segunda-feira, agosto 2, 2021

Gripen para o Brasil

Eve, da Embraer, fecha parceria com a Blade para disponibilizar veículos elétricos nos Estados Unidos

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Melbourne, EUA, 24 de junho de 2021 – A Eve Urban Air Mobility Solutions, da Embraer, e a Blade Air Mobility, Inc. (“Blade”, NASDAQ: BLDE) anunciaram hoje um acordo para que a Eve disponibilize até 60 mil horas de voo por ano em seus veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOL), também conhecido no mercado pela sigla em inglês EVA (Electrical Vertical Aircraft), para uso nos principais mercados da Flórida e Costa Oeste dos Estados Unidos a partir de 2026, sujeito a certas condições.

Apoiada em mais de 50 anos de experiência da Embraer na fabricação de aeronaves e na expertise em certificação, a Eve apresenta uma proposta de valor única, oferecendo um amplo conjunto de produtos e serviços de mobilidade aérea urbana (UAM). O veículo aéreo de zero emissões e baixo ruído, com design simples e intuitivo, continua a atingir marcos relevantes de desenvolvimento, incluindo o primeiro voo do simulador de engenharia em julho de 2020 e o modelo em escala em outubro de 2020. Além disso, o projeto de Gerenciamento de Tráfego Aéreo Urbano da Eve atingiu uma nova marca em sua colaboração com a Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido (CAA, Civil Aviation Authority na sigla em inglês), para o desenvolvimento das condições necessárias para voos UAM com alto potencial de expansão.

“A Blade possui uma grande sinergia com a nossa missão, uma vez que desenvolveu uma plataforma que facilitará o acesso à mobilidade aérea nos centros urbanos e, graças à parceria com a Eve, oferecerá também uma experiência de voo silenciosa e sem emissão de carbono”, destaca André Stein, Presidente & CEO da Eve. Para Stein, a plataforma vai contribuir fortemente para a operação dos EVAs em importantes mercados da Costa Leste e Oeste dos Estados Unidos. “Essa parceria com a Blade é mais um passo para avançarmos no futuro da mobilidade nessas regiões e marca um momento de grande entusiasmo para as duas companhias,” afirma Stein.

A Eve planeja disponibilizar, junto a seus parceiros locais, até 60 aeronaves para uso da Blade pelos EUA a partir de 2026. A Blade vai pagar por hora de voo utilizada nas aeronaves da Eve, que serão fornecidas pela empresa e terceiros. A disponibilidade da aeronave da Eve pela malha da Blade está sujeita a acordos definitivos a serem firmados pelas empresas.

“É uma honra para a Blade realizar essa parceria com a Eve, que se beneficia do profundo conhecimento da Embraer no setor aeroespacial para o desenvolvimento de uma aeronave elétrica, silenciosa e com zero emissão de carbono”, diz Rob Wiesenthal, CEO da Blade. “A aeronave da Eve tem o custo operacional ideal para nossas rotas de curta distância, que se soma a outras três parcerias que temos para EVA. Juntas podemos aprimorar nossos serviços para as mais diversas missões e operações em polos regionais.”

Sobre a Blade

A Blade é uma plataforma de mobilidade aérea urbana que se compromete a reduzir os desgastes das viagens por meio de uma alternativa de transporte aéreo que seja economicamente competitivo para algumas das mais congestionadas rotas terrestres dos Estados Unidos ou internacionais. Atualmente, a companhia utiliza predominantemente helicópteros a aviões anfíbios. Seu modelo de negócio com poucos ativos e alta eficiência (“asset-light”), e que se conecta com exclusivo terminal de passageiros, é desenvolvido para facilitar uma transição suave para aeronaves elétricas de decolagem e pouso na vertical (EVA ou eVTOL), possibilitando a mobilidade aérea a custos reduzidos, de forma silenciosa e com zero emissões. Para mais informações: blade.com/investors.

Sobre a Eve Urban Air Mobility Solutions (Eve)

Eve é uma empresa nova e independente dedicada a desenvolver o ecossistema da Mobilidade Aérea Urbana (UAM). Beneficiando-se de uma mentalidade de startup, apoiada na história de mais de 50 anos de experiência aeroespacial da Embraer, e com um foco específico, a Eve está adotando uma abordagem holística para implementar o ecossistema de UAM com um projeto avançado de veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL), uma abrangente rede global de serviços e suporte e uma solução única de gestão de tráfego aéreo. A Eve é a primeira empresa formada a partir da EmbraerX. Para obter mais informações, visite www.eveairmobility.com.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Heinz Guderian

O “futuro” está chegando.

Heinz Guderian

Alguém sabe como coloca foto no perfil?

Marcelo

acho que pelo site da Disqus

SmokingSnake 🐍

Foto é só para os melhores comentaristas

Carlos Campos

Esse mercado ainda tem muito a crescer, mas eu fico feliz de ver a EMBRAER ser a que está liderando.

Nostra

Off topic
Its seems IAF might order additional ERJ145’s for Netra AEW&CS’s

FERNANDO

Quero ummmm Não vou comprar a merda do ONIX não!!! Quero carro voador. Putz, agora to com uns imensos pontos ???? Então, tenho que comprar um novo veículo, o meu é FLEX, mas, são tantas mudanças que estão ocorrendo que estou receoso de comprar um carro a combustão fóssil e mesmo a etanol, pois depois de 2025, carros elétricos irão se popularizar de um modo que os senhores não tem ideia. Sou azarado para investir, arrisca de eu comprar, e a merda do mercado endoidar todo para o lado do elétrico. Aqui em Curitiba, estão construindo já uma Usina Solar… Read more »

Jose Dias

Esta correto ? “primeiro voo do simulador de engenharia em julho de 2020 e o modelo em escala em outubro de 2020” Se sim , parabens para a EMBRAER . E queriam entrega-la por um saco de moedas !

FERNANDO

Verdade, e quando eu reclamei no site.
Fui linchado, mas, é típico da quinta coluna subserviente.

Leonardo Bastos

Na verdade, esse segmento da EMBRAER não era objeto da aquisição pela Boeing…

Fernando EMB

Leonardo, difícil alguns entenderem isso viu.

Felipe

alguém sabe informar se esses veículos, da Eve, vão ser produzidos no Brasil?

Últimas Notícias

Aeronave P-3AM Orion completa 10 anos de incorporação à FAB

A data marcou a modernização da Aviação de Patrulha, pois o modelo possibilitou a detecção, localização, identificação e, até...
- Advertisement -
- Advertisement -