segunda-feira, maio 16, 2022

Gripen para o Brasil

Rússia alocará recursos para a restauração de aeronaves Il-96, Tu-204 e An-124

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O governo russo emitiu um decreto sobre a alocação de subsídios para a restauração da aeronavegabilidade das aeronaves Il-96, Tu-204 e An-124 de propriedade da United Aircraft Corporation (UAC, parte da Rostec).

O dinheiro será usado para restaurar oito Tu-204/214s, dois Il-96s e um An-124.

Os fundos virão na forma de uma contribuição de propriedade para o capital da Rostec para uma contribuição posterior para o capital da UAC.

O governo não especifica o montante dos subsídios atribuídos. Parte do dinheiro será gasto em trabalhos de pesquisa e desenvolvimento para melhorar os sistemas e unidades do Tu-214, diz o decreto.

Os subsídios ajudarão a fazer alterações no certificado de tipo Tu-214, instalar e colocar em operação aeronaves com equipamentos russos até 2024.

A Rússia pretende iniciar a produção de dez Tu-214s por ano e restaurar a produção em série do Il-96, disse o vice-primeiro-ministro Yury Borisov.

Il-96

FONTE: vesti.ru

- Advertisement -

52 Comments

Subscribe
Notify of
guest
52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Filipe Prestes

Apesar dos pesares das motivações da causa em questão, para nós avgeeks, é alentador ver clássicos da aviação retornarem e que possivelmente possam surgir novas versões derivadas deles, em especial do Tu-214. O CR-929 também deve ser uma novidade aprazível para o final dessa década.

Luis

Este é mais um “avanço” pra trás dos Russos.
Pra mim fica bem claro o futuro da aviação civil russa.

aviao futuro russia.jpg
PACRF

Interessante seu comentário, porém esses modelos “clássicos” são apenas para “russos verem”, talvez alguns países satélites da Rússia também os vejam. Afinal, quais países ocidentais irão utilizar aeronaves comerciais russas, tendo aeronaves da Airbus, da Boeing, da Embraer e da Bombardier, dentre outras, para escolher?

Filipe Prestes

Nem é necessário que países ocidentais os operem, basta que as aéreas russas retomem os voos que faziam antes da guerra. Mas obviamente, enquanto esta durar, não veremos isso. E um exemplo do que mencionei é que por aqui nestas bandas nenhuma empresa opera o An-124 mas ainda tinhamos a chance de ve-lo eventualmente.

Ariel Blanco

Prezado Filipe há voos do Antonov AN-124 para o Brasil. Operados por empresas cargueiras.

Marcelo M

O motivo é claro. Não há no horizonte próximo a possibilidade real de eliminar as sanções aplicadas pelo Ocidente. Daí o que lhes resta é tentar desenvolver sua aviação autóctone, sob pena de ficar sem nenhuma.

Zorann

Exatamente.

Mesmo que a guerra acabasse hoje, estas sanções devem demorar anos, talvez mais de uma década para serem removidas…

Vamos ver se conseguem produzir os Tu-214 com alguma modernização, com custos de operação compatíveis.

Joanderson

Bom o ruim a Rússia consegui fabricar um avião do zero,agira manda outro pais sem ser os EUA fazer o msm para ver se conseguem.
Essas sanções que a Rússia ta sofrendo seria fatal para um pais como o Brasil.

SteelWing

por isso não é bom ficar dependente de qualquer tecnologia norte-americana, pois eles sempre fazem chantagem com isso.

Marcelo M

Se você pretende invadir uma nação soberana, impedir mulheres de estudar, massacrar minorias, e ameaçar outros países com ataques nucleares, é um risco sim! Não vale a pena “confiar” nos EUA nesses casos…. ainda bem!

SteelWing

hmmmm e qual país Cuba invadiu? qual páis Coréia do Norte Invadiu? Qual País Venezuela invadiu? Qual País Irã invadiu? Qual país a Síria invadiu? Qual páis a Líbia Invadiu? Qual país Nicarágua invadiu? e quantos países os EUA já invadiu? Sério mesmo que você acha que é bom ficar à mercê das chantagens dos EUA “bonzinhos” ?

Last edited 6 dias atrás by SteelWing
PACRF

Um erro não justifica outro erro.

Nascimento

Ninguém disse que justifica, falácia do espantalho, non sequitur. O fato é que muitos países podem estar na mira das sanções dos EUA sem ao menos atacarem outro país.

Last edited 6 dias atrás by Nascimento
Andre

Você não sabe qual país a Coreia do Norte invadiu?

Típico putinzete, com opinião baseada em fantasias e completamente descolada da realidade.

Nascimento

E Cuba, Venezuela, Panamá e Nicarágua? Invadiram quem pra receber sanções?

A6Mzero

Cuba teve sua cota de envolvimento em guerras e invasões, como a operação carlota onde tropas cubanas lutaram na guerra civil angolana de 76 até os anos 90.

E na guerra de ogaden (Etiópia e Somália) nos anos 70.

Nascimento

Isso não é invasão… Seria como dizer que os russos invadiram a Síria…

E os outros países? Invadiram quem? Para de passar pano…

Last edited 5 dias atrás by Nascimento
A6Mzero

Então segundo essa sua posição o envolvimento americano no Vietnã e na Coreia não são invasões.

Pois Cuba atuou da mesma forma que os EUA intervindo de um lado numa guerra civil e numa guerra regional, enviando tropas tanques e mantendo uma força de ocupação por anos…

Nascimento

Se viola a integridade territorial de um país sem autorização do mesmo é invasão, caso contrário não, simples assim…

Coreia e Vietnã foram intervenções apoiadas pelos governos interinos, igual a Russa na Síria com apoio do Assad.

Andre

As sanções não são usadas apenas contra invasões.

Além do mais, ninguém é obrigado a aderir. A URSS nunca aderiu às sanções contra Cuba. A Russia não aderiu contra a Venezuela.

Tudo uma questão de escolha, mas cada escolha tem uma consequência.

SteelWing

escolha ou chantagem? se não ser pau mandado dos EUA, sofre sanções.

Last edited 5 dias atrás by SteelWing
Nascimento

”Ninguém é obrigado a aderir”

CAATSA refuta essa tese… Pois aplica sanção contra quem compra meio russo…

Last edited 4 dias atrás by Nascimento
Mirade1969

Só para lembrar que os EUA também fizeram isso com outras nações com disculpas esfarrapadas como a produção de armas quimicas ou o incidente de dois barcos americanos que foram atacados e que nos dois casos eram mentiras. Os americanos não tem moral para impor lição de “moral” para ninguém no mundo.

Silvano

Não fala isso que a chapelada de alumínio vai a loucura.

Andre

E por que a Russia/URSS nunca aplicou sanções contra os EUA?

PACRF

Não só os norte-americanos, como todos os detentores de tecnologias avançadas e/ou inovadoras, não as disponibilizam “de graça” para ninguém.

Nascimento

Ele falou fazer chantagem aplicando sanções, não disponibilizar tecnologia…

Last edited 6 dias atrás by Nascimento
SteelWing

Isso mesmo, ninguém tá pedindo pra os norte americanos darem peças ou tecnologia de graça, apenas estou mostrando que eles não são fornecedores confiáveis, não adianta fazer um projeto com eles como fornecedores importantes se do dia para a noite eles resolvem simplesmente deixar de fornecer.

Last edited 6 dias atrás by SteelWing
Andre

por isso é bom não invadir um país sem motivos e manter boas relações com o máximo de países.

Nascimento

Verdade. Igual a Cuba, Venezuela, Panamá, Nicarágua e Líbia. Grandes invasores…

Nonato

Povo vive em regime de escravidão…

André Macedo

Que bom que a Arábia Saudita é um paraíso.

Andre

Pelo visto vc nunca foi para Cuba nem para a Arabia Saudita, nem nunca conversou com alguém que tenha ido.

Nascimento

Sim agora precisa ir lá pra ver se é bom. Um gênio.

Ou seja: as sanções são arbitrárias.

Jair

Não sou um especialista mas, pra mim é claro q o ideal é não estar dependente de ninguém. No entanto, tbm é muito claro, que não temos condições de ser independentes no momento e nem num futuro próximo, principalmente depois dos últimos 18 anos de governo. Para isso ocorrer é preciso muiiito dinheiro, tanto para desenvolver tecnologia, como para comprar e desenvolver de parceiros diferentes. Bem, não existe ninguém santo em política mundial, mas já q é para nos aliarmos, q seja com a otan e os americanos.

Caerthal

Ao menos em termos de material militar temos que buscar uma autonomia e diversificação de origens muito maior que a situação atual. Em 1982 a Argentina recebeu uma lição amarga.

leonidas

Verdade!
A China já esta alcançado este padrão.
Acredito que dominar tecnologia capaz para construção de aeronaves seja vital para qualquer nação do porte do Brasil.
Podem não ser lá uma “brastemp” mas cumprem com sua função.
Reter domesticamente capacidade para desenvolver fabricar e colocar em operação, aeronaves, helicópteros, motores, aviônica, veículos lançadores, satélites, submarinos e navios é algo fantástico que somente EUA, Rússia, China, França e Inglaterra dominam salvo engano meu.

A6Mzero

A Rússia está sendo obrigada a reativar esses modelos antigos e que não tiveram muita aceitação no seu próprio mercado, as empresas aéreas russas os compraram em pequenas quantidades, e sempre foram preteridos em favor de modelos ocidentais mais baratos de operar e com maior margem de lucro.

Seu avião mais moderno o MC-21 usa muitos componentes ocidentais então o que resta é os custoso e velhos Il-96, Tu-204 e An-124, isso se for economicamente viável levar esse plano a cabo…

Severiano Ostrich

O pessoal precisa entender melhor que sanções econômicas são ferramentas políticas, aplicadas para punir ou impedir algum tipo de atividade considerada inadequada pela comunidade internacional. Basta olhar com um mínimo de imparcialidade para entender que são justas as sanções contra Irã, Coreia do Norte, Síria, Venezuela e outros países não muito adeptos das liberdades individuais e direitos humanos em geral.

Caerthal

Pelo menos essa é a narrativa. A Lituânia acaba de declarar a Rússia como um estado terrorista. Já o Bolsonaro é genocida e por aí vai..

Palavras não significam mais coisa alguma. São somente combinação de fonemas.

Victor Filipe

10 Aeronaves por ano do Tu-214… a partir de 2024. ele é uma aeronave comparável em desempenho com 737 MAX e A320 Neo, seria o avião para substituir eles… O Setor aéreo Russo entra em colapso total antes disso funcionar. são dois anos daqui até la. todas as aeronaves ocidentais na Russia vão estar no chão por falta de peças de manutenção. é isso ou vão estar voando sem seguir as normas. A produção do 737 MAX ta na casa das 31 aeronaves por MÊS A produção do A320 Neo ta planejada para chegar na casa dos 64 aviões por… Read more »

Leandro Costa

O jeito é fazer rotas pinga-pinga com AN-2. Esse não para por nada hehehehe

pangloss

Eu acho que é muito. Ninguém vai querer esse rebutalho. E o mercado russo vai murchar.

sub urbano

Pouco a pouco eu vou achando que o Putin quis foi virar a mesa mesmo, deve ter olhado para paisecos como o Irã desenvolvendo tecnologias sensíveis após sanções ocidentais e pensou: “se esses caras fizeram isso e nós que ja fomos a União Soviética e fizemos o mundo tremer de medo?”. Pessoal o PIB do Irã já é quase o mesmo do Brasil/Bolsonaro 1,75 trilhões de dólares e o nosso 1,85 trilhões.

Marco Venâncio

Fonte para esse PIB do Irã?

Jacinto

Sei lá de onde saiu estes números do Sub Urbano. No Banco Mundial O PIB do Irã é de US$ 203 Bi. Uma queda de quase 60% em relação ao que era em 2012, quando era de US$ 598 bi.

imagem_2022-05-11_150421118.png
Jagdverband#44

Aristocrata russo não gosta de avião velho.

Salim

Este ano comeca parada de um terco frota de avioes ocidentais, cerca de 350 aeronaves desmontadas para manter resto frota voando e previsao para 2024 da parada total de toda frota de avioes ocidentais operando Russia. Estas 11 aeronaves ultrapassadas desde inicio producão so aumentaram risco aviacap comercial Russia. W

Caerthal

O mundo ocidental decidiu que a Rússia é uma estado pária. Terá sucesso nessa tarefa e a Rússia começará a se comportar como tal, apreendendo bens ocidentais, copiando projetos e ignorando por completo as patentes e direitos de cópia. Engenharia reversa a todo vapor.

Esse veneno, se não matar o seu inimigo irá se voltar contra que o lançou.

Ricardo

Economia Russa, após a besteira de invadir a Ucrânia, andando para trás. Coitado do povo Russo com este governo Putin, destruindo o País.

calvario

Os five eves são saqueadores.

Últimas Notícias

Royal Air Force coloca em serviço dois A330 MRTT que estavam na reserva

A Royal Air Force (RAF) colocou em serviço dois aviões-tanque KC2 Voyager da frota de reserva em resposta ao...
- Advertisement -
- Advertisement -