sexta-feira, dezembro 3, 2021

Gripen para o Brasil

USAF quer UAS de última geração que tenha capacidade de combate aéreo

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A Força Aérea dos EUA emitiu uma Solicitação de Informações (RFI) para sua Next-Generation (Next-Gen) Multi-Role Unmanned Aerial System (UAS) Family of Systems (FoS).

Três áreas de foco (FAs) foram listadas e a primeira área foi determinar que tipo de sensores ou redes de sensores existem que podem “fornecer alerta antecipado e rastreamento de qualidade de direção de tiro e identificação (ID) de operações aéreas inimigas em ambientes altamente disputados”

O segundo foco é determinar se o UAS tem alguma “capacidade de combate aéreo para proteger ativos aerotransportados de alto valor contra caças inimigos de longo alcance e outras ameaças cinéticas e não cinéticas”.

O serviço quer saber se esses UAS têm capacidade de sobrevivência e com que rapidez eles podem ser reparados ou ter os sensores trocados.

FONTE: SAM.GOV

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
TJLopes

Ou seja, fariam a escolta das aeronaves de alerta aéreo antecipado e de reabastecimento.

Last edited 8 meses atrás by TJLopes
Wagner

Cara, incrivel os negativadores!!!! Kkkkk, concordo com vc!

Wagner

Inclusive o controle desses UAV por uma plataforma AWACS seria muito prático. No caso de avioes tanque num cenario moderno, seria crivel que os mesmos voassem suas missoes nas areas cobertas por AWACS.

Teropode

Se não possuir uma capacidade autônoma relevante será mais do mesmo .

Últimas Notícias

Do ’14-Bis ao 14-X’ – a história por trás da Operação Cruzeiro

O projeto 14-X foi batizado desta forma em homenagem ao centenário, em 2006, do primeiro voo do 14-Bis A história...
- Advertisement -
- Advertisement -