quinta-feira, agosto 11, 2022

Gripen para o Brasil

Marinha e Força Aérea dos EUA testam novo míssil de microondas de alta potência

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

ALBUQUERQUE, N.M. – Os laboratórios de pesquisa da Marinha e da Força Aérea dos EUA estão encerrando um esforço conjunto de cinco anos para avançar a tecnologia de micro-ondas de alta potência neste verão com dois meses de testes na Califórnia.

A Arma de Ataque Eletromagnético Não Cinético Conjunto de Alta Potência, conhecida como HiJENKS, usa tecnologia de microondas para desativar os sistemas eletrônicos de um adversário. O Laboratório de Pesquisa da Força Aérea e o Escritório de Pesquisa Naval estão realizando os testes de conclusão na Estação Aérea Naval China Lake.

O HiJENKS é o sucessor do Projeto de Míssil Avançado de Microondas de Alta Potência Contra-Eletrônica do AFRL, que completou os testes há uma década. Jeffry Heggemeier, chefe da divisão de eletromagnetismo de alta potência do AFRL, disse a repórteres durante uma visita em 24 de junho à Diretoria de Energia Dirigida do laboratório na Base Aérea de Kirtland, no Novo México, que o programa se baseia no CHAMP, aproveitando a nova tecnologia que permite um sistema menor equipado para um ambiente mais robusto.

Heggemeier disse que o programa ainda não designou uma plataforma para a arma, mas observou que o tamanho menor da HiJENKS significa que ela pode ser integrada em uma ampla gama de sistemas de transporte.

“Começaremos a olhar para aplicativos mais específicos de serviço assim que fizermos este teste que demonstra a tecnologia”, disse ele.

O AFRL também está progredindo em uma versão mais avançada de seu Tactical High Power Operational Responder (THOR), que usa a tecnologia HPM para desativar enxames de drones que representam uma ameaça às bases militares. A plataforma da próxima geração é nomeada Mjölnir como uma homenagem ao mítico martelo do deus Thor. O AFRL concedeu à Leidos um contrato de US$ 26 milhões em fevereiro para desenvolver o protótipo Mjölnir e entregá-lo no início de 2024.

Adrian Lucero, gerente do programa THOR e Mjölnir, disse a repórteres durante o mesmo briefing de 24 de junho que os sistemas contra drones estão se tornando cada vez mais relevantes à medida que a tecnologia de veículos aéreos não tripulados avança.

“Existem outros dispositivos por aí que se destinam a combater sistemas de drones, como armas, redes e sistemas a laser”, disse ele. “Mas o que Thor traz para a mesa é que tem um alcance maior para afetar e tem um tempo de engajamento menor.”

O protótipo THOR retornou no mês passado após um ano de testes operacionais no exterior. Enquanto o sistema estava em uso, a equipe do programa estava trabalhando duro para desenvolver as atualizações do Mjolnir para estender o alcance do THOR, aumentar sua potência em cerca de 50% e melhorar sua usabilidade – recomendações das Forças de Segurança da Força Aérea que o estavam usando durante o desdobramento.

“Aprendemos muitas lições estando no exterior, apenas trabalhando naquele ambiente operacional, com aviadores das Forças de Segurança da Força Aérea puxando o gatilho e quebrando-o”, disse Heggemeier.

Lucero e Heggemeier não divulgaram onde o THOR foi desdobrado, mas Lucero disse que o sistema provou ser 94% confiável durante sua avaliação operacional, demonstrando sua capacidade “no mundo real”.

Assim que o protótipo chegou ao Novo México, a equipe o desmontou e inspecionou e depois o remontou para testes de linha de base para garantir que estivesse funcionando conforme o projetado. Lucero disse que o programa agora está testando as atualizações do Mjölnir.

FONTE: Defense News, via Yahoo News

- Advertisement -

17 Comments

Subscribe
Notify of
guest

17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa

“We got to install microwave missiles
Custom weapon deliverieees
We got to move these weapon pylons
We got to move these bad enemiiieeesss”

Fernando "Nunão" De Martini

Hahahahahahaha

I want my
I want my
I want my HiJENKS

Marcus Pedrinha Pádua

We will
We will
We will
Cook you!

Guizmo

hahaahah que viagem…

109F-4

😆boa. Parafraseando o bom e velho Dire Straits.

Inspetor Gambiarra Youtube

Eu por enquanto fico na minha parabólica com um magnetron, nenhum barulho de funk num raio de 100 pés fica ativado. A conta de luz fica alta mas minha paz é um bem que ninguém pode me tirar.

Cicero

Quebra um galho e publica os planos dela.

Carlos Campos

nossa, uma arma contra funkeiros baderneiros, você pode ficar rico ou acabar sendo preso.

Mensageiro

“usa a tecnologia HPM para desativar enxames de drones que representam uma ameaça às bases militares”

Quase nenhum país tem esse tal enxame de drones mas os EUA sempre a frente nas tecnologias já tem a solução. Nação onde as coisas funcionam. Será a constituição, as leis rígidas, o caráter, ou tudo isso que é melhor que de nós.

Luis Carlos

Mai um dos trocentos protótipos que nunca vão para frente.
Fique tranquilo.

Jadson S. Cabral

Não haveria nomes melhores para esses sistemas

Foxtrot

Uma dúvida, e as pesquisas do IEAV sobre Bombas P.E.M (Pulso Eletromagnético)?
Como canso de escrever, enquanto o mundo corre, o Brasil caminha há passos de centopéia perneta.
Com sua política de defesa estratégica míope, privilegia a compra de projetos e sistemas de arma internacionais, para montagem local por “espelho” nacional.
Parabéns E.U.A !

sub urbano

Fala-se muito em evolução tecnológica mas ainda estamos sobre os ombros de tecnologias do século XIX, nesse caso o Rádio. É assim com quase todas as “inovações” propagandeadas no mundo hoje: carro de motor elétrico com bateria química, foguetes de combustível liquido, energia solar, etc… Todos tecnologias do século XIX. A ultima grande verdadeira inovação tecnologica foi o circuito integrado na década de 1950.

Luis Carlos

Todos sabemos que isso não vai dar em nada.
Daqui a pouco voltam com o assunto de armas a laser.
Segue o jogo.

carvalho2008

Vou fazer igual o Bardini….rzrzrz

Bahhh!!!

Eu já tinha pensado nisto na primira vez quando garoto assistindo os capitulos finais de Galáctica!!!!

Quem se lembra da cena antologica em que pouco após a chegada a Terra e em reconhecimento, um comandante android Cylon ( aparencia humana) e mais um centurião tradicional, entraram numa festa halloween e quando a gurizada ligou o microondas para fazer pipoca o centuriao desmaiou….kkk…o comandante androide ficou p da vida e soutou um raio das mãos queimando o microondas….rzrzrz os caras não tinham blindagem magnetica…..rzrzrzrzrz!!!!

alguem lembra!!??

https://www.youtube.com/watch?v=joUZj4shx80

Leandro Costa

Como esquecer? Hehehehehe

Tenho as séries antigas a nova completas. Parece que vai ter mais uma.

LEONARDO BASTOS

Se o interesse em “construir” fosse tão grande qto o de “destruir”, a esta altura a humanidade já estaria usando energia elétrica sem fio e gratuita. Bastava aprimorar os conceitos já iniciados por Tesla. É uma pena…

Últimas Notícias

Ucrânia diz que 9 aviões de combate russos foram destruídos em explosões na Crimeia

KYIV, Ucrânia (AP) - A Força Aérea da Ucrânia disse na quarta-feira (10) que nove aviões de combate russos...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -