quarta-feira, abril 21, 2021

Gripen para o Brasil

Rússia recebe pedidos de caças Su-57E de clientes estrangeiros

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

ABU DHABI/TASS/. O Serviço Federal Russo para Cooperação Técnica Militar recebeu uma série de pedidos de clientes estrangeiros para o caça multirole Su-57E, disse um porta-voz oficial do Serviço à TASS na exposição internacional de armamento IDEX-2021.

“Foram recebidos pedidos relativos à aeronave Su-57E, embora não haja países do Oriente Médio entre eles. No entanto, clientes estrangeiros desta região também demonstram interesse por esta aeronave”, disse a assessoria de imprensa.

A tarefa de alta prioridade é fornecer o avião Su-57 para o Ministério da Defesa russo, disse o Serviço. “No entanto, estamos prontos para iniciar a deliberação sobre este tema caso seja do interesse dos nossos parceiros estrangeiros”, frisou a assessoria de imprensa.

A aeronave de caça Su-57 de quinta geração tem como objetivo neutralizar todos os tipos de alvos aéreos, terrestres e acima da água.

- Advertisement -

149 Comments

Subscribe
Notify of
guest
149 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Adriano RA

Esse caça já vale pelo som que faz:
https://youtu.be/Zid1Nv-FfyQ

Carlos Campos

achei que ia aparecer um stuka

Adriano RA

Verdade!

Funcionario da Comlurb

Já é o motor definitivo ?

RENAN

Eu gosto de pensar assim: Um mesmo caça para a FAB facilita a manutenção e reduz custo logístico. Tá ótimo. Porém é a mesma metodologia de emprego e estratégia de combate. Se o inimigo descobrir falhas nesta metodologia irá derrubar um a um e não teremos nada o que fazer pois certamente está é a melhor forma de emprego da aeronave. Porém se você se arma estará preocupado em vencer uma guerra não em custo. Então ter um vetor totalmente disruptivo para forçar seu inimigo com novas variáveis. Torna a dissuazão muito mais eficiente. Pois ele poderá enfrentar um caça… Read more »

Leandro Costa

Felizmente, seguindo por essa sua ‘lógica’, não somos um país sério, porque isso aí não faz sentido.

RENAN

Um país que deixa funcionários públicos usurpar 95% do orçamento federal em salário e benefícios não é um país sério.

Rui Chapéu

Troque o nome funcionários públicos por castas que tudo fará sentido.

Carlos

Pois é Rui, tem gente que acha que todo funcionário/servidor público ganham de R$20.000,00 pra cima. Esquecem do policial militar, professores, tia da merenda… Se fizerem uma pesquisa rápida, vão ver que existem agente públicos que ganham um salário mínimo. Os grandes consumidores de $$ além das castas, são os cargos comissionados, esses entram sem concurso por livre nomeação, salário alto e na verdade são cabos eleitorais.

Jones

Troque castas pela “mão invisível ” mas conhecida.

André C B

A alta casta!

Last edited 1 mês atrás by André C B
EduardoSP

Esse dado não é verdadeiro. A maior despesa do orçamento federal é com benefícios do INSS.

RENAN

Isso é o que está escrito benefício e salário

Sequim

A maior despesa que se tem é com a rolagem da dívida pública. Mas isso a mídia corporativa e os rentistas “fingem” que esquecem.

JSilva

Ué, se o governo é populista e irresponsável, gastando mais do que arrecada com impostos, os culpados são os credores que emprestam o que falta pra fechar a conta?

A rolagem da dívida leva a maior fatia do bolo porque historicamente nossos governos são irresponsáveis, agora mesmo saímos de 76% de dívida/pib para 89% e caminhando para 100%, mas a meia entrada generalizada de benefícios e isenções fiscais para diversos setores continuam intocáveis. E os culpados são os credores, se você tem títulos públicos, plano de previdência complementar, sinta-se culpado também.

Dio

Falou tudo,a culpa é de quem pega emprestado e não de quem empresta

Sequim

Interessante é que na sua explanação você nada diz sobre a isenção sobre ganhos de capital. Quem recebe dividendos paga zero de imposto de renda. Sabia? Os grandes acionistas dos grandes bancos nada pagam de imposto de renda, por receberem dividendos. Sabia? E também nada disse sobre a previsão constitucional , até hoje não efetivada, de imposto sobre grandes fortunas. Enquanto isso, dá-lhe tributo sobre o assalariado e sobre o setor produtivo.

Gottfrid

Perfeita sua análise. Estas são apenas algumas distorções.
Veremos outras ainda mais expressivas, agora que temos um “banco central independente”. Faltou alguém perguntar independente de quem e a serviço de quem. Mas isso deixo para as sapiências econômicas que grassam nas pradarias da blogosfera, a repetir a cantilena das globos e adjacências.

Tamandaré

Caro Sequim, temo que o companheiro tenha cometido um equívoco. Os dividendos não são tributados porque incorreríamos em caso de bitributação, o que é inconstitucional. Explico: quando uma empresa quer pagar remuneração aos acionistas, pode fazê-lo por JSCP (juros sobre capital próprio) ou DIVIDENDOS. São as duas formas principais de pagamento de proventos, usadas em 99% das ocasiões. De forma bem bruta e resumida, entenda que o JSCP sai do lucro bruto, antes da empresa pagar IRPJ e outros impostos. Então, quando o acionista recebe JSCP, ele paga imposto de renda – que já fica retido em fonte, inclusive. Já… Read more »

Sequim

Não há erro não. O que há, na verdade, é uma intencional confusão de conceitos. Uma empresa que paga imposto de renda o paga sobre seu lucro operacional, isto é, sobre o lucro ajustado de suas operações, podendo, inclusive, abater prejuízos de exercícios anteriores. Já o que os acionistas/proprietários/sócios de dessas empresas recebem são dividendos, isto é, remuneração sobre capital investido. Isso que deve ficar claro: DIVIDENDOS SÃO RETORNO DE INVESTIMENTO QUE PAGAM ZERO DE IRPJ. Enquanto o mané do assalariado paga alíquota entre 15% e 27,5% sobre OS RENDIMENTOS DO TRABALHO. Fui claro? Pois é. Se tem gente com… Read more »

JSilva

Ok, quer entrar nesse debate, vamos lá! Eu sei disso tudo. E você sabia que o IR sobre pessoas jurídicas (empresas) aqui no Brasil é de 34% né? Enquanto no resto do mundo fica na casa dos 20%, não sabia? Então porque estamos tão acima? Porque o governo prefere cobrar tudo através da empresa, não é isso? Isso é um ERRO sem duvida, o correto era e empresa ser tributada em 20% e as pessoas físicas que recebem dividendos serem tributadas em 15% ou de forma progressiva, e não somar as duas alíquotas pra cobrar 34% tudo através da empresa,… Read more »

Sequim

Isso é uma grande distorção do sistema econômico brasileiro, sem dúvida. Com essa sobretaxa, sobra menos dinheiro para as empresas contratarem mais, encomendarem mais à indústria, etc… Como as coisas estão, só é bom pro governo, que recebe o seu sem muito esforço e para os acionistas, que recebem seus dividendos pagando ZERO de IRPJ.

JSilva

Exatamente, isso inclusive tira a competitividade das empresas brasileiras no mercado internacional. Além de igualar contribuintes com rendas totalmente desiguais, um pensionista que ganhe 4 a 5 salários mínimos cujo o Fundo de Pensão seja acionista de uma empresa pagará a mesma alíquota que o acionista majoritário milionário. Não é que os capitalistas não paguem nada, eles pagam de forma indireta, pagam da forma errada porque não há progressividade e prejudica a empresa, que é galinha dos ovos de ouro. É a mesma falta de transparência e clareza das isenções fiscais que acabam sendo um gasto de difícil percepção no… Read more »

Paulo

Trata-se de juros compostos. É juro sobre juro criando um estoque de dívida impagável e totalmente fictícia. Tudo orquestrado para manter o dreno financeiro da sociedade para os grandes bancos privados. M=C.(1+i)^n. Como é bom e fácil ser capitalista neste País.

JSilva

E você pode me dizer quem é que adota juros simples no mundo? O capitalismo é mundial, nesse caso, o Brasil não está inventando nada de novo… A não ser que a conversa descambe para o lado da renegociação (calote), então s o interesse é esse vá consultar os argentinos que estão fazendo isso ao longo dos últimos 30 anos.

Nilton L Junior

Matou a pau

Paulo

Falou tudo. Com poucas palavras. Este dreno é de R$ Trilhões, 00 anuais. Imaginem quanto combustível de aviação a FAB poderia ter se não fosse este dreno de mega sanguessugas.

JSilva

Como as coisas são simples né? Gaste mais do que arrecade, pegue dinheiro emprestado e depois mande o seu credor catar coquinho… faça isso e na próxima vez que precisar de dinheiro você vai precisar lhe dar com agiotas, aí você verá o tamanho do dreno.

Last edited 1 mês atrás by JSilva
Alexandre Santos

Nem um país que paga mais de 50% de juros para AMORTIZAR a Divida publica, ou seja de tudo que é arrecadado com impostos mais da metade não produz nada, nadica de nada…..https://www.extraclasse.org.br/opiniao/2020/09/mais-da-metade-do-orcamento-de-2021-sera-para-amortizar-divida-publica/

Alexsandro Aparecido da Costa Júnior

A pessoa que acredita que o país em déficit usa imposto pra pagar dívida pública certamente não é certa da cabeça.

Marcos10

Brasil não paga juros, nem o principal. Só rola, ou enrola. E não paga para poder cobrir o rombo previdenciário. Na prática pode-se dizer que pegamos dinheiro no mercado financeiro para cobrir despesas.
Falar em reduzir altos salários, nem falar.

Gottfrid

Amigo, permita-me um aparte, off topic. Primeiro, porque não dá pra colocar tudo no balaio da previdência. Existe previdência pública, previdência privada. Existe Regime geral, existe regime proprio e complementar. Existe previdência como SEGURO SOCIAL (INSS) e previdência como assistễncia social. Portanto, se não houver especificidade sobre o que se fala, corre-se o risco de repetir bordões e falar sobre nada. Falando-se, especificamente da previdência social urbana, seu equilíbrio financeiro está estritamente ligado com o nível de emprego com carteira assinada. Quanto mais emprego formal, mais receita da contibuição previdenciária patronal e dos trabalhadores. óbvio que existem outros fatores, mas… Read more »

Vitor Hugo

Concordo, mas quando fala em reforma administrativa, tem sempre aqueles que acham que é perseguição contra o funcionalismo. E assim, a coisa vai seguindo…

Last edited 1 mês atrás by Vitor Hugo
JSilva

E as isenções e benefícios fiscais´que somam mais de 400 bilhões? Fica um grupo jogando a culpa no outro mas quando chega no seu quintal nada feito.

Carlos

Olá Vitor, se a reforma administrativa atingisse os penduricalhos(auxílio isso, auxílio aquilo) das castas seria ideal, mas não vai. Até porque que propõe tal reforma , não vai abrir mão do auxílio moradia, paletó.. por ai vai… São a favor do estado mínimo, mas não a redução de parlamentares por ex.

Leandro Costa

Se esses hipotéticos 95% do orçamento federal fossem gastos em salários e benefícios, mas tivéssemos o retorno disso, eu estaria até menos P da vida com o Estado gigantesco, ineficiente e letárgico. Mas não se trata disso. Se fosse apenas 10% do orçamento federal, seu plano ainda seria completamente maluco e absurdo. Seu plano faz com que o país continue sendo um país não-sério.

RENAN

Acho que você diz a respeito de o Brasil não ter tecnologia para desenvolver seu próprio vetor. Mas meu caro é necessário primeiro ter a disposição algo bom e em quantidade. Para possíveis imprevistos e depois terá 20 anos para tentar desenvolver o seu. Imagina um acordo para a produção de 300 Gripen no Brasil. Poderia exigir que 50% do conteúdo fosse nacional. Então teremos um enorme avançado tecnológico. E no caso hipotético dos SU 57 a Rússia poderia nos transferir 30% de tecnologia deste caça. Vamos colocar um prazo de 10 anos de construção Mais 20 para serem obsoleto… Read more »

Leandro Costa

Também não se trata de o Brasil ter tecnologia ou não, mas sim que pelo montante de grana que seria necessário para executar o que sugere, essa mesma grana poderia ser muito melhor utilizada de outra forma, e em planos de longo prazo ao invés de algo imediatista e totalmente desnecessário no momento. O Brasil pode sim eventualmente vir à desenvolver seu próprio vetor, mas para quê? Como é que vamos justificar esse desenvolvimento? Para quê 300 Gripen? Para quê Su-57? Lembrando que Rússia não transfere tecnologia, eles transferem produtos à menos que eles tenham algum grande interesse geopolítico por… Read more »

RENAN

É um prazer dizer que este pensamento é errado. Em 2018 comentava mais ativamente aqui e sugeri a compra de aviões com capacidade de voar até a China com reabastecimento aéreo. Com grande capacidade de carga útil. E todos sem exceção discordaram. E naques debates disse a respeito de grandes desastres naturais para poder evacuar um grande número de pessoas ou levar uma ajuda. E o que vemos anos mais tarde uma pandemia mundial. Onde respiradores com destino ao Brasil foram comprados pelo EUA ao posar para uma escala. Quantos pais, mães e filhos morreram por não ter estes respiradores?… Read more »

Leandro Costa

Então… seria ótimo se não precisássemos desses insumos todos, seria ótimo se nosso sistema de saúde já fosse desafogado e eficiente o suficiente para que não houvesse problemas com falta de leitos, oxigênio, respiradores, etc. Uma pena que o governo não investiu em infra-estrututra e saneamento básico a décadas atrás. Estaríamos em uma situação bem diferente. O que você não entendeu, e provavelmente nunca entenderá, é que Defesa nacional não se faz apenas com armamento ou tropas uniformizadas. E acredite, o investimento em diversas outras áreas tem impacto significativo não apenas no orçamento das Forças, como também em sua capacidade… Read more »

Thiago A.

Pode crer que com uma força bélica de tais proporções nossos vizinhos iriam surtar. Brotariam medo e desconfiança, sem falar das acusas de imperialismo . Os primeiros seriam Paraguai e Bolívia, que já hoje são cabulosos .

RENAN

No mundo globalizado a China é nossa vizinha e temos que ter alguma coisa para poder dizer não seja a China seja uma frança ou qualquer outra sub potencia

Clésio Luiz

E o que exatamente possuem o Paraguai e a Bolívia para barrar os F-5 que estão operando hoje? Ou o A-1?

Eles estão surtando agora? Não?

Para de viajar na maionese…

Thiago A.

Clésio, em algum momento discordei ou endossei a consideração do colega ? Não, apenas fiz uma observação, pelo histórico de histeria desses países que ainda hoje nós olham muitas vezes com ressentimento e receio. A respeito, aconselho você acompanhar os periodicos ou até opiniões dos comentaristas desses países, muitas vezes embutidas de revisionismo histórico e complexo de inferioridade . 2. Em algum momento afirmei que eles teriam capacidade para nós enfrentar ? Ditos isso, não subestime esses sentimentos de inferioridade e percepção de ameaça . Observe o Mar do Sul da China, como nações bem modestas em relação a China… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Thiago A.
Thiago A.

Pensei que fosse implícito esse raciocínio, de tranquilizar ou controlar o próprio quintal…. deu pra ver que é necessário explicar tudo, letra por letra .

Allan Lemos

O Brasil deveria ter participado desse programa lá atrás, com certeza ganharíamos muito. Agora já não vale mais à pena. Se o Brasil fosse adquirir um outro caça, o F-35 seria uma opção mais interessante pois daria para integrá-lo com o Gripen.

RENAN

Sim seria uma alternativa plausível.
Porém ele é só para combate a longa distância bvr nunca irá participar de um corpo a corpo

Bardini

“O Brasil deveria ter participado desse programa lá atrás, com certeza ganharíamos muito. Agora já não vale mais à pena.” . A Índia participou… . “Se o Brasil fosse adquirir um outro caça, o F-35 seria uma opção mais interessante pois daria para integrá-lo com o Gripen.” . F-35B… Cria-se 01 Esquadrão para ser uma “força de operações especiais” dentro da FAB. Aplica isso aí em um contexto de ataque estratégico, enquanto o Gripen E/F fica como um caça mais tático. Além disso, enterra o VF-1 e o NAe dentro da MB. A MB foca em absorver a Patrulha e… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bardini
Allan Lemos

Bardini, Brasil e Índia têm interesses estratégicos distintos. Talvez o Su-57 não atendesse aos interesses indianos, mas poderiam atender aos nossos.

Concordo com a segunda parte do seu comentário. Um ou dois LHDs seriam mais simples e baratos de operar do que um NA. Os navios japoneses ou sul-coreanos poderiam ser interessantes para a MB.

Bardini

“Brasil e Índia têm interesses estratégicos distintos.”
.
Defina as diferenças.

Allan Lemos

A indústria militar da Índia é mais avançada do que a do Brasil, então os russos poderiam nos passar tecnologias que os indianos já não precisam.

A Índia também precisa lidar com a China, talvez os indianos não tiveram confiança de que o Su-57 pudesse fazer frente contra as ameaças chinesas, especialmente no quesito stealth. Já o Brasil não precisa se preocupar com a China, então talvez o caça russo pudesse servir como caça furtivo diante das capacidades militares dos nossos vizinhos.

Leandro Costa

Quando os Russos nos ofereceram os Su-35, época em que estávamos bem melhor financeiramente, e bem mais próximos politicamente dos Russos, eles nos ofereceram apenas compra de prateleira, assim como todo e qualquer equipamento Russo que estavam dispostos à nos vender. Não vejo como seria diferente no caso do Su-57.

Allan Lemos

Mas eu lembro de uns rumores sobre os russos nos oferecendo uma possível participação no programa.

Saldanha da Gama

Bom dia!!!! A índia faz o certo, todos os ovos numa cesta, se ela cai eles quebram….Um dos motivos da Marinha Brasileira não ir de Gripen é este….Abraços

RENAN

Perfeito
Adoraria ver a marinha com 60 aviões de caça modernos ( f35b, Rafael)
Enxergo a marinha como uma força de pronta resposta capaz de levar a guerra ao território do inimigo.
Então acredito que está força deveria ser a mais moderna e melhor equipada.
Uma marinha com dois LHDs ( com toda as escoltas necessárias) pode defender a invasão do Brasil dando tempo para o continente se preparar para a guerra. E pode levar a resposta ao inimigo deixando um recado claro que se nós atacar será respondido.

Adriano Madureira

60 aeronaves de caça?! E iríamos por aonde?! Não temos grana para adquirir uma NAe para comportar estas aeronaves,e se for para dividir essas 60 entre duas NAes, pior ainda…

Não temos grana nem para montar a escolta de uma NAe,oque dizer de duas e sua aviação embarcada.

RENAN

Uma esquadra leva 20 anos para ser montada.
Todos os navios, aviões e porta aviões que a marinha solicitou no seu programa, da 100 bilhões de dólares. Duvido por 20 anos são 5 bilhões de dólares.
Nós pagamos quase isso de pensão para depende de militares que morreram.
Se podemos pagar para alguém que nunca pegou em arma podemos investir em meios modernos e eficiêcites
Existem milhares de torneiras disperdisando o dinheiro público basta fechar uma a uma que teremos dinheiro.

Teropode

A Marinha não vai de Gripen por vários motivos , o tal ovos na mesma cesta nem foi cogitado por eles , querem um vetor para operar embarcado e o Gripen nem nos melhores sonhos , mal concluíram a versão da Faerea e Gripen naval operando de pistas convencionais não faz sentido , isto seria um trabalho para os SU34 fullback .

Marcos Cooper

Tudo isso pra sugerir a aquisição do Su-57 para a FAB?
Carai,vc está perdendo dinheiro aqui. Vai dar consultoria pras Firças Aéreas mundo afora que vai ficar rico….

RENAN

Pode ser um outro vetor de superioridade aérea
Com capacidades semelhante
É apenas um exemplo

pedro freire

Que inimigo? Avião de caça , no Brasil, é só para desfile e piruetas. Nossos inimigos são traficantes de drogas e madeira, contrabandistas, etc.

RENAN

Quando se coloca um porta aviões no nordeste do Brasil e não temos opção a não ser acatar suas ordens sabemos que realmente precisamos de armas modernas. A história não mente e para quem a conhece sabe que fato foi este. Você acredita que nossa legislação é falha por um acaso? Você acredita que seguimos tantos tratados internacional atoa? Tratados que China EUA e Rússia não seguem. O que é mais fácil pagar 6 trilhões de dólares para invadir o Brasil? Ou corromper seus políticos e mídia para conseguir manipular o senso público, e aprovar leis que favoreça a desordem… Read more »

RENAN

Temos que ter a capacidade de falar não seja a quem for.
Está capacidade de dará quando qualquer país do mundo saber que se nos atacar será atacado no seu território, e todo o território inimigo está no alcance de nossas armas.
Não temos que ter a capacidade de invadir dominar e conquista.
Apenas a capacidade de levar o horror da guerra ao solo inimigo

Leandro Costa

Antes eu tivesse lido isso aqui do que ter escrito uma longa resposta mais acima.

É muito fácil culpar os males do Brasil em atores externos. É muito mais difícil arrumar a casa. Essas teorias da conspiração (absolutamente ridículas) só servem para varrer a besteira toda do Brasil e, principalmente dos Brasileiros, para debaixo de um tapete.

RENAN

Como um brasileiro formado no sistema público de educação se tornará um cidadão se os professores se quer sabem lecionar as matérias que estão recebendo para ensinar? Não temos aula de cidadania, filosofia, política, direito, teologia, os brasileiros não tem ciência do seu papel na sociedade, de seus direitos e dos seus deveres. Somos quase todos facilmente manipulados e enganados. Nossa educação é falha, e você acha que isso não é de propósito? Meu pai tem 4° série mas ele tem muito mais noção de civismo que alunos do ensino médio. A educação pública antes era um orgulho passar de… Read more »

Leandro Costa

Claro que é por vontade política. Quem manda no ministério da educação? A educação brasileira é falha em todos os aspectos, e também não temos que ficar focando em filosofia, teologia e outras porcarias. Temos que ensinar aos garotos o que eles precisam para trabalhar e como funciona o país. Apenas isso. Foco no trabalho, mas mostra o que faz um vereador, por exemplo, para não ser enganado durante as eleições. O resto é balela que não tem qualquer utilidade prática na vida do cara. O Brasil precisa de gente para arregaçar as mangas e trabalhar e não mais um… Read more »

Rogério Loureiro Dhierio

Quais países seriam estes?
Do leste europeu de raízes ainda mantidas com a Rússia?

Não sendo do oriente médio, quais poderiam ser?

Muito supérflua está informação.

AL. O único a meu ver seria o Peru.
Ásia. Quem ali se arriscaria a levar uma boa sensação econômica dos EUA comprando esse caça? Se com SU-35 já tem gente levando fungada no cangote, imagina com com o SU-57.

Índia. Impossível.
China. Impossível.

Quem quem quem?

Thiago A.

Notícias passadas tinham ventilado o interesse da Argélia.

Rogério Loureiro Dhierio

Quais países seriam estes?
Do leste europeu de raízes ainda mantidas com a Rússia?

Não sendo do oriente médio, quais poderiam ser?

AL. O único a meu ver seria o Peru.
Ásia. Quem ali se arriscaria a levar uma boa sensação econômica dos EUA comprando esse caça? Se com SU-35 já tem gente levando fungada no cangote, imagina com com o SU-57.

Índia. Impossível.
China. Impossível.

África.
Argélia?

Quem quem quem?

eslima70

Argélia seria a opção mais certa, chutando temos até mesmo o Egito!

André Amaral

Vietnam, Indonésia, Malásia, Irã, Argélia, Egito, Venezuela, Peru… todos são possíveis clientes!

Andre

Possível até Zimbabwe, Butão, lesoto…..

O mais provável é que a poderosa Argélia compre alguma coisa, e talvez a China, para examinar cada parafusinho.

Adriano AR

Curiosidade Vejam aí se essa conta de padaria faz sentido. Quanto consome de combustível um Gripen E e um Su-57 voando por 1 hora em potência militar? Pra facilitar, assume-se que o combustível é o JP8 (US$ 0.20/lb). -Gripen E: 1 x F-414. Empuxo militar: 14400 lb. Consumo específico: 0.84 lb/h/lb -Su-57: 2 x AL-41F. Empuxo militar: 2 x 19400 lb = 38800 lb. Consumo específico: 0.79 lb/h/lb Fazendo-se as contas, temos que um Gripen E voando por 1 hora em potência militar custaria US$ 2460,00 enquanto um Su-57 custaria US$ 6130,00. Ou seja, se eu não estiver errado em… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Adriano AR
nonato

A hora de vôo não é apenas combustível.
Até porque para voar apenas 100 a 200 horas por ano gasta-se mais apenas com o salário do piloto…

nonato

Agora que entendi.
Temos a mesma opinião.
Não é só combustível.

Luís Henrique

Exato Adriano. Existe um estudo oficial sobre o F-16 divulgado até pela Janes, eu não me lembro com precisão mas os gastos com combustível no F-16 representavam cerca de 25% do custo da hora voo. Eu ja achei informações sobre custo de 13.000 à 15.000 a hora voo do Su-35 e 9.000 para o MiG-29M ou MiG-35. Muitos duvidam. Mas os indianos já informaram em documentos Oficiais um custo de U$ 95 mi em reparos e manutenções na frota de 49 Mirage 2000 e cerca de U$ 170 mi para a frota de cerca de 200 Su-30. Fazendo as contas… Read more »

Adriano RA

Pois é, Luiz Henrique, eu queria ter uma idéia do peso do consumo de combustível e, pelo jeito deve ser nessa faixa de 20-40% no custo da hora de vôo. Interessante: se estiver apenas com o combustível interno, um Gripen é capaz de voar por cerca de 30 min em potência militar antes que o combustível acabe. É pouco em situações de combate. Coerente para um país pequeno como a Suécia, mas ruim para um país grande como o Brasil. Tanques externos tem lá seu custo em termos de arrasto, aumento do RCS e perda de desempenho. O Brasil deveria… Read more »

Flanker

E quem voa por 30 minutos em pós-combustão ininterrupta? E esse dado de 30 minutos com combustível interno é para qual versão do Gripen?

Leandro Costa

Acho que nenhuma, Flanker. Esse tipo de informação é classificada.

João Adaime

Apenas um lembrete:
O satélite Amazônia 1 será lançado ao espaço na madrugada deste domingo, 1h 54min (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela TV Brasil.
É o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil.
Com ele o Brasil poderá bisbilhotar qualquer ponto do planeta.

Bardini

“Com ele o Brasil poderá bisbilhotar qualquer ponto do planeta.”
.
Não, não pode. Ele só pode observar por onde ele foi calculado para passar, que é sobre as regiões da Amazônia e a consequencia dessas rotas. Isso vai gerar faixas dentreminadas de observação com resolução de até 60m. Tu pode ver um mesmo lugar de 5 em 5 dias…

João Adaime

Caro Bardini Ele fará uma órbita heliossíncrona, isto é, girando de polo a polo e sempre alinhado com o sol. Dará uma volta completa na terra a cada 90 minutos mais ou menos. Isto permite mais ou menos 15 voltas no planeta por dia. Como ele estará “fixo” em sua trajetória e a terra gira, a cada volta ele passará sobre um local diferente, porque a terra terá girado em seu eixo. Cinco vezes por dia ele passará sobre o Brasil. Isto quer dizer que as outras dez órbitas serão sobre outros continentes. A ilustração mostra como isso se dará.… Read more »

satelite 1.jpg
Wellington R. Soares

Que aula, parabéns!!!

Bosco

Este site interativo aqui é bem interessante para quem quer ter uma noção clara de como funcionam os satélites. Infelizmente não consegue simular satélites em órbitas retrógradas, como é o caso da helissíncrona adotada pelo Amazonas 1, mas dá pra visualizar bem.
*Também não simula órbitas excêntricas.
https://observablehq.com/@jake-low/satellite-ground-track-visualizer

Bosco

Ops! O nome do satélite é “Amazônia 1” e não “Amazonas 1”.

João Adaime

Excelente Bosco.
Acho que agora ninguém mais terá dúvida sobre a trajetória do nosso satélite. E quem tiver preguiça de ler (ou traduzir), vendo as imagens animadas já terá uma clara noção.
Obrigado em nome de todos nós leitores da Trilogia.

Carlos Campos

agora eu qeuro ver o povo que diz que o mundo acaba no Antártica explicar como esse satélite funciona kkkkkkkkk

João Adaime

Um outro exemplo.

satelite 2.jpg
Adriano Madureira

Será lançado por um VLS indiano, que humilhante…

Nostra

PSLV C51 / Amazonia-1 and 18 co-passanger satellites launched successfully.

1.jpg
Nostra

2

2.jpg
Nostra

All satellites injected into their respective orbits.

Last edited 1 mês atrás by Nostra
Nostra

3

3.jpg
Nostra
Nostra

Snap of onboard video of deployment of Amazonia-1 from 4th stage of PSLV C51.

EvSgTwpVEAAzPpH.jpeg
Bosco

Humilhante? A Índia é expoente em tecnologia.

Adriano Madureira

Humilhante porque assim como a China,a Índia começou seu programa espacial quase paralelamente ao nosso, e hoje os VLS deles levam nossos satélites,e nosso programa espacial está restrito a oquê?!

Foguetes-Sonda?!



Bruno

Será que vai resolver o problema das facções criminosas e dos juízes que ganham até 500R$ mil por mês? Creio que não. Soberania se faz primeiro em casa.

João Adaime

Prezado Bruno
Ótima observação. Infelizmente temos um câncer que só se espalha e não tem cura até hoje.
Mas este satélite poderá detectar plantações de maconha, uma vez que uma de suas funções é monitorar áreas agrícolas, assim como pastos, florestas, áreas degradadas, reservatórios d’água e por aí vai.
Já é um começo, desde que a plantação descoberta não seja de uma “otoridade” de Brasília. Porque se for, fica mais fácil demitir o presidente do Impe, o responsável pelo satélite.
Abraço

DanielJr

O que o satélite tem a ver com facções criminosas e juízes? Uma coisa não exclui a outra.

ADRIANO MADUREIRA

Ainda vai demorar para Banânia fabricar ou adquirir um satélite espião, acho que o problema é mais de falta de vontade política do que de grana…

Fora a falta de visão.

sergio

Só uma Curiosidade, vcs sabiam que os relógios dos satélites precisão ser atrasados 38 ,Micro segundos todo santo dia devido ao deslocamento temporal que eles sofrem, a cada 24 horas devido a velocidade, eles estão 38 micro segundos no futuro.

Joanderson

Admiro muito a Rússia pra me é um pais qui impõe respeito,porém esse caça de quinta geração não está no msm nível do f22 e 35 e até msm o j20 que parece ser muito melhor construído.
Esse caça russo tem muitos arrebite avista e os motores ficam muito amostra,creio eu que capacidade técnica a Rússia tem porém oq falta sempre é grana.

Adriano Madureira

Dossiê SU-57 – PAK-FA: entre a especulação extremo-ocidental e a realidade.
https://arsenal-geopolitica-defesa.com.br/2019/07/15/dossie-su-57-pak-fa-entre-a-especulacao-extremo-ocidental-e-a-realidade/

Adriano Madureira

Não é uma aeronave tão limitada quanto alguns pensam ou desdenham…

DSC

Esse artigo é bastante completo, mas tem alguns dados e informação errada e/ou desatualizada.

Cético

O f35 nem comando americano confia nele,e desconsiderar fatores econômicos me desculpem,mais demonstra falta mínima de conhecimento,o governo americano tem dois abacaxis,e agora vai ter que termina o que começou,mais o interesse em aviões de 4++,demostra quê até paro os EUA os custos são . fora da realidade.

XFF

Analista de teclado sabe de tudo só pela foto.

Adriano Madureira

Certamente deverá ser a Argélia ! Eles vem se armando há muito tempo e tem problemas com o Marrocos…
Fora que são a segunda potência regional africana.

comment image

Adriano Madureira

Dossiê SU-57 – PAK-FA: entre a especulação extremo-ocidental e a realidade.

https://arsenal-geopolitica-defesa.com.br/2019/07/15/dossie-su-57-pak-fa-entre-a-especulacao-extremo-ocidental-e-a-realidade/

Evgeniy (RF).

Este artigo está incompleto e desatualizado no momento.

ADRIANO MADUREIRA

Bem, ele é de 2019, e a tecnologia voae muda muito rápido com suas atualizações…

Flanker

O título dá uma ideia errada do que é descrito no texto. O título deveria dizer que a Rússia recebeu pedido DE INFORMAÇÕES sobre o Su-57E. Do jeito que está, o título dá a entender que foram feitos pedidos de encomendas/compras, o que não é o caso.

Gabriel BR

Myanmar , Argélia , Vietnã…

Teropode

Existe grande chance da China ser um cliente deste caça , com grana sobrando a China não vai perder o oportunidade de estuda-lo , nem que para isso tenham que comprar umas 30 unidades . Clientes prováveis: Vietnam , Indonésia , China , Argelia , Irã , Perú , Venezuela .

Gabriel BR

Ia ser massa ver a Venezuela de SU-57 rsrsrsrsrsrs
Conseguiríamos dinheiro para 108 gripens em um ano

Andre

Provavel em quanto tempo? Vietnam abandonou equipamentos russos em troca dos mais avançados chineses. Indonesia recuou na compra do su35. Peru e Venezuela vão pagar com o que?

O Irã também deve começar a comprar mais equipamentos chineses.

Dentro desta década, quiçá os argelinos compram. A China vem forte tomando o lugar que já foi da urss

Teropode

Caça barato e só nações ingênuas abririam mão de terem um voto russo garantido na ONU , o Vietnam não vai se afastar dos russos pois sabem que se a China engrossar o caldo eles só contarão com os Russos para lhes fornecer armas ou pisar no rabo do dragão , já fizeram isto na década de 70 , a China se preparava para inundar o Vietnam com gafanhotos , não é bom ignorar isto.

Andre

Nações ingênuas? A Rússia oferece muita coisa mas cada vez menos paises compram. A China é o futuro e sobrou para a Rússia potências como Síria, Argélia, Cazaquistao.

Se a China invadisse o Vietnam hoje, não haveria nada que a Rússia, sozinha, pudesse fazer.

Marcos Cooper

“Foram recebidos pedidos relativos à aeronave Su-57E, embora não haja países do Oriente Médio entre eles. No entanto, clientes estrangeiros desta região também demonstram interesse por esta aeronave”, disse a assessoria de imprensa…
Sempre aparece pedidos de clientes fantasmas?
Quem são os interessados no -57E?
Isso existe?
Uma procura no PA já revela uma postagem idêntica algum tempo atrás.

Nilton L Junior

Resumo: vendemos Su-57 mas caso não queira temos o Su-35, achou caro leva Mig-35

Argos Carreiro

Assim como os americanos, franceses, chineses…

Antoniokings

Comenta-se que a Arábia Saudita está negociando com a Rússia a compra de Su-35 e S-400.
Será que estão demonstrando interesse no Su-57?

Nilton L Junior

Saudação camarada, olha acho que os wahabitas estão com a barba de molho, parece que os Patriot estão deixando passar os mísseis dos hutis, ao se confirmar esses eventos não seria improvável que os Russos viessem a vender o S-400.

Antoniokings

Verdade.
E acho bom os EUA abrirem o olho naquela região.
Com as turbulências que se aproximam do mercado de petróleo, que sustenta aquela região, poderemos ter grandes problemas por lá.
Se os EUA perderem influência junto a essas monarquias ‘petrolíferas’ restará o apoio de Israel e da Jordânia (que nada é quase a mesma coisa)..
Na ‘amizade’ dos EUA com o Egito eu não aposto um dólar furado.

Teropode

Eles vão é de IRON DOME.

Agroboy

Alguns usuários desse blog tomam chá de cogumelo. Brasil não tem grana pra pagar os 36 Gripens e estão falando que o país deveria adquirir outro caça como o Su57. Estão lendo muito “Alice no país das maravilhas”.

Luís Henrique

E quem te disse que custaria muito mais caro adquirir o Su-57?
Aliás, os 36 Gripens estão sendo pagos.
E caso queira, o Brasil tem muito dinheiro.
O governo, mesmo com teto de gastos, deu um jeito, capitalizou a Engepron e esta adquirido quase R$ 10 bi em Fragatas.

Com um valor similar, se adquire 2 esquadrões de Su-57 para complementaram os Gripens.

Esteves

Não. Não ainda. Precisa ver no orçamento de 2021 se colocaram. Por contrato, vamos pagar os aviões conforme e após a entrega. Mas os juros… O contrato saiu por 39.882.335.471,65 coroas suecas e 245.325.000,00 dólares. O taxa de juros foi negociada em 2,19% ao ano para a parcela em coroas suecas e 3,56% para a parte em moeda americana. Isso dos aviões. Ainda tem as oferendas ao deus TOT. Sim. O GF capitalizou a Emgepron em 9 bilhões de reais para assinar o contrato com a TGM. Assinamos o contrato, o alemão comprou o estaleiro Oceana e…e…não se sabe por quanto nem… Read more »

Flanker

Essa história do Gripen começar a ser pago depois das entregas não é bem assim. No começo, foi bastante divulgado que seria dessa maneira, mas a cada ano foi sendo divulgado os valores destinados ao programa (entre 1 e 2 bilhões de reais, as vezes pouco mais, a cada ano). Tivemos também a extensão do cronograma de entregas. Tudo isso demonstra que as aeronaves estao sendo pagas desde o início.

Esteves

Não com o orçamento de 2020. Não vi.

Se colocaram no orçamento de 2021, também não olhei.

Cade o orçamento de 21?

Flanker

Procura que tu acha…já fazem alguns anos que há rubrica no orçamento para o Gripen.

Fernando C. Vidoto

E pq não??

Interesse político é tudo.

Israel ressuscitou o hebreu extinto como língua que nem mesmo na época de Jesus se falava.

Agressor's

Isso porque tem um pós-venda ruim viu…imagina se não tivessem…rs….

Andre

Se não tivesse estariam noticiando vendas e não essa fantasia da tass.

Pedro Tavares Nicodemos Filho

Não creio que a INDIA vá comprar mais. Com o MADE IN INDIA esse país resolveu lembrar de sí. O primeiro ministro Narendra Modi encomendou 83 caças indianos TEJAS, que são páreo apenas para o SAAB F-39 GRIPEN A/B e C/D que usam o mesmo motor F-404, do BOEING F-18 antigo, e do treinador sul-coreano construído com tecnologia MADE IN USA, e MADE IN UK, que teve a venda para a Argentina barrada. DASSAULT, BOEING, SUKHOI etc estão desesperados, pois a India era o maior comprador de equipamentos militares de procedência estrangeira. Ia-se comprar 144 DASSAULT RAFALE, mas a India… Read more »

ADRIANO MADUREIRA

Mas se não me engano, o tejas não usará o GE-404 e sim o GE-414…

Nostra

LCA MK1/MK1A – India specific GE F404 IN20 variant.

LCA MK2 – India specific GE F414 INS6 variant.

Andre

A Índia é o pais que melhor conhece a aeronave, depois da Rússia, e já disse que não quer.

gsilva

Vendo essas máquinas fabulosas criadas para destruição; fico a imaginar quantas civilizações já surgiram no Universo, e sua capacidade de auto-destruição as impediram de permanecerem ativas até hoje!!! É incrível como apesar de toda evolução da Humanidade, essas “divisões” de pensamento/comportamento nos fazem caminhar para o abismo da auto-destruição; caminho já trilhado certamente por outras Civilizações!!

Esteves

É a nossa natureza.

Fernando C. Vidoto

Faz parte do jogo das civilizações.

Domínio através do poder militar.

João Adaime

O homem é o lobo do homem.

Veiga 104

Esse caça é muito lindo.

Adriano Madureira

Imagine se tivesse sido feito com asas de enflechamento negativo…

comment image
comment image
comment image

Luiz Trindade

Faltou eles dizerem quem se interessou?!? Por que vamos lá… Imagina que são países que não tem a menor possibilidade de honrarem um futuro compromisso de compra como Argentina e Venezuela… De que adianta dizer que tem interesse estrangeiro? Ae é só propaganda…

Paulo Costa

Acho esse caça Russo é fantástico e muito superior a qualquer outro desses novos steath

Com certeza se a FAB tivesse 12 caças SU-57E para defesa aérea, apoiados por 36 Gripens nem precisaríamos de mais nada …

Além disso, Talvez comprar no máximo uns 24 M-346F para treinamento avançado, mas esses são bem mais baratos

Last edited 1 mês atrás by Paulo Costa

Reportagens especiais

AMX da FAB: ‘Abelha’ brasileira?

Por que os norte-americanos apelidaram o jato A-1 da FAB de 'Abelha'? Você sabia que o AMX recebeu o apelido...
- Advertisement -
- Advertisement -