domingo, maio 22, 2022

Gripen para o Brasil

Colaboração Real 4 – Episódio 12: A importância estratégica do F-39 Gripen para o Brasil

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A chegada das primeiras aeronaves F-39 Gripen representa um novo patamar para a aviação de caça do Brasil.

Neste episódio da nossa websérie, o Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Baptista Junior, fala sobre os saltos operacionais, logísticos e de eficiência que as aeronaves trazem para a FAB, além dos planos para o futuro.

- Advertisement -

50 Comments

Subscribe
Notify of
guest
50 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
zé pequeno

A SAAB quer vender mais Gripen para a FAB? Bora então melhorar essa proposta! Boa comandante!

Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Gosto da postura deste Comandante da Aeronáutica, ele é bem prático…, não fica enrolando…, melhor já ir pedindo verbas para um novo lote…, e jogar o financiamento bem para frente…, assim não para a cadeia produtiva e incentiva nossos vizinhos a comprarem o Gripen também…, produzido no Brasil…, com um bom financiamento pela Saab…, todos ganham…

Os Helicópteros de ataque…, a FAB deve focar nos Gripens e deixar para o Exército a tarefa dos futuros helicópteros de ataque…

Abraço a todos…

Fiquem com DEUS…>>>

Jadson S. Cabral

Também gosto muito do comandante atual. Muito pragmático

Rinaldo Nery

Tanta gente meteu o pau nele aqui na trilogia…Onde estão agora?

Jadson S. Cabral

Fala muito não, coronel. Quem critica apenas por criticar sempre vai reclamar

André Bueno

Rinaldo, ele foi o braço direito do brigadeiro Rossato, não?

Rinaldo Nery

Não. O Chefe de Gabinete do Rossato era o Damasceno. E o CHEMAER era o Machado “Machareca”. BJR era COPAC, acho. Depois foi COMDABRA, e depois p DIRMAB. Depois foi VICEMAER. Qdo promovido a 4 estrelas foi COMGAP.

André Bueno

Obrigado. De fato, lembrei de seu nome associado à COPAC.

Saldanha da Gama

Senhor Coronel, 2 deles já te negativaram…..
Abraços

Rinaldo Nery

Outros virão!

JCuritiba

Continuamos aqui.

Carlson

Sem precedentes, vai elevar a FAB a outro patamar e com o pacotes de mísseis então…
O caça perfeito para a realidade do Brasil.

Flanker

Interessante a recorrência com que o TB Baptista Jr cita a necessidade de mais unidades do Gripen e a necessidade de um segundo lote encomendado o mais rapidamente possível. Torçamos para que isso se concretize o quanto antes,

Last edited 10 dias atrás by Flanker
Jadson S. Cabral

É… o problema é que próximo ano vem uma próxima administração. Eu espero que o próximo comandante concorde com o brigadeiro Baptista e tenha as mesmas vontades e prioridades que ele, pois como a gente sabe, um dos grandes problemas desse país é a falta de continuidade, pois, entre outras coisas, cada um chefe/comandante/presidente que fazer as coisas do seu jeito.
Espero que quando o a administração atual sair, as coisas estejam encaminhadas de tal forma que não dê pra desfazer

Rinaldo Nery

Não será desfeito. Haverá continuidade.

Adriano Madureira

Ele pode continuar no cargo ou sempre tem que haver uma renovação de comando?

Porque se o comandante é competente, com uma boa linha de pensamento e é uma pessoa eficiente, entrar um que seja o oposto só seria prejuízo…

Jadson S. Cabral

Não sei, acho que a melhor pessoa para responder seria o cel. Nery. Mas ainda que pudesse, eu duvido que acontecesse, caso o presidente seja diferente e é isso que provavelmente acontecerá.

Rinaldo Nery

É indicação do Presidente. Mas, pelo que conheço dele, não deverá permanecer. Deverá assumir um Ministério.

Manuel Flávio Vieira

A FAB vem tendo uma boa gestão, racional e pragmática. Em caso de um segundo mandato deste presidente gostaria muito que o Baptista Jr se tornasse Ministro da Defesa.

Saldanha da Gama

Será mesmo que virá?

pgusmao

Não haverá próxima administração!!! Haverá continuidade da atual para o bem do Brasil, com investimentos sérios e sem amealharem o patrimônio público.

Klesson Nascimento

E quem disse que haverá nova administração ?
Você já assistiu ao telejornaleco das 20h ?
Qual o resultado ? Adianta para para nós.

Luciano

Boa tarde, Jadson. Não sei dizer hoje e na FAB, mas no exército, na primeira metade do XX, esse era um problema muito comum. Aliás, dois problemas: os critérios de promoção e a descontinuidade dos projetos. Porém, parece q depois da II WW isso mudou, mas n saberia dizer com certeza.

Zé bombinha

Quando ele fala uma quantidade muito maior é simplesmente fantástico… Esse comandante levaria a ter tranquilamente os 108 F39 na FAB… Pra não dizer até mais que isso.. eu estarei feliz em ver a FAB com mais de uma centena de caças altamente capazes…

Azor

Com 1/3 do Orçamento Secreto daria para encomendar mais um lote de 36 F39, mas as prioridades parecem ser outras…..

Rinaldo Nery

Que orçamento é esse? Explica pra nós.

Jadson S. Cabral

O chamado orçamento secreto são as emendas de relator que o governo vem repassando para o congresso (sobretudo o centrão) em troca de apoio político desde 2020. Chama-se de orçamento secreto porque, diferente das emendas individuais, não dá pra saber exatamente pra onde vai o dinheiro. São dezenas de bilhões de reais que até agora não tem como saber como sabermos pra onde vai e quem vai gastar. Isso num governo que prometeu não fazer toma-lá-dá-cá
Ah, não é possível que o senhor não tenha ouvido falar nisso ainda.

Rinaldo Nery

Obrigado. Não lembro de ter ouvido.

Saldanha da Gama

Orçamento secreto que todos sabem e onde consta os nomes….

Luciano

Código técnico RP9, coronel.

Rinaldo Nery

Obrigado.

Manuel Flávio Vieira

“Orçamento secreto” é um termo malicioso, não condizente com a realidade, para o orçamento determinado pelo relator, os famosos RP9. Como era emendas de relator, ficava difícil saber quem foi o parlamentar que indicou. Mas o próprio Congresso, por determinação do Rodrigo Pacheco (A Presidência do Congresso é alternada entre o Senado e a Câmara) determinou que se passasse a constar o nome do parlamentar que indicou ao relator determinado orçamento. No mais, o Orçamento segue as normas da contabilidade pública.

Last edited 9 dias atrás by Manuel Flávio
Luis

“orçamento secreto” é a forma de se tentar manipular a opinião pública ingênua dando a entender que há algo a esconder ou q há algo errado. simples mentira, primeiro não tem a ver com segredo, as emendas parlamentares são abertas ao público, segundo fazer emendas ao orçamento são prerrogativa dos deputados e vereadores segundo a lei positivada.

Azor

Basta ler os jornais…..

Rinaldo Nery

De papel não leio faz tempo…

MMerlin

Concordo que falta de critério nas prioridades do Governo e do Congresso carecem de mais objetividade Azor. Mas o contrato de compra dos 36 Gripens foi de US$ 5 bilhões. Claro que um no lote, com ao menos 30 aeronaves e sem ToT, ficaria mais baixo. Mas acredito que não menos de US$ 3 bilhões. Os valores utilizados no Orçamento Secreto, prática existente à bastante tempo (que demorou para ser expurgada), em 2021 foi perto de R$ 30 bilhões, triplicando o número do seu antecessor. Enquanto os brasileiros ficam acreditando e fomentando esta briga de dupla “ideologia”, mal eles percebem… Read more »

Last edited 9 dias atrás by MMerlin
Rinaldo Nery

Tenho q concordar. Mas, nessa gestão, não tem havido escândalos de corrupção. Tentaram “colar” a da compra de vacinas, mas nem um centavo foi pago.

Zé bombinha

Com as centenas de bilhões roubados esse país poderia ter imensas fileiras de F39… Além de uma infraestrutura “limpa”, quantidade satisfatória de hospitais de primeira linha, além de muita coisa mais…. Mas as prioridades eram outras 👌

Elias Gomes da silva

Parabéns pra Sr comandante Brasil acima de tudo sempre

Trathanius

A Saab encomendou 60 sistemas Skyward-G IRST da Selex em 2015. Eram para a Suécia ou Brasil?

Felipe M

Suécia, é o mesmo numero de caças Gripen E que encomendaram.

Felipe M

40 no primeiro lote , 32 no segundo, e 36 no terceiro, 108 caças F-39E/F é o mínimo que a FAB precisa para substituir todos caças antigos de seu inventário. No momento 70 Gripen atende as necessidades da FAB pois os AMX poderão operar até além de 2030 mas mais pra frente vão ter de buscar um terceiro lote.

MMerlin

A declaração do Ten Brig Ar Batista Jr. não deixa dúvidas do caminho que a FAB está seguindo: 1. Partir para um segundo lote, sem pretensões secundárias, como boatos de F-35 e LIFT; 2. Foco no fomento e capacitação da indústria nacional; 3. Expansão da participação da indústria brasileira no projeto de construção do Gripen; 4. Reconhecimento do ótimo relacionamento e execução de contrato entre as partes; 4. Renegociação com a SAAB referente ao item 3. O principal ele declarou: o foco da FAB como missão síntese é a defesa da soberania nacional. Fazendo o “feijão com arroz” de modo… Read more »

Marcelo Baptista

Olá MMerlin

Eu acho que sim, teremos um segundo lote, mas como eu disse em outras postagens, primeiro a FAB vai desenvolver todas as doutrinas necessárias para o F39, pois estamos avançando uns 50 anos praticamente em tecnologia, e isto não desmerece em nada o que conseguimos fazer com o que temos, mas o F39 dá novas capacidades a FAB.
E outra coisa, é normal após o 1o lote, o cliente pedir aprimoramentos.
Por isto sempre achei arriscado fazer uma compra do total do que se precisa, pede-se um 1o lote e aprimora-se o 2o e quem sabe um 3o.

Gilson

Quanto ao comentário do CMT da FAB, estou alinhado com ele. Mas por outro lado não posso deixar de pensar numa coisa: imagina esses gripen armado com mísseis MTC 300 ou brahmos Indiano. Nada na Guiana francesa ficaria intacto em uma aventura sobre a Amazônia brasileira, por parte da França. Eu acho que o Brasil, está fazendo o dever de casa sertinho.

Marcos Paulo Trierweiler

Não havendo 2°, 3° e 4° lotes e assim por diante, o investimento inicial que não foi barato por haver transferência de tecnologia, será dinheiro do contribuinte jogado pelo ralo. Que está indústria nunca pare de produzir nossos caças.

Last edited 9 dias atrás by Marcos Paulo Trierweiler
Marco

Porque não um Grioen Naval?…

Marcelo Baptista

Antes que o pessoal seja mal educado com vc, a resposta é, até pode, mas definitivamente não dá!
A MB precisa urgente recompor a frota de superfície, antes de pensar novamente e ter alguma coisa no ar que não seja helis.

Saldanha da Gama

Meu caro, dificilmente a MB vai de Gripen, qdo a mesma for contratar meios aéreos, aposto em qualquer um, até caça chinês, mas o Gripen dificilmente será considerado, a não ser que seja determinação do chefe das forças armadas….E outra, quer gostemos ou não, uma hora, a Marinha do Brasil vai ter seu meio aéreo, com porta-aviões ou não….
abraços

Marcelo Nunes Costa

Bom mesmo seria se não houvesse guerras.

Últimas Notícias

Aviação de Patrulha da FAB completa 80 anos

Vigiar e proteger, 24 horas por dia, uma área de aproximadamente 13,5 milhões de quilômetros quadrados. Essa é a...
- Advertisement -
- Advertisement -