domingo, maio 22, 2022

Gripen para o Brasil

Embraer comemora 20 anos de operações da EAMS em Nashville

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Nashville, Estados Unidos, 17 de março de 2022 – A Embraer celebrou nesta semana, em Nashville, no Estado do Tennessee, o 20º aniversário da Embraer Aircraft Maintenance Services (EAMS). Inaugurada em 2002, a EAMS oferece serviços abrangentes de toda manutenção pesada de fuselagem, manutenções não-programada, verificações e reparações estruturais, além de modificações, certificados de tipo suplementar (STC), inspeções e devoluções de leasing.

“Hoje comemoramos 20 anos de excelência no atendimento ao cliente. Estou orgulhoso do trabalho prestado pela EAMS aos nossos clientes e parceiros. Em nome de todos os funcionários da Embraer da organização de serviços e suporte ao redor do mundo, quero parabenizar nossos colegas da EAMS”, disse Johann Bordais, Presidente e CEO da Embraer Serviços & Suporte.

Ao longo dos anos, a EAMS tornou-se a fornecedora líder mundial em manutenção pesada para aeronaves comerciais da Embraer. A instalação atende metade da frota global de E-Jets e 80% da frota deste tipo de aeronave que opera nos Estados Unidos.

“A EAMS tem sido primordial no apoio a uma frota crescente de jatos nos últimos 20 anos. Com o grande sucesso do E175, e anteriormente com as frotas ds jatos ERJ, a EAMS tem sido e continuará sendo um lugar perfeito para a manutenção das aeronaves dos clientes. Eles sabem que encontrarão na EAMS o melhor serviço prestado por qualquer fabricante”, disse Frank Stevens, Diretor Global de MRO da Embraer Serviços & Suporte.

A EAMS lida com pedidos de componentes e aeronaves inoperantes (AOG) em todo o mundo. Em um ano típico, processa mais de 10 mil pedidos de reparos, completa 180 mil tarefas de manutenção e coleta 10 milhões de dados de serviços que colaboram na melhoria contínua do conhecimento técnico da Embraer.

A EAMS é um centro de manutenção certificado que opera de acordo com as mais importantes autoridades reguladoras em todo o mundo, incluindo a Administração Federal de Aviação (FAA) nos EUA, a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), e a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no Brasil, entre muitas outras.

Sobre a Embraer Aircraft Maintenance Services (EAMS)

Com locação conveniente em Nashville, no Tennesse, e Macon, na Geórgia, a EAMS é o centro de excelência mundial para manutenção pesada e reparo de componentes da Embraer ERJ e E-Jet. A EAMS realizou manutenção em mais de 4.000 aeronaves desde 2008, das quais mais de 2.500 foram pesadas verificações de manutenção. As duas instalações oferecem 15 hangares com mais de 600 técnicos altamente qualificados e possuem mais de 3.500 componentes em suas capacidades de reparo. A EAMS é uma Estação de Reparo Certificada sob as seguintes autoridades regulatórias: EUA (FAA), Europa (EASA), Bailiwick de Guernsey, Brasil (ANAC) e Bermudas (BCAA).

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde sua fundação, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renato Vilhena

De onde é que virá de agora em diante o Titânio que a Embraer usa?

100% do titânio usado pela Embraer vem da Russia? A Embraer deve estar recebendo pressão para parar a compra de titânio russo, caso contrario não obterá motores e todo o resto que precisa para fazer os seus aviões.

Vai comprar de quem agora? Dos mesmos fornecedores que Airbus compra? Fornecedores estes que certamente possuem participação acionária da própria Airbus ou dos grupos econômicos que a controlam?

A Embraer espera misericórdia e ajuda da maior concorrente dela?

Marcos

Quanto drama, vai dormir cara.

Marcos10

Segundo reportagem da FlightGlobal, a Embraer tem titânio para dois anos.

Fulcrum

Coitada da rolls royce e da aibus também.

Marcos10

Comigo foram três comentários.
Onde estão os patriotas do ”a Embraer é nossa”?

Últimas Notícias

Operação Rimon 20: Caçadores israelenses versus caçadores soviéticos

Sérgio Santana O fim da Guerra dos Seis Dias de 1967 deixou as forças israelenses no lado leste do Canal...
- Advertisement -
- Advertisement -