quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

Colaboração Real 4 – Episódio 10: Os primeiros F-39 Gripen de série do Brasil

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Neste episódio da websérie você saberá mais sobre como foi o primeiro voo dos novos caças Gripen E de produção em série da Força Aérea Brasileira.

Os caças F-39 partiram no dia 6 de abril de Navegantes (SC) em direção ao Centro de Ensaios em Voo do Gripen, localizado nas instalações da Embraer em Gavião Peixoto (SP).

- Advertisement -

22 Comments

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Reinaldo Deprera

Dá pra sentir que o nível do piloto de prova não é pra qualquer força aérea não.
Simplicidade e segurança.

Rinaldo Nery

O Brasil é um dos poucos países dum seleto clube que ministra curso de piloto de prova.

Mensageiro

Tadinho dos pilotos começam cedo com o sonho desde 2006 no fx2 com aquela carinha de moleque e agora já tão com cara de velho de esperar.

Maurício.

Quem esperava o F-X desde 2000 já é avô…rsrsrs.

João_p

estou esperando desde 2000 também, tinha 18 anos esse ano completo 40….rsrsrs

Teropode

Ainda bem que não fizeram falta , então que sejam bem vindos agora , acredito que este momento é o ideal !Nossa vespinha predadora de TU160 rsrsrsrsrsrs😠😠😠

Paulo Lopes

O que são aquelas pequenas janelas na estrutura ao lado e acima dos flaps que hora estão abertas como na foto e outras vezes fechadas?

Leandro Costa

Acho que o Flanker havia comentado que são as entradas de ar para a APU. Faz sentido.

Maurício.

Uma “cutaway” do que seria um provável Gripen E naval, o item é o número 29, como o Leandro disse, é as entradas para a APU.

Gripen-M-2.jpg
Pavan

Parabens a todos os envolvidos… Ordem e Progresso !

Marcelo Bardo

Que cheguem mais!

Flanker

Uma curiosidade que eu tenho: se observarmos as imagens dos primeiros Gripen de série da FAB, lá na Suécia, saindo da linha de montagem e durante a cerimônia de entrega e compararmos com eles em voo lá na Suécia ainda e deles já aqui, veremos uma diferença (não é o IRST, pelo amor de Deus!). Nas imagens abaixo eu mostro o que quero dizer. Essas partes podem ter sido retiradas de outros Gripen, e por isso a pintura não segue o padrão na borda entre uma cor e outra? Ou seria por outro motivo? Observem que isso está presente no… Read more »

B6CF7C70-CBE3-48BA-9494-94D157FE54CE.jpeg
Flanker

E aqui a diferença:

E0D8DC5F-D329-498E-9AFD-9F1B7EE5C91E.jpeg
Flanker

O dispositivo ou estrutura ou equipamento retangular:

20220415_141408.jpg
Sensato

Mero achismo mas podem ser apenas painéis de acesso que foram substituídos por alguma razão.

Flanker

Pois é, eu creio que sim. Mas, o que eu fiquei curioso foi o motivo. E nos dois exemplares, o 4101 e o 4102.

Denis

Em 1:38 do vídeo, ele falou cruzeiro com mach “.8” (0.8) ou “1.8”? Não entendi bem.

Last edited 2 meses atrás by Denis
Sensato

Provavelmente a primeira opção. Romper a barreira do som sobre terra não é algo para fazer toda hora pelos inconvenientes que traz.

Denis

Valeu.

Flanker

0.8 Mach.

Rinaldo Nery

Haja combustível pra viajar a Mach 1.8…

Sensato

Bom vídeo. Traz grande satisfação ver esses excelentes vetores chegando. Parabéns à FAB por tudo que vem alcançando.

Últimas Notícias

República Tcheca estuda substituir caças Gripen C/D pelo F-35

O Ministério da Defesa da República Tcheca está decidindo a compra de novos caças, que substituirão 14 aeronaves supersônicas...
- Advertisement -
- Advertisement -