque estarei pensando como eles.

Rodrigo

Desculpa a pergunta boba, mas esse avião é usado para o que além de.levar político para fazer campanha?

José Silva

Para o transporte de órgãos humanos para pacientes em situação de urgência e risco de vida; de comitivas de alunos das escolas de nível superior das Forças Armadas; de tropas nas missões de paz ou empregadas em exercícios militares no país ou no exterior; reabastecimento de meios aéreos (REVO), quando for instalado equipamentos específicos após sua vindoura conversão; de pessoal civil evacuados em catástrofes ou zonas em guerra; de vacinas, material hospitalar e urnas eleitorais destinadas a localidades distantes e isoladas, via hub dos aeroportos/bases que tenham capacidade de operar aquela aeronave, apoio logístico de representações brasileiras situadas no exterior… Read more »

Camargoer.

Olá José. Ninguém vai usar um A330 para transportar órgãos (a não ser que seja um voo comercial). Nos casos de emergência, são acionados helicópteros das polícias estaduais, das forças armadas ou aviões pequenos (como o C97). Lembrando que a lista de transplante no Brasil é única mas ela avalia a logística de transporte e a disponiblidade de equipes regionalmente, além da gravidade do paciente. Seria um erro funcionar simplesmente pela ordem de chegada.

Rinaldo Nery

Camargo, em aproveitamento de missão, poderá sim.

Camargoer.

Olá Rinaldo. Exato. Quando escrevi sobre aproveitar um voo comercial era mais isso. Acho que uma vez embarquei em um voo comercial que levava órgãos, mas faz muito tempo. Acho que a comissária comentou algo para mim ou perto de mim.. não lembro mais. O que me parece inadequado é decolar um A330 apenas para levar os órgãos ou mesmo o paciente que será transplantado. Semana passada, a ambulância levando um rapaz do interior de SP para a Capital para um transplante encontrou com o helicóptero da PM no trajeto, acho que aproveitaram um pátio de uma empresa ao lado… Read more »

Rinaldo Nery

Na AZUL transportei órgãos dezenas de vezes. Sempre vai no cockpit junto aos pilotos. O KC-30 nunca irá decolar SÓ pra transportar um órgão (ou vários). Mas, em aproveitamento de missão vai acontecer.

Camargoer

Olá Rinaldo. Foi o que eu escrevi.

jose silva

Tanto ñ pod q no antigo KC-137 veio. Foi um voo d Bsb p/ Ponta Pelada no qual estava, coincidentemente, de “saco”. Isso foi anos 90.

Camargoer

Caro José. Claro que pode levar órgãos em um avião grande como o C40, um C130, um KC390, ou até em aviões comerciais. O que não faz sentido é tendo inúmeras aeronaves mais leves e econômicas, ordenar que se decole um A330 exclusivamente para levar um órgão ou um paciente para transplante. Assim como não faz sentido existindo um voo comercial ou um voo de uma aeronave militar indo para o mesmo destino solicitar uma segunda aeronave para fazer o mesmo voo. Ficou claro agora?

Rodrigo

Sim ficou claro essa sua interferência sem sentido para corrigir um colega que estava correto em suas observações e respondia de forma muito educada outro colega..

Mas ao menos agora, você e todos nós aprendemos que o KC-30 da FAB pode eventualmente transportar órgãos sim. ok obrigado, de nada.

Last edited 25 dias atrás by Rodrigo
Nei

Se esse paciente estiver risco eminente de morte, acho válido sim a decolagem de um A330, porque vida de pessoas não se discute. Mas entendo sua explicação Camargoer. Infelizmente falta muita coisa em nosso País. Pelos impostos que pagamos, deveria ter um helicóptero em cada hospital, para executar esses transportes de imediato, até onde fosse necessário ou para logisticamente levar até um aeroporto transferindo esse “orgão” a outra aeronave caso fosse um trajeto mais distante.
Abraços

Camargoer.

Caro Nei. Isso depende se houver uma outra aeronave menor disponível, mais baratas e eventualmente até mais eficiente porque pode descer em aeroportos mais próximos dos hospitais e em regiões menos congestionadas. Sobre transplantes, é preciso lembrar que o Brasil é o segundo país em transplantes no mundo, atrás apenas dos EUA, sendo que lá a grande maioria são particulares e no Brasil são todos bancados pelo SUS. Hoje, o limitante no Brasil é o número de doadores pois o SUA tem equipes organizadas para a captação e transplantes em todo o país. Não creio que seja preciso ter um… Read more »

Sensato

De fato falta mas, enquanto as pessoas elegerem e, pior, reelegeram políticos corruptos, vai continuar faltando.

Rinaldo Nery

Parabéns, José, pela paciência em responder. Eu não tenho, pois a pergunta acima não teve nada de ¨boba¨.

Paulo César

Esse tipo de avião transportará tropas de soldados para vários pontos do país e do mundo, junto com equipamentos pesados, macas, cargas especiais e fez muita falta no transporte das vacinas durante a pandemia.
Não levará políticos, apenas autoridades, caso precisem se deslocar para fora do país.
O Fundo eleitoral irá financiar o pagamento de passagens aéreas ou táxi aéreo para as campanhas.

Douglas Rodrigues

Pergunta boba é pouco! Esse avião ficará disponível para o Esquadrão Corsário, que se localiza no Galeão – Rio de Janeiro. Tal avião será usado (conforme inúmeras reportagens nesse canal mesmo) para transporte de cargas, transporte de tropas, civis e reabastecedor tático de longo alcance. Essas eram incumbências dos quatro KC-137 (baseados em Boeing 707) que deram baixa ainda no governo Dilma, depois de um único C-767 alugado por curto período. O transporte VIP é sim uma de suas incumbências, principalmente em voos intercontinentais, para diminuir o número de escalas, mas é apenas UMA de suas atribuições. É importante que… Read more »

Camargoer.

Olá Douglas. O presidente tem a prerrogativa de usar os aviões da FAB para deslocamentos durante a campanha para reeleição durante os fins de semana mas os custos devem ser bancados pelo partido político, contudo as diárias dos assessores presidenciais e da equipe de segurança continuam sendo bancados pelo Gabinete da Presidência. Isso porque o presidente continua em exercício durante os fins de semana e durante os eventos de campanha. Portanto, tanto a sua segurança quanto as atividades do gabinete acompanham o presidente para onde ele for, seja para eventos oficiais ou particulares.

Douglas Rodrigues

Aí é que tá, isso é feito não apenas agora, mas acontece nas eleições desde os tempos de FHC. Se há algo que possa ser feito, ou é acabar com reeleições ou o candidato deve se afastar da presidência, assim como os ministros o fazem quando vão concorrer a cargos públicos.

Camargoer.

Olá Douglas. De fato, o presidente em campanha de reeleição (FHC, Lula, Dilma e o atual) podem usar o avião presidencial nos fins de semana para deslocamento de campanha, mas o partido político precisa restituir os gastos com o avião. Os demais políticos só podem usar os aviões da FAB para missão oficial. Sobre a reeleição para cargos do executivo, é interessante notar que quando o governante é mal avaliado, ele perde e quando é bem avaliado ele se reelege. Isso é mais fácil de ver nas eleições para prefeito e governador, que são mais numerosas e dão mais significância… Read more »

Camargoer.

Olá Rodrigo. Em princípio, seria um avião reabastecedor (mas ainda precisa instalar os dispositivos). Também servirá para transporte de pessoal e de material nos porões de carga (porque não é um avião de carga). Poderá ser usado como avião presidencial, mas creio que ele não terá os dispositivos de comunicação criptografada que o VC1 tem. A FAB tinha um 707 comprado de segunda mão da Varig que tinha um quarto e um uma ampla sala (era coisa de um Sheik ou coisa assim). A FAB comprou um Airbus para a presidẽncia depois que aposentou o 707. A FAB também tem… Read more »

Rinaldo Nery

Os VC-2 são E-190, e não E-195.

Camargoer.

Ola Rinaldo. Obrigado pela correção.

Velho Alfredo

Realmente, é uma pergunta bem boba….
Essa aeronave não fará parte do GTE.
Esporadicamente poderá realizar apoio em transporte de VIP, mas será bem anormal.
Mas entendo bem a sua dúvida.
Quando estava na seg de um ex-presidente, chegávamos a voar em dois aviões (o dele é outro com apoio, políticos e jornalistas) pra 3 locais diários durante as campanhas de sua reeleição e de sua sucessora. É dose….

Camargoer.

Caro Velho. Todas as perguntas são boas, mesmo aqueles que precisam respostas bobas ou que ficam sem resposta.

AMSS

Teve um ex-governador aqui em MG (tinha nome de plantação de pimenta e gostava de “sumir” com dinheiro de consignado do funcionário público), que viajou em um avião do estado e mandou o helicóptero só com a tripulação para a mesma cidade, aí ele saiu do avião, entrou no heli e foi até uma cidade pequena inaugurar uma obra. Voltou para a cidade que tinha aeroporto, entrou no avião e foi para BH. Novamente o helicóptero retornou para BH somente com a tripulação. Eu estava na segurança da comitiva no aeroporto e fiquei impressionado com o exemplo de uso racional… Read more »

Oséias

Poxa, as vezes parece que os caras fazem de propósito, é cada pergunta! Para o que serve o avião? Porque não pintaram aqui? Já fizeram a conversão? Ai vc vai ver quem faz as perguntas, são pessoas que estão aqui o tempo todo. Em todas as matérias os caras deixam a opinião. Ai vem fazer essas perguntas mais sem propósito! Não merece resposta, quer saber vai pesquisar. Pode pegar todas as matérias que estão aqui, lá estão os caras, e agora fazem perguntas as quais sabem a resposta. Sabendo disso a única coisa que me vem a cabeça, é que… Read more »

Paulo

Muito bonita a aeronave nas cores da Fab.
Mas oq me chama atenção é que esse tipo de aeronave em outras forças aéreas possuem uma pintura fosca.. essa parece ser bem brilhante. Isso influencia em algo?? Ou é só estética mesmo..?

Rinaldo Nery

Normalmente, aeronaves militares que só voam em grande altitude (na maioria das missões) recebe a pintura cinza. E, as que voam a baixa altura, recebem a pintura camuflada. Quanto ao fosco ou brilhantes, o brilhante favorece a limpeza e a conservação da pintura. Como será uma aeronave que vai correr o mundo, não ficaria bem, na minha humilde opinião, chegar suja num local onde estará representando o Brasil.

Rinaldo Nery

*recebem

Clésio Luiz

Ao meu entender, se pintou a aeronave de cinza “camuflagem” apenas por princípio, pois pintura de camuflagem numa aeronave desse tipo e porte pouco influencia, pois ela não tem como passar despercebida como um caça poderia.

Camargoer.

Olá Colegas. O RInaldo disse que não faz diferença se os indicativos são feitos em preto ou em um cinza escuro… as acho mais bonito uma pintura de baixa visibilidade, como esta de um C130 do Canadá.

812c4e1eaaafb23729fb00368d4f2539.jpg
Nascimento

Pq a sua imagem sumiu?

Também prefiro assim (fosco), da um toque mais militar. A outra pintura parece até overhaulin hahaha, mas confesso que não entendo bem quem critica. Mas o Rinaldo também afirmou que a outra mais lisa e com mais reflexo é mais fácil pra limpar, diferente dessa fosca.

Eu lembro de ter lido num PDF do CAVEx que os helicópteros do EB eram pintados numa cor mais escura e fosca para diminuir o reflexo de um raio infravermelho.

India-Mike

Concordo com vc camargoer. Claro q não vou discutir com o rinaldo se faz ou não diferença prática e se as pinturas de baixa visibilidade são apenas um modismo, mas acho q essas letras em preto dão um ar retrô/antiquado.

Outro exemplo interessante de pintura de baixa visibilidade é o novo esquema do esquadrão VF-1, onde as insígnias e matrículas apresentam um tom de cinza mais claro do que os da camuflagem. Muito bonito na minha opinião.

Draken

Interessante que não tem bem um padrão de pintura ultimamente, Kc390 um, gripen outro, F5 outro, esse agora outro ..

Leonardo

Na vdd tem um padrão sim,ou é todo cinza ou camuflado cinza/verde

Camargoer.

Olá India. Verdade. A pintura dos A4 da MB é linda. Ficaria show no F39 e nos demais aviões da FAB. Outra coisa que eu sou fá é da pintura dos helicópteros do EB. Tudo verdão, escuro.

Douglas Rodrigues

Na matéria anterior, postei um vídeo da Airbus que fala da conversão em MRTT, que demoraria “apenas” 9 meses, invés dos 18 que li em diversos lugares (talvez contando a soma do tempo para converter os dois, um de cada vez). Também li que o segundo iria direto para Getafe para ser convertido, assim esse primeiro seria para qualificar o pessoal da FAB e já operar em algumas missões, e o segundo já entraria em operação como MRTT, alguém tem mais informações a respeito? Outra coisa que gostaria de saber, em a FAB só tendo aviões com sonda e cesto,… Read more »

Leonardo

Ao que tudo indica sim,só cesta e não receberão combustível

Douglas Rodrigues

O que pode diminuir o tempo de conversão, a complexidade de instalação da lança + recebimento de combustível é muito maior que instalar sonda e cesta e adaptar o deck superior para receber cargas.

Camargoer.

Olá Douglas. De fato, a MB só emprega cestas. Também acredito que os KC30 não terão sondas para abastecimento. Então a conversão deve ser relativamente mais simples do que aquelas que instalam lanças e sondas para REVO.

Douglas Rodrigues

Obrigado Camargoer, esse tipo de explanação e discussão que enriquece e agrega de fato!

Camargoer.

Tamo junto

Vítor

Uma bandeira do Brasil na Cauda cai bem…

Douglas Rodrigues

Alguns vão achar que será campanha política, melhor deixar o padrão mesmo por enquanto, ou no máximo uma bandeira em tons de cinza (igual aos C-130 do Canadá, visto acima).

Camargoer.

Olá Douglas. O EB tem a bandeira do Brasil pintada na parte externa das viaturas. A FAB tinha até então apenas as cores verde-amarelo junto com a matrícula. mas já faz tempo que não vejo mais isso. O VC-1 tem símbolo da presidência (chamado “armas nacionais”) e uma pequena bandeira do Brasil ao lado da expressão “república federativa do Brasil” (perceba que o avião não diz Força aérea brasileira). Os aviões pintados de cinza tem a inscrição “força aérea brasileira” e recentemente o símbolo da FAB em preto.

Angelo

Essa decolagem do video foi de onde p qual destino? Obg

Nei

Foi Irlanda para EUA.

Nilo

Drone MQ-9 US caí na Romênia
https://youtu.be/_aoVUJZceuI

Jack

Excelente aquisição!

Bueno

O Boeing 767-31A(ER) era FAB2900.

Rawicz

Uma curiosidade que tenho é a respeito dos motores. As duas unidades terão motores iguais?
Lembrando que os motores são a parte mais cara e complexa

Rinaldo Nery

Sim.

Nei

Cel.! Quais são estes motores equipamento esse A330?

Foragido da KGB

São Rolls-Royce , acredito que seja o TRENT 700.

Tutu

As duas unidades são oriundas da mesma encomenda da companhia aérea Avianca, então são identificas.

Satyricon

Impressionante a diferença entre FAB e MB. É tão gritante, que chega a doer.

Enquanto a FAB vai receber seu primeiro A-330 MRTT (equipamento exemplar) gastando U$80mi num programa de poucos anos, a MB não recebeu nenhum S-2 turbo Trader, num programa que se arrasta desde 2011, cujo valor inicial era U$ 110mi.

Parece até que são Forças Armadas de países distintos…

Foragido da KGB

O S-2 não vai mais rolar, a modernização não será finalizada.
Essa informação foi passada em uma live do jornalista Felipe Salles.

Last edited 24 dias atrás by Foragido da KGB
Renato

Boa noticia!! Quando a MB chegou a conclusão que não valia a pena manter o São Paulo e que não há perspectiva de nas próximas décadas ter outro porta aviões operando, não faz sentido manter qq gasto com aviação de asas fixas. E sim, o VF-1 tbm deveria ser desmobilizado. Manutenção de doutrina em aviões “obsoletos”, para a possibilidade pouco verossímil de um PA operacional daqui a duas décadas, são gastos que não se justificam em uma marinha com óbvias necessidades mais urgentes em meios de superfície.

Satyricon

Não tava sabendo (mas torço por isso)

Juarez Martinez de Castro

Não irá receber mais. Provavelmente as células serão vendidas.

Vitor

A qualidade das FA são reflexo da qualidade do pessoal que as compõe. Digo e repito: o Brasil possui marinha de país africano. Essa é a marinha que que tem como marco o registro fotográfico de documentação técnica (impressa). A MB é uma piada muito cara. Sobre a aeronave, foi mais uma excelente aquisição da FAB que poderá ser considerada uma força-aérea de país de primeiro mundo em 10 anos. A FAB pode agora dar apoio a missões de longo alcance.

PauloOsk

Chegando nas Red Flag/Cruzex com dois F39 de cada lado vai ser lindo. haha

Renato

O que até agora não consegui resposta é: Qual missão militar no teatro de operações sul-americano este avião pode cumprir que não poderá ser feita por 3 ou 4 unidades de nossa frota de KC390? Por missão militar entendo REVO e transporte de tropas e cargas militares. A restrição ao TO da América do Sul se dá por não considerar verossímil o Brasil se envolver em conflitos que exijam missões intercontinentais (Brasil Europa) de ataque.

Douglas Rodrigues

Ok, na sua pergunta vc mesmo respondeu…
TODAS as missões que poderiam ser feitas por 3 ou 4 KC-390, poderão ser feitos por um A330 MRTT. Mas eu seria mais realista, 1 A330-MRTT equivale a 2 KC-390, só aí já se economiza.
O pessoal não compreende que o KC-30 não substitui os KC-390, ele complementa e amplia as operações. Tal pensamento vem desde o projeto KC-X que se arrastou até agora para ser levado em prática.

Satyricon

Que me lembre, o programa original KC-X prévia também missões SIGINT.
Não sei se é o caso agora

Douglas Rodrigues

Nunca tinha visto esse fato, todo modo os EMBRAER R-99 que exercem essa função, não?
Talvez seja necessário um estudo para substituir os P3-Orion, os E-99 e os R-99 futuramente, por novas aeronaves mais capazes, preferencialmente Embraer.

Rinaldo Nery

R-99, E-99, P-95 e P-3.

Douglas Rodrigues

O Canadá acaba de confirmar a compra de dois A330 fabricados em 2015 a serem convertidos para MRTT diretamente com a Airbus num contrato de U$102mi.
https://www.aerotime.aero/articles/31596-canada-airbus-a330-mrtt?utm_source=facebook&utm_medium=social&fbclid=IwAR0Bs_upohKEmtn2uuPl_vOcN2bW6ftlwi5a-XzdSmOpi495GMyIEPyMWoM

Nei

Pessoal, uma dúvida. Por ela foi ao EUA, para ser recebida contratualmente?

Foragido da KGB

Um dos gestores do Projeto KC-X3, Tenente-Coronel Aviador Samuel de Souza Ciqueira, do efetivo do Comando-Geral de Apoio (COMGAP), está nos Estados Unidos para receber a aeronave e explicou sobre os procedimentos que serão realizados em solo americano. “O avião passará por uma série de inspeções e cheques funcionais para atestar sua condição de aeronavegabilidade e atendimento aos requisitos contratuais. Com todos os testes feitos, no dia 25 de julho irá decolar dos EUA, com previsão de chegada ao Brasil às 10h15 do dia 26 de julho, terminando, assim, a primeira fase do recebimento”, explicou.
Fonte: DefesaNet.

Marcos Borges

Alguém sabe explicar o fato da aeronave ter que ir para os EUA para ser recebida “contratualmente”?

Rinaldo Nery

Talvez por que no edital assim estivesse definido. O contrato será assinado pela CAB-Washington.

Últimas Notícias

USAF avalia lançamentos de mísseis do F-15EX para verificar capacidade de combate

BASE DA FORÇA AÉREA DE NELLIS, Nevada (AFNS) — Os membros da equipe do Destacamento 6 do Centro de...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -