segunda-feira, novembro 29, 2021

Gripen para o Brasil

Falha no último teste de arma hipersônica dos EUA

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

(CNN) – Os EUA sofreram um revés na corrida com a China e a Rússia para desenvolver armas hipersônicas quando seu último teste falhou, disse o Pentágono em um comunicado na quinta-feira.

Um booster stack, que é o foguete usado para acelerar o projétil a velocidades hipersônicas, falhou e o teste do projétil, o corpo de planeio hipersônico, não pôde prosseguir, disse o comunicado.

Como o foguete falhou, o Pentágono não foi capaz de testar o corpo planador hipersônico, que é o principal componente necessário para desenvolver uma arma hipersônica.

As autoridades começaram uma revisão do teste, que aconteceu quinta-feira no complexo do porto espacial do Pacífico em Kodiak, Alasca, para entender a causa da falha do propulsor.

“Experimentos e testes – bem ou malsucedidos – são a espinha dorsal do desenvolvimento de tecnologias críticas e altamente complexas em uma velocidade tremenda, como o departamento está fazendo com as tecnologias hipersônicas”, disse o capitão-tenente Tim Gorman, porta-voz do Pentágono, em comunicado.

Os Estados Unidos estão atrás da Rússia e da China no desenvolvimento de armas hipersônicas, com Austrália, França e Índia

O Pentágono fez do desenvolvimento de armas hipersônicas uma de suas principais prioridades, especialmente porque a China e a Rússia estão trabalhando para desenvolver suas próprias versões. A falha é mais um golpe para o esforço dos EUA após um teste falho em abril e vem dias depois de ter sido relatado que a China havia testado com sucesso um veículo planador hipersônico.

Viajando a Mach 5 ou mais rápido, as armas hipersônicas são difíceis de detectar, representando um desafio para os sistemas de defesa contra mísseis. Os mísseis hipersônicos podem viajar em uma trajetória muito mais baixa do que os mísseis balísticos de alto arco, que podem ser facilmente detectáveis. A arma hipersônica também pode manobrar e escapar dos sistemas de defesa antimísseis.

Informes de teste bem-sucedido chinês e russo

No fim de semana, o Financial Times relatou que a China testou com sucesso um veículo planador hipersônico capaz de transportar uma arma nuclear. Eles relataram que o veículo planador foi lançado de um sistema de bombardeio orbital. Embora a China tenha negado o informe, dizendo na segunda-feira que o teste foi um “experimento de veículo espacial de rotina.

Oficiais de defesa dizem que estão particularmente preocupados com o desenvolvimento de capacidades hipersônicas da China, porque isso permitiria a Pequim lançar um ataque sobre o Pólo Sul, evitando as defesas de mísseis dos EUA, que geralmente são voltadas para mísseis que vêm do Pólo Norte.

Duas semanas atrás, a Rússia afirmou ter testado com sucesso um míssil hipersônico lançado por submarino pela primeira vez, apelidado de Tsirkon. No início deste verão, a Rússia disse que havia disparado o mesmo míssil de um navio de guerra.

Lançamento do Tsirkon (ou Zircon) pela Marinha Russa

No entanto, o Pentágono insiste que continua no caminho certo para entregar armas hipersônicas ofensivas no início da década de 2020, uma linha do tempo que parece mais urgente com os avanços na tecnologia hipersônica demonstrados pelos russos e chineses.

“Este teste de voo é parte de uma série contínua de testes à medida que continuamos a desenvolver essa tecnologia”, disse Gorman.

O teste falhado de um corpo planador hipersônico ocorreu depois que a Marinha e o Exército conduziram uma série de testes de medição hipersônica bem-sucedidos, destacando a prioridade do Pentágono de pesquisar e testar rapidamente o sistema de armas. Os três testes de sondagem conjuntos foram projetados para coletar dados e realizar experimentos hipersônicos de parceiros do DoD envolvidos no desenvolvimento de armas avançadas.

“Esses lançamentos permitem oportunidades de testes de voo frequentes e regulares para apoiar o rápido amadurecimento das tecnologias hipersônicas ofensivas e defensivas”, disse a Marinha em um comunicado sobre os testes.

Esses testes, realizados no Wallops Flight Facility da NASA na costa leste da Virgínia, fornecem dados para o desenvolvimento das armas hipersônicas das forças armadas, incluindo o Conventional Prompt Strike da Marinha e a Long Range Hypersonic Weapon do Exército.

Os EUA estão se concentrando em armas hipersônicas convencionais baseadas em navios, plataformas terrestres e aéreas.

Em abril, o programa de mísseis hipersônicos da Força Aérea sofreu um revés ao deixar de ser lançado de um B-52. Em vez disso, a Arma de Resposta Rápida (ARRW) lançada do ar AGM-183A permaneceu na aeronave.

B-52 transportando o ARRW

AGM-183A ARRW

Glider rumo ao alvo

Gliders hipersônicos dos EUA

FONTE: CNN

- Advertisement -

133 Comments

Subscribe
Notify of
guest
133 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
737-800RJ

Vou falar o mesmo que falei quando um míssil Kalibr falhou no início do ano em testes pela Marinha Russa:
Faz parte e segue o jogo!
Fiquei sabendo que estamos tendo problemas também com a instalação do motor do AV-TM 300 Matador. O mesmo se aplica:
Faz parte. Segue o jogo!
Só acerta quem tenta!

Antoniokings

Só que enquanto os EUA patinam nessa área, os inimigos já estão avançando em outras.
Notícias dão conta que russos estão instalando ‘nesting dolls’ no espaço e chineses já estão testando novas classes de armas também no espaço.

avalanchenoticias.com.br/espaco/china-testa-armas-anti-satelite-ultraprecisas-e-secretas/

militarywatchmagazine.com/article/russia-sats-attack-US-assets-claim

Chris

Inimigos ? Volta pro chão, Antonio !

Basta meia dúzia de armas nucleares, com a Coreia do Norte tem, e ninguém mexe com você.

Esse é um jogo… Onde nesse momento mesmo, tem armas escondidas pelos 4 cantos do planeta… Tem submarinos que podem ate estar do seu lado nesse momento, prontos pra te atacar. Outros podem ate cair do céu. E basta um atingir seu alvo, pra causar perdas irreparáveis ou até seu fim.

A vida real não é um video-game.

Last edited 1 mês atrás by Chris
Bosco

737, Há uma diferença crucial entre os programas hipersônicos americanos e os russos e chineses. Estes foram criados para desenvolver mísseis capazes de se contrapor ao sistema defensivo americano enquanto o contrário não é verdade. Ou seja, quem tem que “pular” no caso são os russos e chineses porque do lado americano o uso será marginal. Como são para funções diversas na verdade essa “corrida” aos hipersônicos não configura de fato uma corrida. No caso dos americanos é só questão de ego ferido. Eles não querem ficar atrás mas a finalidade é marginal. E isso fica claro quando analisamos o… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bosco
737-800RJ

Obrigado pela explicação, Bosco! Sempre didático!

JBS

Bosco

Obrigado por se manter aqui – faz da forma atual – ignora o Tonho, e outros – a imensa maioria, deseja os seus comentários, e vem aqui, para te ler.

Saudações

horatio nelson

bosco agrega muito,de fato.

Chris

A ideologia política do Tonho… Chega ao ponto de cegá-lo completamente.

Provavelmente ele nem sequer perceba que até defende a ideia de que vários países do mundo sejam destruídos.

Se essa é a cara do comunismo… As pessoas vão tentar é visto pros EUA.

E o pior… É que faz isso usando Windows, Android, etc… Ou seja, parece muito mais uma questão de querer só chamar a atenção, nem que seja pela enxurrada de deslikes que geralmente leva.

Last edited 1 mês atrás by Chris
Bosco

E mesmo essa capacidade de escapar às defesas é relativo à defesa contra mísseis balísticos que empregam interceptadores exoatmosféricos, ou seja, que atuam no espaço, na fase intermediária. A solução óbvia é fugir do espaço e é isso que os hipersônicos fazem. Na fase intermediária eles voam mais alto que a maioria dos atuais sistemas AA de grande altitude e por isso ainda se colocam fora de alcance mas já se discute a vulnerabilidade deles na fase terminal quando mergulham contra o alvo. Em se comprovando essa vulnerabilidade talvez todo o conceito de utilizar hipersônicos para impossibilitar a defesa se… Read more »

Cristiano de Aquino Campos

Más na fase terminal que você se refere e indo direto ao impacto no alvo. Lembrar que a vantagem desses mísseis e ser manobravél ao contrário dos balísticos.
Ou seja quando ele estiver chegando no alvo, se a ogiva for uma de 100k, já era a cidade alvo.
A distância de engajamento de um míssil hipersônico planador e menor que um balísticos.
Quanto a suposta deficiência das defesas Russas e Chinesas, se elas são tão ridículas, porquê os EUA inventaram os caças de 5°geração?

Andre

Foi o advento dos aviões stealth, há mais de 30 anos, que tornou as defesas deles ridículas.

O f117 fez centenas de surtidas para um único abate.

Bosco

Cristiano, Como é bom dialogar com alguém que entende o que a gente escreve e não adota o método da “falácia do espantalho” e não obriga o interlocutor a começar a réplica com “eu não disse isso”. Em relação a um ataque nuclear balístico, como já me referi em outros momentos os americanos parecem ter alguma competência em se defenderem haja vista a movimentação dos russos e chineses em criar métodos de entrega não espaciais. Lembrando antes que a maior defesa contra ataque nuclear é a doutrina MAD e não qualquer tipo de arma defensiva em especial. Como as potências… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bosco
Bosco

Só pra deixar claro a fase terminal de um míssil que adota o conceito boost-glide é quando ele sai da fase de “glide” e deixa de quicar na atmosfera pra trocar velocidade por altitude/alcance e mergulha em direção ao alvo até o impacto. Nessa fase ele não manobra já que se quer por em direção ao alvo e qualquer manobra corretiva implementada pelo sistema de orientação é de pequena amplitude e passível de ser compensada por um míssil sup/ar . O THAAD atua de 40 km pra cima, o SM-6 e o PAC-3 MSE de 30 km pra baixo. *Um… Read more »

Bosco

Uma vantagem do Avangard é que como ele só possibilita (??) a defesa na fase terminal (por enquanto e pelos próximos 10 ou 15 anos) ficando imune da fase intermediária (de glide) para se defender os EUA teria que ter centenas de sistemas de defesa protegendo os possíveis alvos de alto valor .
Já sistemas de interceptação exoatmosféricos são capazes de proteger imensas áreas, até o país inteiro no caso do GBI.

Bosco

Um bom artigo para quem gosta de informações tecnicamente embasadas em vez de se focar na mídia leiga e na opinião de militares americanos de alta patente.
https://www.ucsusa.org/sites/default/files/2021-04/slowing-the-hypersonic-arms-race.pdf

Carlos santo

Mestre Bosco. Quais informações vc tem sobre essa tecnologia russa, da nesting dolls, na verdade os satélites russos da série cosmos 2542 e 2543, que segundo dizem pode hackear os satélite espiões americanos?

Carlos santo

Segundo tão divulgando por aí, o satélite russo se divide em 2, e fica conferindo o que os satélites americanos, especialmente o USA-245 anda fazendo.

Bosco

Não sei muito sobre isso além das informações que foram divulgadas.
A maior implicação tem a ver com a possibilidade de mais um tratado dançar , no caso o que proíbe instalação de armas no espaço. E aí o céu é o limite.
Mas nesse os russos não são culpados porque há forte suspeitas do sistema reutilizavel X37 ser uma arma ASAT e dos americanos já terem burlado o tratado há muito tempo.

Inimigo do Estado

Kkkkkkkkkk conta a piada da sogra agora.

Os EUA estão investindo por que sabem que tais armamentos serão indispensáveis no futuro, já que os computadores que calculam as coordenadas dos alvos para as defesas atuais estão cada vez mais rápidos, e mais precisos para alvos com capacidade stealth, além da ameaça do laser como defesa. Então para suplantar essas defesas as armas do futuro terão que ser ainda mais rápidas.

Larga esse teu catálogo dos anos 80, ele já está ultrapassado. Já te disse que te mando um novo, presente de Natal!

sergio

Exatamente o que sempre falei, os Americanos Acreditam que o futuro da guerra esta nas armas de energia dirigida, e não em misses hipersônicos, basta ver a quantidade de projetos de armas de energia, e o de misses hipersônicos, esse projeto e só para imprensa ver, nada mais.

Allan Lemos

O Matador não estava em fase final de desenvolvimento e iria entrar em produção em breve? Pelo menos era o que diziam todas as matérias sobre esse míssil que apareceram nos últimos 10 anos.

Sincero Brasileiro da Silva

O Kalibr já está operacional, e não em desenvolvimento, como seu comentário induz! O Kalibr é um míssil supersônico, e não hipersônico! A falha se deu na tentativa de lançá-lo de um navio construído na época soviética.

Bosco

Sincero,
Ele não citou a velocidade do míssil em questão e essa informação em nada tem a ver com a mensagem que o 737 quis passar.
*Só de curiosidade o Kalibr que falhou recentemente foi a versão subsônica lançada de navio (3M14T).

Antoniokings

Como esperado.
Os EUA estão muito atrasados nessa área e não estão conseguindo tirar a diferença com relação à Russia e China.

Mensageiro

Muito atrasado é o seu país Brasil. Lute por ele invés de ficar lambendo russo chinas ou criticando os EUA em todo comentário. Já deu.

SteelWing

falou o “patriota” babão de norte americano, que sempre que possível sabota e espiona o Brasil.

100nick-Elã

Muito atrasado é o seu país, Brasil. Lute por ele ao invés de ficar lambendo americano e criticando Rússia e China em todo comentário. Jà deu.

Antoniokings

Pô!
Com o dólar quase a R$ 6,00, tá difícil ir até à esquina.
kkkkkk

SDS

Slow

Fatality 😂😂

Flanker

Olha o papagaio de pirata……

Flanker

O que tu quer com dólar?? Compra yuan…..ou rublos….

Antoniokings

Vou comprar.
E será o digital.
Fácil de comprar e de utilizar.
Aliás, o primeiro País do Mundo a implantar uma moeda totalmente digital.
E o Brasil deve se acostumar com seu uso, visto que dentro em breve deverá ser utilizado nas operações de importação de exportação com a China.
Sabe como é, né?
É o nosso maior parceiro comercial e dependemos totalmente dela.

Flanker

Então? Por que te preocupa o dólar a 6 reais?

Antoniokings

Vc entende a expressão ‘dentro em breve’?
Ademais, o petróleo ainda segue os pagamentos em dólares.
E isso encarece bastante os produtos importados.
Herança da época dos petrodólares que logo diminuirá bastante.
Façamos ‘figa’.

Flanker

Vai viajar….vaza….compra yuan em espécie mesmo e seja feliz…..ão precisa esperar o digital…..vade retro…..huehuehue

Antoniokings

O quê?
E perder o espetáculo de ver vcs arrancando os cabelos?
Nananinanão.
Sou jovem.
Posso esperar bastante.
kkkkkkkkk

Flanker

Eu? Arrancando os cabelos? Com o que?? Também sou jovem….até mais do que tu…..e eu vou assistir o primeiro espetáculo no ano que vem……quando nenhum dos dois líderes extremistas vai ganhar bost@ nenhuma……hehehehehe

Realista

” Se fizermos muita besteira o dólar vai 5 reais ”

Graças ao dólar esse preço gasolina está em media 7 reais ..

Não te preocupa nada ?

Flanker

A frase entre aspas que vc colocou, não é minha!!
O dólar, nos patamares atuais, é claro que me preocupa. O que eu escrevi foi em relação ao xings…….ele é chinês, então para ele, o que interessa é o yuan.. ….volta um pouquinho nos comentários que tu vai entender.

Bosco

Flanker, Esse é o grande problema de discussões na internet onde os interlocutores adotam a tática da falácia do espantalho que obriga o outro a perder tempo com argumentos para defender ou atacar um ponto que não foi ele que disse. Esse aí é um exemplo clássico. O Realista te pergunta se a alta do dólar não te preocupa como se você tivesse dito isso e olha o resultado. Você perdeu tempo. Acima o Sincero Brasileiro da Silva faz um comentário totalmente “espantalho” acerca do comentário do 737 e desvirtua todo o contexto. Ainda bem que o 737 é um… Read more »

Flanker

É bem assim, mesmo…..cambada de descerebrados……1984 e sua história nunca foi tão atual……..

Inimigo do Estado

Eu me preocupo: enchi os bolsos esta semana, vlw Paulo Guedes, Bolsonaro, amo vocês!

Se continuar desse jeito vou trocar o c63 por uma Ferrari.

Flanker

Oh, inteligente…….Leia o contexto do que eu escrevi e por que eu rscrevi…….depois, da teus palpites analisados.. ….e tu vai andar de ferrari no sitio? No meio do mato? Ora, ve se te enxerga, vinagre……

Inimigo do Estado

Não sei que sítio é esse que eu moro, só se for na tua cabeça cheia de alucinógeno. Moro em condomínio, a empresa que é uma fazenda, e para ir para lá eu uso as pick-ups de lá.

Flanker

É essa “fazenda” que é teu sítio……o que seria uma “fazenda” aí onde tu mora? Quantas quadras de campo ou quadras de sesmaria? Quantos hectares?

Inimigo do Estado

1.120 hectares. Sesmaria, que século tu vive?

Flanker

Olha, área de terra tem um monte de maneiras de se quantificar, calcular e medir…….só de alqueire, tem uns 4 ou 5 tipos. Mas, aqui no RS se usa muito a quadra ou quadra de campo ou quadra de sesmaria….que equivalem a 87 hectares……aqui, fazendeiros com 30…40…60….100 quadras é mais que comum.
1120 hectares?….hummm……sofrível….razoável……

Bosco

A falha não foi relativa a nenhuma das armas apresentadas nas fotos. Há informação que os EUA estão desenvolvendo cerca de 20 projetos relativos à armas hipersônicas, inclusive projétil de 155 mm de obuseiro.
Os programas objetivos dos EUA em relação a mísseis hipersônicos ofensivos são:
Conceito HGV:
LRWH/CPS: USA/USN
AGM-183 ARRW: USAF

Conceito semibalístico:
SM-6 Block IB – USN/USA

Não foi nenhum desses que teve essa falha divulgada.

carcara_br

estão errado justo no feijão com arroz? a propulsão de foguete e mísseis não é novidade para a indústria americana, e o jeito que fazem questão absoluta de noticiar isso, sei não tem caroço nesse angu.

Antoniokings

carcara_br

Os conceitos básicos podem ser os mesmos, mas a evolução de projetos e materiais continua avançando.
Fazendo uma comparação com a Fórmula 1.
Porque um carro campeão de um ano, muitas vezes não repete as vitórias no ano seguinte?
Claro que ele é muito parecido com o anterior, mas a concorrência avançou mais e sobrepujou-o.
E é assim em todos os setores industriais, civis e militares.

carcara_br

Basta não reinventar a roda e usar os recursos disponíveis. Estão esbanjando, ou seriam vítimas da própria indústria militar?

Antoniokings

Como eu escrevi abaixo.
Russos já estão lançando mísseis hipersônicos de seus submarinos enquanto os EUA patinam nos estágios iniciais de desenvolvimento.

Teropode

Divagações inertes ! Assuntos que envolve exatas eh assuntos pra poucos , sugiro que permaneça no corta e cola e nos palpites políticos ( que não exige sapiência por se tratar de algo elementar e cheio de variáveis ). Um conselho de amigo !

Antoniokings

Como vc não parece ser meu amigo, recuso seu conselho.
Sem traumas.
rsrsrs

Flanker

Então continua sendo motivo de piada, deboche e riso dos outros…pra mim, que tb não sou teu amigo, tá sendo muito legal!! Me divirto muito com tuas pérolas!!! Tem patologias psiquiátricas em que todo mundo nota a doença do individuo….menos ele próprio!! Ele tem certeza absoluta de que tudo que pensa, fala, escreve e opina são a verdade absoluta…..e, não por coincidencia, esse é o teu perfil!! Sem tirar nem pôr!! Ser negativado aqui na Trilogia é algo que todos já passaram….e, em “doses normais” é até positivo, mas dependendo do grau de negativações, e um sinal de que algo… Read more »

Antoniokings

Eu ficaria realmente preocupado se vc positivasse meus comentários.

Diego

O campeonato ainda não terminou, mas já estão comemorando (rs…). Será que não conhecem aquele ditado popular? “Quem tem pressa come cru!” Nunca é demais recordar: os russos conseguiram lançaram o Sputnik e o astronauta Gagarin no espaço, uma façanha incrível. No entanto, no final, quem venceu a corrida espacial foram os EUA com Armostrong e Buzz no Apolo 11. Enfim, essa dianteira na tecnologia dos mísseis hipersônicos não significa nada, pois o que importa ainda não foi comprovado, isto é, russos e chineses não provaram ainda se conseguem acertar uma embarcação se movendo em alta velocidade. Realidade nua e… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Diego
Antoniokings

Tempos outros.
Estamos no Século XXI.
E a bola do jogo não está mais com os EUA.

Augusto L

O foguete americano é um pouco mais complexo. O intuito é não sair da atmosfera para começar a planar fazendo o missil ser mais furtivo, diferente dos conceitos chineses e russos que chegam a sair e ter reentrada que é justamente quando começam a planar. Outro ponto é que desde de o fim da guerra fria os EUA não desenvolvem um foguete de medio a longo alcance. Quanto a tecnologia hipersônica em si, acredito que já estão mais avançados tanto nos HGV quanto aos HCM do que os concorrentes visto que ja tinham projetos desde da década de 2000. Inclusive… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Augusto L
Bosco

Augusto, Só de curiosidade, já li estimativas de que o HGV do ARRW AGM-183A pesa na faixa de 60 kg. Ou seja, quase do tamanho de um obus de 155 mm. Fazer isso funcionar é um pouco mais complexo que fazer um Avangard de 2 t funcionar ou por exemplo, aquele DF-17 com aquele HGV gigantesco. O problema dessa corrida é que a China e a Rússia estão na frente mas é como se uma corrida dos 100 metros das Olimpíadas fosse disputada com cada corredor em seu país e o dos EUA sendo visto ao vivo por todo o… Read more »

Vinicius Momesso

Aí eu te pergunto: você gostaria de estar vivo para ver o “teste real” do SM-6 contra os mísseis russos e chineses?

Bosco

Carcara, Essa “corrida” aos hipersônicos virou de fato uma “corrida à Lua” como se viu na Guerra Fria. As armas em questão serão úteis mas a corrida em si tem só função de marcar território, troféu ideológico, emblemática. Só querem poder dizer que o “meu é maior que o seu”. No final não interessa quem chegou primeiro , não haverá guerra e dará tempo ao que chegar em segundo ter o seu quinhão. Daqui 10 anos uns 10 países os terão. Teve algumas corridas após a SGM que foram altamente relevantes e longe de serem só “emblemáticas” tinham um real… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bosco
rui mendes

Muitas dessas corridas ganhas, foram com uma grande , mas grande mesmo, ´´ajuda da Alemanha nazi.

Bosco

Rui,
Mas os russos também tiveram e… ficaram em segundo.
Independente disso o fato é que o coração mole e generoso dos americanos falou mais alto e ele pouparam a vida dos cientistas nazis, livraram eles da forca e ainda por cima deram trabalho , casa , comida e roupa lavada.
E parafraseando um colega aqui da Trilogia sobre o fato dos chineses se apropriarem indevidamente de tecnologia ocidental, “não importa a cor do gato, importa que ele coma o rato.”

Inimigo do Estado

Hahahahahhaahhahahahahahahahahaha

Está querendo me dizer que EUA, Rússia e China estão investindo numa arma só para dizer que o p* deles é maior?

Cara já te disse para largar esse catálogo velho, ele não serve mais para mostrar a atual conjuntura das coisas.

Guacamole

Me lembro de uns testes de um míssil tipo waverider do Brasil chamado 14-X de uma anos atrás.
Pelo visto, mais um projeto que foi abandonado.

olivete da silva

O nosso Brazilllllllllllllll….também esta correndo atraz da tecnologia…mas a tecnologia reversa..é claro…se cair por aqui..nos desmontamos..e fizemos….a tec…reversa…cortaram a verba da ciência e tecnologia..o negocio e rezar para cair no nosso mar…..pais das bananas…pais de bos….t.

Antoniokings

E os russos já estão lançando os mísseis hipersônicos Zircon através de submarinos.
Já é uma evolução da ‘guerra hipersônica’.

militarywatchmagazine.com/article/russia-mach-9-cruise-missiles-ocean-subs

Teropode

Fale sobre as vantagens disto ?

Antoniokings

Como eu tenho sangue inglês, adoro as ironias.
Principalmente as mórbidas.

Teropode

Tá mas , ainda não citou as vantagens de-se lançar por Submarinos 🤔🤔🤔🤔, foi só o corta e cola mesmo 🤫

Flanker

Teropode, essa daí é só control-C/control-V…….um amontoado de clichês, propagamdo e zero conteúdo……quem lê um comentário dele, lê todos…..

Mensageiro

O nosso 14x era pra essa finalidade?

Allan Lemos

Não. O objetivo dele era testar a tecnologia de motores scramjets. O Brasil jamais teria dinheiro, conhecimento técnico ou vontade política para sequer sonhar em desenvolver um hypersonic glide vehicle.

Adriano Madureira

Principalmente vontade política ! Aqui projetos de estado são fadados ao fracasso…

Slow

O melhor é os fãs cada hora inventando uma justificativa pra amenizar a falha 😂😂😂

Last edited 1 mês atrás by Slow
Teropode

Tudo que foi dito pelo fan pode ser comprovado em várias sites de língua e inclusive russa.

Slow

Inclusive que falhou ..

Teropode

Sim

Antoniokings

Daqui a pouco vão falar que o melhor é o ‘míssil tartaruga’.
Porque ‘devagar se vai ao longe’.
kkkkk

Slow

“ os últimos serão os primeiros “ 😂😂😂

Nostra

From the US hypersonic gliders pic posted above , the bottom one bears functional similarities to DRDO A1-P MaRV vehicle

Gliders.png
Last edited 1 mês atrás by Nostra
Nostra

Near similar form factor & functionalities with conical re-entry vehicle with blunt nose tip and 4 all moving high temperature titanium alloys fins for aero control post re-entry with close looped guidance

AddText_10-23-12.50.52.jpg
Last edited 1 mês atrás by Nostra
Kaziranga

Acredito que os mesmos autores de uma pesquisa feita nos EUA recentemente (2018 ou 2017, nao recordo plenamente) afirmando que os EUA e o Reino Unido eram ,com sobras, os dois países mais preparados para enfrentar uma pandemia, devem ser aqueles que publicam a lista das melhores universidades do mundo. Pois de cada 100 melhores, parece que 101 são americanas ou britânicas. Mesmo assim, os russos já desenvolveram o kinzhal e o avanguard, com o zirkon em fase final de teste, os chinas possuindo um em operação e outros chegando brevemente. Encontrar uma universidade russa ou chinesa entre as melhores… Read more »

Antoniokings

Herança de décadas de domínio anglo-americano.
Mas, como tudo que é bom dura pouco (para eles) isso está acabando.
Vale lembrar que em questão de períodos históricos, algumas décadas seriam segundos.

Quer mais um exemplo da decadência americana e avanço chinês/russo?
Dia 18 de outubro agora, Cuba assinou sua entrada na Iniciativa Belt & Road chinesa.
Mais uma preocupação, e essa das grandes, para os EUA.

Hcosta

Realmente, Cuba é uma grande vitória. Depois destes anos todos sendo um grande aliado dos EUA decidiu mudar de lado….
Daqui a pouco vai dizer que a Venezuela também se vai aliar aos Russos….

Os seus argumentos já foram mais de melhor qualidade.

E por falar em investigação científica, que grande sucesso a vacina russa da Covid. Era tão boa e foi das primeiras a estarem disponíveis. Nem foi preciso roubar a fórmula (ironia).
Se gastassem dinheiro a desenvolver o país…

Matheus S

Vale destacar que o Irã é um membro observador do SCO e daqui a dois anos estarão se tornando um membro pleno da organização e o PIB da China continental(incluindo Hong Kong e Macau) nesse momento já é maior do que a UE, em torno de US$17,3 trilhões, a diferença entre o PIB nominal agora é de US$5 trilhões em relação aos EUA.

Antoniokings

Matheus S

Perfeito.

Matheus S
Flanker

A cada dia que passa tu está mais doente……kkkkkkkkkkkkkk
Cuba, a superpotência hegemônica do Caribe……cara, tu não tem desconfiõmetro????

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Antoniokings

Cuba não é superpotência hegemônica, mas uma base militar chinesa lá vai ajudá-la bastante a ‘se desenvolver’.
Raciocina, rapaz!

Flanker

Mas, era isso que eu queria que tu dissesse!! E tu acredita que isso vai acontecer?? Se acredita, é mais doente do que se imagina!!
Quem não raciocina é tu….

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Antoniokings

Russos e iranianos já estão na Venezuela.
Nada mais natural que chineses e russos comecem a se instalar em Cuba.
Russos já estão, muito provavelmente.
Agora, os chineses estão chegando, inicialmente para reconstruir a infraestrutura da Ilha, principalmente o setor de transportes.
Querendo os americanos ou não.
Querendo o ‘Flanker’ ou não.
Como eu disse, novos tempos chegaram.
Melhor se acostumar.

Flanker

Os russos já implantaram a base militar deles na Venezuela, com equipamentos, aeronaves, mísseis estratégicos, etc????
Técnicos de manutenção dos equipamentos vendidos, mercenários, etc….é uma coisa. Instalar uma base russa, iraniana ou chinesa, com equipamentos e homens das Forças regulares, é outra bem diferente!!
Aprenda a ler e interpretar orações simples……..teu problema é que tu come bost@ e quer arrotar caviar….
E não é porque eu queira ou deixe de querer…….o dia que os países que tu citou, intalarem bases militares em Cuba, o troço vai complicar!!

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Hcosta

E de que forma uma base militar Chinesa vai contribuir para o desenvolvimento de Cuba?
Tal como a base Russa vai transformar por completo a Venezuela…

Antoniokings

Apenas para assegurar os interesses chineses na região, visto que Cuba acabou de assinar seu ingresso na Iniciativa Belt & Road.
Como dito acima, inicialmente, os chineses reconstruirão a infraestrutura de transportes da Ilha.
E muito provavelmente serão os operadores dessas instalações.
Portanto, nada mais natural do que protegerem os seus investimentos.

Hcosta

Acha que sim? O que Cuba tem para oferecer aos Chineses? Em África com as terras raras ainda se compreende…

Antoniokings

O que Cuba tem a oferecer?
Produtos primários e um gigantesco desconforto para os EUA.

Flanker

Volto a te perguntar: tu acha que os EUA vão assistir a china implantar uma base militar própria em Cuba e vão ficar parados? Ora, use teus 2 neurônios.. ..

Bosco

Provavelmente a metodologia está corrompida. Talvez uma maneira de melhor averiguar a lisura dessa pesquisa acerca das melhores universidades do mundo seja incluir a quantidade de alunos estrangeiros.
Provavelmente há milhares de alunos americanos nas universidades chinesas , em quantidade muito maior que a de chineses nos EUA.

NashArrow

Olá Bosco. Os principais rankings universitários usados nos EUA possuem uma boa metodologia para classificar as Universidades… e sim, a grosso modo o nível de internacionalização pesa muito, porém, se não me engano o que mais pesa são as publicações. Sobre seu último comentário, se olhar os alunos que são PhD Student/Candidate das principais Universidades Americanas (Ivy League, MIT, Duke, NYU, Notre Dame, UCLA, UC Berkeley, Stanford, Northwestern, Chicago, etc.) vai ver que em praticamente todas há mais estrangeiros que americanos; apesar da fama dos indianos, ultimamente o que mais se vê são franceses, alemães, italianos, russos, ucranianos, vietnamitas, suecos… Read more »

Bosco

Nash,
Valeu pela informações!
Só um adendo, meu comentário foi meio que em tom de ironia. rsss
Um abraço.

Frederick

Ué? E os chineses? Só no MIT representam 1/4 da população de alunos estrangeiros.

E, andando pelos corredores, causa a impressão de ser mais.

O contrário não ocorre. Na Universidade de Sichuan, em Chengdu, só notei americanos, ou anglo-saxões, nos departamentos de línguas. Vi muito colaborador técnico alemão.

Antoniokings

Durante décadas, os americanos se valeram desse expediente. Atrair cérebros estrangeiros para impulsionar as pesquisas científicas. exame.com/carreira/tatica-dos-eua-de-atrair-cerebros-inclui-visto-bem-mais-barato/ Até hoje isso acontece, visto a quantidade nesse ano de 2021 de laureados com o Nobel que são estrangeiros que trabalham em Universidades americanas. Só que isso vem mudando há algum tempo, pois diversos países estão oferecendo boas condições de trabalho. Até a China entrou nesse esquema. valor.globo.com/empresas/noticia/2020/11/27/china-atrai-crebros-americanos-do-design-de-chips-para-quebrar-hegemonia-dos-eua.ghtml A China investe US $ 1,4 trilhão e atrai os principais engenheiros da TSMC em uma tentativa de ultrapassar os EUA na fabricação de chipstech-pt.netlify.app/articles/pt519200/index.html E é assim. Nessa área, acredite, também circula dinheiro e… Read more »

Nilton L Junior

Combina com Russos e Chineses pra ver se eles acreditam.

Yuri Dogkove

Na próxima, combinem com os russos…

Yuri Dogkove

Como diz Rauzito: “Tente outra vez…” Quem sabe em 2030 eles consigam…

Yuri Dogkove

Que pena!

Yuri Dogkove

Fico triste com uma notícia dessa!

Diego

Se a tecnologia dos mísseis hipersônicos no futuro for capaz de afundar navios em movimento, só sei de uma coisa: os chineses estarão ferrado! Por quê? Oras, quem precisa e sonha desembarcar nas praias de Taiwan não são os americanos, mas o ditador chinês e sua trupe de fuzileiros navais, e para que isso possa ser plenamente realizável, os navios anfíbios da marinha chinesa não podem ser afundados no meio do caminho por mísseis hipersônicos americanos, já que, os EUA também estão desenvolvendo este tipo de míssil. Alias, os americanos nem precisam usar seus porta aviões, basta que eles consigam… Read more »

Hcosta

É para isso que servem os porta aviões, fragatas, submarinos, etc… Para manter esses bombardeiros longe. Antes de atacar Taiwan, atacam Guam, a não ser que tenham a certeza que não vão intervir.

Allan Lemos

Você acha que a China atacaria Guam e depois Taiwan? Que viagem.

Hcosta

Sim, não tem lógica atacar a base para bombardeiros e submarinos?
Isto no cenário de guerra entre a China e os EUA. Certamente não andam a desenvolver misseis com milhares de km’s de alcance para atacarem Taiwan.

Last edited 1 mês atrás by Hcosta
Allan Lemos

Mas o Diego não estava falando em um cenário de guerra EUA x China, ele se referia à hipótese da China invadir Taiwan. Nesse caso seria um suicídio atacar preventivamente a maior potência militar do planeta, só para que esta não interfira na invasão da ilha. Se for para fazer isso, então a China teria que também atacar as bases no Japão, na Coreia do Sul e nas Filipinas, e na verdade nem isso neutralizaria completamente os B-52. Durante a Guerra do Golfo, eles decolaram da base de Barksdale, lançaram os mísseis contra ao Iraque e depois voltaram para a… Read more »

Hcosta

Pelo que percebi, está a falar do contra ataque Americano. Essas bases em países estrangeiros precisam da autorização desse país o que não implica um ataque a esses mesmos países. Mas para criarem uma defesa AA, a China tem de ampliar o seu perímetro de defesa e sem neutralizar Guam não consegue fazer isso. E esses B-52 precisam de cobertura aérea e reabastecimento. Tal como os navios. Sem Guam fica muito mais difícil para os EUA sustentar uma força aeronaval na região. Ainda tem o Havai, Samoa, Austrália, Alasca, etc… mas Guam está muito mais perto. Por algum motivo é… Read more »

Allan Lemos

Quando esses mísseis estiverem operacionais, dificilmente os EUA os venderão a Taiwan. Mas se você se refere à possibilidade dos próprios EUA os dispararem, então ela é ainda mais improvável por se tratar de uma agressão a um Estado nuclear.

De todo modo, a China não invadirá Taiwan, só fanáticos acreditam que essa possibilidade é factível.

Veiga 104

É só mandar o Tom Cruise e a equipe do Missão impossível pra Rússia e roubar o projeto deles.

Bosco

Parece haver confusão de alguns em relação às armas hipersônicas e sua finalidade. A maioria delas não são nucleares. As nucleares são; 1- HGV Avangard com alcance intercontinental e com velocidade de pico de Mach 27 (7 km/s); 2- míssil semibalístico aerolançado Kinzhal com velocidade de pico de Mach 10 (3 km/s) e 2200 km de alcance. Na verdade essas são as únicas armas hipersônicas realmente operacionais até o momento, em que pese ser em quantidade reduzida. Todas as outras armas hipersônicas em desenvolvimento objetivo ou já operacionais (dos chineses nada se sabe) são convencionais. A saber: 1- LRWH/CPS: tipo… Read more »

Bosco

Os EUA está desenvolvendo um terceiro tipo de míssil hipersônico que é o SM-6 Block IB, que terá função múltipla, inclusive antinavio e contra alvos no solo. Conta com um motor maior e de melhor desempenho semelhante ao utilizado no míssil SM-3 Block IIA que atinge 1500 km de altitude e tem 2500 km de alcance contra alvos no espaço. O SM-6 Block IB Deverá ter alcance acima de 450 km contra alvos na superfície já que este é o alcance da atual versão. *Há estimativas de ser maior que 1000 km mas não pretendo ofender a sensibilidade de ninguém… Read more »

Bosco

Há um estado de euforia tão grande pela possibilidade da China e Rússia finalmente estarem à frente dos EUA em alguma tecnologia militar relevante que uma série de equívocos são cometidos o que demonstra um total descontrole devido à desinformação. Um exemplo disso é o quadro apresentado acima que é uma verdadeira comédia. A segunda imagem de cima para baixo. Primeiro , ele cita os mísseis cruise Zircon e o programa chinês Starry Sky 2 como sendo “planadores”. Não o são. Ambos devem adotar motores aspirados. Também cita os chineses na frente dos americanos com o tal Starry Sky. Ora!… Read more »

Allan Lemos

Mas não é uma possibilidade, mas um fato. O próprio comandante do USSTRATCOM, Almirante Richard, admitiu, em uma audiência no Congresso, que a China tinha a vantagem sobre os EUA em relação as armas hipersônicas.

Alexandre Santos

Bosco , vc não tem medo de estar um pouquinho errado? só um pouquinho.

Bosco

Especificamente em que comentário?
Nesse onde eu critico o painel informativo?

Bosco

Seria o fato de eu criticar o quadro que coloca o programa chinês pouco conhecido Starry Sky na frente dos programas americanos?
Esse artigo confirma o que eu disse: https://www.armscontrol.org/sites/default/files/files/Reports/ACA_Report_HypersonicWeapons_2021.pdf

SteelWing

Não sei quem tem mais desculpas: O russos em não conseguirem entregar um stealth total, com kings dizendo que o stealth não adianta de nada ou o Bosco com a mesma desculpa para as armas hipersônicas, que são facilmente defendidas pelas sistemas antiaéreos dos EUA. Nota: mesmo que os stealth ainda possam vir ser inúteis contra radares em terra, de superpotências, eles ainda teriam grande vantagem contra a maioria dos países. Outra Nota: os EUA ainda estão atrás dos chineses na área dos hipersônicos, mas principalmente dos russos. Mas pro bosco isso não vale, a arma não serve, claro, não… Read more »

Bosco

 “são facilmente defendidas pelas sistemas antiaéreos dos EUA” – eu não disse isso.

“os EUA ainda estão atrás dos chineses na área dos hipersônicos, mas principalmente dos russos. Mas pro bosco isso não vale, a arma não serve, ” – eu não disse isso

“Quando os Eua conseguirem testar com sucesso alguma, o próprio bosco vai vir aqui dizer que a arma é mil maravilhas, que é melhor que a dos rivais” – os EUA já testaram várias armas hipersônicas com grande sucesso e mostrou grande precisão e na época eu não disse isso.

Inimigo do Estado

Nisso eu vou concordar com você, afinal você mesmo chamou os sistemas defensivos americanos de “aumentadores de moral”.

SteelWing

“Como são para funções diversas na verdade essa “corrida” aos hipersônicos não configura de fato uma corrida. No caso dos americanos é só questão de ego ferido” -mesma lógica do kings, gastam milhões em tecnologia stealth, apenas por ego né? “mas já se discute a vulnerabilidade deles na fase terminal quando mergulham contra o alvo. Em se comprovando essa vulnerabilidade talvez todo o conceito de utilizar hipersônicos para impossibilitar a defesa se mostre um equívoco” -igual ao kings, tecnologia assim não serve, já que estão construíndo o “radar quantico” mesmo que tanto suas afirmações, quanto as do kings, estivessem corretas,… Read more »

Bosco

Steel,
Nem devia perder meu tempo tendo em vista o tanto de equívocos que comente em poucas linhas, mas vamos lá. Vou te ajudar a interpretar textos e não vou cobrar nadinha por isso em que pese poder mandar um pix espontaneamente caso ache justo.
Quando digo “No caso dos americanos é só questão de ego ferido” me refiro à corrida e não às armas. Não disse que os mísseis são inúteis, mas sim que a corrida é inútil.
Entendeu?

SteelWing

Cara, você fala menosprezando as armas hipersonicas, o que é incrível para alguém fã de mísseis como vc. Deveria ver, mas como não é algo que os norte americanos não estão na liderança , nem vale a pena ver não é?

Magnun

Russia e China disparam foguetes de sondagem com roupa de míssil balístico e fingem que tem armas hipersônicas… alguém já viu registro dissuasório de ambos mostrando o boom sônico de suas armas em navegação controlada? 80% da guerra é feita de mentiras e o domínio hipersônico da avançada Rússia que mal consegue fazer automóveis e até outro dia tava caindo do céu cargueiro em homologação tubo-hélice por falha no motor em desenvolvimento… Ah mas é claro que o domínio do scramjet é muito mais fácil uahuahuah

SteelWing

Quanta falta de conhecimento e preconceito em uma postagem. Os caras constroem duas estações espaciais sozinhos e a maior parte da estação espacial Internacional , foram pioneiros na tecnologia de satélites, HMD, fizeram um ônibus espacial que era capaz de pousar sozinho, mas não sabem fazer nada não é? Nem um carro… Aliás seu comentário mostra que desconhece carros, pois a maior montadora vencedora do Rally Dakar, o mais prestigiado e concorrido do mundo , com extensas e desgastantes provas, é a Kamaz russa, aliás a kamaz é praticamente our concour no Rally.

Screenshot_20211026-183643_Chrome.jpg
Flanker

Fora De Estrada, concordo. Caminhões Kamaz são muito bons. Mas, montadoras de carros de passeio (sedans, hatchs, SUV’s, compactos, monovolumes, etc) russas, marcas russas desses tipos de veículos, quais são?

Últimas Notícias

Rússia testa caça MiG-31 com sistema ‘fly-by-wire’

Moscou, 26 de novembro./TASS/. A atualização dos caças-interceptadores de alta altitude MiG-31 aumentará a eficiência de suas missões, em...
- Advertisement -
- Advertisement -