sábado, abril 17, 2021

Gripen para o Brasil

Saab no Brasil entrega primeiro par de freios aerodinâmicos para o Gripen

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A fábrica de aeroestruturas da Saab no Brasil concluiu a produção do primeiro par de freios aerodinâmicos do Gripen E. A peça será enviada para Linköping, na Suécia, no início de abril, conforme o cronograma de produção da empresa

“Este é um grande marco, que representa também um aquecimento para o início da produção de pacotes de trabalho mais complexos, como a fuselagem traseira. Esta entrega comprova que nosso processo está maduro e mostra para o Governo Brasileiro e a Força Aérea Brasileira que estamos prontos para os próximos passos”, ressaltou Alexandre Barbosa, gerente de Engenharia na fábrica brasileira da Saab.

Feito a partir da união de peças de ligas de alumínio e fibra de carbono, a produção deste par de freios aerodinâmicos começou em outubro de 2020. No total, serão produzidos 72 unidades, dos quais 36 vão ser utilizados no Gripen E/F adquiridos pela Força Aérea Brasileira.

Não é coincidência que os dois primeiros pacotes de trabalho tenham sido os freios aerodinâmicos e o cone de cauda, entregue em dezembro de 2020, uma vez que estas são partes menos complexas comparadas com os próximos pacotes que a Saab irá produzir no Brasil, permitindo a consolidação do processo de produção com um todo.

“Consolidar o processo no início faz com que economizemos tempo na implementação da produção dos demais pacotes de trabalho, como a fuselagem traseira e dianteira e o caixão das asas, porque já teremos implementado o fluxo em operações menos complexas”, explicou Ola Rosén, diretor de Operações da fábrica.

Única fábrica dos aeroestruturas do Gripen fora da Suécia, todo processo é monitorado de perto pela Saab, em Linköping, para dar suporte para os profissionais daqui. Ao mesmo tempo, a análise de riscos realizadas pelos engenheiros brasileiros contribuem para melhorias e novas formas de trabalho não só na fábrica brasileira, como também na sueca.

Acima, detalhe do freio aerodinâmico direito do primeiro caça Gripen E da FAB. Foto: Valter Andrade

Primeiro Gripen E da FAB que está participando dos testes de voo no Brasil

Sobre a Saab

A Saab atende o mercado global com produtos, serviços e soluções de ponta nas áreas de defesa militar e segurança civil. A Saab possui operações e funcionários em todos os continentes. Graças a suas ideias inovadoras, colaborativas e pragmáticas, a Saab desenvolve, adota e aprimora novas tecnologias para atender às necessidades, em constante mudança, de seus clientes.

DIVULGAÇÃO: Saab / Publicis Consultants

- Advertisement -

14 Comments

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilo

Um marco importante. As peças fabricadas no Brasil da estrutura do Gripen E fazem parte da cadeia global de produção do caça, além dos freios aerodinâmicos, também a fuselagem traseira, o cone traseiro, caixa de asa, e a fuselagem dianteira versão E e fuselagem dianteira para a versão F.

Last edited 1 mês atrás by Nilo
Welington S.

Realmente muito bom.

BORA BRASIL!

Rodrigo M

É.. Uma peça fabricada..
Nem sei mais em que pé estamos, já perdi a noção do tempo desse cronograma há alguns anos. (Vez ou outra alguém colocava aqui para nos relembrar).
Mas se é para comemorar, então Viva, Parabéns, Muito bom, etc.

MMerlin

Estive presente quando o avião decolou do aeroporto de navegantes. Foi um marco do programa. Foi uma alegria ver o primeiro de muitos. Mas o que expos o Rodrigo reflete uma realidade que muitos fecham os olhos para não ver, que é a morosidade com que são levados nosso projetos militares. Todos sabemos que são muitos os fatores, e a falta de verbas é apenas uma delas. E a competência do gerenciamento de projetos, pelo menos da FAB, não se encontram na lista. Voltado ao Gripen, vejam o tamanho do nosso país, com uma riqueza gigantesca perante qualquer outro país… Read more »

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Marcelo Andrade

Mais é só olhar o cronograma, está andando. Bicho, estamos andando com os Projetos, mesmo que devagar, com um defcit orçamentário e essa pandemia que não acaba. Economia ferrada e combustíveis que sobem todo dia!!! Aqui no RJ a Gasolina amanhã deverá chegar a R$ 6,00 o litro!!!

MMerlin

Exato. Os projetos caminham, a maioria a passos bem lentos. O PROSUB é um ponto fora da curva, o que deveria ser um padrão. A evolução dos projetos já tinha este comportamento padrão antes da pandemia. Ela não é o motivo. Mas com a tendência, a situação orçamentária deve piorar.

rosario

a suecia ja recebeu o seus gripens?nao ne.entao nao e o brasil e sim o programa gripen E que nao anda.se fosse o f18 ja estaria voando por aqui operacionalmente.

MMerlin

Então releia os dois comentários, lentamente. Perceba que no primeiro não questionei em momento algum o projeto e entrega do Gripen E, mas sim, a diferença de estágio entre nossa indústria e sul-coreana. No segundo, tratei especificamente da lentidão dos projetos militares, de modo genérico. Não foi especificada novamente a aeronave.

Leitura sem interpretação é um processo mecânico não funcional. Comportamento este que aflige a maior parte dos brasileiros, infelizmente.

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Gabriel BR

Avante Brasil! Industria aeronáutica cada dia num patamar mais alto com o Gripen E.

Marco Ferreira

Só fizeram uma conta errada ali
“Serão 72 unidades, e no Brasil serão usadas 36…”

Até onde sei, o freio aero são pares certo? Então, serão todas as 72 unidades para nossos 36 caças

Marcelo Andrade

Por enquanto sim, pois são as unidades que estão já previstas. Novo lote, outras partes serão fabricadas

Rafael Cordeiro

Sim, também percebi esse erro na matéria. Cada Gripen utiliza um par, uma peça de cada lado da fuselagem do motor.

comment image

Joli Le Chat

Primeira foto… Aquela senhora está fazendo medidas segurando um relógio comparador com as mãos?
Alguma coisa está esquisita.

Rafael Cordeiro

Pois é, provavelmente era uma estagiária que estava passando no momento da foto e pediram para ela colocar um pouco mais de “vida” na imagem! kkkk. Isso é mais comum do que imaginamos.

Reportagens especiais

Poder Aéreo nos Estados Unidos: CAF AIRSHO – parte 1

No finalzinho de agosto tivemos a oportunidade de participar do show aéreo da Commemorative Air Force (CAF) na cidade...
- Advertisement -
- Advertisement -