domingo, julho 25, 2021

Gripen para o Brasil

Segundo protótipo do T-27 Tucano modernizado faz primeiro voo no PAMA-LS

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O ensaio teve duração de 2 horas e 20 minutos, nas quais foram verificados o sistema de navegação, parâmetros básicos do motor, entre outros aspectos

A aeronave T-27M, FAB 1426 realizou, na manhã desta terça-feira (20), no Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS), o primeiro voo de ensaio para teste e avaliação de melhorias no processo de modernização. O ensaio teve duração de 2 horas e 20 minutos, nas quais foram verificados o sistema de navegação, parâmetros básicos do motor, entre outros aspectos da aeronave.

A modernização do T-27 Tucano tem como principais objetivos a inovação do painel de instrumentos da aeronave, adaptando às novas regras de tráfego aéreo, como os procedimentos de Navegação de Área (RNAV) e Performance de Navegação Requerida (RNP) e às novas demandas de formação dos pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB), além da redução das obsolescências logísticas existentes.

O Diretor Interino do PAMA-LS, Coronel Aviador Marcelo Reed Sardinha, destaca a relevância do processo de modernização das aeronaves. “Além do avanço já alcançado com o primeiro protótipo FAB 1446, nosso segundo protótipo traz ainda mais melhorias para o sistema da aeronave. Tais modificações são soluções inovadoras que, pela primeira vez, estão sendo realizadas com participação ativa da FAB no processo. Este acontecimento significa um marco na história, que demonstra toda nossa capacidade técnica e produtiva”, afirma.

Fizeram parte da equipe de ensaios em voo o Piloto de Ensaio e Diretor do Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV), Coronel Aviador Marcelo Zampier Bussmann; o Tenente-Coronel Aviador Valter Faria Junior (DIRMAB); o Major Engenheiro Jardel Figueira da Silva (ILA) e o Tenente Engenheiro João Gabriel Henriques Leite (IPEV). A previsão atual é de modernizar cerca de 40 aeronaves e entregá-las para a Academia da Força Aérea (AFA).

Cockpit original do T-27 Tucano

Novo painel do T-27M

FONTE: Força Aérea Brasileira

- Advertisement -

54 Comments

Subscribe
Notify of
guest
54 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tomcat4,2

Excelente !!! Doido pra voltar nesta base em um próximo portões abertos e poder ver o KC-390 e o Gripen E de perto .

Mathias

É o mesmo que colocar um DVD player num fusquinha.

Fernando C. Vidoto

Não desmerece po !

Se fosse o P47 ate concordava

Mathias

Eu gosto de fusca, inclusive tenho um. Pau pra toda obra

Allan Lemos

Acho que essa aeronave é de treinamento, você queria o quê? Uma pintura stealth?

Mathias

Deixa do jeito que tava. Pilotos formados em glass cockpit quando vão voar um avião analógico ficam perdidos. Sou instrutor.

Marcelo Andrade

Só se for instrutor de Cessna 172!!! Amigo, todos os aviões da FAB no momento são Glass cockpit!!!

Leandro Costa

Típico comentário sem noção. Hoje em dia até Cessninha 152 tem glass cockpit. A FAB só está se mantendo atualizada.

Mathias

Um simples Garmim 430 já resolveria a desatualização. Quando tem pane no sistema elétrico os pilotos se perdem nos instrumentos analógicos. Vide o caso do airfrance.

Last edited 3 meses atrás by Mathias
camargoer

Caro Mathias. Há anos já discutíamos a necessidade de modernizar os T27. Alguns colegas defendiam até a remotorização. O T27 foi projetado com um painel analógico que se tornou obsoleto com o advento das novas aeronaves da FAB (F39, A29, KC390, C99, C105….) e das modernizadas (A1M, F5M, etc). Apesar da idade dos T27, parece que elas estão estruturalmente íntegras, o que torna viável modernizar o painel e sensores para que possam voar mais uma ou duas décadas.

Luiz Antonio

Desculpe colega, mas creio que desconhece as capacidades da plataforma. A modernização coloca a aeronave em outro patamar, além do que aeronaves são avaliadas por ciclos e não pela data da concepção do projeto, que aliás é sucesso até hoje. Sugiro rever seus conceitos.

Mathias

Mas os ciclos do T27 já estão no final da vida útil. Tem varios tucanos com as longarinas empenadas na AFA. Melhor buscar um treinador novo que atualizar esses.

Luiz Antonio

Longarinas empenadas não dão PT amigo. Outra coisa, você possui os data sheet de cada aeronave para afirmar que estão no fim dos ciclos? Ou “acha” que essas unidades foram do EDA?

FernandoEMB

AS unidades do EDA eram as mais bem conservadas e que passaram por um programa de revitalização que incluiu a troca das asas. Muitas células do T-27 já chegaram no final de sua vida útil.

Paulo Sollo

Se for pra fazer analogia entre aviões militares e carros seria mais correto comparar o fusca ao T-25 Neiva. Bem básico, simples, robusto e confiável. Foi feito pra isto e cumpre seu papel. O T-27 pelas suas caraterísticas de potência e manobrabilidade seria mais como um Stock Car. Se dois sujeitos apostarem uma volta ao mundo, um num destes populares modernos e outro num fusca, aposto tudo no fusca. Meu pai quando jovem comprou um fusca e viajando pelo interior uma frágil ponte de madeira desabou com o peso do fusca. Em seguida choveu bastante e o riacho subiu tanto… Read more »

igortepe

Os Fuscas também estão passando por modernizações,Ar-condicionado, suspensão duplo A nos eixos traseiros e dianteiros.

Last edited 3 meses atrás by igortepe
Flanker

????

William Duarte

Boa tarde. Não aguentei tive que postar

fusca.jpg
Salim

Sabes nada.

Jodreski

Ele cumpre a missão ao qual ele foi projetado? Sim
Com a modernização irá cumpri-la ainda melhor.
Então não vejo motivo para crítica, até a USAF opera aviões semelhantes na instrução dos seus cadetes.

Jhonn

Essa modernização muito estranha pela ausência da Embraer e a escolha meio nebulosa, talvez traga complicações a Fab no futuro. Os contratos da Fab sempre são meio que estranho, gasta se $$ e não leva se adiante :mísseis piranha, Mar 1, A Darter, AMX caça caro incompleto.

MMerlin

Não se deve classificar a FAB e generalizar sua gestão de projetos e contratos apenas com produtos que não deram certo. Referente ao AMX, sim, era uma aeronave incompleta. Mas independente do contexto geopolítico da época, que nos limitava bastante o acesso a equipamentos mais avançados, ela trouxe enormes avanças na área aeroespacial. Referente a ausência da Embraer, de estranho não tem nada. A FAB deve sim diversificar sua lista de fornecedores. Isto fomenta a indústria e diversifica o mercado. A única ressalva que faço é em relação ao intervalo de tempo entre a primeira e segunda aeronave (6 meses).… Read more »

Last edited 3 meses atrás by MMerlin
Salim

Conforme texto, foram feitas diversas mudanças em relação ao protótipo 01 com intervenção da FAB neste processo. Este fato relatado reforça a estranheza de náo ser Embraer , fabricante da aeronave, ter sido preterida nesta modernização. Provavelmente ocorrerão aditivos financeiros a este contrato, pratica comum aqui nos contratos com governo, ou paralização da modernização. Existem vários operadores do t27 ao redor mundo, portanto alem de bom para FAB, seria bom para Brasil vender estas modificações. Ressalto para os simplistas de plantão que modernização com qualidade náo e um processo simples de engenharia, sendo as vezes muito mais trabalhoso e caro… Read more »

Leandro Costa

Em compensação temos T-27, A-29, E/R-99, AT-26, T-25, F-5M, KC-390, o sistema de controle de espaço aéreo em tempo real que opera no Brasil inteiro e é um dos melhores do Mundo, etc. A lista de programas de sucesso é longa.

Quer que eu liste todos os programas da USAF que não foram para a frente?

igortepe

A Embraer e Fab, deveriam fazer um novo AMX no estilo A10 Thunderbolt.

Guilherme

Em São José dos Campos tem várias empresas boas, fundadas e compostas por ex-funcionários da Embraer, e que conhecem a plataforma melhor do que os atuais funcionários da própria Embraer. E cobram muito mais barato para desenvolver um projeto. Esse é exatamente o caso da modernização da avionica do Tucano.

Marcelo Andrade

Cara, o PAMALS é quem sustenta esse Projeto. Pra que Embraer, foi no cockpit a modernização.

Jefferson Henrique

Acho muito interessante essa modernização. Faz com que os alunos dos últimos anos da AFA já tenham contato com cockpit glass modernos antes de terem contato com o Super Tucano por exemplo. A instrução tem que se modernizar cada vez mais. O Tucano como treinador ainda é muito válido.

737-800RJ

Apesar das críticas que o pessoal tá fazendo, temos que admitir: ficou bonito pra caramba! O quanto antes os pilotos entrarem em contato com o glass cockpit, melhor, penso eu.

Claudio Moreno

Fico muito feliz de ver que nossas próprias OM’s se capacitará a realizar modernizações significativas, se a intervenção total do fabricante!

Ademais a modernização do EMB312, é um nicho muito amplo, temos nações na África e América Latina que ainda operam o modelo básico que poderiam ser atualizados mediante acordos diretos do tipo ” governo – governo”.

CM

FernandoEMB

Uma modernização bem mais ampla e completa foi realizada pela Colômbia em seus T-27, pela indústria local em parceria com a Embraer. Se algum outro país for nesta direção de uma modernização mais completa, o caminho é via esta empresa colombiana, que se tornou o centro autorizado pela Embraer para as modernizações fora as da FAB.

Flanker

Concordo que vc queira puxar a brasa para seu asaado. Respeito muito a Embraer e tenho orgulho dela. Mas, quanto à modernizações, ela própria teve percalços nas modernizações dos F-5 e dos A-4. Se essa empresa foi escolhida pela FAB para modernizar suas células de T-27, é pq atende ao que a FAB quer. Já se outras Forças Aéreas quiserem modernizar seus T-27 com a empresa colombiana e com a Embraer, bom pra elas. …a FAB não tem nada com isso e não se importa nem um pouco.

FernandoEMB

Eu não estou dizendo isso Flanker, e não estou puxando a sardinha para lado nenhum.
Só estou dizendo que esta modernização realmente não teria de ser via Embraer. Estou dizendo é que uma modernização mais profunda, com a revitalização estrutural, troca das asas e etc… essa sim deve envolver a Embraer. E por um acordo firmado com esta empresa colombiana, ela é a responsável pelas modernizações neste nível para outras forças aéreas.

Agora se resolverem fazer uma modernização mais modesta, estão pode ser feita com qualquer empresa.

Carlos Alberto Soares
Zorann

Modernização muito válida!!

Aproximando os T-27 dos A-29 e por consequência dos F-5EM e do Gripen

Uma curiosidade: Alguém saberia me informar quantos T-27 temos em serviço na FAB hoje? As demais células em melhor estado, foram estocadas?

Flanker

Em serviço deve ser ao redor de 50 células, incluindo-se aí as que estão na AFA e as que passam por revisão nível Parque. As outras células que estão em condições de voltar à operação, conforme a necessidade, estão armazenadas no próprio PAMA/LS, Parque responsável por essas aeronaves.

Zorann

Obrigado pela informação

Carlos Alberto Soares
Satyricon

Uma plataforma de excelência como o T-27 merece um programa de modernização à altura, e esse parece dimensionado a colocá-lo na referência do segmento de treinamento novamente. Parabéns à FAB.
Segundo consta, há uma enorme quantidade de células encostadas no Pama-LS. Tomara que estejam bem cuidadas, pois ainda podem ter enorme serventia.

Luiz Trindade

Pow… Para quem já tinha visto o painel do Tucano antes deu um salto monstruoso de qualidade de treinamento.

Luiz Antonio

A utilização do T-27M para treinamento avançado, coloca Efetivamente o aluno bem mais próximo das aeronaves que pilotará na fase seguinte. O GAP diminuiu muito e consequentemente os custos de treinamento e obviamente a segurança de voo. E ainda tem gente que através de análises capengas ainda criticam. A “INFERNET” realmente é problema para manter desinformação. Deus do Céu!

Last edited 3 meses atrás by Luiz Antonio
JuggerBR

Acho que depois da Família E-Jets-1 da Embraer, o T-27/A-29 é o maior sucesso da história da Embraer, em número de operadores e unidades. O que acham?

Fernando

Não… em termos de unidades produzidas temos…depois dos Ejet´s, temos o Ipanema, ERJ-145, depois os Phenom. Todos com mais de 1.000 unidades.

Somando T-27/A-29 chegamos a cerca de 900.

Sds,

carvalho2008

EMB Tucano em rasante entre as montanhas
https://www.youtube.com/watch?v=eEe_TYiD910

Adriano Giuseppe

Ficou show..

MÁRIO FILHO

Não sou piloto mais parece que o avião ficou até mais leve !!

Caerthal

Não valeria a pena para a Embraer continuar a ofertar no mercado o T-27 (modernizado) com opção para treinador?

FernandoEMB

Acho que não. Valeria mais a pena partir para um novo projeto.

Salim

O mercado tem atualmente diversas opções para este nivel formação, na avançada já tem A29 e os treinadores a jato. O potencial de vendas seria baixo com resultado financeiro negativo. Uma opção seria alguma forca aérea bancar projeto, o que náo seria logico visto as opções mercado.

Eliton

Não existe nenhum interesse em transformar eles em drones?

Jefferson Henrique

Sua colocação é interessante. Mas se você estiver se referindo a transforma-los em alvos aéreos, a FAB não dispõe de muitos mísseis para abate-los em treinamentos.

Marcelo Andrade

Vida longa ao Tucanão!!!!

angelo

Painel: diferença da água para o vinho…..incrivel.

m. wolf

alguém sabe se as asas foram trocadas??

Últimas Notícias

Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV) completa 15 anos

No dia 23/7, o Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV) completou 15 anos. O IPEV é responsável...
- Advertisement -
- Advertisement -