segunda-feira, novembro 29, 2021

Gripen para o Brasil

Novidades da Korea Aerospace Industries (KAI) na ADEX 2021

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Exposição Internacional Aeroespacial e Defesa de Seul, ou ADEX 2021, acontecerá no Aeroporto de Seul em Seongnam, Gyeonggi, de 19 a 22 de outubro.

Um dia antes da abertura oficial, os organizadores abriram a mostra exclusivamente para a mídia no aeroporto de Seul na segunda-feira.

Além do show aéreo, a Exposição Aeroespacial e de Defesa de Seul exibe uma variedade de aeronaves, sistemas aeroespaciais, equipamentos terrestres e veículos militares.

Lee Jong-ho do ADEX Joint Operation Center disse: “Embora ainda na situação da pandemia COVID-19, esta exposição é a maior da história, com 440 empresas de 28 países participantes.”

- Advertisement -

50 Comments

Subscribe
Notify of
guest
50 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fulcrum

Coréia do Sul é um exemplo de estado, jamais a irmã do Norte irá se igualar em tamanha tecnologia.

Allan Lemos

Por quê ela precisaria tentar se igualar com a vizinha em termos de poder militar convencional quando já é uma potência nuclear plena e em algumas décadas ela terá armas hipersônicas?

Leandro Costa

Allan, se o intuito da Coréia do Norte é conquistar a Coréia do Sul e unificar as Coréias sob a bandeira do Norte, não faz sentido usar armamento nuclear contra a Coréia do Sul. A Coréia do Norte desenvolveu armamento nuclear para que ela sobrevivesse à uma possível tentativa de ser dominada pela Coréia do Sul (objetivo secundário, na minha opinião) e também de conseguir uma posição mais forte na mesa sempre que for negociar com potências externas, como os EUA por exemplo (objetivo primário, na minha opinião). Também ainda não sabemos se a Coréia do Norte é uma potência… Read more »

Allan Lemos

Eu penso diferente, Leandro. O Kim é esperto, já mostrou isso, acredito que ele saiba que uma reunificação sob a bandeira do norte nunca será algo factível. O objetivo dele agora é apenas garantir a continuidade do regime, coisa que já fez, e eventualmente conseguir que algumas sanções sejam levantadas. Mas embora ainda não tenha uma tríade nuclear, a Coreia do Norte já é uma potência nuclear plena. Foi por isso que o Trump baixou o tom das críticas e aceitou ir para a mesa de negociação. Também não acredito que ela tenha radares poderosos o bastante para detectar lançamentos… Read more »

Leandro Costa

Não acredito que ele seja tão esperto. Ele sabe lidar com as cartas que tem. Concordo com você que o maior escudo nuclear que a Coréia do Norte poderia ter é a existência da Coréia do Sul, e como disse antes, as armas nucleares só lhes dá uma carta à mais na mesa de negociações. Acho que ele poderia ser mais esperto se conseguisse implementar na Coréia do Norte um sistema semelhante ao Chinês, mas aparentemente ele teme que seu regime não dure muito tempo se isso acontecer e provavelmente vai ser o mesmo temor de quem quer que seja… Read more »

Andromeda1016

Alguém já viu essas bombas nucleares? Para mim essas “bombas nucleares” são como as roupas invisíveis do rei que ninguém vê nas fingem ver por questão de conveniência

Leandro Costa

Os testes nucleares foram captados por aeronaves de inteligência dos EUA, ou seja a informação foi confirmada. Só não lembro/sei se eles conseguiram fazer uma ogiva e integrá-la aos mísseis que eles tem, mas as estimativas ocidentais são de que sim, que eles conseguiram fazer as ogivas. Enquanto isso o povo norte-coreano continua se ferrando, claro.

Andromeda1016

Sim, lembro que foram registradas mas isso pode ser arranjado de diversas formas. Por exemplo a explosões podem ser feitas por tnt e depois liberar radiação no ar para serem detectados. É o seguinte: quando um bandido vai te assaltar com uma arma ele mostra a arma antes de mais nada para te deixar claro que ele está em situação de superioridade, com uma bomba atômica acontece o mesmo, e lembro que quando a CN alegou ter detonado a bomba muitas pessoas duvidaram deles, e eu sou um dos que duvidam. Uma arma de dissuasão se mostrar, senão ela não… Read more »

Leandro Costa

Pela explicação que foi dada me pareceu ser bastante verossímil em relação à validação dos testes. E isso vindo daqueles que teriam interesse em minimizar a situação. O primeiro teste inclusive estava mais para ‘bomba suja’ do que artefato nuclear mesmo, coisa de menos de um kiloton, mas posteriormente bombas mais poderosas foram detonadas, que seriam incompatíveis com grandes quantidades de TNT versus quantidade de radiação liberada, etc. Ainda pode se duvidar das ogivas, porque até onde eu lembro continua na seara das estimativas, mas de acordo com serviços de inteligência ao redor do Mundo, os Coreanos já tem a… Read more »

Andromeda1016

É como eu disse: arma de dissuasão se mostra, senão não dissuade ninguém, e as dúvidas de pessoas como eu são a prova de que a “arma de dissuasão” deles não está funcionando. Acredito que para muitos países há conveniência política em reconhecer uma CN nuclear e isso é a motivação por trás desse reconhecimento. São como as tais “armas de destruição em massa” de Sadam alegados pelos gringos e serviram de justificativa para invadir Iraq.

Leandro Costa

O problema disso é que existem indícios bem grandes para indicar que os Norte-Coreanos tem sim as armas. Você pode continuar com as suas dúvidas, que inclusive eu mesmo partilhava delas no início, mas hoje em dia já me convenci de que eles as tem. De novo, isso não vai mudar em nada o posicionamento em relação à política externa global em relação à Coréia do Norte, mas serve como um bom exemplo de como as restrições em relação à proliferação de tecnologia nuclear pode degringolar para se chegar na situação em que um Estado paupérrimo e bastante agressivo, quase… Read more »

Carvalho2008

Não que os amigos leitores não acreditam….o que importa é que os americanos acreditam piamente com os intrumentos que lhe cabem para saber se há evidencias ou não. A maior prova é o proprio comportamento dos EUA diante da CN

Andromeda1016

Os gringos também acreditavam nas armas de destruição em massa de Sadam e se comportaram de acordo com isso invadindo lá não? E nesse teatro quixotesco que eles montaram o Collln Power (que acabou de falecer agora) fez papel de palhaço diante de todo mundo. A CN está desesperada para ser reconhecida como uma potência nuclear mas diante da negativa dos outros países poderia explodir mais uma bomba não? Sei lá, ignorância para isso não lhes falta ….

Hcosta

No Iraque eram armas químicas e biológicas que eles tinham. Usaram contra os Curdos. O problema é que tinham sido destruídas na altura da 2ª invasão.

Ou talvez transferidas para a Síria….

Andromeda1016

Sei que foram utilizadas contra os Curdos. Sabe quem mais tem uma quantidade absurda de armas químicas? A Coreia do Sul e a do norte, mas o foco é nas bombas atômicas que ninguém viu mas existem indícios de sua existência.

Neto

Aquela coisa. . Na segunda guerra os EUA possuiam DUAS bombas finalizadas. . Usaram as duas. Se tinham outra, de fato, ninguém pagaria para ver. . Depois da primeira bomba estourar, havia a dúvida se possuiam apenas uma, quando explodiu a segunda, ninguém no japão quiz pagar pra ver. . No caso da Coreia do Norte é o mesmo. Depois de ter testado algumas e isso ter sido captado e comprovado, e depois de testar vários artefatos de lançamento de longas distâncias é muito provável que consigam fazer o grande míssil nuclear, e que já se tenha muitos. . A… Read more »

Allan Lemos

Ninguém, só o Pentágono. Por qual outra razão o Trump abaixaria o tom contra a Coreia, aceitaria se encontrar com o Kim e teria afirmado que o botão nuclear dele é maior do que a do líder norte-coreano? Para bom entendedor…

Andromeda1016

O Trump queria ganhar um prêmio Nobel assim como o Obama ganhou, por isso se aproximou do gordo miserável. Além do mais sendo um outsider da tradicional política norte americana tinha interesse em bagunçar o “status quo” para perturbar os planos daqueles que controlavam a política norte americana e forçar a sua inserção na elite política de lá, ou seja, estava chantageando a elite para ser aceito na marra no clube deles.

Leandro Costa

Nisso concordamos bastante. Trump queria fazer algo que nenhum outro Presidente Americano fez. Negociar diretamente com algum ditador Norte-Coreano. E vou te dizer que teve bastante mérito nisso, só que não teve o desfecho que ele queria que tivesse. Seria interessante se o Biden tivesse a mesma iniciativa, mas duvido que isso vá acontecer, infelizmente.

Hcosta

As ações de Trump não se consegue perceber pela lógica.

Acho que queria ganhar o prémio Nobel para rivalizar com Obama… Mas nem sabia onde era a Coreia do Norte…

Mayuan

Pra manter forças militares relevantes de forma sustentável é preciso uma economia muito forte e, nesse sentido, a Coreia do Sul deixa a do norte comendo poeira. Sem esse desenvolvimento tecnológico, eles tem o risco de simplesmente quebrar.

Salvo engano, pra ser considerada uma potência nuclear plena, é preciso que o país detenha meios de “entrega” das ogivas nucleares por bombardeiros, ICBMs lançados de terra e submarinos além dos meios para detectar possíveis lançamentos adversários. Que eu saiba, a CN ainda não tem tudo isso.

Allan Lemos

Nada disso, você está confundindo tríade nuclear com capacidade nuclear plena, são coisas diferentes.

Você não precisa ter uma tríade para ser considerado potência nuclear plena, basta que você consiga fazer uma ogiva atômica chegar no alvo.

O propósito da tríade é apenas evitar que a sua capacidade nuclear seja anulada em um possível first strike.

Israel não possui uma tríade(não tem SLBMs até onde se sabe) mas é uma potência nuclear plena. O UK também não tem uma se eu não estou enganado.

Então, a CN é sim uma potência nuclear plena, ainda que não tenha uma tríade nuclear.

Hcosta

Acho que já tem. Na forma de misseis balísticos.

Andromeda1016

Impressionante

Heinz Guderian

A Coreia do Norte não tem nada perto disso, um belo projeto.

Slow

É ? Porem eles tem um brinquedinho que faz esses caças ou projetos sumir ..

Heinz Guderian

Eles possuem um arma nuclear antiaérea? Uau, estão avançados mesmo. Haha

Slow

Os caças ficam no ar o tempo todo ?

Achei que seu QI fosse um pouco mais avançado .. 😂😂

Palpiteiro

Considerando a distância entre Seul e Pyongyang, me parece que seria como atirar no próprio pé.

Palpiteiro

Sem contar que detonar algo assim a 500 km da China e da Russia não me parece nada inteligente.

Mayuan

Que serve apenas para aumentar o poder de barganha e reduzir o risco de serem invadidos mas não muito mais.

É como você ser CAC e ter um RPG em casa. Se tu surtar e resolver usar contra alguém, vai se ferrar tanto que vai se arrepender de ter tido essa ideia.

Slow

Tem que ser bem imbecil pra ter uma rpg em casa ..

Se não fosse as armas nucleares eles já tinham virado um Iraque ..

Mayuan

Mais ainda pra não entender uma metáfora…

Rafael Costa

KF-21, interessante. Segundo os especialistas do blog, seria um caça a se olhar para a FAB em 2040 ? Afinal, em algum momento a FAB terá que evoluir para a quinta geração, claro, depois de 2040.

Allan Lemos

As forças armadas brasileiras usam sistemas ocidentais, então dificilmente comprariam equipamentos de mercados secundários. Quando a FAB decidir partir para a 5º geração, provavelmente comprarão algumas dezenas de F-35s usados. Até lá os países sérios já estarão na 6º geração e desenvolvendo a 7º.

A6MZero

Realmente a tendência é seguir fornecedores tradicionais de material bélico os quais são fornecedores conhecidos das nossas forças.

Mas o Boramae vai ser bem ocidental afinal motores e muito da aviônica são americanas e os armamentos também americanos e europeus, ainda que a expectativa dos coreanos e ter uma nova família de misseis e bombas indígenas operacionais quando o Boramae entrar em operação.

Mayuan

Quando a FAB decidir partir para a quinta geração não vai dar pra ser com esse porque ele não é de quinta geração. Talvez alguma futura versão dele mas não esse.

Andromeda1016

Em tese a tecnologia adquirida junto aos nossos Gripens deveria ser a fundação sobre o qual a quinta geração dos caças brasileiros deveria ser desenvolvida, mas sabemos que na prática isso será impossível pois não temos base industrial adequada nem interesse político para tal. É para rir ou para chorar?

A6MZero

O Boramae tem tudo para ser um excelente vetor mas não é um puro quinta geração, os próprios coreanos o classificam como um 4.5+ com grande capacidade stealth.

Mas em razão de não possuir baias internas para armamentos, frente aos puros 5g como o F-22 e o F-35 sua furtividade é inferior.

Quanto a FAB só o futuro dirá, mas os coreanos estão atrás de um parceiro já que a Indonésia tem atrasado seus compromissos no projeto.

Allan Lemos

Se não houvesse tanto ressentimento(totalmente justificado) para com os japoneses, o Japão deveria ser o parceiro mais lógico e adequado. Acho que um caça desenvolvido conjuntamente pelos dois seria top.

Andromeda1016

Os japoneses também têm esse sentimento de repulsa contra os coreanos. Se você for nas livrarias japonesas tem seção de livros com temática anti coreana. É foda…

A6MZero

Concordo os japoneses poderiam agregar muito ao programa e são forças com muitas similaridades e para cenários e TO praticamente idênticos .

Contudo para atender os japoneses o Boramae é pequeno sendo a previsão do Mitsubishi F-X um caça grande com baia interna além de que em tese o futuro caça japonês ser um de 6º geração contra um 4.5+ no caso do coreano.

Uma cooperação estreita entre coreanos e japoneses poderia render grandes frutos, atualmente é improvável mas a ação chinesa pode levar a uma aproximação desses dois no futuro…

Andromeda1016

Tem baias internas sim no KF-21. Esse caça tem o tamanho comparável ao F-18 logo não se trata de um caça pequeno.

A6MZero

Nos estudos iniciais tinha baia sim, contudo no protótipo final não.

Existe a perspectiva para futuras versões com baia interna (um possível block II) mas no momento para facilitar e reduzir custos ele não tem.

E sim é grande mas o japoneses querem algo maior que seus f-35, com capacidade de levar o ASM-3 nas baias internas do Mitsubishi F-X que é um míssil grande com 6m.

Andromeda1016

Estão lá em todos os protótipos desde o block 1. A diferença é que embora esteja ai a baia interna no block 1 não estará operacional e possivelmente será utilizado para carregar combustível extra, mas os planos são de que a partir do block 2 as baias estejam funcionando.

Mayuan

São cicatrizes profundas e difíceis de superar. Quem sabe China não faça o papel de ao menos os aproximar ao se tornar um adversário para os dois?

Agnelo

Na hora q ele mandô: “EB! BIzu armar os Pantera meeerrrrmo!!!” Eu vibrei!

Adriano Madureira

Eu acho que como não temos cacife para adquirir aeronaves puro sangue de ataque,deveríamos seguir a mesma linha de pensamento dos sul-coreanos,que apesar de terem bala na agulha para adquirir apaches,criaram em conjunto com a airbus o seu programa de helicoptero de ataque leve,baseado no H155 Dauphin,para ser implantado em várias missões, como ataque leve, apoio aéreo aproximado, escolta e transporte de tropas.

Acho que sairia muito mais em conta do que comprar os “puro-sangues”,que podem custar de USD40MI para cima,já o projeto da Airbus/KAI está na faixa dos USD10MI.

comment image

comment image

Wes

Esse drone do início do vídeo é muito interessante, caso o Tupam 300 vire realidade será algo semelhante porém com maior capacidade. A Coréia do Sul tem uma indústria de defesa bem desenvolvida o único problema dos produtos sul-coreanos é o preço que chegam a ser 100% maior que seus concorrentes em algumas áreas.

Adriano Madureira

Um belo de um caça !

Últimas Notícias

Rússia testa caça MiG-31 com sistema ‘fly-by-wire’

Moscou, 26 de novembro./TASS/. A atualização dos caças-interceptadores de alta altitude MiG-31 aumentará a eficiência de suas missões, em...
- Advertisement -
- Advertisement -