sábado, julho 31, 2021

Gripen para o Brasil

Caça F-39E Gripen inicia ensaios em voo supersônico no Brasil

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O novo caça da Força Aérea Brasileira, F-39 E Gripen, iniciou a fase de ensaios em voo supersônico no Brasil. A aeronave, que está no Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, da sigla em inglês) nas instalações da Embraer, em Gavião Peixoto (SP), tem realizado essas atividades nas áreas de teste designadas a noroeste da base. Todos os voos seguem procedimentos definidos pelas autoridades e são realizados em grandes altitudes, acima de 5 mil metros.

Esses voos, realizados pela Saab, são essenciais para testar o desempenho e as funções da nova aeronave, para dar continuidade aos procedimentos de certificação e aceitação da aeronave, que chegou ao Brasil em setembro de 2020.

“O Gripen realizará voos supersônicos durante os próximos meses. Voar mais rápido do que a velocidade do som cria uma onda sonora diferente, um estrondo sônico, que pode parecer mais um trovão do que uma aeronave passando. É possível que os moradores da região ouçam esse barulho durante os testes com o novo caça brasileiro. Temos o cuidado de garantir que esses voos supersônicos sejam realizados em áreas de teste designadas, em coordenação com as autoridades aeronáuticas conforme os procedimentos da Força Aérea Brasileira”, explica Sven Larsson, head do Centro de Ensaios em Voo do Gripen, da Saab.

As atividades no Brasil incluem testes de sistemas de controle de voo e sistemas climáticos. Também tem como objetivo testar a aeronave no clima tropical. Características únicas das aeronaves brasileiras, como integração de armamentos e sistema de comunicação Link BR2 – que fornece dados criptografados e comunicação de voz entre as aeronaves – também serão testadas no Brasil.

O Programa Gripen

A parceria com o Brasil começou em 2014, com um contrato para o desenvolvimento e produção de 36 aeronaves Gripen E/F para a Força Aérea Brasileira, incluindo sistemas, suporte e equipamentos. Um amplo programa de transferência de tecnologia, que está sendo executado em um período de dez anos, está impulsionando o desenvolvimento da indústria aeronáutica local por meio das empresas parceiras que participam do programa Gripen Brasileiro.

No decorrer desse período, mais de 350 técnicos e engenheiros brasileiros estão participando de treinamentos teóricos e práticos, na Suécia, para adquirirem o conhecimento necessário para a execução das mesmas tarefas no Brasil. Até o momento, mais de 230 profissionais já concluíram os cursos e a maior parte deles está de volta ao País trabalhando no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN, do inglês Gripen Design and Development Network).

O GFTC e o GDDN fazem parte da transferência de tecnologia do Programa Gripen, e são essenciais nas atividades conjuntas da Saab e da Embraer que visam construir os procedimentos e a capacidade de desenvolver e testar novos recursos durante o ciclo de vida do Gripen na FAB.

Sobre a Saab

A Saab atende o mercado global com produtos, serviços e soluções de ponta nas áreas de defesa militar e segurança civil. A Saab possui operações e funcionários em todos os continentes. Graças a suas ideias inovadoras, colaborativas e pragmáticas, a Saab desenvolve, adota e aprimora novas tecnologias para atender às necessidades, em constante mudança, de seus clientes.

DIVULGAÇÃO: Saab / Publicis Consultants

- Advertisement -

29 Comments

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Barak MX para o Brasil

E já tem gente reclamando de tremores e estrondos.

Matheus

Perai então essa unidade já tem o LinkBR2?

Manuel Flávio Vieira

off-topic importante: está havendo remanejamento de R$14,5 bilhões de Ministérios tendo em vista a crise com o Coronavírus. A argumentação dos presidentes da Câmara e do Senado é que a LOA de 2021 ainda está em discussão.

V12 aero

Moro em Catanduva sp distante 122km de gavião Peixoto, no dia 26 de fevereiro perto da hora do almoço, ocorreu um estrondo bem forte diferente de trovão que as janelas da casa estremeceram, o céu estava limpo sem tempo ruim, logo nas redes sociais começou a pipocar mensagem de que esse estrondo foi ouvido não só em Catanduva, como em cidades da região. Ao passar do dia deu no jornal, que não houve tremor sísmico (era o que as pessoas achavam) e no final da reportagem foi falado que esse estrondo poderia ter sido do caça quebrando a barreira do… Read more »

Fabio

Somos 2 amigo, de Catanduva

Adriano RA

Veja se não foi a chaminé da Cocam.
Brincadeira. Cresci em Catanduva.
Saudades.

Leonardo M.

aquele momento que o cara que gosta de aviação pensa
“Finalmente meus impostos sendo gastos no que gosto”

Adriano

Esse estrondo ocorreu tbm aqui em José Bonifácio SP pode ser isso mesmo

Adriano RA
Fabio Araujo

Bom saber que começamos os testes para valer aqui no Brasil!

Nilo

Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, na Embraer, a aeronave passará por uma série de testes, que inclui a operação em condições climáticas tropicais, programa de ensaios em voo será integrado às atividades que já está em andamento na Saab.
GFTC também atuará no desenvolvimento do projeto do Gripen E e F.
Seus testes fazem parte do envelope de validação do Gripen E/F a nível global da SAAB.
https://www.youtube.com/watch?v=8YFK4LkSwWo

Agroboy

Nossa, até hoje não ultrapassaram a barreira do som… quanta enrolação.

Marcelo Andrade

Sim amigo, é igual fazer um fogão!

Mauro

Esse exato avião atingiu a velocidade supersônica em seu primeiro voo na Suécia. Talvez você não saiba.

Gabriel

Sabe como é, ultrapassar a barreira do som, usando tração animal não é fácil.
A informação é que falta apenas 1 elemento qualificado, para tracionar o Gripen.
Talvez, se for voluntário, até o final de março, os testes estarão completos.

Adriano Madureira

Volta para a fazenda AgroBoy ! Você está achando Que um caça é um Toyota corolla ou um Honda Civic que já pode sair rodando da fábrica depois de montado?!

E olhe que até eles depois de sairem da linha de montagem, tem seus testes de fábrica obrigatórios a serem feitos…



Last edited 4 meses atrás by Adriano Madureira
Gil U

Será que estão testando a capacidade supercruise para atingir a velocidade supersônica ou pós-combustão?

Welington S.

O leque de testes para certificá-lo para o uso é muito grande. Podemos dizer que esse F-39 Gripen terá seus testes concluído neste ano?

Manuel Flávio

Alô editores da Trilogia: Quando nos comentários alguém coloca uma notícia é negativada, quando alguém agradece é negativado, etc. Haters estão utilizando o “dislike” para esculhambar.

Last edited 4 meses atrás by Manuel Flávio
Claudio Moreno

Exatamente.

CM

Andre

Se o seu comentário não for criticando os EUA ou Israel, e ao mesmo tempo endeusando a Rússia, a chuva de deslikes vai ser grande, nem ligue para isso.

Leitor Sincero

Nossa que frágil… me deram deslike mimimi

carvalho2008

Seria muito interessante saber se nos testes confirmaram-se o Super Cruise….

Nilo

👍

Célio Azevedo

Só falta agora um novo porta-aviões brasileiro.

Andre

Falta tanta coisa antes…

Andre

Um dos poucos programas brasileiros que segue dentro do cronograma. Parabéns à Saab e a FAB.

Leonardo M.

aquele momento que o cara que gosta de aviação pensa
“Finalmente meus impostos sendo gastos no que gosto”

HUAHEHUAHUEHUAE

Jutz

Quantos Gripen serão entregues neste ano?
Será que a situaç]ão econômica vai retardar a contrução de mais unidades?
Alguém tem noticias ou rumores sobre o cronograma?

Últimas Notícias

Aeronave P-3AM Orion completa 10 anos de incorporação à FAB

A data marcou a modernização da Aviação de Patrulha, pois o modelo possibilitou a detecção, localização, identificação e, até...
- Advertisement -
- Advertisement -