segunda-feira, novembro 29, 2021

Gripen para o Brasil

F-15E Strike Eagle dos EUA abate drone iraniano sobre a Síria

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O abate no sábado foi relatado pela Reuters, Fox News e também pela Aviation Week. O incidente aconteceu no leste da Síria, quando o sistema não tripulado armado foi considerado uma ameaça às tropas em terra

Um avião de combate dos EUA abateu um drone na Síria no sábado. É uma ocorrência rara quando jatos de combate são usados ​​para abater drones, embora Israel também tenha abatido drones com aviões de combate, e um F-15E Strike Eagle dos EUA abateu um drone em junho de 2017 na Síria, um dos dois drones do regime sírio derrubados  pelos EUA.

A última reportagem foi feita pela Reuters, Fox News e Aviation Week. A Reuters disse que o incidente aconteceu no leste da Síria, quando o sistema não tripulado foi considerado uma ameaça.

“As aeronaves da coalizão enfrentaram e derrotaram com sucesso um [sistema de aeronave não tripulada] por meio do combate ar-ar nas proximidades do Local de Apoio à Missão Green Village”, disse o porta-voz do Exército dos EUA, coronel Wayne Marotto, de acordo com a Reuters. Lucas Tomlinson da Fox News escreveu que o “F-15E da Força Aérea dos EUA abateu o drone iraniano sobre o leste da Síria ontem depois de voar ‘muito perto’ de alguns dos 900 soldados americanos posicionados lá”, baseando sua reportagem em oficiais dos EUA.

Separadamente, a Aviation Week observou, “Uma aeronave da coalizão derrubou um sistema de aeronave não tripulada com um míssil ar-ar perto de uma base militar dos EUA no leste da Síria em 21 de agosto, disse o Comando Central dos EUA à Aviation Week“. “O UAS foi considerado uma ameaça e medidas de autodefesa foram tomadas.”

Em maio de 2021, Israel lançou um vídeo que mostrava um caça a jato F-16 abatendo um drone suicida armado que voava de Gaza. Era um drone kamikaze de estilo iraniano. Um helicóptero Apache abateu um drone iraniano que voava da base T-4 na Síria em fevereiro de 2018 e outro drone iraniano foi abatido perto de Beit Shemesh em maio de 2021.

Drones são relativamente fáceis de abater por aeronaves tripuladas porque tendem a ser lentos. Em fevereiro de 2009, o Exército dos EUA abateu um drone iraniano no Iraque, aparentemente usando uma aeronave. Em 2002, pilotos da Força Aérea Iraquiana também abateram um Drone Predator americano. A defesa aérea sérvia também derrubou drones dos EUA durante o conflito nos Bálcãs na década de 1990. A Rússia também abateu vários drones pilotados pela Geórgia em 2008.

Drones iranianos fornecidos para milícias pró-Irã no Iraque freqüentemente ameaçaram as instalações dos EUA no Iraque nos últimos meses. O Irã também buscou alvejar as forças dos EUA na Síria. Em junho, reportagens disseram que os EUA usaram defesa aérea baseada em solo para atirar em dois drones no Iraque.

O último incidente pode aumentar as tensões com o Irã. Drones são cada vez mais comuns na Síria e no Iraque. A Turquia tem usado drones para alvejar curdos e yazidis no Iraque e na Síria, alegando que estão realizando ataques aéreos contra “terroristas”. Drones iranianos também visaram o navio-tanque Mercer Street no final de julho no Golfo de Omã, aumentando as tensões com os EUA, Reino Unido e Israel.

FONTE: The Jerusalem Post

- Advertisement -

79 Comments

Subscribe
Notify of
guest
79 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Andre

E mesmo com o s300 os céus sírios continuam palco de ação dos velhos f15 e f16.

Diego Farias

Velhos? Não experientes F-15, melhor que muitos aviões de 5 geração.

Andre

Nem existem “muitos” de 5 geração. Por enquanto existem apenas 3 aviões de 5 geração, e um 5- que talvez fique operacional algum dia.

De qualquer maneira são dois velinhos recordistas.

Antoniokings

Essa região é a que está sobre controle das SDF curdas.
O que se sabe é que começam ‘as agitações’ na região, principalmente perto da fronteira do Iraque, com vistas à expulsão dos americanos.
Depois do Afeganistão, perdeu-se o respeito.

Antoniokings

Digo, sob controle.

Antoniokings

Aliás, o Talibã está tripudiando dos EUA.
comment image

Agressor's

Eles não perderam, só sofreram uma derrota política… 😀

Last edited 3 meses atrás by Agressor's
ALISON

kkkk. boa ironia! Foi exatamente esse o termo que o tal do Marcelo no Hoje no Mundo Militar ta usando. Cara parcial da bexiga ele kkkkkkkkkk

Nilton L Junior

Que chique os Talebas com uniforme ocidental.

Antoniokings

Segundo eles, a partir de agora, nada de turbantes.

Carlos Campos

isso é Haram

Nilton L Junior

Não sei mas creio que Ulemás whahabitas devem colocar na sharia que é حلال ou halal.

Andre

Pelo menos dessa vez a desculpinha não é que estão sobre espaço aéreo libanês. Ainda bem que cada hora tem uma, mas como estava escrito no último artigo que vc compartilhou, venderam mas não deixam os sírios usarem…super parceria.

MestreD'Avis

Carissimo
Não foi o amigo que disse que todo o espaço aéreo Sirio estava sob controle dos radares Russos?
Que os F-35 de Israel não entram na Siria e que lançam os misseis do Libano?
E que os Curdos estavam em negociações com os Russos por não confiarem nos Americanos?
Os Russos não conseguem proteger o espaço aéreo de um aliado?
A Siria não tem controle sobre o céu com os S-300?

Algo não bate certo na narrativa

Antoniokings

‘Não foi o amigo que disse que todo o espaço aéreo Sirio estava sob controle dos radares Russos?’
Nunca disso isso.
O que eu disse e continuo dizendo é que Israel continua atacando a Síria através do território libanês com medo de perder outro avião.

Flanker

Tem certeza? Já foi lá pra ver? Só porque você “continua dizendo”, não quer dizer que é verdade.

Nilton L Junior

Bem então porque não usam bomba ao invés de míssil?

Bosco

Rssssss
Essa foi boa. Agora conta a do papagaio!

Nilton L Junior

Piu

Andre

Não sei nem porque eles não usam cavalos e espadas ao invés de aviões…

Flanker

Repito pra ti o que falei pro xings. Já foi lá? Teve acesso às OFRAG da IDF/AF?

Nilton L Junior

Não fui lá pois leio a aqui e outros veículos que os sionista usam míssil, e voce, foi la, teve acesso ao OFRAG, tem algum adido conhecido dentro do ministério de defesa algum piloto da IAF pra compartilhar com voce??

Flanker

Mas, quem tá dizendo qie os israelenses não entram lá são vcs!! Não sou eu! Então, o ônus da prova é de vcs!
E mais uma coisa: OFRAG é feminino….é A OFRAG.

ALISON

para de destruir esse asno homi. rsrsrs

MestreD'Avis

Aparentemente os F-15 dos EUA não têm esse medo… Entram na Siria para abater um drone sem grandes preocupações

Antoniokings

Tente entrar do ‘lado de cá’ para ver.
No território curdo, ainda podem.
Só não sei até quando.
A chapa está esquentando.

MestreD'Avis

Bom ver que vc reconhece o Estado Curdo como separado da Siria! Estamos a evoluir Ou será que a Siria, ou melhor, a Russia, com os seus S-300 e Su-35 que “botam F-22 p correr na Siria” não conseguem vigiar todo o país ao mesmo tempo? Para que é preciso entrar no “lado de cá” que presumo que seja a zona de Damasco se todo o resto do território é de voo livre? Será que os aliados da Russia não ficam com duvidas sobre as suas capacidades ao ver que aviões dos EUA e Israel entram no territorio sem oposição?… Read more »

Antoniokings

Espero que os curdos tenham o seu Estado, unindo territórios do Iraque, Síria e Turquia.
E sob a liderança doutrinária do YPG ou, melhor, do PKK.

Nilton L Junior

Ah de convir que destruir um drone com F-15E é fodastico.

silvom

deve ser mais caro o míssil que o drone…

Nilton L Junior

caríssimo mas da notícia.

Flanker

Tu acredita mesmo, de verdade, honestamente, que os russos vão encrencar com os EUA, abatendo um avião deles, por causa da Síria ou qualquer outra motivação naquele teatro???

Agressor's

E a varejeira(f-35), quando é que vai entrar cem ação? Ela já não está operacional?

Flanker

O F-35, cheio de problemas (falo sinceramente), opera há muito tempo com os Israelenses naquela região. Só Não enxerga quem é negacionista.

Andre

Entrar em operação já entrou, qualquer pessoal com o mínimo de vontade pode verificar isso aqui na trilogia. Alias, entrou em operação pelos EUA, pela Itália, pelo RU, pela Coreia, por Israel, pela Austrália, pelo Japão…

Quem não entra em operação é o su57.

Agora, entrar em operação e ser utilizado em combate não são sinônimos e a vantagem de ter um vasto inventário disponível é que a usaf pode escolher qual vetor utilizar, já que a Rússia vendeu mas não deixa os sírios operarem o muito bom de propaganda, mas ainda virgem, s300.

francisco

Se o F15 está resolvendo, pra que utilizar o F35?

Saldanha da Gama

O velhinho f15 (f22, rafale e su35 tb) é o meu sonho dourado impossível, sonhando douradamente e de forma impossível, uma esquadrilha contendo ele e os Gripens, seja para ataque ou defesa, ia ser difícil de aturar. Não gosto de arriscar em por todos os ovos em apenas uma cesta. Galera, é sonho dourado e impossível viu? Boa tarde a todos!!!

J R

O único detalhe é que (como sempre) os EUA é que invadiram a Síria e não o Irã…

Hcosta

Não sei. Antes de os EUA ocupar parte da Síria já haviam soldados iranianos a combaterem ao lado de Assad e dos Russos.
Duvido muito que Assad resistisse se não fossem os Iranianos/Hezbollah.

Maurício.

Hcosta, eu acho que o JR quis dizer que os iranianos foram convidados pelo Assad, diferente dos americanos que não foram convidados, acho que é isso.

Nonato

E dai?
O povo sítio também não convidou Assad nem os russos.
Igual na Venezuela…

Maurício.

Nonato, e o povo do Catar, EAU, Kuwait, Omã, Barein, Jordânia, Arábia Saudita, convidou seus ditadores para estarem lá? A lista é longa…
Aliás, foi o povo do Afeganistão que colocou aquele “presidente” fujão lá na presidência?
Por mim, os mandantes/políticos/soldados americanos e russos que se explodam, tudo farinha do mesmo saco.

Bosco

Foi sim! Houve eleições no Afeganistão. – Há duas formas de governos legítimas, as democracias , cujo titular do poder é o povo , e as monarquias, que tem sua legitimidade baseada no conceito denominado de “direito divino dos reis” e cujo titular do poder é o monarca. Essas formas ainda são aceitas mesmo no século XXI por mais absurda que possam parecer. Acha que estou errado? Vai falar para um árabe que o rei Salman Al-Saud não é o governante legítimo. Todos os países citados por você são emirados, cuja legitimidade é devido aos governantes serem descendentes do Profeta.… Read more »

Maurício.

Bosco, claro que houve eleições no Afeganistão, tão aceitáveis como as da Venezuela… “Há duas formas de governos legítimas, as democracias , cujo titular do poder é o povo , e as monarquias” Bosco, sério mesmo que você considera as monarquias(que nada mais são que ditaduras) uma forma de governo legítimo? Você realmente acredita nisso ou você está zuando com a minha cara? Você é muito mais inteligente do que isso Bosco… “Acha que estou errado? Vai falar para um árabe que o rei Salman Al-Saud não é o governante legítimo.” Claro, o tal árabe vai falar mal do rei… Read more »

Bosco

Eu não estou defendendo as monarquias absolutistas e nem estou dizendo que são democracias e paraísos da liberdade, disse apenas que são governos legítimos.
O povo pode se rebelar , derrubar a monarquia, inaugurar uma república… mas corre -se o risco de dizerem que foi “Primavera” promovida pela CIA e que o país virou lacaio dos ianques.
Dizer que as monarquias absolutistas baseadas no “direito divino do rei” não são legítimas é o mesmo que dizer que tem que ter eleições livres no Vaticano.

Maurício.

Bosco, mas você, considera as monarquias uma forma de governo legítimo? Estou perguntando sua opinião pessoal.
Quanto ao vaticano, também não o reconheço, sou um adventista do sétimo dia(embora meio revoltado com Deus de uns anos para cá…rsrsrs) Ah, também não como carne de porco, que você volta e meia zuava por aí uns tempos…rsrsrs
Bosco, eu comentei agora sobre religião mas esse é um tema que eu não gosto de me aprofundar muito.

Bosco

Eu defendo a liberdade a qualquer custo, inclusive a liberdade de um povo acreditar em Jesus na goiabeira ou em Maomé. Não sou eu quem irá dizer a uma mulher árabe como ela deve se comportar se não for isso que ela acredita ser a vontade de Alá. Para que um governo legítimo baseado na crença do ” direito divino do rei” perca sua legitimidade tal percepção deve partir do povo e não de mim ou da CIA. Se vc me mostrar um estudo sério e isento que demonstra a insatisfação dos súditos desses reinos com a forma de governo… Read more »

Maurício.

Bosco, então você considera as monarquias governos legítimos, interessante, embora isso vai totalmente contra a “liberdade a qualquer custo” que você acredita, mas, tudo bem.

“Se vc me mostrar um estudo sério e isento que demonstra a insatisfação dos súditos desses reinos com a forma de governo aí eu mudo minha opinião e passo a considerá-los ilegítimos.”

Bosco, você sabe que um estudo sério e isento nesse sentido não existe, e provavelmente nunca vai existir, e o motivo é o mesmo de não existir um estudo assim também na Coreia do Norte, simples assim.

Bosco

Ficou um comentário meu retido. Depois vc vê

Maurício.

Ok Bosco, eu de minha parte já encerro nosso debate por aqui mesmo, já estávamos saindo do tema da matéria, já já o Galante iria dar um puxão de orelha em nós.

Hcosta

RU, Espanha, Países Baixos, Dinamarca, Noruega, etc… são todos monarquias.
Monarquias Parlamentares.

Bosco

Eu me sinto um privilegiado por ter nascido no Ocidente, por isso o defendo. Não gostaria de viver sob um regime autoritário islâmico ou comunista. Considero as duas formas grotescas apesar de algum benefício que alguns”emirados” e a China ofereceram à população (ou parte dela) em termos de qualidade de vida. Pra mim a liberdade é o bem maior do qual não se pode abrir mão. Agora, em termos de legitimidade pra mim as monarquias absolutistas do OM dão de 10 em governos que foram instaurados sob a bota marxista , via a tal revolução que todas as vezes que… Read more »

Hcosta

Acrescento que existem muitas monarquias parlamentares em que o Rei não tem poder legislativo e executivo, atua como um fator de estabilidade do sistema político.
É uma maneira de continuar a ter muitos direitos/regalias e nenhuma responsabilidade.

ALISON

tanta coisa distorcida que nem vale rebater…

Carlos Campos

Aí eu discordo, o Governo da Síria convidou os Russos, portanto legalmente os Russos podem estar lá, quanto ao povo Sírio, eles não ligam muito para quem está no poder, eles nem sabem o que é democracia, isso é coisa de livro que surgiu na Grecia, eles viviam relativamente bem, muçulmano e cristão morando juntos sem se matarem, Xiitas e Sunitas não se matavam, Judeu vivia em paz, o país não era violento, aí veio a primavera árabe sabemos quem promoveu isso, e o país criou milhões de refugiados, que foram para Europa, e nisso incentivou pessoas da ásia e… Read more »

Hcosta

E Assad é o líder legítimo da Síria?
Acho que o país estava em estado de emergência desde os anos 60, no tempo do pai desse senhor.
Foi uma boa desculpa para não fazerem eleições até hoje.

Last edited 3 meses atrás by Hcosta
ALISON

que mer.da e capaz de sair de uma cabeça sem cerebro viu… Meu deus

Carlos Campos

pelo menos o Assad tem amigos confiáveis

Luiz Guilherme

Um abate desse conta como kill para o piloto ?

Phillipe Blower

Sim

Joanderson

Quero ver abater um SU 35

Emmanuel

Esse pisca mais que árvore de natal no radar.
É abatido do mesmo jeito.

Maurício.

Emmanuel, nesse caso, duas árvores de Natal, não esqueça que o F-15 brilha tanto quanto um Su-35, ainda mais com aquelas entradas de ar enormes…

Victor Filipe

Os dois tem entradas de ar ridiculamente grandes. sinceramente. diferença de RCS de um Su-35 para um F-15X é bem desprezível.

Maurício.

Victor, mas o F-15 da matéria é o E, não o X, mas, acho que não faz muita diferença essa questão de rcs entre as versões “novas” e velhas de F-15 e Su-27, ambos brilhavam e continuam brilhando feito árvore de Natal.

Bosco

O Su-27 devia ter um RCS maior do que o F-15 (10 a 25 m² conforme a fonte) mas o Su-35 teve reduzida para algo em torno de 2 m². O complicado é a carga externa de ambos, que incrementa o RCS. O radar de ambos é poderoso. Apesar de achar que russo gosta de exagerar o desempenho de suas armas eu acho que haveria uma vantagem no quesito RCS x desempenho do radar para o caça russo. Em termos de armas BVR o AIM-120D se sairia melhor que o R-77 e R-27 ora em uso. No frigir dos ovos… Read more »

pupu

depois do vexame da campanha afegã, eundiria que os estados unidos sera cobrado a partir de agora a engajar um inimigo com um mínimo de organização militar ! os aliados do médio oriente e principalmente da asia estão revendo esse guarda chuva de proteção americano ! será que é realmente seguro ?
os russos com toda sua inferioridade esta mostrando mais resultados aos seuss aliados!

Bosco

Eu não tenho como dar créditos à grande mídia e a mídias de países totalitários, por isso realmente não sei se é mais uma narrativa ou se a determinação americana está sendo mesmo colocada em xeque. Que eu saiba essa narrativa começou com uma tentativa chinesa de promover um mal estar de Taiwan com os EUA. Vale salientar que os afegãos não eram “aliados” americanos e sim “conquistados”. O país foi invadido e o invasor se retirou. Muito diferente, portanto, de um aliado que foi abandonado à própria sorte. Quando os soviéticos saíram fugidos do Afeganistão ocorreu o mesmo, os… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Bosco
Hcosta

Que resultados os Russos tiveram?
Nesse tipo de guerra os EUA conquistaram o Iraque muito mais depressa do que os Russos conseguiram na Síria. O problema foi depois dessa conquista territorial as insurreições em grandes cidades.
O tipo de guerra no Afeganistão é muito diferente do que aconteceu no Iraque e na Síria.
E os Russos não têm as mesmas limitações que os EUA em relação aos danos colaterais.
E mesmo assim, não sei de que forma se pode dizer que os Russos estão mostrando mais resultados em relação aos Americanos.

ALISON

essas comparações são tão pateticas que dói… o cara compara a melhor arma dos EUA com uma das piores da Rússia… Num combate desse a Russia utiliza o R-33 com 304km de alcance amigo… Acorda pra vida

Pedro Bó

Os F-15 voam com todo um suporte eletrônico por trás. AWACS, satélites, drones, estações radar, etc.

Será que os russos fazem o mesmo?

MestreD'Avis

Há duas respostas possiveis ao modo como se faz essa pergunta:

1: Os Russos possuem todos esses equipamentos e não voam com eles porque são incompetentes e ficam em inferioridade
2: Os Russos não possuem esses equipamentos porque tecnologicamente estão atrás e ficam em inferioridade

A resposta correcta é outra: Os Russos possuem todos esses equipamentos e obviamente voam com esse suporte, senão seriam desperdiçar capacidades.
Mas isso estraga a narrativa de que fazem mais com menos

ALISON

Não… vai voar as cegas so pq vc acha que eles são burros… cada palhaço…

Carlos Campos

quero ver abater uma nave mãe do tipo do filme indepence day, o F16 conseguiu

Hcosta

Foi um Hornet.

Omaha

No fim de julho foi abatido um drone russo na Síria também, presume-se q foi por um Pantsir, tentaram colar q foi um Triton depois algum drone turco, mas as imagens dos destroços, se verdadeiras, mostravam q era russo.

MestreD'Avis

Essa noticia apareceu aqui colocada por alguns comentadores. “Drone Triton dos EUA abatido na Siria”
Foi usado como um sucesso do sistema Pantsir e uma perda para os EUA que não deviam ter drones na área

Como não existiram mais comentários sobre isso, podemos acreditar no que diz de que não seria um drone dos EUA ou já teriamos sido bombardeados com fotos do acontecimentos das mais diversas fontes

Adriano Madureira
Nilton L Junior

Um drone com pouco recursos ou nenhuma contra medida não deva ser difícil de ser destruído, mas drones tipo Okhotnik e seus similares a dificuldade deve ser desafiadora.

Últimas Notícias

Rússia testa caça MiG-31 com sistema ‘fly-by-wire’

Moscou, 26 de novembro./TASS/. A atualização dos caças-interceptadores de alta altitude MiG-31 aumentará a eficiência de suas missões, em...
- Advertisement -
- Advertisement -