sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Esquadrão Hórus da FAB completa 10 anos

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O Esquadrão Hórus (1º/12º GAV) completou 10 anos em 29/4.

Sediado na Ala 4, em Santa Maria/RS, o Esquadrão é o primeiro a empregar as Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) no âmbito da Força Aérea Brasileira, uma tecnologia nova e que ainda apresenta amplo campo para desenvolvimento.

Atualmente, o Esquadrão emprega as aeronaves Hermes RQ-450 e RQ-900 para cumprir as Ações de Reconhecimento Aeroespacial e Posto de Comunicação Aeroespacial.

Em agosto de 2020 outro Esquadrão da FAB também passou a empregar ARPs, o 1º/7º GAV – Esquadrão Orungan, com sede na Ala 12.

O 1º/7º GAV incorporou o Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) – Heron I, denominadas na Força Aérea Brasileira como RQ-1150.

As ARPs Heron I foram adquiridas inicialmente pela Polícia Federal e incoporadas à FAB através de um acordo de operação compartilhada.

- Advertisement -

22 Comments

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luis

Me lembro que a PF chegou a instalar os Heron no Aeródromo de São Miguel do Iguaçu (PR), como parte do projeto elaborado pela PF, no entanto “dificuldades” na utilização do espaço aéreo acabaram por interromper as operações dos ARP’s da PF.

Marcilio lemos de Araújo

Bom dia Luis, fico muito triste com o ego de alguns chefes militares que não avançam na perspectiva de integração das forças policiais no Brasil, a policia federal tem suas atribuições específicas ao combate ao narcotráfico, descaminho dentre outro, um comandante chegou a dizer em público que se os hermes levantasse voo sob a batuta da PF seriam derrubados, é muito atraso na mentalidade de um oficial dessa envergadura.

Rinaldo Nery

Mentira essa afirmativa. Nunca foi dito. Não invente.

paulop

A grande questão é que deve-se fazer um planejamento muito bom, o que faltou à PF( talvez faltou inclusive um convênio antes da aquisição para a PF escolher um modelo mais adequado às suas funções). Os SARP são uma excelente ferramenta, não só para as FFAA, mas para todos os outros órgãos de segurança pública(PF, PRF, PMs e talvez até às PCs), bem como outros que tem funções e poder de polícia(como a Receita Federal e o Ibama).
Abraço

Gabriel

Fundamental!

“Atualmente, o Esquadrão emprega as aeronaves Hermes RQ-450 e RQ-900 para cumprir as Ações de Reconhecimento Aeroespacial e Posto de Comunicação Aeroespacial”.

Quanto a “Heron I foram adquiridas inicialmente pela Polícia Federal”, onde está/estava o TCU e o MP, para analisar/solicitar esclarecimento relativo aos milhões em recursos repassados a PF para a aquisição, implementação, treinamento e operação das ARP??

Era obvio que a PF não teria a expertise para tal, por que foi autorizado e por quem? quanto recurso foi enterrado no processo? alguém foi responsabilizado?

Rinaldo Nery

Boa pergunta. Talvez o Marcilio aí em cima saiba responder.

Bardini

Esses Hermes 450 seriam muito mais úteis no EB, principalmente agora que a artilharia finalmente começou a ser modernizada.
.
A FAB deveria se preocupar em viabilizar recursos para manter e operar UAVs do porte do Hermes 900 pra cima.

Renato

Parabéns e vida longa ao esquadrão! Tenho uma foto de um RQ-450 (Mais precisamente o 7804) Tirada em 2014 na BAAN.

Charles

Não dá pra instalar umas bombinhas ali nas asas não? rsssss..brincadeiras a parte, fico imaginado se fosse um drone armado a gritaria que iria ocorrer na mídia “especializada”.
Há espaço para tal, possuir um drone armado no Brasil? Apenas conjecturando…
Aliás há alguma diferença entre drone e aeronave remotamente pilotada?

Bardini

Muito mais importante que carregar armamento, seria já ter uma unidade capacitada e bem treinada, operando em conjunto com a artilharia do EB, “caçando” alvos em tempo real para os M109 A5 + BR e ASTROS 2020.

Rinaldo Nery

Nenhuma. São só designações distintas.

Pedro

Dentro do esquadrão Horus, existe a capacidade de ataque ou apenas de observação.

Heinz Guderian

Espero que as 3 forças deem uma atenção especial a esse campo tecnológico que é os drones, os últimos conflitos tem mostrado que os drones são fundamentais, Nargono Karabak é um exemplo excelente disso.
Devemos investir muito nessa área, tendo em vista a vastidão territorial do Brasil.
Além disso, meios para proteger as tropas dos ataques, dos drones inimigos.

Foxtrot

Já era para a MB/ CFN/ EB está com unidades treinando neste esquadrão da FAB.
Mas aí entra o pensamento “bairrista” da FAB em querer ser a única instituição nacional a dominar os céus.
O Brasil precisa mudar a forma como nossas FAAs querem dominar certos nichos de atuação e certos tipos de equipamentos.
Nós E.U.A por exemplo, até agências governamentais mais simples tem direito de operar Drones e outros equipamentos militares.
Isso abre o mercado para fabricantes, incentivando a P&D etc.

Rinaldo Nery

Não poste bobagem, amigo. A FAB NUNCA, JAMAIS, fechou as portas do 1°/12° GAV pra quem quer que seja. E, o MD JAMAIS permitiria. A FAB NUNCA proibiu ninguém de operar ARP. Basta seguirem as regras do DECEA. De onde vc tirou essa idéia? O atual cmt do Hórus é Guardião. Falo com ele pelo zap todo dia.

Foxtrot

Então a mídia errou sobre a ameaça do antigo comandante da FAB de derrubar os drones da PF caso eles fossem colocados em voo.
Não estou escrevendo que a FAB proíbe de outras instituições de adentrarem no esquadrão, estou escrevendo que baseado no histórico da instituição (proibir a MB de ter caças, o EB de operar os Shepar etc), e em reportagens especializadas, é de se esperar.
Espero realmente estar escrevendo besteira e estar errado.
E que a FAB me prove o contrário.
Caso esteja errado me desculpo de antemão!

Rinaldo Nery

A MB tem caças, e os pilotos são formados na AFA e no 2°/5° GAV. A FAB não PROIBIU o EB de comprar os Sherpa (e nem pode), mas afirmou que basta que a disponibilidade de nossas aeronaves de transporte aumente, para haja um maior apoio ao EB. E a mídia mentiu ao afirmar que a FAB afirmou que ¨derrubaria os drones da PF¨. O texto escrito pelo TB Rossato a respeito dos Sherpa é de conhecimento público. Acho que o amigo não soube interpretar.

Foxtrot

Não foi interpretação literal e liberal minha.
Vou achar a matéria e postar aqui.
Mas fico feliz de saber que estou redondamente errado.

Rinaldo Nery

A FAB, sem pressa, exige antes o cumprimento de uma série de exigências. Oficiais ouvidos por ISTOÉ disseram que o comandante da FAB, Juniti Saito, ameaçou derrubar os Vants da PF, caso levantem voo sem autorização.
¨Oficiais ouvidos por Isto ɨ. hahahahaha
Quem eram esses oficiais? Ouvidos por Isto É? Tá de brincadeira! Acho que foram ouvidos pela Carta Capital também…. Acredita em duendes, amigo? Fada Sininho?

Foxtrot

Resposta muito evasiva e sem embasamento técnico e com um certo preconceito com uma impressa hoje muito atacada (merecido as vezes, mas nem sempre).
Tanto seu depoimento quanto a falta de provas cabais da matéria é que nos leva (nos meros leitores) a cometer certas gafes nos depoimentos (as vezes corretas as vezes não).
Não confunda patriotismo com corporativismo Cel.
Espero mais do senhor do que isso!
A verdade tem que ser transparente doa a quem doer!
Cordial abraço.

Rinaldo Nery

Desculpe se fui mal educado, Foxtrot. Gosto das suas postagens. Mas, essa, não tem embasamento nenhum. A mídia marrom adora ¨colocar palavras nas bocas dos militares¨, a fim de semear o descrédito ou desmerecer o trabalho das FFAA. Nesse caso, te asseguro que nada disso NUNCA ocorreu. A PF parou operar os Heron por incompetência dela. Ponto.

Reportagens especiais

22 de abril – Dia da Aviação de Caça

'Sentar a Púa: lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar...
- Advertisement -
- Advertisement -