terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

FAB inicia preparativos do primeiro teste de voo do motor aeronáutico hipersônico 14-X

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), situado em São José dos Campos (SP), iniciou os preparativos da Operação Cruzeiro com o envio de materiais do primeiro teste de voo do motor aeronáutico hipersônico 14-X, desenvolvido pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), para o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

Os equipamentos foram enviados de duas formas: via terrestre e aérea, partindo de São José dos Campos (SP). No dia 17 de novembro, foi enviado o primeiro carregamento, via terrestre, saindo do Centro de Transporte Logístico da Aeronáutica (CTLA), contendo os cilindros de gases que serão utilizados na carga útil do 14-X.

A segunda etapa, também via terrestre, deslocou-se do Grupamento de Apoio de São José dos Campos (GAP-SJ), no dia 23 de novembro, levando o apoio para a campanha como carrinho elétrico e outras peças.

No dia 28 de novembro, a aeronave C-130 Hércules, operada pelo Esquadrão Gordo (1º/1º GT), realizou o carregamento dos motores foguetes, componentes pirotécnicos, módulos, empenas, bancos de controle e a carga útil do motor.

Já no dia 29 de novembro, a aeronave KC-390 Millennium, operado pelo Esquadrão Zeus (1º GTT), realizou o transporte das equipes do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e do Instituto de Estudos Avançados (IEAv).

A aeronave transportou também doações, arrecadadas durante o Concerto Sinfônico da Banda de Música do DCTA, e testes de COVID-19, doados pela Associação Desportista Classista da EMBRAER (ADC EMBRAER), para as Agrovilas da cidade de Alcântara (MA).

FONTE: Força Aérea Brasileira

- Advertisement -

61 Comments

Subscribe
Notify of
guest
61 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sequim

Projeto estratégico para o Brasil, em uma época em que estão ocorrendo testes de mísseis hipersônicos pelo mundo (vide Rússia e China). Parece que o mundo está entrando na era dos mísseis hipersônicos.

Last edited 1 mês atrás by Sequim
Marcos10

Projeto estratégico no Brasil é ralo de dinheiro público.

Carlos Gonzaga

Mais um do time que nunca tá bom. Se não é porque não investe em tecnologia, em pesquisa, etc e tal. Se investe, é dinheiro do contribuinte indo pro ralo. Valha-me Deus, como brasileiro é chato.

Emmanuel

Beleza fera.
Agora volta a tomar teu toddynho que tá esquentando.

JESUAN

Amigo: sai daq, sai… 👍🏼

Last edited 1 mês atrás by JESUAN
Ricardo Auston

Resposta de pessoa rasa e sem a menor noção da realidade. Esse projeto desenvolve tecnologia própria que pode ser utilizada para o lançamento de satélites ou mesmo o uso militar.
País que só exporta matéria prima é país sub-desenvolvido.

Marcos Cooper

E vc é tão inocente a ponti de acreditar que vai surgir algo de bom disso tudo????
Acorda! É o brasil! Nada aqui é levado à serio…

Denis

Não é verdade. Se nada aqui fosse levado a sério, não teríamos sequer importância regional. Menos, meu amigo.

francisco

Geração nutela, como diz o mentor deles: “viajei o mundo falando mal do Brasil”.

Allan Lemos

Está, mas é preciso algum visionário que pense fora da caixa e diga “vamos usar essa tecnologia para fazer um míssil hipersônico brasileiro”. O Brasil tem que aprender a pensar grande.

carcara_br

Pela que eu entendi…

  1. estágio 4 impulsionar o motor do veículo até a velocidade e altitudes necessária.
  2. estágio 3 equipamentos de telemetria, sensores e comunicação ?.
  3. estágio 2 cilindro de gases, “combustível” relacionados ao sistema de propulsão do motor hipersônico(?)
  4. O motor: Vão ser dois dutos sem comunicação com um sistema pra bloquear/liberar a entrada de gases (ar)?

Todo sistema é incrível tomara que receba a atenção que merece, e que tudo possa algum dia finalmente ser integrado no VANT

Nostra

I am unable to understand from the picture above due to launguage barrier

But it should be roughly like this

1. Booster to reach required speed/altitude

2. Booster seperation

3. Intakes open ( panels on nose discarded ) forcing the airflow into the axisymmetrical combustion chambers

4. Scramjet engine start

Axisymmetrical intakes seems to be common for experimental flights, ISRO also used same during scramjet engine (DMRJ) based hypersonic experimental test flight in 2016

images (1).jpeg
carcara_br

Tks Nostra.

carcara_br

Em relação ao item 3, O gás do cilindro, provavelmente é hidrogênio líquido, ou algo similar que permita a combustão nas velocidades necessárias ao voo hipersônico…

Fernando Gouveia

Vale lembrar que o VAH é composto por dois motores foguetes(VSB-30), os motores foguetes S31 e S30 o qual constituí o Veículo Acelerador Hipersônico, o VAH que irão acelerar o 14-X para as condições pré-estabelecidas, de operação do estato-reator a combustão supersônica scramjet, eles constituem o primeiro e segundo estágio, o primeiro estágio do VSB-30 já na imagem aparece liberado.

Last edited 1 mês atrás by Fernando Gouveia
V12 aero

Torcendo muito para que de certo!!!!

Alexandre

Grande notícia, estamos dando um passo que poucos Países no mundo podem dar. Veremos em breve como será o desempenho, espero que tudo dê certo. Mas desde já dizendo, independente do resultado, só os grandes chegam nesse ponto!

Rogério Loureiro Dhiério

Vai dar tudo certo.
Estamos a um passo de conseguirmos um status tecnológico que nos colocará em um seleto clube de nações com tais capacidades.

Será que no futuro teremos um binômio AVTM e 14X para a defesa de nosso país?

Alexandre

Venho há algum tempo dizendo que os projetos desenvolvidos pela Indústria militar Brasileira trariam grandes conquistas. Tudo no seu tempo, lógico, pois sabemos que tem a hora de plantar e tem a hora de colher. Desde o início desse século que começamos o plantio, falo dos projetos do Guarani, KC 390, submarinos scorpenes, sub nuclear, Gripen NG, míssil MANSUP, míssil A DARTER, míssil AVTM 300, 14X, VS 50, sistemas de guiamento para bombas burras, etc, etc… Chegamos na hora da colheita, e tudo está acontecendo junto, muitas conquistas sendo divulgadas mês a mês. Evidentemente, alguns desses projetos podem não dar… Read more »

Sequim

No caso específico do Gripen NG, nos foi dada uma oportunidade pela SAAB/Suécia. A sabedoria estratégica da FAB foi ter embarcado em um projeto inovador desde muito cedo, envolvendo a EMBRAER . O ganho em aprendizado e o acesso aos códigos-fonte do Gripen, vão, com o tempo, serem tão mais valiosos quanto o avião em si.

Tomcat4,2

Esse projeto é absurdamente estratégico, imagina a aplicação em misseis antinavio ou de cruzeiro e etc.👏👏👏🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Welington S.

JÁ DEU CERTO!

Pra cima!

Rogério Loureiro Dhiério

Isso ai. Positivo sempre. Abs.

Foxtrot

Conhecendo os históricos de projetos nacionais autoctônes, acho que a FAB não deveria ter anunciado os testes antes de realiza-los.
Temos histórico de “problemas” em equipamentos e produtos nacionais que já haviam realizado inúmeros voos antes.
VLS, Sara/ VS-30 etc etc.
È numa coisas dessas que os militares tem que manter siglo, e não em mísseis que todo mundo sabe fazer.
Espero que os testes sejam coroados de sucesso, para eu ter uma boa notícia de natal.

Jadson Cabral

Ah, claro. Pq eles precisam anunciar na imprensa para que os interessados saibam, né?? Queria saber como se mantém sigilo de agências de inteligência como a cia e o mossad…

Foxtrot

Negando o acesso deles em Alcântara por exemplo.
Não expondo esses tipos de informações na mídia.
Utilizando contra inteligência (por exemplo falar que é bum teste de foguete intermediário de rotina)
Mas como os “gênios” alugaram a base de Alcântara aos americanos e venderam grande parte das indústrias de defesa aos Israelenses, fica difícil mesmo !

Allan Lemos

Ótima notícia. Se eu entendi direito, o vant será a carga útil do foguete, mas ele só viajará por conta própria(como o HGV chinês fez por exemplo) no teste de 2026, é isso?

Last edited 1 mês atrás by Allan Lemos
Leandro Costa

O que não ficou muito claro foi a imagem que acompanha a matéria. Esse teste que será feito agora é o teste descrito na imagem, que seria de 2020 e imagino ter atrasado por causa da pandemia ou será algum outro teste?

Allan Lemos

Então, o teste de 2020, de acordo com a imagem, dá a entender que apenas o foguete será testado, mas a matéria menciona um teste do motor. Mas como o motor pode ser testado se o vant não irá voar? Gostaria que o Galante esclarecesse, se possível. Mas também acho que esse teste era o que estava agendado para 2020, até porque no ano passado não saiu nenhuma notícia sobre esse teste, pelo que eu me lembro. Dessa forma, apenas o foguete será testado com o módulo que irá acelerar o vant até a velocidade necessária para que o motor… Read more »

Red Pill - 红色药丸

A maior de todas as fraudes ! Essa é a primeira vez que torço muito pra estar errado em minha afirmação, o tempo dirá.

Last edited 1 mês atrás by Red Pill - 红色药丸
Sérgio Luís

Vamos ver se a cia não joga areia no motor!
Fiquemos espertos!!

Red Pill - 红色药丸

Sim, esses demônios sempre estão atentos ao que fazemos para poder jogar água.

Marcos Cooper

Olha o nível destes comentários. Vcs acham que precisamos disso,sabotagem da CIA,pra acabar com nossos projetos?
Acordem! O brasil se “autossabota” à muito tempo!

Black White

Sim um pais com uma ampla rede de inteligência que gasta 2 trilhões de dolares no Iraque não está observando o que um pais em seu quintal anda fazendo… Claro…

Grifon Eagle

Excelente projeto para o Brasil. O Brasil precisa desenvolver armas nucleares.

Wellington Góes

Antes tarde do que nunca…
E já se vão 15 anos… Nesse meio tempo nações que iniciaram estudos quase na mesma época já possuem meios operacionais… Enquanto aqui só começou a ganhar mais relevância agora, após a divulgação de sucesso desses países que começaram em paralelo a nós…

Bosco

Me desculpa Wellington mas não há nenhum míssil hipersônico propulsado por scramjet operacional. O Zircon é o mais próximo disso mas sequer há confirmação do sistema propulsor adotado pelos russos nele. Tirando o Zircon que é uma incógnita quem está mais próximo são os EUA e a Índia. Vale salientar que a tecnologia hipersônica com propulsão sustentada aspirada é de longe a mais complexa e difícil de ser implementada já que a HGV é apenas um planador largado a grande altura e velocidade que volta pra terra em alta velocidade, oriundo do velho conceito MaRV (veículo de reentrada manobrável) da… Read more »

Allan Lemos

Qual é o projeto americano que se baseia em propulsão scramjet? Não é o AGM-183a.

Bosco

Não! AGM-183A é tipo boost-glide dotado de um HGV.
O atual programa dos americanos, de conhecimento público, para desenvolver um veículo (míssil, avião, etc) com propulsão scramjet oriundo dos programas X-43, X-51, etc. é o HAWC (e provavelmente o SR-72).

carcara_br

Hifire -1,2,3,4,5

Red Pill - 红色药丸

É tudo mentira da Rússia e da China, tudo mentira.

Foxtrot

Pois é caro Wellington.
Sabemos que no Bananasil as coisas só acontecem depois que o mundo todo (literalmente) já fez.
Brasil um museu de grandes novidades.

horatio nelson

temos q tomar muito cuidado com sabotagem,como ocorreu em alcantara no vls.

Andreo Tomaz

Amigo, procure ler mais sobre o assunto. Nem mesmo a aeronáutica fala em sabotagem. Foi a primeira tentativa de lançamento, muitos países falaram dezenas de vezes até conseguir lançar seu primeiro “VLS”. Seria mais inteligente os EUA sabotarem a China, que inclusive está ganhando a dianteira mundial no que se refere à tecnologia de foguetes.

Last edited 1 mês atrás by Andreo Tomaz
André Bueno

Seria o terceiro lançamento.

Allan Lemos

Sim, os agentes da CIA monitoram os sites especializados em notícias militares do Brasil 24 horas por dia e 7 dias por semana esperando notícias como essa. Nesse momento, os agentes já devem estar a caminho do Brasil, disfarçados de civis, obviamente, para preparar a sabotagem de um programa que já existe há 14 anos e para qual não há previsão de ser usado com propósito militar.

Fala sério, a única sabotagem ao VLS foi a que foi feita pelo próprio Governo Federal.

Alexandre Galante

Baixe aqui o relatório do acidente do VLS e leia para ter opinião mais embasada:

http://www.aereo.jor.br/downloads/VLS-1_V03_Relatorio_Final.pdf

Jadson Cabral

Galante, se uma pessoa dessas tivesse coragem de ler mais de 100 páginas sobre qualquer coisa, pode ter certeza que ele seria incapaz de falar essas bobagens.

Bruno Vinícius

Prezado, essa mania do brasileiro de colocar a culpa de todos os seus fracassos em fatores externos é o que nos mantém um país estagnado. Imagine se os americanos tivessem essa mesma mentalidade, avisassem a URSS pela explosão da Apollo I e cortassem todos os recursos do projeto em seguida. Será que teriam chego à lua assim?

Antonio Palhares

Quando estiver tudo dando certo.
Alguem. Vindo de algures. Chega e diz. Vamos parar com isso.
Voces precisam disso para quê ?

Andreo Tomaz

Tenho muito respeito pelos cientistas e pesquisadores que estão à frente desse projeto e a todos os cientistas do Brasil. Todos nós sabemos que o ambiente interno não é propício para o desenvolvimento científico, tanto é, que muitos deixam o país; e infelizmente nesse governo de Bolsonaro os investimentos em ciência caíram ainda mais, além dos ataques contra as universidades públicas, que como já é sabido, são as que mais produzem conhecimento no Brasil. No mais, desejo muita sorte a esse projeto e que ele caminhe para frente!!

Salim

Parabéns Aos Envolvidos. Não importa o que ocorrer , estamos criando tecnologia própria e dando passos fortes ao futuro desta aplicação em meios civis e militares. Espero que não parem investimentos e entreguem resultados.

Bispo

As eleições em 2022 podem ditar os recursos que os militares terão, conforme o vencedor.

Para mim visto o histórico do 14-X …o cenário político e nossa crônica defasagem tecnológica(estudo de fluxo hipersônico demanda de modelagem por supercomputadores – o nosso de maior potência, chamado ….Santos Dumont …está na casa dos 5 petaflops …mundo afora há vários com 400 petaflops ) …

Esse teste é mais simbólico que científico.

Last edited 1 mês atrás by Bispo
Adriano Madureira

Duvido muito que o próximo governo que entrar vá se indispor com os militares… Caso seja o PT, eles já estão se articulando com os militares, se reunindo, fazendo visitas e tentando se reaproximar dos militares… Desde 2018,nos bastidores, tal articulação está sendo feita. parlamentares petistas estão formulando políticas públicas voltadas para o segmento e lembrando investimentos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff nas Forças Armadas durante os 13 anos de governo do PT. O partido atuará para filiar representantes do Exército, da Marinha, da Aeronáutica e das polícias militares estaduais. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  avaliou… Read more »

Maximo

Não sei a faixa etaria da galera aqui nos comentários, mas notei entusiastas, piadistas, crédulos e etc Contudo vi bastante relatorios fabricados, para atender uma linha pré determinada que não é abrangente nem profundo, o necessario. No caso de Alcântara se encaixa nesta linha. Era caso de Segurança Nacional, em outros paises citados com de ponta, não se permite com facilidade a entrada de estrangeiros, em uma situação como aquela era pra ter intensificado, a dinâmica da Segurança. Aqui tem mentes brilhantes, tanto pra inventar e construir como pra destruir e desistimular. Estive no simposio de engenharia inercial, e na… Read more »

Rinaldo Nery

Eu, Operações do 2°/6° GAV, às vésperas do lançamento do VLS, fui acionado para encontrar um navio norte americano “de pesquisa”, com inúmeras antenas, que estava em nossa costa, cujo último contato feito por um P-95 havia sido realizado a 84 NM de Natal. Decolei de Anápolis, num R-99, com proa do último ponto de contato. Com uso do sistema MAGE e do FLIR, encontrei o navio próximo a Parnaíba. Recolhi em Fortaleza, e outro P-95 lá, de sobreaviso, decolou e acompanhou o navio até Belém, quando o navio aproou Porto Rico. Salvo melhor juízo, a guiagem inicial do VLS… Read more »

Kornet

Nossa, demorou, mas apareceu alguém nesse site que enxerga a realidade como ela é :americanos e europeus não querem bem ao Brasil.
Mas alguns aqui ainda não estão entendendo a nova guerra fria 2.0

Allan Lemos

Sempre dou risada com essas teorias conspiratórias.

Meu caro, o Brasil fracassou como nação graças aos próprios erros, não por causa dos americanos, dos marcianos ou dos reptilianos.

A realidade é bem mais simples, o Brasil é um país subdesenvolvido, mas não tem problema, há vários como nós ou pior do que nós. Desenvolvimento é para poucos. Lamente-se por ter tido o azar de nascer aqui se quiser mas faça um favor a se mesmo e pare de se alimentar dessas teorias conspiratórias mirabolantes para justificar o fracasso do seu país.

Yuri Dogkove

Brasil vai ter um míssil hipersônico primeiro que o EUA!

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -