sexta-feira, maio 7, 2021

Gripen para o Brasil

Força Aérea Italiana envia quatro caças stealth F-35A para a Estônia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Aeronautica Miliare Italiana desdobrou quatro jatos de caça stealth F-35A de quinta geração para a Estônia com o objetivo de realizar uma missão de vigilância aérea de apoio à aliança da OTAN.

O caça italiano Lockheed Martin F-35A Lightning II chegou à Base Aérea de Ämari, a oeste de Tallinn, antes da transferência oficial das funções de Policiamento Aéreo Báltico da OTAN do contingente de saída da Força Aérea Alemã (Luftwaffe).

O F-35A italiano substituirá os caças alemães Eurofighter Typhoon em rotação.

Os caças stealth F-35A italianos chegaram equipados com refletores de radar Luneburg (ver detalhe na imagem abaixo) projetados para aumentar a seção transversal do radar (RCS) da aeronave para ocultar suas características furtivas.

Os F-35A italianos assumirão as funções de policiamento aéreo do Báltico na próxima semana. As forças aéreas da OTAN costumam usar a base de Ämari para realizar exercícios de treinamento, bem como as tarefas mais cotidianas de identificar e às vezes escoltar jatos da Federação Russa voando perto do espaço aéreo dos Estados Bálticos.

A viagem é a segunda conduzida por italianos desde que a Estônia aderiu à OTAN em 2004; a última vez que o Aeronautica Militare esteve em Ämari foi em 2018.

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Trindade

Agora mesmo que vai aumentar as incursões dos jatos russos para eles terem oportunidade de analisar de perto o F-35.

Daniel

Basta aos Italianos voarem com os “refletores de radar Luneburg ” instalados. Como estão em atividade de policiamento, s.m.j., não precisam utilizar o quesito furtivo.

Joli Le Chat

Acho que a única pessoa feliz com o F-35 é o Luneburg, que já deve estar rico de vender suas lentes para estes aviões.

Marcelo

hahaha

Reportagens especiais

Avançam os trabalhos nos quatro últimos F-5E ‘ex-Jordânia’ que estão no PAMA-SP

Preparação das últimas células pelo PAMA-SP, que precede o envio para modernização na Embraer, mostrou um avanço significativo nos...
- Advertisement -
- Advertisement -