terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

Eve e Sydney Seaplanes anunciam parceria para criar serviços de UAM em Sydney, Austrália, com um pedido inicial de 50 eVTOLs

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Melbourne, Flórida, 6 de dezembro de 2021 – A Eve Urban Air Mobility Solutions (Eve), uma empresa da Embraer, e a Sydney Seaplanes, líder na transição para a aviação sustentável na Austrália, anunciaram hoje uma parceria que permitirá iniciar a implantação de operações de táxi aéreo elétrico na região da Grande Sydney. Por meio da parceria, a Sydney Seaplanes encomendou 50 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL) da Eve, com entregas previstas para começar a partir de 2026.

A nova parceria acelera o turismo mais sustentável na região da Grande Sydney usando aviação 100% elétrica com emissão zero.

“Este é um desenvolvimento empolgante para a Sydney Seaplanes. Sydney precisa de um estímulo pós-Covid e a melhor maneira de fazer isso é gerando empregos de alta tecnologia e zero carbono que apoiem o transporte, o turismo e a energia desta cidade maravilhosa. A tecnologia eVTOL da Eve se integrará perfeitamente à nossa frota anfíbia elétrica para oferecer uma variedade de viagens turísticas e de transporte regional. Ainda sujeito à consulta da comunidade, esperamos que alguns voos operem em nosso icônico terminal de aviação de Rose Bay, no Porto de Sydney. Esse serviço será um atrativo para o público em geral, o que nos permitirá abrir novas rotas, além do porto e em toda a região da Grande Sydney”, disse Aaron Shaw, CEO da Sydney Seaplanes.

“É com grande entusiasmo que estamos apoiando a Sydney Seaplanes na sua busca por levar novas soluções de mobilidade para Sydney. O mercado da Grande Sydney oferece um potencial significativo para operações de Mobilidade Aérea Urbana em escala, o que permitirá aproveitar ao máximo a beleza icônica do Porto de Sydney e melhorar a eficiência da circulação para complementar os meios de transporte existentes. A Eve apoiará esta nova parceria com soluções abrangentes para operações de aeronaves, incluindo soluções de gerenciamento de tráfego aéreo, manutenção, treinamento e outros serviços”, disse Andre Stein, presidente e CEO da Eve Urban Air Mobility.

Beneficiando-se de uma mentalidade de startup e respaldada pela história de mais de 50 anos da Embraer na fabricação de aeronaves e expertise em certificação, a Eve revela uma proposta de valor única ao se posicionar como uma parceira de ecossistema, oferecendo um conjunto de produtos e serviços com os mais altos níveis de padrões de segurança. O projeto da Eve para o eVTOL, centrado no usuário, combina inovação revolucionária e um design simples e intuitivo. Além do programa de aeronaves, a Eve está aproveitando a expertise da Embraer e da Atech, uma subsidiária do Grupo Embraer reconhecida mundialmente pelo fornecimento de softwares de gerenciamento de tráfego aéreo, para criar as soluções que ajudarão a desenvolver com segurança a indústria de UAM no futuro.

Sobre a Sydney Seaplanes

Seguindo a rica história de operações de aviação fora do Porto de Sydney por 80 anos, a Sydney Seaplanes voou pela primeira vez em 2005, com apenas um hidroavião De Havilland Beaver de 6 assentos. Desde aquele começo modesto, a Sydney Seaplanes se tornou um serviço turístico icônico, uma parte integral do funcionamento diário do Porto de Sydney e uma das maiores operadoras de voos turísticos da Austrália. Desde o início dos serviços, a Sydney Seaplanes transportou mais de 425 mil passageiros em 80 mil voos.

Em 2020, a Sydney Seaplanes anunciou planos para criar uma companhia aérea regional totalmente elétrica e de emissões zero, a Alt Air, já em 2022, com os primeiros voos totalmente elétricos planejados já para 2024. O lançamento das aeronaves eVTOL oferece uma oportunidade de estender a captação das instalações de aviação de Rose Bay para atender com eficiência toda a Grande Sydney.

Sobre a Eve Urban Air Mobility Solutions

Eve eVTOL

A Eve é uma nova empresa independente dedicada a acelerar o ecossistema da Mobilidade Aérea Urbana (UAM, na sigla em inglês). Beneficiando-se de uma mentalidade de startup, respaldada pela história de mais de 50 anos de expertise aeroespacial da Embraer, seu foco singular adota uma abordagem ampla para a indústria de UAM, oferecendo um ecossistema holístico. Sua aeronave elétrica avançada (EVA), aliada a uma rede global abrangente de serviços e suporte, e uma solução única de gerenciamento de tráfego aéreo fazem da empresa uma concorrente forte na indústria. A Eve é a primeira empresa a se formar na EmbraerX. Para obter mais informações, visite www.eveairmobility.com.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde sua fundação, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Matheus

Tá aí a divisão que vai trazer muitos bilhões a Embraer nas próximas décadas.

Marcos10

Que bom que fosse fácil assim.
Isso vai exigir pesado investimento, haverá dura competição e os riscos são altos.

Marcos10

Sydney: o Rio de Janeiro que deu certo!

Marcos10

Australia: o Brasil que deu certo!

Marcos10

OK! OK! O Rio de Janeiro é um modelo de cidade e de segurança pública. O Brasil é uma potência econômica e militar. Teremos a quarta frota naval e o pedido do quinto lote do Gripen está assinado.

Thiago Pires

Que bom que investimento Maciço em tecnologia faz a Embraer dar a volta por cima, mesmo sem apoio do governo federal.

Carlos Lopes

Não entendi. O que o Estado Brasileiro tem a ver com uma empresa privada cujo mais de 90% dos acionistas são estrangeiros?

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -