sábado, junho 12, 2021

Gripen para o Brasil

Aeronave M-346FA: empresa italiana diz que não tem contrato com a Nigéria

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Em referência à matéria do site nigeriano Sundiata Post, sobre a tentativa da Nigéria de comprar aviões de caça, a fabricante italiana Leonardo Company esclareceu que não celebrou contrato com a Nigéria para o fornecimento de M-346s.

Em um e-mail enviado ao Sundiata Post na segunda-feira por sua assessoria de imprensa, a Leonardo disse: “Observe que, até o momento, nenhum M-346s foi contratado com a Nigéria. Além disso, a Nigéria não é um cliente C-27J Spartan. ”

O comunicado ainda disse que “a aeronave foi recentemente colocada em contrato por um cliente não divulgado. Além disso, o M-346 foi escolhido pela Grécia no âmbito de um acordo entre Israel e Grécia.”

De acordo com informações disponíveis no site da empresa, “O FA (Fighter Attack) é uma nova versão do avançado treinador bimotor Aermacchi M-346, projetado e fabricado pela Divisão de Aeronaves de Leonardo. É uma evolução da versão FT (Fighter Trainer) de dupla função, projetada para atender aos crescentes e diversificados requisitos operacionais das Forças Aéreas.

“O FA é uma solução tática extremamente eficaz e de baixo custo para o campo de batalha moderno, pois oferece às Forças Aéreas a maior eficácia com todos os recursos AJT (Advanced Jet Trainer) do M-346, incluindo os recursos de treinamento avançado e pré-operacional da versão básica.”

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Flávio

Pensando bem esse caça não teria papel algum no força aérea da Nigéria. O Super tucano serve para treinamento e operações Coin, enquanto o JF-17 fica para superioridade aérea.

Marcelo Garcia

Também achei que não caberia no orçamento nem desempenharia um papel que outros vetores da força estão cumprindo….

Last edited 1 mês atrás by Marcelo Garcia
camargoer

Olá Colegas. Creio que foi um golpe nigeriano. Cuidado.

Alexandre Cardoso

Sem dúvida esse foi um legítimo furo de reportagem ( tradução simultânea: reportagem furada )

Fabio

OFF, e o Gripen continua rompendo a barreira do som. Os testes estão indo muito bem, virou rotina.

Joli Le Chat

Faltou dizer que o avião seria pago com o dinheiro do príncipe nigeriano. Claro, isso depois que alguém ajudar o príncipe a acessar seu dinheiro que está bloqueado no exterior, mas antes precisa receber uma pequena quantia para pagar os trâmites para desbloquear a grana.
Alguém já recebeu um e-mail com uma história parecida?

Camargoer

Olá Joli. Eu tenho um bilhete de loteria premiado, mas não tenho condições de retirar o premio. Mas posso dividir o prêmio se você me ajudar a resolver um pequena pendência urgente.

Reportagens especiais

O AT-26 Xavante, conforme visto (e voado) por Franco Ferreira

  O texto abaixo é de autoria do nosso amigo Gustavo Adolfo Franco Ferreira, tenente-coronel aviador reformado da FAB, especialista em Segurança...
- Advertisement -
- Advertisement -