segunda-feira, agosto 8, 2022

Gripen para o Brasil

VÍDEO: Caças F-35I de Israel erram os alvos durante demonstração de lançamento de bombas guiadas por GPS

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Relatos e vídeos não verificados da mídia russa local afirmam que os caças furtivos israelenses F-35 não atingiram seu alvo devido à interferência eletrônica

Dois caças stealh Lockheed Martin F-35i “Adir” de Israel utilizando de bombas guiadas por GPS teriam errado o alvo em demonstração operacional para o novo primeiro-ministro de Israel, Yair Lapid e Ministro da Defesa.

Segundo um post que circula nas redes sociais, os russos operando de pontos diferentes da Síria teriam utilizado um bloqueador de sinal GPS no dia previsto da demonstração.

Vale lembrar que o argumento usado no filme “Top Gun: Maverick” para não empregar o F-35 na missão de ataque era justamente porque o inimigo tinha bloqueadores de GPS no local.

- Advertisement -

63 Comments

Subscribe
Notify of
guest
63 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Saldanha da Gama

Is hard…..

Bosco

Rudículo! Primeiro, caso seja um vídeo real , as bombas não erraram. Bombas guiadas por GPS têm erro de até 10 metros. O raio letal de uma Mk-82 (500 lb) é de mais de 50 metros. Segundo, claramente não houve explosão. As bombas apenas penetraram no terreno. Terceiro, contra esse tipo de alvo seria interessante utilizar espoleta de proximidade . Bombas guiadas por GPS não têm seeker (não veem o alvo), portanto, não têm precisão submétrica. Numa situação real de combate os alvos teriam sido neutralizados. Os russos estão passando tanta humilhação na Ucrânia que agora querem criar narrativas para… Read more »

Last edited 26 dias atrás by Bosco
Varg

Na cara não, Bosco, para não estragar o velório…

Saldanha da Gama

Bom dia, você acabou de dirimir qualquer dúvida, por isso eu postei ” is hard “…
Abraços

Last edited 26 dias atrás by Saldanha da Gama
carcara_br

Dessa vez eu estou com você tirando o último parágrafo que é só lorota, essas bombas acertaram o alvo, na prática, diria apenas que foi uma escolha infeliz de representação já que deixou espaço aberto pra comentários maldosos. Também vimos isso com várias armas russas e ucranianas (ocidentais ou não), não foram exatamente no alvo, mas o raio de explosão foi suficiente.

Last edited 26 dias atrás by carcara_br
Carlos Crispim

Tem razão, o vídeo foi péssimo, concordo com vc.

Joe

Galante é tão torcedor que só fala de f35 quando algo supostamente da errado. É um comediante. Dessa vez o Bosco fez ele passar uma bela vergonha. Em breve meu comentário será deletado, como de costume.

Last edited 26 dias atrás by Joe
Saldanha da Gama

o seu ainda foi postado… outro dia, me censuraram por nada…

Joe

Coloca um Z no nome e fale bem da Rússia e China. Pronto, sem bloqueio dele, uma mágica.

Paulo Brics

Tive um comentário bloqueado porque elogiei o lançamento do primeiro Belgorod, e não foi Galante quem bloqueou.
Vários comentários meus são bloqueados enquanto ataques infantis contra mim são liberados, e não é o Galante quem faz isto.

De fato o A. Galante é de longe o que mais tem demonstrado isenção desde o início da guerra. Nunca postou opiniões, ao contrário dos outros que já postaram diversas e de caráter explicitamente anti Rússia.

Paulo Brics

Mais um detalhe: parabéns ao A. Galante pela demonstração de profissionalismo, tolerância e maturidade acima da média.

Por muito menos, bem menos, do que chamar um editor de comediante e de forma explicitamente desrespeitosa como fez este joe, eu e outros colegas fomos enquadrados e ameaçados pelos outros editores de perdermos o “privilégio de comentar” por se sentirem ofendidos por terem sido questionados.

Parabéns Galante.

Bosco

Não creio que haja algum maluco entre os editores e portanto , não acredito que seu comentário tenha sido bloqueado por ter elogiado o Belgorod. Com certeza havia lá alguma ofensa gratuita ao povo ucraniano ou coisa que o valha.

Paulo Brics

Principalmente pelo fato de um deles, o que mais tem me bloqueado inclusive, já ter se derretido em elogios sobre você, as suas crenças são apenas defesa de curriola. Você que tem o hábito arraigado de usar suas decorebas de forma extremamente desonesta para tecer análises estapafúrdias insanamente pró eua, para a alegria de uma horda de ineptos que eu chamo de disneyboys. Vocês disneyboys, que vivem berrando em prol de uma democracia e liberdade de expressão que só vale para quem torce para o mesmo lado que vocês são a mais explícita exposição de hipocrisia e desonestidade moral são… Read more »

Almeida

(com certeza havia la ofensas ao povo ucraniano) vc leu o comentario dele pra ter certeza?

JBS

Pura vdd! e olha que ele mora nos EUA!

Agora serei excluído de vez daqui!

Joe

Faça uma sugestão para eles removerem o post e diminuir a vergonha kkkk

Last edited 26 dias atrás by Joe
Agnelo

Exatamente….
Sem querer falar de política, ou apoiar alguém…. Pareceu a delação do Moro….. kkkkkk

Teropode 🇺🇦Slava Ucraina

Vão acabar te excluindo do blogue 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣, Bosco o estraga prazeres 😂😂😂😂😂😂😂😂

Alberto

rs

Alexandre

E o raio letal de uma Mk-84, usada nas JDAM GBU-31 da demonstração supera os 300m. Então, se as bombas fossem reais (explosivas) e não inertes, como o vídeo mostra, nada ficaria de pé!

Riad

E por que ninguém parou a Rússia até agora? Se estão passando tanta humilhação…
Exagerado.

Felipe

Começou a choradeira

Pedro Fullback

Israel dominam muito a guerra eletrônica, mesmo assim não souberam lidar com a interferência eletrônica dos russos.

Isso só prova que os russos estão muitos ativos na guerra eletrônica.

Gabriel

Tão ativos, que conseguem interferir na analise lógica de alguns, ao observar um vídeo.

Antonio Neto

kkkk. Boa

Edu

Kkkkkk
Essa foi boa 👍🏼

Antonio Cançado

E ainda assim pagando um mico histórico na Ucrânia…

Teropode 🇺🇦Slava Ucraina

😂😂😂Os russos conseguiram inclusive impedir a explosão das bombas 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🇺🇦🇺🇦🇺🇦🇺🇦

Paulo

Rapaz, esse tá tomando tarja preta kkkkk

groosp

Isso é considerado um erro? Se fosse uma bomba real (que explode de verdade) os alvos teriam sidos destruídos.

Bosco

Teria sido um erro se tivessem empregado a Paveway ou a LJDAM .
Ainda assim os alvos teriam sido destruídos.

Bruno Vinícius

Alguém avisa aos russos que essas bombas aí são inertes. Caso tivessem explosivos, aqueles dois alvos lá teriam sumido. Se de fato houve interferência russa no sinal do GPS, estão precisando aprimorar o equipamento de interferência, senão não terá muito uso em um conflito real.

Quanto a desculpa para não usar o F-35 no filme, o motivo real é o caça não ter versão biposta, o que inviabilizaria as gravações com ele. O caça é capaz de utilizar bombas guiadas a laser sem comprometer sua capacidade stealth.

Last edited 26 dias atrás by Bruno Vinícius
Adunlucas

A questão não é a destruição do alvo. Mas, conforme as próprias armas russas na Ucrânia, ao errar o alvo por alguns metros, podem haver vítimas civis. Coisa que nem Israel nem a Rússia têm se preocupado, sinceramente. Por fim, o erro esperado em uma bomba guiada por GPS é muito menor que o GPS civil, então o erro deveria ser bem menor que 10m. Israel vai ver como “alvo destruído, nossa bomba é boa”. Os russos vão ver como “nossos sistemas ECM atrapalham as bombas de Israel, comprem” e cada um faz sua propaganda.

Bruno Vinícius

Não é questão de GPS civil vs militar. Ela é especificada para ter um CEP de 7-13m.

E vale lembrar que o CEP é o diâmetro de um círculo que abrigue 50% dos acertos. 50% das bombas caem ainda mais longe do alvo. Se uma precisão maior for necessária para evitar danos colaterais, os militares podem optar por utilizar guiagem laser (as JDAM tem um kit para isso).

Last edited 26 dias atrás by Bruno Vinícius
Adunlucas

Bombas a Laser põem o vetor lançador em risco (ou alguém pra fazer a mira, também colocando a pessoa em risco). É importante que se tenha armas de precisão lançadas de longas distâncias. Israel direto tem que destruir alvos iranianos na Síria. Muitas vezes os iranianos colocam suas armas em áreas povoadas pra tentar inibir (ou pelo menos apontar que Israel mata civis) os ataques. É importante que essas armas tenham precisão decente.

Bruno Vinícius

Para isso tem bombas como a SDB-II e a JSOW, com um seeker terminal IIR. São mais caras, mas na situação que você propõe, em que é necessário uma precisão ímpar e não é possível iluminar o alvo com um laser, essas são boas opções (com a SDB-II provavelmente sendo a melhor escolha, dado que a carga explosiva também é menor, reduzindo o risco de dano colateral).

Last edited 26 dias atrás by Bruno Vinícius
Bosco

Adun,
Os israelenses integraram bombas Spice em seus F-35 e estas são guiadas por IN/GPS/IIR e são resistentes à interferência do GPS e podem ser lançadas de grandes distâncias, muito além das distâncias das bombas guiadas por laser.

Bosco

Adunlucas,
O conceito de dano colateral só existe dentro das operações urbanas. Em guerra num cenário clássico se está do lado de lá é inimigo. Nesse contexto há de se ter cuidado bom “fogo amigo”

Bueno

Estes Russos… kkkk
Fizeram o mesmo com a MB no teste do MANSUP
Cada narrativa… kkk

Last edited 26 dias atrás by Bueno
RICARDO NUNES BARBOSA

Então a interferência de GPS nem tirou a Bomba de dentro de seu CEP previsto? Kkkk. Essa mídia russa.

Teropode 🇺🇦Slava Ucraina

Acredito que a matéria era pra ser publicada exclusivamente na Rússia , cm , Venezuela e irã , algum pentelho vazou ela no ocidente 🤣🤣🤣🤞🤞🤞🤞🤞🤣🤣🤣🤣🤣🤣, meu peixinho dourado parou de ler no segundo parágrafo !

Last edited 26 dias atrás by Teropode 🇺🇦Slava Ucraina
Henrique

Eram bombas inertes. Se fossem reais, a distância em que caíram, seria suficiente para destruir o alvo.

Andre

Não conseguem nem se defender dos ataques ucranianos vão interferir em uma apresentação israelense em território israelense mesmo.

Cada uma que aparece

Antonio Cançado

Faz tempo que os russos afirmam que basta bloquear o sinal do GPS para neutralizar os sistemas de armas (americanos) que usam esse tipo de guiagem, e parece que estavam certos.
Estranho é que Israel também dizia isso, por isso oferecia o sistema ‘Ofir’, guiado por IR, como alternativa.

Paulo Brics

É isto aí que dizem que será capaz de voar mais de 3 mil km ida e volta sem reabastecimento, carregando uma bomba de 1 tonelada e ser invulneravel a todas as defesas AA do Irã. O festival de problemas insolúveis e fracassos deste que é o maior engodo da indústria aeronáutica militar de todos os tempos não tem fim. Não sei o que é mais patético, se o projeto desta jaca, deste monte de Josta disfarçado de “caça mais moderno do mundo”, ou quem insiste em comprar-lá quando os próprios pilotos da usaf que não é capaz nem de… Read more »

6oEUmmSm.jpg
Guilherme Leite

É todos os países, até mesmo Israel, que depende desses caças para sua existência, estão errados!

Com certeza você tem uma solução, ó, grande mestre 🙂

Adunlucas

A Rússia não fez nem radar AESA pra caça… Não faz sentido ter um caça de 5 geração com radar PESA. Capaz que eles comprem na China pra ter logo uma frota operacional enquanto eles tentam fazer os AESA deles. Acho que tem uns 10 anos que eles não conseguem fazer o radar AESA funcionar nos Mig-29M/35 ou Su-35. Vi gente especulando que eles sobreaquecem.

Andre

Ninguém nunca disse essas bobagens que você escreveu.

Impressionante como vocês putinzetes inventam essas bobeiras de “dizem” como única forma da realidade não ser tão dura com sua amada Russia.

Jefferson Henrique

Entendi e concordo com a afirmação técnica de todos referente ao sucesso da demonstração pela proximidade dos impactos já previstos no desenvolvimento do artefato.
Mas, vamos supor que os Russos realmente pudessem interferir no GPS, na precisão destas armas. Como isso ocorre? Como é possível fazer com que a arma receba as coordenadas erradas do alvo?

Agnelo

Acredito q o GPS não receba nem as coordenadas erradas. Acredito q haja a interferência nele receber os sinais dos satélites e então não consiga “se localizar” corretamente.

Bosco

Agnelo,
Pode ser assim , mas aí o usuário fica sabendo que perdeu o sinal e passa para o modo inercial.
O mais prejudicial é a interferência denominada “spoofing” , que é quando o receptor recebe sinais falsos que o fazem acreditar não estar sob interferência. No primeiro caso é uma típica interferência eletrônica e no segundo é interferência cibernética.

Bosco

Jefferson, Todas as armas guiadas por GPS têm um canal IMU (unidade inercial) , portanto, se o sinal GPS for interferido o sistema inercial assume e ele não tem como ser interferido. A precisão de uma bomba burra lançada a 10 mil metros utilizando um computador balístico (CCIP/CCRP) pode chegar a 100 metros de CEP. Utilizando o GPS/IMU chega a 5/10 metros. Utilizando só o inercial no caso de interferência do GPS seria de 30 metros. Utilizando um seeker (LSA, IIR, CCD, MMW, ARH, etc) seria de 1/2 metros. Ante da década de 90 as armas não dependiam de GPS… Read more »

Jefferson Henrique

Compreendi, muito obrigado Bosco.

Carlos Campos

Não vi erro nenhum, 2º a alteração no GPS é sobre a Síria, não Israel

Ivanmc

Hahahahah!!

Marcos Borges

Se os russos acham que podem interferir tanto assim no GPS militar, então deveriam ficar lá na área de alvo.

Leandro

Israel sempre derrotando os sistemas Russos na Síria é difícil acreditar nessa informação

Jota

Achei que o título da matéria está errado ou tendencioso: se as bombas eram de queda livre e guiadas por gps, o que tem a ver com o F35? Caso realmente ocorreu a interferência, elas poderiam ter sido liberadas de um B2 Spirit ou de um Cesna Caravan, que tanto faz. O vetor não tem nada a ver com isso!

Jorge Xavier

Israel é o início do fim da Rússia. Se meter com Israel é o último ato russo. By, by, chegou o seu fim…

Alberto

Israel já deixou de existir antes, a população foi mantida cativa em outro país, etc, já a Rússia está sim nunca foi derrotada, os que tentaram encontraram seu fim…Hitler e Bonaparte que o digam…

Alberto

Israel, que fica na Ásia mas é alinhada ao Ocidente, principalmente aos EUA, vai precisar conversar com países da própria Ásia, onde são fabricados mais de 90% dos Chips avançados no mundo, para conseguir melhores meios, pois os EUA, que recentemente pediram ajuda de Taiwan para construir nos EUA um fábrica de Chips avançados, não poderão lhes ajudar, como sempre ajudam, como no Irom Dome onde fornecem mais de 70% dos componentes, de todos os Chips no mundo, dos “comuns” 78% são produzidos na Ásia, e dos avançados como mencionei mais de 90%, em países como China, Taiwan, Coréia do… Read more »

Anselmo R

Falou pouco e falou “josta”, 90% da fabricas asiaticas de semicondutores são voltadas ao mercado ocidental tanto que as principais fabricas como Samsung, TSMC, UMC, Globalfoundries, SMIC declararam que não irão exportar para Russia seguindo o bloqueio de isolamento. Para de piada.

Riad

Os filmes americanos fizeram um grande estrago na cabeça doa vários especialistas em comentários. Piás de apartamentos.

Últimas Notícias

USAF avalia lançamentos de mísseis do F-15EX para verificar capacidade de combate

BASE DA FORÇA AÉREA DE NELLIS, Nevada (AFNS) — Os membros da equipe do Destacamento 6 do Centro de...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -