quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Caças F-15 e F-16 da USAF atacam bases de milícias apoiadas pelo Irã na Síria

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Caças F-15 e F-16 dos EUA atacaram bases de milícias apoiadas pelo Irã na Síria no domingo (27/6), tentando neutralizar posições que o governo Biden disse terem lançado ataques de UAV contra funcionários e instalações dos EUA no Iraque. O Departamento de Defesa (DOD) divulgou um vídeo dos ataques aéreos ao longo da fronteira Iraque/Síria.

A mais recente onda de ataques contra ativos militares dos EUA no Iraque foi realizada por uma nova classe de drones de fabricação iraniana que, segundo autoridades norte-americanas, podem escapar da vigilância dos EUA e defesas.

O último desses ataques ocorreu no início deste mês, quando um drone armado detonou em um restaurante em um ponto de entrada importante no aeroporto de Bagdá usado por soldados e diplomatas americanos, disse um oficial militar dos EUA à CNN. Em abril, um drone danificou um hangar de drones da CIA perto de Erbil.

Os ataques aéreos americanos na noite de domingo atingiram instalações operacionais e de armazenamento de armas em dois locais na Síria e um no Iraque, de acordo com o Pentágono, alvos que foram “selecionados porque essas instalações são utilizadas por milícias apoiadas pelo Irã que estão engajadas em empregar veículos aéreos não tripulados (UAV) em ataques contra funcionários e instalações dos EUA no Iraque.”

Na imagem divulgada em 15 de janeiro de 2021 pelo Imamedia, um drone suicida iraniano se aproxima do alvo durante um exercício conduzido pela Guarda Revolucionária do Irã. Vários drones suicidas mergulharam sobre os alvos e explodiram durante o treinamento

Durante meses, a inteligência e os militares dos EUA no Iraque têm alertado sobre o risco para as forças americanas desses drones iranianos mais novos e sofisticados. Em vez de serem guiados por um piloto de um local remoto, alguns desses pequenos drones de asa fixa usam navegação GPS, tornando-os muito menos visíveis aos sistemas de vigilância dos EUA e imunes a interferências.

“Basta dizer que a (CIA) agora está prestando muita atenção a essa questão, porque essas coisas tendem a assustar um pouco”, disse um ex-oficial de inteligência com experiência na região.

Embora os ataques de foguetes contra o pessoal dos EUA no Iraque tenham se tornado quase uma rotina, esses novos drones de fabricação iraniana, os chamados drones suicidas, são vistos pela inteligência e militares dos EUA como uma escalada clara do Irã – e um sinal preocupante para os funcionários da inteligência de que os EUA não gozam mais de autonomia nos céus do Iraque.

Recheados explosivos, os novos drones vêm em tamanhos variados – de uma envergadura de 1,5 m a uma envergadura de 4 a 5 metros, de acordo com um oficial militar dos EUA – com as iterações maiores carregando até 30 quilos de explosivos.

Os crescentes ataques usando esses drones mais sofisticados são parte de um esforço contínuo do Irã para usar milícias substitutas no Iraque para tentar expulsar os Estados Unidos da região, disseram fontes à CNN. Para complicar as coisas, eles também surgem no momento em que o governo Biden busca negociações delicadas com Teerã sobre um novo acordo nuclear.

FONTE: CNN

- Advertisement -

38 Comments

Subscribe
Notify of
guest
38 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilton L Junior

A melhor opção para o governo americano é sair de vez do Iraque, a permanência só vai continuar alimentando as tensões, perdeu o Iraque desde quando depuseram Sadan.

Antoniokings

E com a saída do Afeganistão e a recusa paquistanesa de deixar utilizar bases em seu território, os EUA estão praticamente ausentes de grande extensão de terra que vai da China até o Irã.
Ou seja, perderam a Ásia Central.

Adriano Madureira

Sai não amigo, pois a leste do rio Eufrates,eles roubaram os campos de petróleos sírios na na província de Deir al-Zour. e estão usufruindo e aproveitarão ao máximo o tempo em que esses campos ficarem sobre o controle deles… Apesar dos EUA anunciarem a retirada de suas forças do norte da Síria em outubro de 2019, disseram que manteriam cerca de 500 soldados para proteger as instalações de petróleo, junto com as forças lideradas por curdos, que atualmente são os principais beneficiários da produção. O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, disse que “as tropas dos EUA estão lá… Read more »

Nilton L Junior

Sim isso mesmo.

Fernando C. Vidoto

O Iraque não e mais o mesmo da época do Sadan. Na época do Sadan existia boatos de desenvolvimento de armas de destruição em massa (bomba nuke). Tudo acabou e hoje existe um governo fantoche pro EUA.

Agora e ver quando os EUA vão invadir o Iran . . .

Last edited 2 meses atrás by Fernando C. Vidoto
Antoniokings

Já tem até data a invasão americana do Irã. 30 de fevereiro.
O ano, vc escolhe.

Franklin Apaza

Invadir o Irã?!

HAHAHAHAH 🤣

Dará ao Irã o pretexto perfeito para terem sua própria arma nuclear.

Demolidor

Os EUA nunca vão atacar o Iran , porque os EUA só atacam paises fracos com capacidade de defesa reduzida , e o Iran tem uma boa capacidade de resposta.

Fernando C. Vidoto

Blz pessoal. Os desdobramentos estão acontecendo já nessa semana atual.

Estou apenas observando os fatos. Vai dar treta.

Att.

Last edited 2 meses atrás by Fernando C. Vidoto
Guilherme Gabriel Lins

a questão de uma possível invasão ao Irã é muito mais geopolitica do que capacidade militar amigo, militarmente o Irã não é mais desafiador do que o Iraque do Sadan era no tempo da invasão

Last edited 2 meses atrás by Guilherme Gabriel Lins
Demolidor

Discordo de vc não tem como comparar o Iraque do Sadam com o Iran atual , na Guerra do Iraque durante o governo Bush a capacidade do Iraque era bem reduzida eles perderam grande parte dos armamentos deles durante a guerra do golfo na década de 90 e não conseguiram substituir porque sofreram embargo da Onu, o Iran hoje em dia não tem embargo da Onu sobre ele então eles podem se reforçar a vontade e já existem boatos de compras do Iran.
EUA somente ataca países muito debilitados é mais fácil eles atacarem a Venezuela do que o Iran.

Demolidor

Na Guerra do Golfo o nível de treinamento das tropas iraquianas era muito baixo eles tinham bastante equipamentos mas os soldados que operavam eles tinham pouca instrução, na Guerra e foram atacados por uma coalizão de mais de uma dúzia de países, na Guerra do Iraque em 2003 as defesas deles estavam enfraquecidas devido ao embargo e equipamentos perdidos na década de 90, o caso do Iran ele não tem mais embargo e pode reforçar as suas forças armadas sem restrições e tem notícias que ele esta em negociação de diversos equipamentos para modernizar suas forças e os mísseis Iranianos… Read more »

Mgtow

a questão de uma possível invasão ao Irã é muito mais geopolitica do que capacidade militar amigo, militarmente o Irã não é mais desafiador do que o Iraque do Sadan “………….hahahahahahaha é cada uma que a gente lê por aqui. Por isso amo essa seção de comentarios. Pois ha comentarios lucidos e altamente agregador, mas ha os cômicos como o seu, para rirmos um pouco

Data

Atacar porque? Ditaduras do tipo fazem muito, barulho hoje, mas caem amanhã.

Mgtow

Eles estão querendo trazer essa tensão aqui para a america do sul. Fomentando conflitos para terem pretextos de vender armas ou intervir militarmente. Arrastando os paises da região para se digladiarem. Só não ver o que tá acontecendo quem não quer.

Antoniokings

Como esperado, começam a aumentar os ataques aos americanos no Iraque.
Estão alvejando principalmente, comboios de suprimentos.
Creio que pode ser o início do processo de expulsão dos EUA do Iraque.

Antoniokings

E, hoje, uma base do Mossad foi atacada em Erbil, no Curdistão iraquiano.causuando a morte de alguns agentes israelenses.
Temperatura subindo rapidamente.

Heinz Guderian

Eles ficaram com “raivinha” porque Israel inaugurou uma embaixada no Emirados Árabes Unidos.
Não vai demorar para um resposta de Israel, como sempre eles fizeram, é bom eles prepararem o “lombo”, com diz o ditado.

Inimigo do Estado

Mas Biden não era lacaio do Irã?

Franklin Apaza

Na verdade ele se viu obrigado fazer isso.

O Pentágono dá ordens, Biden obedece.

Last edited 2 meses atrás by Franklin Apaza
Franklin Apaza

As coisas eram bem similares quando se tratava do Trump com a Rússia.

O Pentágono fez de tudo para q Trump não melhorasse as relações com a Rússia de Putin.

Last edited 2 meses atrás by Franklin Apaza
MestreD'Avis

Não é do interesse do Pentágono, nem dos militares Russos nem dos militares Chineses que EUA e Russia estejam de boas relações Para as cupulas militares dos EUA, a Russia ainda é a maior justificativa para manterem muito do arsenal nuclear e o bicho papão maior Para as cupulas militares Russas, os EUA ainda são a razão para investirem tanto nos gastos militares e se manterem no poder usando as memórias de um passado gloriosos Para a China, obriga os EUA a gastar em dobro e os russos a se focarem no flanco ocidental e não no vulnerável flanco sul…… Read more »

JuggerBR

Qualquer medida de contra ataque americano custará bem mais caro que esses drones suicidas, é o risco de colocar um grande exército contra um oponente que luta com estratégia de guerrilha…

Teropode

Bobagem , guerrilha só é viável para quem não tem alvos preciosos , o Irã possui muitos alvos e a guerrilha só se tornará interessante depois que a infraestrutura vier abaixo .

Juggerbr

Estou falando dos custos, não acho que invadam o Irã, seria ainda pior que foi o Iraque. E só restará a guerrilha pros iranianos, porque numa guerra total o exército deles acabaria em dias.

Agressor's

A força aérea do Daesh :

https://www.youtube.com/watch?v=QhBApZa6Ms4

Desse comboio de 16000, 99% tá tudo morto, se levarmos em conta que os russos mataram de 2015 a 2016, contabilizando apenas daesh/isis, + de 35000, sem contar al#nusra, e rebeldes, não sou fã dos russos, mas temos que tirar o chapéu, única coisa que presta é a máquina de guerra russa…

Last edited 2 meses atrás by Agressor's
Heinz Guderian

O Helicóptero me pareceu um Mi-24, e não um apache como diz o titulo do vídeo.

737-800RJ

Americanos e russos gostam dessas oportunidades e não as desperdiçam. Treinam seus pilotos e testam suas aeronaves, mísseis e bombas em inimigos reais. Não tem aquela máxima “treino é treino e jogo é jogo”? Nessas situações pontuais eles aproveitam pra jogar e treinar ao mesmo tempo.

Augusto L

Se os americanos saírem do OM, podem contar que o fundo soberano das nações do golfo vai todo para o Iraque. heheheeh

Last edited 2 meses atrás by Augusto L
Augusto L

Sem contar os turcos que vão entrar na parada, no mais acredito que tanto a AS quanto o Irã não poderão enfrentar a Turquia, ela é mais forte e Israel vao ter que abaixar a cabeça e aceitar Erdogan

Tomcat4,2

Titio Sam e o petróleo iraquiano tomado na cara dura. Os defensores da justiça e da liberdade (quando lhes convém e lhes dá algum retorno). Elegem e derrubam governos mundo afora (não q outras nações poderosas não o façam tbm), mas há situações que chegam a ser absurdas no nível de cara de pau. Basicamente criaram o Isis (bom pra manter a roda econômica da fabricação de armas etc) e o povo do Iraque q se lasque né, como no vídeo onde transitam com seus blindados pela cidade e batem no carro de quem não sai da frente ,como os… Read more »

Demolidor

Concordo eles derrubam governos não alinhados a eles no mundo todo e a situação sempre fica muito pior depois das intervenções dos EUA e eles só atacam paises fracos duvido os EUA invadir a Rússia , China, Coréia do Norte e Iran.

Wellington Góes

Cadê o pessoal que reclamou dos vídeos da MISSILEX da MB?! Deveriam reclamar com a USAF pela divulgação da baixa qualidade do vídeo que eles divulgaram… É um absurdo tamanho descuido disso… Já pensou?! Tudo em preto e branco…
Rsrsrsrs

Wellington Góes

É um tipo parecido de drone usado por Israel… O pessoal dos EUA está recebendo um pequeno aperitivo do que libaneses, sírios e palestinos recebem em suas cabeças com esse tipo de drone… Paciência… Rsrsrsrs

Marcelo M

Enquanto isso, Israel comemora os ataques que podem complicar o acordo com o Irã. Já deixou claro o quanto se opõe à tentativa de Biden.

Wagner

Ue, o Bidenpaz e amor era mentira?…

O principal agente de desestabilização global atuando mais uma vez.

rdx

Não tem como comparar Iraque do Saddam com o atual Irã…Saddam era um déspota sunita enquanto grande parcela da população iraquiana é xiita. Mesmo assim, na primeira guerra do golfo, os EUA precisaram criar uma coalizão gigantesca para enfrentar o exército iraquiano (na época o quarto maior do mundo)…na segunda guerra do golfo, os EUA subjugaram sem luta um exército sucateado por anos de sanções. A favor do irã pesa a coesão interna, o apoio do calejado Hezbollah e de todos os xiitas do mundo dispostos a morrer pelo xiismo… e o provável apoio político e logístico da Rússia.

Last edited 2 meses atrás by rdx
Demolidor

Concordo totalmente, e os EUA precisaram de uma coalizão imensa para derrotar o Iraque , mas no caso do Iran poucos paises apoiariam os EUA num ataque ao Iran e quase todas as guerras que os EUA lutou sozinho ele perdeu ou acabou em cessar fogo sem vencedores.

Últimas Notícias

Eve, da Embraer, e Bristow firmam parceria para desenvolver operações de UAM com pedido de até 100 eVTOLs

Melbourne, Flórida, 23 de setembro de 2021 – A Eve Urban Air Mobility, uma empresa da Embraer, e a...
- Advertisement -
- Advertisement -