sábado, março 6, 2021

Gripen para o Brasil

Força Aérea Real Britânica firma contrato com a Aeralis para aeronaves modulares

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A startup britânica Aeralis foi selecionada para construir a futura aeronave modular da Royal Air Force

A concessão do contrato do Rapid Capabilities Office (RCO) da Royal Air Force permite à empresa projetar e desenvolver futuras aeronaves.

O RCO apoiará os requisitos e o processo de revisão de projeto para obter uma compreensão de como a Aeralis define as maneiras pelas quais o projeto de aeronaves ágil, modular e comercialmente dirigido pode desenvolver e certificar uma ampla gama de sistemas de aeronaves futuras que poderiam apoiar a ambição do RAF de racionalizar sua futura frota.

Conforme observado pela empresa, o sistema de aeronaves modulares AERALIS agiliza os processos de design, desenvolvimento e suporte em serviço para aeronaves militares em várias funções de treinamento e linha de frente, ajudando a reduzir a complexidade e os custos de aquisição e sustentação em comparação com as mais tradicionais abordagens.

“A AERALIS está focada em reinventar como as futuras aeronaves militares são desenvolvidas e operadas, e temos o prazer de ajudar a definir o ritmo e a visão para os sistemas futuros da RAF com o Rapid Capabilities Office.”, disse Tristan Crawford, CEO da AERALIS. “Além de ajudar a permitir o desenvolvimento rápido e digital e a certificação de sistemas de aeronaves de arquitetura aberta e flexível, isso apóia a prosperidade do Reino Unido e a meta do governo de defender a inovação britânica. Estamos criando uma oportunidade significativa de exportação e desenvolvimento de relacionamento global para o Reino Unido.”

O Air Marshall Richard Knighton, vice-chefe do Estado-Maior da Defesa, comentou: “Estou muito contente em saber do contrato da RCO com a AERALIS. Esta empresa de aviação privada está adotando uma abordagem inovadora que eu não tinha visto antes no setor de combate aéreo. Seu uso engenhoso e inovador da modularidade, junto com a aplicação de lições aprendidas no setor comercial, oferece o potencial de quebrar a curva de custo de capacidade que tem perseguido os programas de jatos militares por muitas gerações. A filosofia de design pode ser disruptiva, fornecendo um meio de melhorar a competitividade internacional e abandonar as caras plataformas personalizadas.”

Visando a produção em escala real, o projeto AERALIS tem o escopo de criar diretamente mais de 200 novos empregos de alto valor no Reino Unido de fabricação e projeto, apoiando mais 3.800 na cadeia de abastecimento do Reino Unido.

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Barreto Cypriano

Rapaz, onde foi que eu já ouvi essa estoria de inovação, arquitetura aberta, modularidade, etc como remédio pra custos exorbitantes e poucas unidades?

Carlos Miguez - BH

Pampa ?????

Marcelo

Alpha Jet, pois é bimotor

Flanker

Hehehe…Boa piada!!

Filipe Prestes

Alpha Jet Reborn

Gabriel BR

Show demais!

Combates Aéreos

Imagens do AWACS indiano mostram F-16 paquistanês desaparecendo do radar

Por Alexandre Galante Em um briefing feito pela Força Aérea Indiana a jornalistas nesta semana, oficiais insistiram na versão de...
- Advertisement -
- Advertisement -