terça-feira, dezembro 7, 2021

Gripen para o Brasil

Índia deve fechar contrato de 100 motores turbofan F404 por US$ 700 milhões com os EUA

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os motores americanos já equipam a variante Mk1 do Tejas Light Combat Aircraft (LCA) que já está em serviço na IAF

A Índia está pronta para fechar outro grande acordo de defesa com os Estados Unidos (EUA), para adquirir motores a jato de combate no valor de US$ 700 milhões.

As negociações para os motores que serão usados ​​para mover a aeronave Tejas Light Combat Aircraft (LCA) estão quase encerradas.

A Força Aérea Indiana (IAF) vai comprar um total de 83 motores a jato da General Electric (GE) para a versão LCA Mk1A. Todas as questões relativas ao fornecimento foram corrigidas e a Índia em breve fará um pedido de 100 motores GE 404, disseram fontes ao Economic Times.

Os motores americanos já equipam a variante Mk1 do LCA que já está em serviço com a IAF e se encaixará perfeitamente na versão mais recente do caça nativo.

O contrato com a GE deve ser assinado ainda este ano. Se o acordo for concretizado, este será o maior acordo de defesa com os EUA desde fevereiro de 2020, quando a Índia fez pedidos para adquirir helicópteros de ataque Apache e helicópteros multifuncionais MH-60 Sikorsky Romeo durante uma visita do então presidente Donald Trump.

Embora o acordo não inclua transferência de tecnologia, esforços estão em andamento para construir um motor a jato autóctone para o futuro programa do Avião de Combate Médio Avançado (AMCA).

Liderado pela Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa (DRDO), o projeto prevê uma parceria com a Inglaterra ou a França para desenvolver juntos uma tecnologia crítica de motores para a propulsão a todos os futuros caças da Força Aérea.

Em fevereiro deste ano, a Índia fechou um acordo de Rs 48.000 crore para adquirir caças autóctones LCA Tejas Mk1A com a estatal Hindustan Aeronautics Ltd (HAL). O mega pedido foi o maior contrato de defesa já assinado com um fabricante indiano e incluiria também várias empresas do setor privado.

FONTE: BusinessToday.in

- Advertisement -

52 Comments

Subscribe
Notify of
guest
52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Yuri Dogkove

Isso sim é parceria! Agora manda o Brasil ir lá no Tio Sam tentar comprar helicópteros Apache para ver qual será a resposta…

Andre

Até o Egito tem Apache. Prq não venderiam?

Mas o Brasil tem interesse? Os mi35 estão apresentando algum problema?

Carlos Campos

onde vc esteve nas ultimas duas décadas?

Pablo

Toda a materia tu fala uma pérola. Parabéns

Barak MX para o Brasil

E pra que Apache no Brasil?

Flight_Falcon

Nunca vi uma avaliação sobre o desempenho da aeronave e suas qualidades, mas um motor maduro, já testado e confiável ele possui.
Fico imaginando se o A-1 tivesse vindo com um motor assim, sem PC, o desempenho poderia ser bem melhor, mesmo sendo subsônico, sua recuperação após as manobras poderia dar condições de ser um caça em um teto menor em complemento a outro supersônico.

Last edited 4 meses atrás by Flight_Falcon
Kemen

Fligth não entendi, qual o problema com o Rolls Royce Spey dos A-1 ? Os Spey em suas diversas versões tiveram mais de 5.500 unidades produzidas, foram usados nos Buccaneer, Nimrod e nos Phantom II (britanicos). Para a sua época e a dos A-1 foram e são considerados muito bons e confiaveis.

Last edited 4 meses atrás by Kemen
Flight_Falcon

O A-1 não tem problema para o fim que é utilizado hoje com os motores Rolls, mas existiam criticas quanto a utilização da aeronave em manobras de alto G que demoravam a ganhar velocidade após concluir a manobra. Existiam estudos para equipar a aeronave com o motor do Eurofigther sem PC, o que sabemos que não é uma aeronave barata de se manter, mas uma outra opção poderia ser o F404, claro, que essa remotorização seria para utilização da aeronave para outros fins que não o bombadeiro tático que tem hoje na FAB. Essa observação viria a calhar em outros… Read more »

Ramon Grigio

O Spey entrega mais de 11.000 libras em mil. Ou seja, o A-1 tem mais potência bruta que o F-5E usando pós combustão máxima.
O F-404 também entrega cerca de 11.000 libras (sem PC). A vantagem é que o F-404 é mais leve.
O EJ200 entrega cerca de 13.500 libras em mil(wikipedia) e aí sim daria um salto de desempenho ao A-1 pois além de ser mais potente, é mais leve.
De qualquer modo faz 15 anos que esse “swap” perdeu sentido até de ser discutido (Desde o início do FX2).
Todo o foco deve estar no F-39E.

Segatto

No teu caso hipotético faria-se um caça leve com essa versão remotorizada do AMX?

Pedro Bó

E a Índia virou a nova queridinha dos EUA na Ásia.

sub urbano

USA com a India é um olho no peixe, outro no gato, já que a India é uma Potência emergente que pode ameaçar os USA no futuro. Muy amigos propuseram um acordo às pressas com China e Russia em relação as armas antisatélite para excluir a India que foi lá e fez aos 45 do segundo tempo.

Last edited 4 meses atrás by sub urbano
Nostra

Yes

I alluded to it a year back here

USA China Russia wanted to form a exclusive club for ASAT weapons , back channel talks were half way through which was picked up by Indian intelligence hence the need to demonstrate the Indian ASAT test so that India cannot be kept out in any eventuality

Same is happening with hypersonic weapons they want to form a club hence India again had to test hypersonic weapon in a hurry

Last edited 4 meses atrás by Nostra
Blayke

Welcome back Nostra,

Its a big pleasure see you comment here again.

Nostra

Pleasures all mine bro

Thank you

JuggerBR

Mais uma vez está claro o custo de não desenvolver a indústria de ponta. Apenas 100 motores por 700 milhões de dólares.
Quanto a Embraer já despendeu até hoje com os motores pros seus milhares de jatos entregues? Sei que quem paga os motores é o cliente…
Quantos empregos não foram gerados, quanto de imposto não foi recolhido?
Quantos dólares não foram economizados?
Poderíamos estar fornecendo esses motores também, faltou seriedade no passado pra fazer este investimento.
Falta seriedade hoje…

Pedro EsiE

Muito fácil desenvolver um motor, né?! A embraer não tem capital para isso! Se a Índia com um investimento pesado está sofrendo, imagina e Embraer?

groosp

Motores a jato são as peças de engenharia mais complexas produzidas pela humanidade. Mais complexos que foguetes, armas nucleares e satélites. O Brasil não tem a capacidade de produzir. Tô falando de motores de avião, não de aeromodelos e mísseis com uma vida útil de poucas horas.

JuggerBR

Não tem porque não investiu, se desde os anos 50 estivesse na pesquisa, teriam hoje capacidade de fabricação. Veja a China, finalmente chegou lá e hoje entrega motores de avião.

Jadson Cabral

No início nem EUA, nem França, nem Rússia, nem ninguém tinha a capacidade, até que alguém resolver ter essa capacidade. Isso não é desculpa

Palpiteiro

A fabricante do motor tem o ônus de desenvolver, dar garantia e etc. A fabricante de aviões muitas vezes recebe para integrar um motor em seu produto. A fabricante do avião só instala, e põe sua margem em cima (ganha em cima). Para a fabricante de aviões é um ótimo negocio não os fabrica-los, só ganha, sem ônus. Concordo que a fabricação nacional gera empregos e renda. Dólares economizados, somente se houver larga escala. Fabricar motor, precisa ter cliente (alta demanda) e muito capital a longo prazo. O risco envolvido é altíssimo. Em que tipo de investimento você colocaria todo… Read more »

JuggerBR

Qualquer negócio tem risco, esse é só mais um. Quer risco maior que a própria Embraer?

Palpiteiro

Uns mais outros menos. O seu dinheiro você tem investido em investimentos de alto risco?

JuggerBR

Invisto 100% em ações, poupança não garante futuro de ninguém…

Palpiteiro

Então. Pega tudo e investe “tudo” em opção. Só uma de uma empresa desconhecida para daqui a 20 anos. Investir em uma nova empresa de motor deste tipo teria um risco semelhante.

carvalho2008

Motor é uma coisa cara pacas….

JuggerBR

o Brasil tem outras prioridades e investimentos MUITO melhores para fazer em prol do desenvolvimento do país”
Mas não investe, em nada útil, absolutamente… A única exceção é a Embrapa.

Marcelo

Isso so mostra que nao tem problema algum comprar armas russas (CAATSAS= sanções ) so nao pode esquecer de tambem comprar armamento americano e assim os americanos fazem vista grossa e nem lembram de sanções contra os indianos !!!!

Teropode

Jogando o jogo enquanto o público pária se distrai com a ideologia , além disso se os EUA resolver vender sem critério algum , a Rússia não iria vender nada , prova disto são estas vendas , se houvesse recusa de venda os indianos iriam fazer compra na Rússia .

Last edited 4 meses atrás by Teropode
Antunes 1980

Brasil não é um parceiro militar dos Estados Unidos.
Temos acesso irrestrito a esta lista?

Vetor a tecnologia Stealth
Mísseis BVR
Bombas GBU
Helicópteros Apache
Misseis de Cruzeiro
Baterias de defesa aérea Patriot
MBT Abrams
IFV Bradley
ATGM TOW ou Javenlin
Misseis Helfire

A Austrália possui quase todos os equipamentos acima.

Andre

Temos interesse e grana para isso? Há pouco tempo o exército disse que queria um mbt de 50ton, prq alguém discutiria se os eua venderiam ou não abrams? O mesmo aconteceu com o f35, com a fab dizendo que não queria.

E prq o Brasil procuraria mísseis bvr americanos? Comprou um avião europeu e comprou um míssel europeu, melhor que o americano.

A maioria dos equipamentos listados não interessa ao Brasil, por escolha do Brasil, que sempre procurou fornecedores militares de origens variadas. Temos aviões suecos, mbts alemães, submarinos franceses, helicópteros russos, vbts nacionais….

Michel C

A qqr hora a esquerda pode voltar ao poder no Brasil. Esquerda cujo compromisso não é com a bandeira verde amarela mas com a vermelha. Como os EUA podem confiar sua tecnologia de ponta a um país assim? Que pelo voto “democrático” pode voltar a ser amiguinho de Cuba, Irã e Venezuela. Será que ninguém se lembra mais do desempenho “festejado” da diplomacia internacional do Brasil no eixo do mal? Pois é vivemos as consequências de nossos votos. Será q a maioria dos brasileiros que votam está preocupado com geopolitica para votar certo para os americanos?

Marcelo

Os projetos militares atuais foi lançado por qual Governo ??? Guarani,navio patrulha Napa, 5 submarino frances,50 helicoptero kombi frances,missil avtm-300,avioes Gripen,Labeg em aramar,nova base dos submarinos,3 navios de patrulha novos da BAE Systems,navio doca multiproposito Bahia,helicoptero russo mi-35 ,radar saber m-200 fora outros projeto que nao me lembro agora !!!

Last edited 4 meses atrás by Marcelo
EduardoSP

Branco, preto, esquerda, direita, bom, mau, mocinho, bandido, amigo, inimigo, comunismo, capitalismo…
Raciocínio binário é limitante

Hellen

Cade os liberais de direita que privatiza tudo e sucateia as forças armadas !!!!
Raciocínio binario é limitante né,kkkkk !!!
Contra fatos descrito pelo nosso colega nao a argumentos !!!!
Reequipamentos das forças Armandas pela esquerda foi maciça !!!
Sucateada pela direita liberal que as forças armadas apoia !!!

Thiago A.

“os EUA podem confiar sua”
O Brasil sempre recebeu o mesmo tratamento dos EUA quando o assunto era tecnologias sensíveis, qualquer que fosse o espectro político dos governo. Parem de confundir ideologia e geopolítica, cresçam ! Por a caso a Índia é mais estável politicamente? A democracia deles não é sujeita as naturais oscilações políticas e alternância de poder ?

Thiago A.

Enquanto você ainda fica preso nessas ” análises” que só servem como propaganda eleitoral, o teu Paladino ( EUA ) foi quem foi lá em 1971 abrir os portões do ocidente para os chineses.
Não foi o Brasil não “tá ok “?

maommamd_widelg.jpg
Andre

E na década de 1960 foram os EUA que avisaram aos soviéticos que se eles atacassem a China com bombas atômicas, os EUA iriam intervir.

Hellen

Logico que os yankees protegeu os chineses,vc esqueceu quem é o maior comprador de papeis da divida america atualmente (china) .
O peças se mexe nesse xadrez de acordo com interesses $$$$ !!!

Andre

Essa história da década de 1960 aconteceu muito antes dos chineses serem os maiores investidores nos EUA. o objetivo dessa “proteção” era que a urss não dominasse toda a Ásia.

100nick-Elã

Isso é lenda. Quem ameaçou a China com bombas nucleares, foram os americanos na Guerra da Coreia em 1950. E foi oficial. Só porque os americanos levaram coro dos chineses na Guerra, pode isso?

Andre

Pode ser lenda ai na sua realidade, aqui na minha não. Na minha realidade o Gen. MacArthur considerou essa possibilidade e esse foi um dos principais fatores para ele ser retirado do comando.

Além disso, tanto a URSS quando a China, se envolveram em conflitos em 1969,e a URSS fez planos para a utilização de armas nucleares.

Thiago A.

Não estou vendo nenhum brasileiro nessa foto sorrindo e apertando a mão de Mao Zedong, um dos piores despotas da história. Nixxon e Henry Kissinger possuíam cidadania brasileira? Foram a mando das autoridades tupiniquins?
Menos beisterol político e mais pragmatismo/geopolítica por favor . Caso contrario seremos sempre idiotas úteis nesse tabuleiro.

nixon.jpg
Last edited 4 meses atrás by Thiago A.
Jadson Cabral

Que análise rasa e mais burra, com todo respeito, é claro. Esquerda e direita no Brasil não tem muita diferença, todo mundo rouba igual, vide acontecimentos atuais. Para as forças armadas nos últimos anos eu vi que a esquerda, pelo menos o pt, os tratou muito bem, até pq eles precisam de forças armadas ao seu lado se queriam por em prariprática o que foi feito na Venezuela. Todos os programas importantes das forças armadas foram desenvolvidos nos governos anteriores. A única coisa que “a direita” e o seu minto fez pelas forças armadas até agora foi politizá-las, foi envergonhar… Read more »

Wellington Góes

Motores BBB (Bom, Bonitos e Baratos).

Marcelo

Motores spec 1 ,igual a todos os paises fazem com a india ,versão mais defasada, Prescisa de muita manutenção!!!
Os avioes indianos vao continuar a cair como sempre !!!!

Mk48

Srs. , pergunta de leigo : É esse motor que equipa o Gripen ou viajei na maionese ?

Andre

O do gripen E é o 414

Mk48

Oi André,
.
Blz.
.
Obrigado.

Flanker

Esse motor, o 404, equipa as versões A, B, C e D do Gripen. As versões E e F utilizam o 414.

Zorann

O F-404 equipa o Gripen A/B e C/D em uma versão modificada pela Volvo denominada RM-12. Também equipa os Hornet, o F-117, o TA-50, etc… e chegou a equipar a primeira versão do Rafale.

O Gripen E/F usa o F-414

Guilherme Poggio

Complementando. O 414 (motor do Super Hornet) é o desenvolvimento do 404 (motor do Legacy Hornet). A GE, fabricante do motor, pegou o núcleo da versão avançada do 404 (que deveria equipar o A-12 Avenger II naval) e juntou com componentes do motor YF120 (que iria equipar o caça ATF da USAF). Como o A-12 foi cancelado e o ATF (que virou o F-22 depois) passou a ser equipado com o motor do concorrente (o F119 da P&W), a GE juntou as peças dos dois e criou o 414. . O 404 que a Índia vai receber é mais parecido… Read more »

Últimas Notícias

Desaer apresenta o ATL-300, turboélice para 40 passageiros

A nova fabricante brasileira Desaer apresentou nesta terça-feira (7) na 6º edição da Mostra BID Brasil o novo modelo...
- Advertisement -
- Advertisement -