quarta-feira, abril 21, 2021

Gripen para o Brasil

Apesar do revés inicial, a Força Aérea Brasileira prossegue no objetivo de adquirir dois cargueiros A330

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Embora tenha tido seu pedido de R$ 500 milhões negado pelo Ministério da Economia para a compra de dois Airbus A330, a FAB prossegue no objetivo de adquirir os aviões.

Já que a tentativa inicial por um crédito extraordinário não foi bem sucedida, por não atender aos “aos preceitos de urgência, imprevisibilidade e relevância” previstos na Constituição, a estratégia agora é incluir os recursos na Lei Orçamentária anual – LOA 2021 que tramita no Congresso.

A expectativa é que os recursos estejam disponíveis até abril, para que então se lance o edital de compra.

A ideia é adquirir dois aviões, aproveitando os atuais preços favoráveis dessas plataformas no mercado e posteriormente convertê-los em reabastecedores.

A FAB buscava suprir sua necessidade de transporte estratégico através do Projeto CX-2 e acabou alugando um Boeing 767 por mais de dois anos como medida interina.

A aquisição de cargueiros de grande porte visa complementar a frota de aeronaves de transporte KC-390 e C-130 em operação.

Airbus A330 MRTT transportando insumos da China para a Europa no combate à pandemia da Covid-19, em março de 2020

A330-MRTT.jpg
A330 MRTT

- Advertisement -

99 Comments

Subscribe
Notify of
guest
99 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bueno

Que bom! Torcendo para que tudo dê certo e FAB tenha pelo menos o mínimo de meios para cumprir sua missão. Não é o ideal mas o real, ter o mínimo de meios!

 Nota da FAB na época do cancelamento da licitação para leasing do 767, a justificativa era a aquisição de aeronaves mais adequadas.. Isto em 16 de Janeiro de 2021.

https://www.fab.mil.br/noticias/mostra/36850/NOTA%20DE%20ESCLARECIMENTO%20-%20Informa%C3%A7%C3%B5es%20sobre%20o%20cancelamento%20da%20licita%C3%A7%C3%A3o%20do%20Boeing%20767%20300ER%20(2020)

“Nesta perspectiva, vislumbrou-se a oportunidade de aquisição de outras aeronaves mais adequadas às necessidades do que o 767 que era objeto do certame.”

MMerlin

Todos torcemos para uma (não tão futura) escolha e compra. Sabemos da importância das aeronaves, tanto para a FAB quanto para o Brasil. Mas a divulgação pelo Presidente atual foi de forma antiprofissional, quebrando protocolos, processos e analise técnica interna. Tanto é que a FAB nem se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Mesmo assim, foi menos pior que a decisão prematura e, posteriormente equivocada, da compra do Rafale pelo Luiz Inácio.

MMerlin

Sim. E referente a parte “não tão futura”, significa que esta compra não pode esperar um longo prazo. Um definição até o meio do ano seria bem vinda, aproveitando possíveis oportunidades devido a também restrição de verba de outros países.

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Bueno

Políticos meu caro, sempre vão enfatizar bônus e minimizar o ônus.
Pode fazer uma festa e ficar com os louros, não roubando nem desviando os recursos e entregando para a Força o que ela escolher e precisa opera está de boa.

Carlos Campos

O Brasil comprou Sub deles e ia comprar o Rafale e desde lá a promessa era que a França ia nos ajudar a abrir o mercado Europeu para o Brasil, acredito que Lula ia fazer a decisão logicamente certa se os Franceses fossem pessoas confiáveis, do ponto de vista técnico foi um erro apressar o anúncio

MMerlin

Quem define o melhor equipamento é o corpo técnico responsável.
Sempre ficou claro que a decisão seria política, mas com grande peso da área técnica.
Na época a COPAC nem tinha entregue as especificações e o Luiz Inácio atropelou tudo e declarou o Rafale como vencedor, em pleno Dia da Independência. Visivelmente, neste dia, o garoto estava mais empolgado que o habitual.

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Carlos Campos

Sim, por isso disse que ele apressou as coisas, segundo ponto é que eu torcia pro Gripen, terceiro eu acho os franceses pessoas traiçoeiras.

Tiago da Silva

Se é um objetivo que um plano muito bem traçado seja estabelecido usando recursos do próprio orçamento e sem a necessidade de uma requisição externa. Bato na tecla que se não fosse a extensa folha de pagamento incluindo os pensionistas poderíamos ter uma força aérea muito melhor equipada e aeronaves como o A330MRTT já seriam uma realidade. Muitos dos amigos falaram em vender aeronaves do GTE como uma possível solução para esta compra mas esquecem que o custo para o aluguel é muito maior e que a classe política não esta nem ai para o povo, é só ver o… Read more »

Flanker

As FFAA do Brasil possuem muito pessoal? Sim, concordo! Entretanto, quando vemos o orçamento da Defesa, de mais ou menos 100 bilhões de reais, pensamos que é muito dinheiro. Principalmente quando comparamos com os orçamentos de outros países. Mas, para termos uma comparação real, o correto seria colocar o que todos países gastam com seu pessoal ativo e com aquisições, custeio, etc….deixando de fora o gasto com aposentados e pensionistas, pois muitos dos orçamentos militares de outros países, que aparecem como menores que o nosso, não consideram os gastos com aposentados e pensionistas nesses orçamentos. Outra coisa muito falada aqui… Read more »

Astolfo

Falou muito e disse pouco. 100 bilhões de reais são uma INFINIDADE de dinheiro, e são mais que o suficiente para Forças Armadas muito melhor equipadas que as que temos. As nossas FFAA são culpadas de utilizarem esse dinheiro em sua maior parte para pagamento de pessoal. Não adianta tergiversar: esse é o fato e ponto final. Certo o Ministério da Economia. A FAB que corte em pessoal.

Flanker

Então coloque aqui os orçamentos de Reino Unido, Austrália, França e Itália. Ali aparecem os gastos com aposentados e pensionistas?? Sim ou não?? No orçamento do Brasil aparece. É óbvio que 100 bilhões de reais é muito dinheiro. É óbvio que temos muito pessoal nas FFAA. Mas, responda as duas perguntas que fiz acima. Aí poderemos debater com dados em pé de igualdade. Pensem com o cérebro e não com o fígado…..

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Flanker

Pelas negativações, o fígado continua mandando mais que o cérebro….assim, vcs só justificam o que eu escrevi…..hehehe

Rinaldo Nery

A ¨pensão da filhas¨ pesa tanto assim mesmo? Qual é o percentual da folha? Haja filha!

Rodrigo M

Pois é Cel.

A modinha do momento dos especialistas de teclado agora é essa… “Ainnn.. é só cortar a pensão.. mi mi mi blá, blá, blá.. ”
.
Soluções mágicas e instantâneas!
.
Sejam pelo menos mais criativos, essa já deu.

Flanker

Se essa crítica foi para mim, errou o alvo, pois raramente eu cito isso nos meus comentários. Nunca fiz comentários do tipo que vc citou……vou falar novamente o que disse em outro comentário meu: pensem com o cérebro e não com o fígado.

Jefferson Henrique

Meu irmão trabalha na Sabemi Seguradora, especializada em empréstimo para militares e pensionistas. Está trabalhando Home Office, muitas vezes ao visitá-lo, vi com meus próprios olhos ele me mostrar rendimentos de viúvas e filhas que inclusive eram CASADAS, de cerca de R$ 20.000,00 , R$ 30.000,00 ao mês.
Se o governo fizesse o pente fino na pensão dos militares, igual o da previdência, muita gente ia se lascar. Mas quem tem coragem de mexer nesse vespeiro e perder o tapinha nas costas das Forças Armadas.

Rodolfo Livio

Desculpe, mas seu irmão deveria ser mais cauteloso ao expor dados sensíveis de pessoas físicas (LGPD).

Jefferson Henrique

Você está correto. Mas tanto eu como meu irmão somos pessoas de boa índole, eu trabalho com numerário, então não poderia ser diferente. Além de ter sido um breve comentário sobre o caso.
Me preocuparia mais com o vazamento de dados que ocorrem com frequência por ações de hackers.

Leitor da Trilogia

Dinheiro público.
Esses números deveriam estar estampados em outdoors na frente de cada prédio das organizações públicas do país(municipal, estadual e federal).

miguel Felicio

MIMIMIMIMIMIMIMI………é o meu, o seu e o nosso dinheiro nesse tipo e situação.

Agnelo

Prezado
Com a tal da informatização, os dados tem sido passados.
Anualmente são sindicâncias e mais sindicâncias q tem “tirado” pensões indevidas.
Quanto aos 30.000….. tá difícil…. deve ter sido o bruto de marechal quando ainda tinha o tempo de serviço e são pouquíssimos quase nenhum.

Flanker

Usando um nome citado em um artigo do Forças Terrestres, de autoria de um general do EB:

http://www.portaltransparencia.gov.br/servidores/704884

Bruto de mais de 30 mil reais/mês.

Zorann

A pensão das filhas eu não sei. Aliás, acho que nem há esses dados facilmente disponíveis.

Mas o que se gasta de pensões nas FFAA é maior do que o gasto de inativos. Pelo menos era da última vez que pesquisei, a uns 3 anos atrás. Não vou dizer o percentual que é maior, porque estou puxando de cabeça.

Os dados estão disponíveis no portal da transparência.

Gamayun

Segundo o portal da transparência o total ultrapassa os 20 bilhões de reais.
http://www.portaltransparencia.gov.br/programas-e-acoes/acao/0179-pensoes-militares-das-forcas-

Agnelo

Inclui-se as pensões com as famílias de ex-combatentes.
Estes não contribuem com a Pensão Militar .
E também não são somente os q foram pra Italia, mas todos q se prepararam pra ir, os q ficaram na vigilância/defesa do litoral e todos q embarcaram em navios e navegaram por nosso litoral.

Ainda, depois das novas leis, as pensões não durarão tanto, pois acabou a pensão pras filhas.

Flanker

Para um ex-oficial da FAB, a sua capacidade de interpretação de texto está bem ruim. Onde eu coloquei que o problema é apenas a pensão das filhas?? Releia o trecho do meu comentário: “..para termos uma comparação real, o correto seria colocar o que todos países gastam com seu pessoal ativo e com aquisições, custeio, etc….deixando de fora o gasto com aposentados e pensionistas, pois muitos dos orçamentos militares de outros países, que aparecem como menores que o nosso, não consideram os gastos com aposentados e pensionistas nesses orçamentos. Outra coisa muito falada aqui é que se acabar com o… Read more »

Tiago da Silva

Para cada país uma realidade, mas o que realmente me importa é a nossa realidade a dos outros é problema deles.

100 bilhões parece pouco para muitos mas acredito que a maioria acredite que seja um valor até que adequado para a nossa realidade, acontece que a distribuição e até mesmo o tamanho das forças deveria ser revisto mas infelizmente a minha voz não significa nada.

Mas é apenas uma questão de opinião.

Flanker

Para cada país uma realidade, mas o que realmente me importa é a nossa realidade a dos outros é problema deles.”

Tiago, muitos e muitos aqui comparam sempre o orçamento do Brasil com o de outros países. Eu coloquei que devemos comparar coisas semelhantes, ou seja, consideremos gastos com Defesa os gastos com pessoal ATIVO, aquisições, modernizações, custeio, etc desses países. Mas, muitos países tem os gastos com aposentados e pensionistas desvinculados do orçamento da defesa e o Brasil tem esses gastos vinculados ao orçamento….logo, isso provoca distorções nas comparações. Foi só isso que eu quis colocar….

Kemen

Poderia ler se quiser e se ainda não leu. A FAB tenta se manter operacional, apesar de todos os percalsos.

https://www.fab.mil.br/Download/arquivos/prestacaodecontas/DCA11-118_30Set2020.pdf

Rodrigo M

Agora vai!!! kkk

Jadson Cabral

Eu sabia que isso não ia sair desde o início. Esses 500 milhões vão acabar se convertendo em auxílio auxílio emergencial.
Se a FAB conseguir comprar dois aviões civis, esses aviões sim seriam subutilizados, pq quando chegassem, seu principal papel, o de cargueiro de grande porte, não há seria tão necessário quanto foi há 2 meses e o seu custo de operação muito alto acabará fazendo que que virem rainhas de angar e a FAB, se conseguir, vai demorar anos e anos pra convertê-los e MRTT. Ou seja, continuaremos sem um reabastecedor estratégico.

GFC_RJ

Prezados editores,

Seria possível informar a fonte primária desta notícia, por favor?
Ou essa notícia foi de fonte própria?

Abraços.

MMerlin

Essa informação também saiu no jornal O Globo, no dia 05/03.

Guilherme Poggio

Publicamos um clipping sobre a reportagem do Globo aqui no dia 6/3. A matéria de hoje foi feita com base em fontes do PA.

Last edited 1 mês atrás by Guilherme Poggio
MMerlin

Um complemento. Principalmente no que tange a questão da estratégia em tentar incluir a verba na LOA 2021. O que preocupa, uma vez que está claro que faltarão recursos para projetos em andamento, inclusive para o FX-2.

Up The Irons

O momento econômico não é dos mais favoráveis, mas que continuem tentando. Se conseguirem será um grande salto pra logística das Forças Armadas!

Welington S.

O foi aconteceu foi Paulo Guedes negar o crédito extraordinário. Por isso ele barrou. a FAB realmente precisa dessas aeronaves pra ontem.

Pedro ESIE

As forças armadas não precisam de dinheiro! As forças armadas tem um orçamento de 20 bilhões de dólares, o 13 maior orçamento do mundo!! Falta dinheiro para as forças armadas? Claro que não! Oq falta é a organização dos recursos,diminuição do pessoal e a reforma na previdência!

Satyricon

Não entendi.
Essa processo surgiu originalmente com a possibilidade de serem 2 A330 que seriam disponibilizados pela RAF, já na versão MRTT, militarizado e na versão cargo/reabastecedores. Ou seja, os aviões estão prontos para o emprego.
Agora se fala em lançamento de edital de compra, para posteriormente conversão em cargueiro/reabastecedores. Serão 2 concorrências, sendo uma para aquisição e outra para conversão. Ou seja, isso não fica pronto antes de 2023.
O burro vai passar arreado novamente (2 ex RAF), e vamos perder essa chance.
Que coisa…

pampapoker

Isso tudo e para alguém ganhar um bônus nas duas licitações……Brasil gente.

Rinaldo Nery

Nunca foram MRTT. Quem te disse? O Globo?

Wagner

Todas as reportagens aqui a trilogia falaram no MRTT. Só agora que o senhor fala que não são?

Rinaldo Nery

Pq não são. Nunca foram. Acredita em mim.

Guilherme Poggio

Wagner, a matéria acima fala somente de “Airbus A330

Bueno

As repostragem aqui do Aereo falam de possibilidades de ser MRTT

Leandro Costa

As reportagens falaram em A330, e especulou-se que seriam os MRTT por já terem sido ofertados, mas nenhum anúncio oficial foi feito mencionando os MRTT, e isso inclusive foi dito mas matérias. O povo daqui que achou que já estava tudo acertado e bradaram que eram os MRTT. Alguns, mais cautelosos, que diziam que não apenas não havia confirmação de que eram os MRTT, como também não havia confirmação de que a compra seria feita.

Dito e feito.

Wagner

https://www.aereo.jor.br/2021/01/29/conheca-o-a330-mrtt-que-podera-ser-operado-pela-fab/

Quando se lê uma reportagem dessa, sabendo da confiabilidade da revista, é de se esperar que os editores possuam fontes que indiquem a possibilidade efetiva da compra dessa aeronave ou que ao menos ela esteja no páreo e seja considerada séria candidata… por isso minha surpresa ante a afirmação do coronel. E, Leandro, eu fui um dos que questionaram a veracidade do pronunciamento do presidente.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares

Eram KC 767-300-ER convertidos na IAI, correto ?

Kornet

Aproveitem o embalo e reduzam a frota do GTE e vendam o aero51.

Agroboy

É só economizar no leite moça e na pensão dos brigadeiros que conseguem fazer uma vaquinha.

Last edited 1 mês atrás by Agroboy
Rinaldo Nery

Vai ouvir sertanejo que vc ganha mais.

Carlos Alberto Soares
Agroboy

O Coronel sentiu. Kkkkkkk

Last edited 1 mês atrás by Agroboy
Milton Ferreira

Fiz um comentário e não registraram nos comentários, o que houve?

Caio

Uma das muitas necessidades militares do país, que estão de ser, mais oficiais; o problema é como pagar por isso, vai ter que ser mesmo de fora do orçamento das forças, porque sem isso nunca terá verba.

André Marques de Almeida Viana

Apoio 100% o governo mas sem deixar de fazer críticas necessárias. Paulo Guedes, nessa vc vacilou! A FAB PRECISA DESTES AVIÕES E PARA ONTEM!

Samuel

Esses aviões cumprem alguma função que o kc-390 não cumpra? Ou a compra é porque eles já estão prontos para uso ?

Welington S.

Só pela capacidade que esse avião possui já te responde muita coisa.

Rodrigo M

Um caminhão cumpre alguma função que uma pick-up não cumpra?
É por aí..

Flanker

É óbvio que cumpre! Carrega mais carga, mais pessoal, reabastece mais aeronaves, voa distâncias muito maiores. Para fazer uma comparação simples, quando a FAB possuía 4 KC-137, possuía também vários e vários C-130. O C-130 tem o seu substituto que é o KC-390, enquanto que os KC-137 foram desativados e não foram substituídos. KC-390 é uma aeronave tática, enquanto A330 e 767 cargo/tankers são aeronaves estratégicas.

Fernando

Se vão adquirir as aeronaves que façam assim, usando orçamento da Força e não com verba complementar como queriam.

Não estamos no momento para gastos extra orçamento, usando como desculpa uma urgência que simplesmente não faz sentido, já que leva tempo para ter as aeronaves operacionais.

Rommelqe

Senhores: prometo que não vou sugerir o uso dos A330 como lançadores de torpedos Mk48… Rsrsrssr

mk48

Espero que não seja nada pessoal!😂😂😂😂

Rommelqe

Não meu amigo, não…Grande abraço!

Zorann

Crédito suplementar? Ou seja mais dinheiro do que eles já vão receber? Se for isso, tomara que não saia.

Querem comprar avião, então cortem gastos. Que tal colocarem na LOA os gastos a serem cortados para que a compra das aeronaves seja viável?

As aeronaves, se fossem compradas à vista, representariam somente 0,5% do orçamento da Defesa. Não é possível que não tenha nada de inútil nesse orçamento enorme, que não possa ser cortado para economizar este percentual.

Carlos Campos

Espero que a FAB tenha vitória, esses aviões ajudariam muito na logística de combate do PAÍS desde reabastecendo aeronaves até levando tropas e suprimentos

Carlos Gonzaga

Mantenho minha opinião.
Trata-se de um equipamento que não necessitamos neste momento. Há disponibilidade de locação se precisarmos eventualmente como cargueiro.
Para transporte de tropas também não é necessário porque não há eventualidade que explique/justifique tal operação em horizonte visível.
Para REVO de perna longa também não há justificativa.
Há usos mais necessários e adequados para esse dinheiro.

Carlos Gonzaga

Qto às pensões, os militares comentaristas que me desculpem a franqueza mas acho isso uma vergonha.
Na minha opinião, pensões a filhas solteiras de militares é algo retrógrado, desvirtuado e tem sido utilizado de forma desonesta.
Tive a oportunidade de trabalhar com uma arquiteta concursado na Petrobrás com mais de 20 anos de profissão, casada e com dois filhos adultos. Filha de oficial da aeronáutica reformado e já falecido, percebia ela em 2016 pensão vitalícia maior que R$ 20.000,00, que não fazia questão de esconder.
Embora pela legislação vigente não seja ilegal, trata-se de algo imoral.

filipe

Mas esse foi o preço da nossa actual liberdade e democracia, o Regime Militar teve que ser compensado de muitas formas, senão os militares nunca iriam largar o poder , o problema não é apenas da FAB, ou das forças armadas, é um problema que envolve toda a sociedade brasileira, o Brasil deveria usar melhor os poucos recursos que têm, não sair gastando dinheiro em meio que não serão operados com alta intensidade, optamos por ter uma projecção estratégica mais discreta , optamos por ter um caça mais discreto (Gripen NG) , optamos por ter número discretos (36 unidades) ,… Read more »

Carvalho2008

Mestre Filipe, E sabendo disto, vc nunca denunciou as instituições competentes? Se ela é casada, vive maritalmente, não faz justiça a regra legal. Ela esta desviando seu dinheiro. Não precisa responder, pois é uma das maiores falhas da alma brasileira, achar que não tem direitos a ser respeitados, achar que desvios impactam dinheiro dos outros e não o seu, e que ele não pertence aquela comunidade pois nao tem nada a ver com isto. Não precisa responder pois aposto aqui que varios ja testemunharam casos de invalidez do INSS ou fraudes de licença e tambem calaram por achar que não… Read more »

EduardoSP

Meu caro, para as forças armadas, a filha de militar pode viver 40 anos com a mesma pessoa, ter filhos e netos mas, se não casar no civil, não é considerada casada.
Por outro lado, se o militar amasiado, na mesma situação, vier a falecer, a companheira terá direito à pensao por haver “união estável”.
Ou seja, a faca corta só para um lado.

Waldeir

Não vai sair dessas poucas unidades dívida pública de 6 trilhões de Reais em breve

Last edited 1 mês atrás by Waldeir
filipe

Mas esse foi o preço da nossa actual liberdade e democracia, o Regime Militar teve que ser compensado de muitas formas, senão os militares nunca iriam largar o poder , o problema não é apenas da FAB, ou das forças armadas, é um problema que envolve toda a sociedade brasileira, o Brasil deveria usar melhor os poucos recursos que têm, não sair gastando dinheiro em meios que não serão operados com alta intensidade, optamos por ter uma projecção estratégica mais discreta , optamos por ter um caça mais discreto (Gripen NG) , optamos por ter número discretos (36 unidades) ,… Read more »

Waldeir

Pensão no Brasil é direito adquirido, não se corta porque a constituição de 1988 não permite,
O problema de pensão será anulando em 2050 quando todas as filhas dos beneficiário tiver morrido
Não se concede mais pensão desde 1999

EduardoSP

Não. O direito continua existindo, mas agora há uma contribuição simbólica, 1% do soldo se não me engano, para mantê-lo.

Agnelo

Ela foi denunciada ao MPM? Ou à FAB?

Kemen

Desde quando aluguel de aeronave sai mais barato ao longo do mesmo tempo que a compra de uma aeronave, aliás bem melhor comprar. Fosse a escolha de um milionario particular não pensaria duas vezes, compraria e já não teria alugado desde o inicio. A burrice orçamentaria agregada a desculpa de uma Constituição detalhada demais que a cada ano pretendem ou sugerem altera-la. Uma Constituição boa é bem curta, sucinta e direta, sem a necessidade de seguidas propostas de alteração. Se restar alguma dúvida nalgum caso, vai para análise das varas judiciais. Isso denota que houve avanço do Legislativo querendo definir… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Kemen
Fabio Araujo

Eu acho que essa primeira rejeição não tão estranha, principalmente em época de vacas magras, mas no final devem conseguir só vai demorar um pouco mais!

Zé bombinha

Mas são em reais mesmo? 500 milhões de reais! O que mais me impressionou foi isso.. no mais, não seria novidade a negação pelo ministério. Estão pensando só no bem para tal Plata rsrs

Sérgio Luís

Ótimo

Maurício.

O Brasil tem um orçamento de defesa de 110 bilhões de reais, está sempre os 15 países que mais gastam com “defesa”, atualmente acho que é o 11° país que mais gasta com suas forças armadas, e mesmo assim não tem dinheiro para comprar duas aeronaves A330? Algo está errado, mas sempre tem aquele pessoal para passar um pano…

Mauro

Jogada ensaiada, desde o começo percebi isso mas não quis comentar. Funciona assim: O presidente anuncia, a economia nega, a FAB não se conforma e corre atrás, no final, tudo se resolve com a participação de todos e todos ficam bem na foto. O presidente ao anunciar faz a sua parte, e demonstra preocupação com as Forças Armadas, o Ministério da Economia ao negar, mostra sua responsabilidade orçamentária e fiscal, e ao mesmo tempo, que toma decisões técnicas e que não aceita pressões políticas, nem do presidente, isso agrada ao tal do mercado, pensam, olha lá, o Guedes tem moral… Read more »

Renato

Perfeita análise Mauro. Concordo contigo.

Carlos Alberto Soares
Marcos10

Perda de tempo isso daí.
Brasil vive uma fantasia.

m. wolf

aproveitando os atuais preços favoráveis ? que preço favorável pra cargueiro? o povo da FAB não sabe que eles estão a todo na pandemia???????

CESAR ANTONIO FERREIRA

Opa!
Não foi bem assim, quando foi noticiado…
Diziam ter recursos assegurados, recuperados pela “Lava-jato”…
Que seriam aeronaves excedentes da “Air Tanker”, portanto, aqui estariam em breve.

Era fake, como tudo é fake neste governo.
Embora tenha tido seu pedido de R$ 500 milhões negado pelo Ministério da Economia”…

Conversa, desculpa do momento.
Foi apenas um jogo de cena na qual todos caíram, melhor… Quase todos.
Eu não caí nessa.

mk48

Com todo respeito às opiniões em contrário, mas…… penso que um país continental como o nosso, deveria sim possuir aviões com essa capacidade de transporte na FAB. Na verdade já deveriam ter preenchido essa lacuna desde a desativação dos 707. Évum avião versátil. Poderia até servir também de avião presidencial, o que evitaria o pinga pinga com escalas técnicas do A319 quando a viagem é longa.

Last edited 1 mês atrás by mk48
Mauro

Usar um deles como avião presidencial seria uma opção válida. Alemanha e Reino Unido usam o A330 como avião presidencial, acho que Israel também.

Foxtrot

“A FAB buscava suprir sua necessidade de transporte estratégico através do Projeto CX-2 e acabou alugando um Boeing 767 por mais de dois anos como medida interina. A aquisição de cargueiros de grande porte visa complementar a frota de aeronaves de transporte KC-390 e C-130 em operação”. Meu deus do céu! Estes brigadeiros devem estar com a mente podre. Não precisamos de transporte estratégico e nem reabastecedores, pois o primeiro podemos alugar em caso de necessidade extrema (como os americanos fizeram na guerra do golfo) e o ultimo os KC-390 já farão. Se comprassem os aviões para transformar em bombardeiro… Read more »

Flanker

“Se comprassem os aviões para transformar em bombardeiro estratégico, AWAC,S de longo alcance, J-STAR,s etc até concordaria.
Mas para reabastecedores e transporte estratégico de tropas, só pode ser brincadeira.”

Meu Deus digo eu!!!! Um A330 ou 767 para transformar em bombardeiro estratégico é normal pra ti?? E transformar as mesmas aeronaves em cargueiros/tankers estratégicos, pra ti é bobagem?? Barbaridade….parece que tu enxerga tudo pelo avesso e acha que esse avesso é o direito……

Fabio

Off, mais um dia de voos supersônicos do Gripen no interior de SP

Jef2019

Olha se todos os 36 gripens chegaram já ficarei surpreso e muito feliz….que dirá estas outras necessidades!!! Os brigadeiros dormiram em berço explêndido por muito tempo…deixaram a casta política embarrigar as justificadas e necessárias atualizações das FAAs. Agora falta de tudo, inclusive mais do que nunca grana!!!

Teropode

Caramba , 500 milhões é troco , basta oferecer uma troca por produtos agriculas , ou algum banco Inglês poderia financiar estas compras , será que eles não possuem uns 20 Sea Harrier estocados para fechar um pacote irrecusável ?

Heli

Se diminuíssem o Bolsa Banqueiro (já que jamais acabarão com isso, seja que governo for) já daria pra comprar muito mais do que apenas 2. Tem muito A330-200 com mais de 15 anos dando baixa no mercado civil de aviação, e visto que a FAB nao precisa do caro mecanismo de REVO tipo lança isso já diminui o custo da transformação do MRTT.

Reportagens especiais

O Rafale apresentado por quem entende

O Poder Aéreo participou de uma coletiva com a imprensa especializada fornecida pela Dassault Aviation na LAAD 2009. A exposição...
- Advertisement -
- Advertisement -