terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

Embraer e Pratt & Whitney firmam parceria para o programa de demonstração de voo de combustível de aviação 100% sustentável

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

São José dos Campos – SP, 30 de novembro de 2021 – A Embraer anunciou hoje a assinatura de um memorando de entendimento com a Pratt & Whitney para colaboração nos estudos de Combustível de Aviação 100% Sustentável (SAF, na sigla em inglês).

Equipes técnicas das duas empresas trabalharão em conjunto para definir um plano integrado de testes de solo e voo com uso de 100% de SAF, em uma aeronave E195-E2, da Embraer, com motores GTF.

A iniciativa reflete o compromisso compartilhado da Embraer e da Pratt & Whitney em apoiar as ambiciosas metas ambientais da indústria da aviação, incluindo a meta de atingir zero emissões líquidas de CO2 nos voos até 2050. Juntamente com os esforços para melhorar continuamente a eficiência das aeronaves e dos motores, o SAF desempenha papel importante para a descarbonização das viagens aéreas, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis.

O SAF é produzido a partir de matérias-primas renováveis, como óleo de cozinha usado ou resíduos sólidos urbanos, e podem reduzir as emissões de CO2 do ciclo de vida em até 80%, em comparação com o combustível fóssil para aviação. Hoje, os padrões técnicos elaborados pela ASTM International permitem que as aeronaves operem com SAF em misturas de até 50% com querosene. A colaboração entre fabricantes aeronáuticos (OEMs, na sigla em inglês), fornecedores de combustível e reguladores permitirá que novos padrões certifiquem a operação com 100% SAF.

“Temos o compromisso de aprimorar continuamente a eficiência e o desempenho de nossos produtos e, ao ampliar ainda mais sua compatibilidade com o SAF, possibilitaremos que nossos clientes operem da forma mais sustentável possível”, disse Arjan Meijer, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “A Embraer tem um histórico reconhecido de inovação em combustíveis sustentáveis, o que inclui a primeira aeronave certificada a operar com etanol, em 2004, e a colaboração é um pré-requisito essencial para que nossa indústria alcance nossos objetivos ambientais. Estamos muito satisfeitos com a parceria com a Pratt & Whitney para esta tarefa crítica de possibilitar a operação de aeronaves com 100% SAF.”

GTF PW1100G-JM

“A Pratt & Whitney atua em testes e certificação de SAF há quase duas décadas. Continuaremos estrategicamente a apoiar os testes de voo com 100% SAF para clientes importantes que expandem a aceitação do SAF, incluindo a parceria com a Embraer para testar as aeronaves E-Jets E2 com 100% SAF, como parte de sua meta de emissões líquidas zero para 2050”, disse Graham Webb, Diretor de Sustentabilidade da Pratt & Whitney. “Por meio de nossa busca constante por tecnologias de propulsão de aeronaves mais eficientes, estamos determinados a apoiar nossos clientes a alcançar suas metas de emissões líquidas de CO2 zero até 2050 e garantir que nossos motores estejam prontos para operação com 100% SAF.”

O jato Embraer E195-E2, equipado com motores GTF™ da Pratt & Whitney, oferece mais de 24% em melhoria de eficiência de combustível e emissões mais baixas de CO2 por assento do que a geração anterior do E195. A Pratt & Whitney equipa uma série de outras aeronaves da Embraer, incluindo os jatos executivos das séries Phenom 300 e 100, e a aeronave de transporte militar C-390 Millennium, que usa motores IAE V2500.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde sua fundação, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

11 Comments

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
F1sch4r

Orgulho Nacional!

Saldanha da Gama

Penso o mesmo… Abraços

Joli Le Chat

Seria mais orgulho ainda se a tecnologia de produção do combustível fosse nacional.

Henrique

“O SAF é produzido a partir de matérias-primas renováveis, como óleo de cozinha usado ou resíduos sólidos urbanos,”
.
óleo velho usado pra fritar o pastel de feira e lixo de casa patrocinando a aviação do futuro heheheh

Last edited 1 mês atrás by Henrique
OSEIAS

Eles estão correndo atrás de uma solução não somente pelo apelo ambiental, mas grande verdade que o preço do avigas, representa uma enorme fatia de custos na operação das companhias áreas e uma solução mais barata e ambientalmente responsável é uma grande oportunidade de novos mercados e democratização do uso da aviação, pois reflete diretamente no preço das passagens.

GripenBR

Ainda bem que fagocitose pela boeing da Embratel deu errado! Parabéns a Embraer.

Veiga 104

Boa tarde a todos. Aproveito a matéria para fazer pergunta em relação aos últimos acontecimentos de acidentes aéreos. Li a algum tempo atrás ações policiais para combater a adulteração de combustível de aviação. Pergunto se em acidentes aéreos o combustível da aeronave é analisado e a quem cabe a fiscalização dos locais de abastecimento? Mas deixo bem claro que a pergunta é sobre adulteração de combustível. A matéria do site é outro assunto. Obrigado.

gordo

A coisa é seria a ponto de empresas como a Embraer estarem entrando nesse mercado, seja por uma oportunidade, seja por acreditar que realmente é nescessário mudar. A tal economia verde vem chegando e irá impor grandes desafios para países em desenvolvimento que estão sob o risco de ficarem isolados, por sanções privadas como a que redes de supermercados fazem principalmente na Europa ou por sanções oficiais de governos. Seja quem for o próximo governo vai ter um rojão nas mãos para segurar porque a pressão não vai ser pequena.

Matheus

Tomara o quinto KC-390 esteja indo pra casa.

Screenshot_20211130-171612.png
Nonato

Afinal de contas
Funciona ou não?
Se funciona, pque ainda estão testando?
A PW disse que pesquisa com esse combustível há 20 anos…
Qual a homogeneidade de um combustível feito de matérias primas as mais diversas possíveis?
Lixo?
Óleo de soja, muito ou pouco queimado?
O motor é tipo flex que funciona com qualquer mistura?

Fernando EMB

Mais uma vez um zilhão de perguntas… Preguiça de responder….

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -