terça-feira, junho 22, 2021

Gripen para o Brasil

Biden supende venda de F-35 aos Emirados e de armas à Arábia Saudita

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A administração americana do presidente Joe Biden suspendeu a venda de armas ao Reino da Arábia Saudita e caças F-35 aos Emirados Árabes Unidos, como parte da revisão de uma decisão tomada durante a gestão do ex-presidente Donald Trump.

Um funcionário do Departamento de Estado disse à France Press na quarta-feira que a  venda de armas é uma medida administrativa de rotina tomada pela maioria das novas administrações, explicando que sua finalidade é que as vendas de armas realizadas pelos Estados Unidos atendam a seus objetivos estratégicos.

O funcionário afirmou que a decisão continua surpreendente porque inclui especialmente as munições de precisão prometidas à Arábia Saudita e os caças F-35 vendidos aos Emirados Árabes Unidos em troca do reconhecimento do Estado do Golfo do Estado de Israel sob os auspícios de Donald Trump.

O responsável explicou que empresas de armamento americanas como a Raytheon Technologies e a Lockheed Martin estão fabricando armas para a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos.

O Wall Street Journal informou que a suspensão afetaria as vendas de armas aos Emirados Árabes Unidos e à Arábia Saudita.

Em um contexto relacionado, o novo Secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, prometeu pôr fim ao apoio americano à campanha militar liderada pelos sauditas no Iêmen.

Os negócios de armas bloqueados por Biden:

  • US$ 478 milhões em armas para a Arábia Saudita, que inclui 7.500 bombas Paveway IV.
  • US$ 23 bilhões em armas com os Emirados Árabes Unidos, incluindo 50 aviões de combate F-35 e 18 drones Reaper.
- Advertisement -

148 Comments

Subscribe
Notify of
guest
148 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Junior

No final vão vender, mas não com as armas precisas que tinham sido aprovadas antes

Nilton L Junior

Faz sentido e ainda vão negociar os valores do compra pra mais.

Antoniokings

Tenho sérias dúvidas se EAU terão condições de comprar e manter F-35.
Do jeito que as coisas estão, estarão com problemas financeiros em pouquíssimo tempo.
Idem para a Arábia Saudita.
Pode anotar.

Rogério Loureiro Dhierio

Estive em Dubai e Abu Dabi. Anote aí. EAU não terá problemas não. O petróleo se tornará secundário por aquelas bandas pois estão investindo pesado em tecnologia, inovação, turismo, e diversas outras áreas e mercados. O petróleo será um estilingue para o futuro mas não será o futuro dos caras. Já a Arábia Saudita, por ter amigos nativos de lá, não posso dizer a mesma coisa. Já estão se programando para ou saírem do país ou investirem por si próprios em outras áreas pq o petróleo por lá não terá tanto apelo de futuro mas novas gerações. E nem estou… Read more »

Antoniokings

Prezado Rogério

A velocidade com que estão ocorrendo as mudanças no setor de petróleo, que devem ser aceleradas até nos EUA com o Governo Biden, muito provavelmente atingirá em cheio as economias baseadas no petróleo.

https://www.monitordooriente.com/20201101-emirados-arabes-unidos-cortam-gastos-no-orcamento-federal-para-2021/

E mesmo que tenham algum sucesso em diversificar suas economias, certamente encontrarão outros concorrentes com vantagens comparativas bem superiores àquelas encontradas em pequenas nações desérticas.

CESAR ANTONIO FERREIRA

Não creio que o Petróleo seja substituído como commodity de uso global tão rapidamente. Será ainda por muitos anos a base energética civilizacional.

Ademais… Hidrocarbonetos são base para usos diversos, desde fertilizantes, lubrificantes até materiais resistentes (polímeros). O uso de derivados de petróleo como combustível é a forma ordinária de consumo.

Por fim, existe a resistência: eu não teria um carro cujo motor soasse como o de um motor “Mura”, ou “Mabushi” (autorama). O ronco da combustão interna fala com a sua alma, se é que me entende…

nonato

Bem das pernas está o Irã…

Antoniokings

Se está!
Só o contrato de 25 anos que ele fez com a China renderá muitas centenas de bilhões de dólares aos aiatolás.
Tem muito xeique com inveja.

Flanker

Só a china consome petróleo? O resto do mundo, não? E o Irã diversificou a economia? Vcs usa de vários pesos e várias medidas para querer justificar o que te interessa.. …

Antoniokings

Prezado vc tem de estudar o assunto.
A China, esse ano, está para se tornar o maior refinador de petróleo do Mundo, com os EUA perdendo pela primeira vez esse posto na História.
A substituição do petróleo se dará de forma progressiva. Levará alguns anos.
Além disso, ainda haverá várias outras utilidades para o petróleo, como a petroquímica.
E os analistas do setor consideram que essa aliança Irã – China vai praticamente monopolizar o setor.

Antoniokings

Em tempo:
O lançamento do novo oleoduto iraniano será agora em março.

https://oilprice.com/Energy/Crude-Oil/Game-changing-Iranian-Pipeline-Set-To-Launch-In-March.html

DOUGLAS TARGINO

Os EUA estão fazendo de tudo para a Russia e China vender mais e mais. Por isso a China vai ultrapassar os EUA em tudo, pois parece que tudo que eles fazem, vira um ponto positivo para um desses dois países. O país que é sério, faria o contrário, não compraria mais nada e compraria do concorrente!

DOUGLAS TARGINO

E pode ter certeza, esse novo presidente os EUA vai causar tanta discórdia mundo a fora… Isso vai infernizar tanto o Brasil, só espera ele realmente se organizar lá que começaremos a levar as lapadas deles e assim nos empurrando mais ainda a China.

Junior

Sim, vamos ver quem vamos procurar quando a frota de pesqueiros chineses estiveram destruindo a nossa zona marítima com aquela pesca arrastão que os pesqueiros deles costumam fazer, no mais eles já estão colocando as manguinhas de fora e se vingando por tudo que os filhos do rei falaram nesses 2 anos contra eles ao atrasar os insumos para as vacinas. Com o Trump fora de cena, não se engane, eles vão as forras conosco, não pense que eles se esqueceram de tudo que foi dito contra eles nesses 2 anos, vão cobrar tudo com juros e correção monetária

Palpatine

Mas o grande Minto, disse que as relações com a China estão ótimas, inclusive disse que a China precisa do Brasil.

Last edited 4 meses atrás by Palpatine
silvom

Isso que dá esse alinhamento automático do Brasil com Eua. Que sirva de lição.

Lucas

Não há dúvidas.
Sempre disse que os frutos pra nós não seriam bons.

Rodrigo M

Ahãmm.. O comércio entre dois grandes países vai acabar porque no seu entendimento “os filhos do rei” tuitaram memes na internet..
A China vai ficar emburradinha e não vai comprar nem vender mais nada para o Brasil..
Afinal ninguém precisa mesmo né..

Além disso nosso herói e guarda costas tio Sam que está sempre muito preocupado com nosso bem estar, vai nos atender quando precisarmos para nos defender da malvada China, só porque somos amiguinhos e muito importantes no mundo..

Temos um gênio em nosso meio senhores!
Que aula de geopolítica.. kkk

Junior

Você deveria aprender a interpretar textos, antes de querer ser irônico com os comentários dos outros

Cristiano de Aquino Campos

Não temos que procurar ninguem e sim ter vergonha na cara e ser capaz de proteger o próprio território.

Rogério Loureiro Dhierio

Bingo. Estou contigo e não abro.

Junior

Isso ai seria o obvio e mais que desejável, diria até que seria o básico, o problema e sermos realista e vermos a situação em que nos encontramos, as coisas não vão melhorar do dia para noite

Karl Bonfim

O gigantismo é o maior calcanhar de Aquiles da China, isso um dia vai parar na conta deles. Ai toda essa bobajada que os tais filhos dos reis fizeram ou disseram, não vai ter a menor importância, pois se tem um coisa que é gigante na China, é o seu pragmatismo…

Andre

Os árabes já compraram muitos equipamentos russo-soviéticos e se lembram bem dos resultados. Exatamente por isso estão buscando, com tanto afinco, comprar equipamentos ocidentais.

Essa previsão de que a China vai passar os EUA em tudo, você acredita que isso acontecerá ainda nos próximos 50 anos?

DOUGLAS TARGINO

Economia em 15/20 anos e militarmente, 35/45anos.

Marcos Tadeu

Historiadores já previram isto desde o fim dos anos 80. A tonelagem anual de construção naval militar chinesa já superou a americana. Eles já dispoem de armas para manter à distância uma força de porta aviões. Possuem maiores efetivos. Trata-se de uma questão de tempo (e bem menos de 50 anos). este destino esta selado desde que o ocidente decidiu simplesmente terceirizar as produções em escala para a China, em virtude dos baixos custos. Agora, leva geração toda para tentar uma recuperação destas escalas de produção no ocidente. Os EUA ainda são desenvolvedores de tecnologia militar mais avançados. Mas isto… Read more »

Antoniokings

Saíram, hoje os dados de 2020, dos EUA. Se comparados com a China, teremos: Preços correntes: EUA PIB = US$ 20,5 tri (queda de 3,5%) China PIB = 101,6 tri de yuans = US$ 15,6 tri (crescimento de 2,3%) por PPC EUA = o mesmo = US$ 20,5 tri China = cerca de US$ 26 tri. Crescimento esperado para 2021 EUA = 3% China = de 6 a 8% Para os próximos cinco anos: EUA 2,5% a.a. China 5,5% a.a. Continuando nesses parâmetros, a postagem aqui do site que dizia que a China ultrapassará os EUA em 2028, se confirmará.… Read more »

Nilton L Junior

Briga de Império é outro nível, creio que a China vai ficar em pé de igualdade com os EUA, afinal a cadeia econômica do império americano é ainda superior a dos chineses, eles devem fortalecer os acordo com o bloco europeu e com outros demais parceiros, como Austrália.

Ricardo Rademacker

Prezados.
Tudo muito bonito. Tonelagem de navios, recursos econômicos, crescimento mliltar….etc.
Entretanto cadê os recursos hídricos e produção de alimentos para as 1,4 bilhões de pessoas se entrarem em guerra com a civilização ocidental judaica cristã.

Palpatine

Árabes podem comprar até F-22 que continuarão levando chumbo dos israelenses

Cristiano de Aquino Campos

Levam chumbo de qualquer um pois a sua doutrina de emprego e muito ineficiênte. E diferênte ate da doutrina Russa moderna.

André Amorim Mondelo

E só ver as lambanças dos Sauditas no Iêmen. Não adianta ter o mais moderno equipamento militar se você não sabe usa-lo, independente se é Russo ou Americano. Doutrina e tudo.

Marcos Tadeu

Não. Acontecera bem antes.

Vinicius Momesso

E qual foi o resultado prático dessa troca? Continuaram levando pau!

Andre

Estão começando a comprar agora, nem usaram ainda…

Cristiano de Aquino Campos

Compras militares são relações entre governos. Tem mais questão comercial e geopolitica do quê qualidade do equipamento. Até porquê, os arabes não tem fama de operar melhor com equipamento ocidental do quê com Russo ou Chinês.

Andre

O problema é que ainda não operaram equipamento ocidental em uma guerra, mas todas as vezes que operaram russos/soviéticos, levaram um cacete.

Francisco Bastos

E daí que será daqui a 5,50 ou 500 anos?Isso vai acontecer, vc querendo ou não, pois a história já provou que impérios nascem e sucubem a outro mais poderosos. Agora se será bom ou ruim quando a China se tornar a próxima potência/império dominante do mundo, aí já é outra história.

Andre

Daqui a 5 não será, daqui a 50, uns apostam que sim outros duvidam, não é certo, daqui a 500, não faz diferença para nós.

Francisco Bastos

E com equipamentos americanos levaram uma saravaida de misseis iranianos e não consegue vencer um conflito regional com os barbudos de ak 47 de Omã.Resumo, com equipamentos russos passam vergonha, com equipamentos americanos, passam vergonha.

Andre

Não tem comparação das guerras contra Israel e de ser alvo de meia dúzia de foguetes. Eles tinham imensa superioridade numérica e atacaram sem avisaram. Perderam todo o Sinai, as colinas de golan e a Cisjordânia. Quais territórios os sauditas perderam?

Plinio Carvalho

Só digo uma coisa, o vida difícil é a dos aliados dos Estados Unidos, um governo é uma coisa, outro governo é outra totalmente diferente, pra piora tudo, de uns tempos pra ca os governos começaram a desfazer as ações dos governos anteriores. Que os aliados dos americanos que se cuida, esta cada dia mais difícil poder contar com o tio sam na pratica. Russia e China agradecem.

Last edited 4 meses atrás by Plinio Carvalho
MÁRIO FILHO

Jogando esses países no colo da França , pretem bem atenção !!!

MÁRIO FILHO

Prestem

Pedro

Eita, esses Democratas são uma mãezona e tanto para o Irã!!!

No final disso tudo, acaba encorajando ainda mais o Irã a desestabilizar a região e gerar algum tipo de conflito regional que certamente iria colocar os EUA no meio.
No geral, isso tudo não passa de uma maneira de “fabricar” um novo conflito para os EUA iriam lá e com isso sua indústria de armas ganhar $$$$$.

Ai fica facil para a China crescer no Pacifico, África e ate mesmo Europa e America Latina com os EUA atolados no OM.

Jesus Baccaro

O irã “desestabiliza” a região de que forma? Enfrentando as ditaduras dos países petroleiros?

Defensor da liberdade

Israel recebe bilhões anuais do governo americano, e o Irã que é o filho amado dos democratas? 😂😂😂

Teropode

Arigó os bilhões doados pelos EUA são justificáveis , vc não imagina quanto custa manter uma confiável cabeça de ponte no OM , isso já foi falado a exaustão e vc contínua se enganando .

Flanker

Basta falar a palavra Israel e esse sujeito aparece, falando que os EUA ajudam Israel, que o dinheiro dos contribuintes dos EUA vai para Israel, e mais um monte de papagaiada….eu só queria saber o que ele tem que ver com o que outros dois países, com o qual ele não tem nada a ver, da,em ou deixam de fazer entre eles…..parece aquelas geladeiras que vivem cuidando da vida dos outros.

Flanker

Faladeiras *

Antoniokings

Vai lá acenda uma vela a ‘São Kissinger’.
Ele que salvou Israel em 1973.
Por que será?

Flanker

Esse é o problema de gente como tu. Eu não odeio Isaael e nem sou fã…….só defendo o direito deles serem um país, terem um território…..coisa que eles ssbem defender muito bem, logo, não tenho que acender vela pra ninguém……vcs que tem que acender uma para o capeta, para ver se ele ajuda vcs a destruir Israel.. ..pq tá difícil. O que não se justifica é vc, um ocidental, brasileiro, ter ódio dos EUA, de Israel, da cultura e modo de vida ocidental e ser puxa-saco de úm modo de vida totalmente estranho ao nosso, e querer que todos aceitem… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Flanker
Kemen

O Joe não ama ninguém de fora, ele ama os E.U.A.N. em primeiro lugar, é o que todos os dirigentes deveriam fazer em relação aos seus respectivos paises.

Rodrigo

Israel é um agente desestabilizador muito maior que o Irã

Luciano do Prado

A verdade é que aquela região é desestabilizada por si só, um quer acabar com o outro, não tem santo algum naquelas bandas.

Major Tom

OFFTOPIC Porque os cockpit russos são azuis ?

Zeca

Azul calcinha acalma o piloto.

Adriano RA

Boa!
Tem gente que fala que essa cor não deixa aquela “luz ou impressão residual” nos olhos do piloto ao mudar rapidamente o campo de visão. É mais uma das possibilidades…

Agressor's

A mesma gente que usou a Arábia Maldita pra abastecer e promover o Daesh pela região. É a democracia das potências dominantes sendo levada a mais um canto do mundo pra combater o mal e libertar os povos da opressão e exploração.

Fabio Araujo

Uma parte do Democratas são ligados à indústria de armas e vão fazer pressão interna que essas vendas sejam concretizadas!

Furacão 2000

Realmente, muitos políticos estadunidenses estão de alguma forma, sendo financiados pela indústria armamentista daquele país, de ambos os lados, republicanos e democratas.

No entanto, acredito que nesse momento, pós-eleição, talvez, exista uma narrativa progressista em curso, que está tomando a agenda democrata (atualmente no governo), e isso está interferindo nas decisões envolvendo venda de armas para as ditas até então “nações amigas”.

Ou seja, por mais “pesado” que possa ser o lobby, ainda sim, vai prevalecer a vontade do presidente.

Vamos aguardar!

Fabio Araujo

Faz o jogo de cena suspende a venda para alegrar a ala esquerdista e depois renegocia a venda alterando um ou outro item e libera a venda satisfazendo a ala armamentista!

Capa Preta

O partido democrata virou o “piçol” estadunidense.

Lucas

Que exagero, amigo.

Zeca

Espera até esse cara virar seus olhos mais para o sul, vai ser grande o estrago. Escolheram relação, não a nível de Estado, nem mesmo de governo, mas de a nível pessoal. O amigão (que nem sabia o nome do Zé Carioca) foi embora, o adversário vai cobrar a conta e vai ser cara.

João Fernando

Galinha que anda com pato morre afogada…

Last edited 4 meses atrás by Alexandre Galante
Palpatine

Nossa ”diplomacia” é uma vergonha

Entusiasta Militar

Oportunidade para a nossa Marinha comprar F-35 para substituir os nossos jatos AF-1 para treinamento e operar no nosso futuro Porta-Aviões …

Afinal, os EUA nossos aliados, podem vender esses caças via FMS graças a excelente relação do bidê com o brasil

Jesus Baccaro

Boa piada!
Basta cortar a ração de leite condensado que dá!

Kemen

Isso ai, sem café da manhã. Dizem que não temos navios, agora o objetivo é não ter efetivos. kkkkkk

Antoniokings

Acho que essa venda vai sair depois do Brasil entrar para a OCDE e OTAN.

Marcos Tadeu

É pouquíssinmo provável que isto aconteça. E nem seria tão bom para a Marinha. Primeiro, porque a curto prazo ela já abriu mão de manter um porta aviões. Segundo, porque o F-35 ainda é um avião caríssimo para manter. Terceiro, a dependência tecnológica dos EUA seria de 100%. Muito mais logico e racional seria equipar a Marinha com um esquadrão de Grippen, mantendo o padrão de manutenção, de tecnologia, etc.

Saldanha da Gama

Por enquanto a MB não virá de Gripen, pode até vir de caça chinês, mas de Gripen não virá….

Teropode

Com aquela perna curtinha ? Não , não há utilidade para o E/F na BRNAVY , esqueça o naval e se dê por satisfeito se produzirem mais doque 120 unidades do EF , se a BRNAVY for operar caças sem PAs , os caças terão que ser poderosos F15 ou SU 34.

Flanker

Só pra avisar: o colega Entusiasta Militar foi irônico no comentário dele! E pq muitps insistem em escrever Grippen? É Gripen!

Kemen

Brincadeira não? kkkkkkk

Welington S.

Marinha com F-35? Não sei não. Se for concretizado, acredito muito que a Marinha irá de SeaGripen. Não sei se todos aqueles problemas do F-35 já foram sanados também.

Rafael Coimbra

Com certeza, isso junto com 200 M1Abrams, 20 AH-1 Super Cobra, 10 Fragatas OHP etc… tudo em 10x sem juros via FMS. primeira parcela só lá em março.

WELLINGTON RODRIGO SOARES

Torcendo pra Rússia oferecer um pacote de uns 100 SU35.
Infelizmente falamos muito do imperialismo Chinês, mas esquecemos que os EUA fazem a mesma coisa.

Last edited 4 meses atrás by WELLINGTON RODRIGO SOARES
João ESIE

Imperialismo chinês? Não foi ontem (2003) que o EUA invadiram o Iraque por birra? Brigas com países vizinhos é normal, agora, você interferir em um país que está em outro continente isso sim é imperialismo.

Carlos Campos

Bater e intimidar os vizinhos pode! belo e moral, bater e intimidar países distantes não pode, coisa de gente ruim,

Hélio

Quem tem a política de intimidação são os EUA, camarada, isso já tem mais de 150 anos. As questões chinesas são históricas, com reinvidicações e disputas muito anteriores a própria revolução. Já os americanos os fazem por puro joguete político imediatista e lobby para meia dúzia de empresas financiadoras de campanhas políticas. As razões chinesas não são abstratas como “levar a democracinha”, são concretas. Tentar ironizar isso só mostra a falta de caráter dos militantes.

Carlos Campos

Se engana comigo kkkkk tô vendo vc passar pano para China, eu já fui chamado de isentão por falar tanto dos EUA e da China, agora ganho mais o título de militante kkkkk os EUA que enfiem a democracia no ra.bo deles,

Capa Preta

Vou perguntar para um tibetano a opinião dele a respeito?! 🤔

Kemen

Tem muito tibetano com nacionalidade chinesa a séculos, eles queriam que o TIbet fosse integrado a China, sabia? Pouco se comenta sobre isso. Claro que tem os contrários, mas como o TIbet não tem nada, a incorporação pouco importou aos outros países.

Jesus Baccaro

A China invadiu qual país?
Onde fez a mesma coisa que EUA e europeus?

737-800RJ

Jesus Baccaro, eles só invadiram o Tibete na década de 50, anexaram o território e até hoje estão lá na marra… Nunca ouviu falar sobre o movimento Free Tibet?

https://www.freetibet.org/

Antoniokings

Apenas lembrando que o Tibet nunca foi um País independente, sempre fez parte do que se considera China (desde a Antiguidade) e não tem autonomia reconhecida pela ONU.

Flanker

“…sempre fez parte do que se considera china”…..considerada por quem?? “…desde a antiguidade…” ….quanto tempo seria essa antiguidade? Desde a época em que os judeus andavam pelo Oriente Médio? Aí os chinos tem direito ao território por antiguidade, mas os judeus não? Relativismo barato, esse seu.

Antoniokings

A única diferença é que a ONU não colocou um monte de gente alienígena no território do Tibet como fez com os judeus em Israel em 1948.
O Tibet sempre foi administrado pelos chineses e ninguém nunca questionou isso.
Tente outro argumento.

Flanker

Qiando a ONU colocou judeus numa terra onde eles andavam já há milênios , ela estava errada e quando a mesma ONU, quando não reconhece a autonomia do Tibet, ela está certa? Olha o teu relativismo aí de novo…… O problema é que, para vc, a china é perfeita, sendo assim, com essa linha de raciocínio, vc já perde qualquer discussão antes mesmo de começá-la.

Antoniokings

Andavam, mas foram embora.
É aquele velho ditado: ” Quem foi à roça…..

Flanker

Relativismo novamemte……e vc pode odiar, babar de raiva, mas Israel vai continuar lá! Não tem essa de vc dizer “Vamos ver até qiando”….”aguardem”…ou qualquer outra coisa do tipo. Pode te acostumar e aceitar….não vai rolar…..viva com seu ódio para vc mesmo.

Kemen

Para mim tudo que é decidido.na ONU ê o que vale, seja o TIbet, Israel ou Malvinas, mas aqui os pesos das decisões são relativas conforme o comentarista, mais um tema que se adequa às tendências voluveis de cada um.

Alexsandro Aparecido da Costa Júnior

Tá enganado.

André Amorim Mondelo

Antonio, o Tibete sempre foi um país independente, inclusive foi um império poderoso entre os séculos 2a.C. e século VII d.C. Após o fim desse período o Tibete foi governado por reis mais pacifistas e deixou de ter um politica externa mais agressiva. A partir do século XVII a dinastia Qing tentou anexar o Tibete a força, lembrando que a dinastia Qing não era de origem chinesa, mas manchu, originaria das estepes asiáticas, de origem Mongol. Essa dinastia quando substitui a dinastia Ming na China tratou de anexar territórios de origem não chinesa. A civilização chinesa originaria dos Han ficava… Read more »

Hélio

O Tibet sempre foi parte histórica na China, muito diferente do Iraque, que nunca teve nada a ver com os EUA.

André Amorim Mondelo

Não são Hélio, são povos totalmente diferentes. O Tibet foi país independente por séculos, só sendo ocupado pela dinastia Qing (que não era originaria chinesa, mas Manchu) no seculo XVII.

Carlos Campos

Pergunta dos Indianos eles vão te responder, do Vietnã talvez eles saibam de alguma coisa.

Capa Preta

Já ouviu falar do Tibet? Invadiu,anexou,matou geral e o Dalai Lama teve que se refugiar na Índia para não morrer.
Fora as dezenas de ilhas artificiais militares que estão construindo nas costas marítimas de vários países.

Rodrigo M

De novo esse papinho de Tibet??
Estão muito preocupados heim.. Corram lá quem sabe ainda dá tempo de salvar aquele povo.
Mas não se assustem quando começarem o movimento Amazônia livre, pois eles vão estar legitimados, afinal o Brasil também invadiu um território que já era habitado há muito tempo..
Quanta bobagem.

Kemen

Lobsan Rampa se mandou com toda a grana que acumulou, ele financiou o Livre TIbet.

Teropode

Tibet , parte de Ladaki , a terra dos Uigures , um pedaço da Mongólia , tá bom ou quer mais ? Não vou citar as águas litorâneas de outros países , isso pode ser discutido no PN.

Antoniokings

Prezado.
Quer País que invadiu e roubou mais terras que os Estados Unidos?
Se fosse devolver tudo, ficaria do tamanho das Colônias originais na costa leste. Um fiapo.
O México foi muito roubado.

André Amorim Mondelo

Antonio, nem uma civilização tem o passado limpo, o ser humano já cometeu inúmeras atrocidades antes de conseguirmos uma sociedade mais “civilizada”. A própria China também não tem passado limpo (não estou nem falando do partido comunista chinês), aproximadamente metade do pais e formado por outras etnias não originadas dos Han. E muitos foram conquistados pela ultima dinastia imperial chinesa na mesma época de formação dos EUA.

André Amorim Mondelo

Com relação aos Méxicanos, foram eles que começaram, quem atacou os americanos primeiro foram eles, se os americanos tivessem deixado, teria sido o contrario. E a Luisiana foi comprada dos franceses, e Alasca dos Russos, então não teria o porque eles devolverem esses territórios.

Kemen

Mondelo, você pode conhecer um pouco sobre dinastia chinesa, mas nada sobre o Mexico, que errôneamente você escreveu que atacou os Estados Unidos, muito ao contrario fanboy. A Lousiana original abarcava todo o centro do atual Estados Unidos até a fronteira do Canada e foi comprada da França o dono anterior tinha sido a Espanha que a vendeu a França. A Florida foi comprada da Espanha. O Mexico perdeu 50 % do seu territorio devido ao Destino Manifesto, ou seja, a crença de que os Estados Unidos tinham o direito, dado por Deus, de expandir suas fronteiras por toda a América, civilizando-a. Os… Read more »

Carlos Campos

eu não esqueço por isso falo dos dois.

Furacão 2000

Me desculpem os mais informados no assunto, mas essa decisão do Sr. Biden me parece um tanto desconexa com a realidade dos Estados Unidos, visto que cancelando a venda de armas para os países mencionados na reportagem, os afetados de fato são os fabricantes dos armamentos mencionados. Além disso, cancelando a venda de armas para os países em questão, e até outros, que talvez, estivessem mais afinados (por qualquer motivo que fosse) com o Sr. Trump, o Sr. Biden acaba abrindo uma janela no mínimo arriscada, para que outros players entrem nesse mercado: Rússia, China, Turquia, Coréia do Sul, França,… Read more »

Junior

Não houve cancelamento nenhum, houve uma suspensão para analisar que armas foram vendidas juntas com o F35, essa venda será liberada, mas não com o armamento preciso do contrato inicial. Um general israelense essa semana estava reclamando não da venda dos F35 para os EAU, mas sim do pacote de armamentos que foi vendido junto, creio que o que esta sendo analisado seja isso

Furacão 2000

Obrigado pelo esclarecimento.

Forte abç!

Defensor da liberdade

Pois é, na cabeça dos olavetes ora Biden é um apaniguado da China, ora é um apaniguado do complexo industrial militar dos EUA, que vai causar guerras pelo mundo, e agora vem com essa suspensão.

Esse pessoal tem que se decidir nas narrativas deles.

Kemen

Pois é! Concordo.

Last edited 4 meses atrás by Kemen
Vinícius

Esse povo é patético, misto de histeria com teoria da conspiração.

André Amorim Mondelo

Esse cara é um imbecil mesmo, esses 4 anos serão difíceis para os americanos.

Kemen

Só posso me manifestar assim… kkkkkkkk

Jesus Baccaro

Esta na hora de acabar o massacre dos sauditas contra o Iemên. Um crime de genocídio.
Arabia Saudita é uma ditadura e os “democráticos” estadunidenses alimentando o regime.
E a Venezuela que é o perigo.

Furacão 2000

Realmente, o que está acontecendo no Iêmen é absurdo, beira a insanidade! Faz a guerra civil na Síria parecer uma “brincadeira”. A Arábia Saudita, assim como muitos países daquela região, inclusive o Irã, tem modelos hierárquicos distintos se comparados ao “Ocidente”, porém não se pode chamar de “Ditadura”, pois se fosse assim, o Reino Unido também poderia ser classificado dessa forma. Quando você diz “alimentando” é necessário ter um pouco de neutralidade, visto que assim como os EUA estão vendendo armas e fornecendo material humano para a AS. Outras nações como China, Rússia e Irã também estão financiando diversas operações… Read more »

SmokingSnake 🐍

O Irã é quem arma terrorista por lá para derrubar o governo e causa esse caos, os sauditas não tem experiência nenhuma e acabam acertando em civis. Mas o Irã faria o mesmo, eles tem vários mísseis para jogar em civis em caso de guerra e repassam foguetes para esses grupos que já lançam sobre cidades faz tempos No mais recusar venda não vai adiantar nada, os EUA só vão perder dinheiro. Os sauditas vão simplesmente chegar lá na Rússia ou China com esses 20 bilhões de dólares e é claro que eles não irão recusar. Se eles chegassem com… Read more »

Jean Jardino

Os franceses agradecem, podem anotar ai.

Pedro Bó

Antes do maniqueísmo “Republicanos x Democratas” e “Comunismo malvado x Capitalismo bonzinho”, vamos recordar que Israel se opôs à venda dos F-35 para os EAU, mesmo com o recente acordo entre os dois países e isso pode ter pesado na decisão do Biden.

Cleber

O Brasil nao consegue vender nada para eles ? KC 390 , Super Tucano , Astros 2020 , fuzis , O Gripen NG .

Junior

Vamos esperar a Idex no final de Fevereiro

José de Souza

Pode pelo menos fornecer leite condensado!

Carvalho2008

Mestre Jose Souza, caso não saiba, leite condensado é um item complementar a MRE dos batalhões.

Ele é um produto inventado para tornar a conservação e transporte do leite na epoca que nao havia geladeiras. Depois , acrescentaram acucar (que é um conservante natural) Foi largamente emptegado na WWIi.

Carvalho2008

E por ultimo, exercito não leva geladeirinha para campanha, leva agua e poe na comida liofilizada, e agua no leite “condensado” ….descondensa… e vira leite ….varios litros e copos por latinha….blz?

Bardini

Pelo amor de D’us!!!
Existe leite em pó dentro do pacote da ração operacional e já vem bonitinho pra fazer um café ou achocolatado!!!
.
As forças não compram leite condensado pra “transformar em leite”.

Last edited 4 meses atrás by Bardini
carvalho2008

O amigo está pensando apenas na MRE.

MRE é utilizada pelo soldado em campo;

MRE não pode ser consumida por longos períodos ininterruptamente;

O Soldado, batalhão, hora está em campo de combate direto, hora esta na base avançada, mesmo que seja uma simples barraca de rancho no meio do mato;

No Rancho, a alimentação é outra mais cuidadosa que a MRE….

Lógico que o amigo sabe disto e foi apenas a oportunidade de expor aos demais amigos sobre o tema….

Allan Lemos

Vendas de armas governo – governo necessitam de uma diplomacia eficiente para acontecer, coisa que o Brasil está longe de ter no momento.

Antoniokings

Biden está gastando dias e dias para desfazer as burradas de Trump.
Deve estar fazendo até horas extras.

André Amorim Mondelo

E pelo visto já está fazendo as dele também, bem mais cedo do que se esperava.

Hélio

E tem gente que defende baixar as calças pra esse pessoal aí porque “são parceiros confiáveis”.

SmokingSnake 🐍

Os DEMOcratas Prejudicam os parceiros e ajudam o Irã, vão causar uma guerra de grandes proporções no oriente médio.

Eduardo Almeida

Biden, vai acabar obrigando Israel a tomar a decisão de atacar o Irã.

Kemen

Se for o que duvido, sera com os F-35 vendidos pelo louco Donald !

Allan Lemos

Democratas fazendo m****, nada de novo no front.

Kemen

Que não pensem em asassinar mais um, tendo em vista o fracasso da invasão do Congresso, a casa do povo, isso é crime kkkkkkkk

Pedro

Geopoliticamente o Irã agradece a paridade de armas. E qual seria o interesse em desarmar a região? Manter eternamente a corda esticada, já tivemos diversos exemplos de estopins acontecendo, inclusive neste momento.

sub urbano

Israel pressionou até conseguir. Judeus são superrepresentados no Congresso Americano. O Trump só aguentou pq não tinha rabo preso com ninguém (exceto a Russia rs).

Adriano Madureira

Previsível que Biden iria beijar o falo israelense e fazer um agrado inicial a Tel Aviv…

Luiz Trindade

Tava achando estranho esse negócio seguir adiante…

Delfim

Nada impede os EAU de reconsiderarem comprar os F-35 e partirem para outros fornecedores de armas e munições. Os EAU tem $$$ de sobra.
Reconsiderar o reconhecimento de Israel já é mais complicado. Israelenses adoram fazer turismo e deixar seus shekels mundo afora. Fora que pegaria mal em todo o Ocidente.
.
O marido da vice-presidente dos EUA é sobrinho do Tio Jacó. Só para constar.

nonato

Biden vai apoiar os Houthis no Iêmen.
Não concordo com F 35 para Arábia e EAU.

Andre
Mgtow

Com armas americanas ou não, as forças da Arabia Saudita tão levando um vareio dos Houthis no Yemen.

dafranca

Democratas fazendo showzinho de politicamente correto. Na surdina vão retornar a agenda da desastrosa política externa que marcou administração de Obama.

MARCIO MESSIAS SOARES

burrice, se não vender outro vende, no mais para não desagradar os iranianos, este cara é um cagão, o que vale é dinheiro nos cofres e deixa rolar.

CESAR ANTONIO FERREIRA

Opa!
Biden sempre foi ligado, sensível, ao lobby da Indústria Bélica dos EUA…
Está indo contra os interesses dos seus patrocinadores de anos e anos?

Muito interessante de se ver… Prefiro aguardar.

Reportagens especiais

Poder Aéreo nos Estados Unidos: Fort Worth Aviation Museum – parte 1

Alexandre Galante Enviado especial Preservar, Inspirar e Educar é a missão do Fort Worth Aviation Museum (FWAM), localizado no norte do...
- Advertisement -
- Advertisement -