quarta-feira, agosto 4, 2021

Gripen para o Brasil

Real Força Aérea Australiana declara o F-35 ‘pronto para o combate’

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Em 28 de dezembro, a Real Força Aérea Australiana anunciou que sua frota F-35A Lightning II foi declarada “pronta para o combate”.

“Nossa frota F-35A Lightning II agora pode ser implantada em operações, com a capacidade operacional inicial (IOC) sendo oficialmente alcançada hoje”, disse a Real Força Aérea Australiana em um post no Twitter na segunda-feira.

A Ministra da Defesa, Senadora, Hon Linda Reynolds CSC, disse que os F-35s são os caças stealth mais avançados e multifuncionais do mundo.

“A quinta geração do F-35A, junto com o F/A-18F Super Hornet e EA-18G Growler, é a chave para nossa capacidade de combate aéreo e crítica para atingir os objetivos definidos na Atualização Estratégica de Defesa 2020 para Moldar, Deter e Responder”, disse o Ministro Reynolds.

“Nos últimos dois anos, a Defesa testou rigorosamente a frota de F-35A para avaliar o desempenho da aeronave e do sistema e declarou este marco importante.

“Gostaria de agradecer a todos que trabalharam tanto para nos levar a este ponto; ter realizado todos os testes necessários e entrega de material é notável.

“A Força de Defesa Australiana tem agora um esquadrão de F-35A pronto para realizar ataques tecnologicamente avançados e funções de combate aéreo, e outro esquadrão dedicado a fornecer treinamento de classe mundial aqui na Austrália.

“Embora 2020 tenha apresentado desafios significativos para todos nós e as restrições de viagens tornassem difícil transportar nossas aeronaves para a Austrália, os enormes esforços da Defesa, da indústria e de nossos parceiros nos Estados Unidos tornaram possível a conquista de hoje.”

A ministra da Indústria de Defesa, Melissa Price, disse que a cooperação com a indústria preparou a Defesa para o sucesso de longo prazo.

“Nossa indústria de defesa desempenhou um papel crítico na conquista do marco de hoje, que continua a história de sucesso do envolvimento da Austrália no programa global F-35”, disse o Ministro Price.

“No mês passado, anunciamos que mais de 50 empresas australianas compartilharam US$ 2,7 bilhões em contratos, demonstrando o compromisso do governo de Morrison em apoiar a indústria australiana e apoiar os empregos australianos.

“A Austrália continuará a trabalhar com o Escritório do Programa Conjunto F-35 dos Estados Unidos e nossos parceiros da indústria, à medida que mais aeronaves são entregues até 2023 e uma capacidade madura é alcançada.”

- Advertisement -

91 Comments

Subscribe
Notify of
guest
91 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kemen

Que tenham sucesso na sua defeesa, preparem o bolso para manter esse gastão e seus reparos que tem sido bem frequentes nos E.U.A.N. Já tem muito fabricante de radar por ai divulgando que detecta e identifica furtivo a uma consideravel distância, se for verdade a eficiência dos F-35 e todos os outros furtivos podera ter sido um pouco diminuida contra aqueles que tiverem esses radares.

Jad Bal Ja

É impressionante como os “entendidos” de internet sabem mais sobre o F-35 do que os técnicos, pilotos, engenheiros etc… que o usam, elogiam e pedem mais. Mas sei lá né, vai ver os militares das forças aéreas da Austrália, Israel, Grã-Bretanha, Canadá etc… são todos uns bocós e deveriam buscar informações com os palpiteiros de internet.

Kemen

E algum que se julga mais entendido, ainda que não sabe ler o que esta informado escreve qualquer coisa em contra, uma desgraça completa, tipo avestruz que enfia a cabeça no buraco quando não que ver algo.

https://br.sputniknews.com/defesa/2020051315573177-caca-f-35-enfrenta-graves-problemas-com-atrasos-de-fornecedores/

https://www.terra.com.br/noticias/mundo/f-35-caca-de-5-geracao/

https://www.popularmechanics.com/military/a21957/wtf-35/

https://www.defensenews.com/smr/hidden-troubles-f35/

E tem muiiiito mais por ai, até do Poder Aéreo, que pelo que se nota, você deve ser novato aqui ou fingiu que não leu!

Márcio

Os famosos “brigadeiros de ar condicionado” ficam sentados falando asneiras e se achando os especialistas.. pagam cada mico.

Wilson Lobe Junior

Sim, muito Brigadeiros de ar condicionado no Facebook e na FAB também.

Kemen

Canada já comprou? Você mostra que esta nas nuvens, ainda não comprou!

Kemen

Pilotos que elogiam: o que pilotaram antes? F-18, F-16, claro que elogiam é quinta geração furtivo. Mas onde estão esses elogios?

Engenheiros que elogiam: claro é uma nova estrutura furtiva, onde estão esses engenheiros que elogiam?

Militares recebem 5. geração que não tem, uma maravilha não, o que poderiam dizer?

Atente bem para o que escrevi. Não é gastão? É econômico então? Radar de baixa frequência não detecta nem identifica a uma certa distância então? É tudo mentira então?

Tem algo mais além de escrever qualquer coisa, uma delas é provar o que vc escreveu carinha.

Rui Chapéu

Já vi alguém passando vergonha… mas não com tanta vontade assim…. eaoiheaoi

Ah, o Xings não conta pq ele é doente mental.

Anthony

Isso ai!

danieljr

A maioria do pessoal aqui sabe que aeronaves furtivas são detectáveis por alguns equipamentos, sua furtividade não é absoluta, mas é relativamente maior comparado a outros modelos de aviões que não foram projetados com essa característica. Essa ideia de que algum radar de terra detectou o F35 já é automaticamente um abate é um erro. Obviamente cada modelo de aeronave possui suas qualidades e defeitos, mas em casos como enfrentar outro caça 4.5 Geração ou mais antigo, atacar uma bateria SAM, fazer reconhecimento em território contestado é melhor ir de F35 ou F16 ou F18 ou outra qualquer? Como eu… Read more »

Last edited 7 meses atrás by danieljr
Anthony

Não brinca! E algum usuário de qualquer modelo de caça irá dizer q o vetor não eh bom e/ou tem problemas e que se arrependeu?

Se orienta!

Márcio

“Já tem muito fabricante de radar por ai divulgando que detecta e identifica furtivo a uma consideravel distância”

Meu Deus que eu não li isso.. é cada expert que a gente acha por aqui.

Kemen

Então o colega só escreve aqui qualquer coisa que lhe vem a cabeça, mas ler não lê. Sabe o que é VHF? Sabe o que é um radar?
Tenho minhas dúvidas…

https://www.aereo.jor.br/2020/11/27/russia-oferece-radar-movel-para-detectar-aeronaves-stealth/

Bosco

Kemen, Ninguém acredita que a furtividade seja isoladamente uma bala de prata. O próprio F-117 só voava onde havia superioridade aérea e em ambiente de supressão eletrônica , feita por aeronaves como o EC-130 e EA-6B. Mesmo que os radares de baixa frequência se comportem exatamente como divulgado pelos folders dos fabricantes, ainda assim a furtividade entrou na equação do defensor e é mais uma variável pra complicar a vida do dito cujo. Na melhor das hipóteses vai fazer ele ter que gastar mais grana e se expor mais, com aquelas antenas gigantescas. O fato dos americanos terem desenvolvido primeiro… Read more »

Edison Castro Durval

Eu vou me abster, não confio no F35, mas até prova em contrário ele é o ápice da tecnologia aeroespacial de combate.

Se isso vai passar pelo grifo de um combate, não saberemos, afinal o F22 está aí, praticamente incólume, com pouquíssimo ou quase nulo uso em combate real.

Rafael costa

Esses especialistas de teclado não podem ver uma vergonha que já querem passar, né Kemen? Continue falando que eu e várias outras pessoas aqui no Poder Aéreo vamos continuar dando gargalhada do seu “grande conhecimento” sobre o assunto.

Last edited 7 meses atrás by Rafael costa
Carlos Campos

Problema é que se identificam um F35 a uma boa distância, imagina um não Furtivo, esse é o problema.

Márcio

bom pra ele deve ser o super “Gripen”.

Kemen

Deve ser o super joguinho de guerra aérea com o qual que vc brinca todo o dia, com o super galactico, quando vc entrar na realidade vai ficar bem desorientado.

Kemen

Não é problema não, tem condição de defesa contra não furtivos e contra furtivos, furtividade nunca foi invisibilidade.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA

Melhor Força Aérea do hemisfério sul.

Adriano RA

Quem negativou o comentário do André também pode argumentar contra. Estou bastante curioso.

Defensor da liberdade

Melhor força aérea, marinha e exército. Bananalândia só é grande na folha de pagamento….

Rui Chapéu

Austrália com 72 F-35A…

+ 35 Super Hornet, dentre os quais 11 Growlers….

+ 12 P-8
+ 6 E-7A AEW&C

É uma baita potência no Pacífico heim….

Eu achava que eles estavam bem, mas não tãaaaao bem assim.

E isso só da Força Aérea deles…. Nada mal!

Maurício.

Rui Chapéu, concordo, mas poderia ser melhor ainda, considerando o tamanho da Austrália, aqui no Brasil, muitos entusiastas concordam que um bom número de caças para o Brasil séria na ordem de uns 120, quase o mesmo número da Austrália, e mesmo assim eu acho pouco.

Rui Chapéu

ahhhhhh…..

Mas calma ai, que esqueci do principal e me lembrei agora…

A Austrália está desenvolvendo com a Boeing o “Loyal Wingman”….

É praticamente como se tivessem mais aviões quando entrarem em serviço…. E vai ser um baita multiplicador de força!

Provavelmente vão fabricar muitos, acredito eu que mais que 50 fácil…

Não vai ser fácil competir com a Austrália heim…

Kemen

Sem dúvida, mas o Okhotnik vc também esqueceu e é materia bem recente. Não se asuste!

https://www.aereo.jor.br/2020/12/27/drone-russo-okhotnik-vai-disparar-misseis-contra-alvos-aereos-reais-em-2021/

Adriano RA

Caro Rui,
Realmente, é uma força de respeito. Em especial, acho que foram muito felizes na combinação do F-35A com o Super Hornet e o Growler. Como bem acrescentou, vai se somar a estes em breve o Loyal Wingman, que completará o pacote. Excelente combinação.

Last edited 7 meses atrás by Adriano RA
JEFFERSON FERREIRA

Quanto é o orçamento de defesa da australia e o nosso ?? rs…

Ferreras

O nosso é maior que o deles! 🙁

Luiz Floriano Alves

Perdemos a oportunidade de ter esse avião. Um d4eles vale mais que uma frota de caças mais velhos. É uma nova geração que se impõe. .

Wilson Lobe Junior

Não nos foram oferecidos.

Pedro Bó

Não sei se foram realmente oferecidos, mas uma vez os americanos demonstraram o aparelho para o então Ministro da Defesa Nelson Jobim e ele disse que era muito avião para as pretensões tupiniquins, para desespero do Tenente-Brigadeiro Saito, à época Comandante da FAB.

Marcelo Mendonça

Foi mais ou menos isso mesmo. Foi oferecido mas o Jobim disse que não precisávamos de algo tão avançado e ainda mandou o Saito confirmar, que com sua educação, apenas maneou a cabeça.

Kemen

Não é verdade que não foi oferecido F-35 por isso, é puro FAKE.E como sempre apresentam suas justificativas, ainda bem que não caimos nessa, um buraco sem fundo para a FAB e para o Brasil!
Também não caimos no engodo da oferta da Russia, outro buraco infinito. As opções ficaram com o Rafale com menor transferência de tecnologia e sistemas que precisariam ser modernizados ou a nova versão do Gripen que os suecos ofereceram para as nossas condições e requisitos.

https://extra.globo.com/economia/lockheed-nao-oferece-f-35-ao-brasil-para-nao-compartilhar-tecnologia-565718.html

Last edited 7 meses atrás by Kemen
Bosco

Kemen,
Não houve proposta formal do governo americano para o Brasil em relação ao F-35 porque a aeronave já tinha sido dada como incompatível aos interesses do Brasil, devido aos custos, à não transferência de tecnologia e à exceder as expectativas da FAB e não faria sentido os EUA insistir.
Já em relação a uma oferta inicial não formal, há indícios que ocorreu. https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2103200812.htm

Last edited 7 meses atrás by Bosco
Kemen

No FX-2 o que eles ofereceram a não ser o F-16 equipado meia boca e um F-18 que não era o S.H.

Conan

Desculpe mas você esta errado, ofereceram o F-18 SH até que com uma proposta interessante de transferência de tecnologia que incluíam principalmente avançados métodos de fabricação de peças e componentes compostos e outras coisas do tipo mas sem duvida a proposta da Saab foi bem mais completa. Quanto ao F-16 oferecido se não me engano era o Viper que ao chamar de F-16 meia boca só demostra seu desconhecimento do assunto.

Kemen

Não foram.

Kemen

Não venderiam para nós. por acaso oferecem F-35 para a Colombia seu grande aliado e com a Venezuela ali do lado?

Paulo Drusnam

Calaaaado!

Paulo Sollo

E as aquisições que eles estão fazendo incluem também vários navios , submarinos, helicópteros e meios terrestres. Como tenho dito, as FAs brasileiras são três clubes de barões com quantidades absurdas de oficiais e quantidades ridículas de meios ultrapassados, que até o momento tem como objetivo primordial sustentar a muitos com uma vida mansa repleta de regalias. Sinto-me envergonhado pelo país ser representado por estas Forças Alegóricas de Fachada consumindo vorazmente seu orçamento com salários, aposentadorias e pensões. E quando vejo uns p@lermas exaltando doação de M-113 e implorando de forma humilhante por transferência de equipamentos velhos retirados de serviço… Read more »

Kemen

A Australia não comprou 3+10 fragatas, 2 multipropositos, 72 aviões e 10 submarinos, além de outros equipamentos apenas com o seu orçamento, o estado liberou gastos extras para reequipar suas Forças Armadas.

Last edited 7 meses atrás by Kemen
Agnelo

Você se sente envergonhado, pq sabe muito pouco do assunto. No Brasil, diferente de fora, se conta inativos e pensionistas no orçamento da Defesa. Diferente de fora, não temos compromisso com aliados q nos barateiam e apoiam dando prioridade, cumprimos com diversas atividades q as instituições brasileiras simplesmente não tem capacidade, pcp por causa de desgoverno há anos. Diferente de fora, defendemos extensa fronteira TERRESTRE com rápido acesso há áreas riquíssimas. Diferente lá de fora, temos uma das menores proporções de homens/ Brigada, então não sei de onde se tem muito oficial. Faça o seguinte, não perca tempo repetindo ladainha… Read more »

Paulo Sollo

Vou lhe devolver seu conselho: não perca tempo tentando convencer os outros com esta velha ladainha furada, hipócrita, mentirosa, patética e intelectualmente desonesta.
“Diferente de fora, defendemos extensa fronteira TERRESTRE com rápido acesso há áreas riquíssimas.”(“há” não, aí seria “a” áreas).
Defendemos M. Nenhuma. Não temos equipamentos e munições suficientes para isto. Se tivéssemos vizinhos beligerantes e invasores, estaríamos fod!dos. Esta é a verdade caro coronel Pantaleão!! Sds

Michel

Sr. Paulo, podemos imaginar que àqueles que advogam à favor dessa estranha situação em que se encontram as forças armadas brasileiras, devem ser os mesmos que entram na situação das extremas regalias citadas pelo sr. em seu primeiro comentário.

Fico a pensar se estes mesmos senhores militares – tão bem tratados pelo estado brasileiro -, caso um dia “o caldo entorne”, e seja necessário combater, darão suas vidas pela nação ou convocarão (obrigarão) a população que está a míngua, para morrer pela pátria enquanto eles dão as ordens.

Paulo Sollo

Sem dúvidas os que usufruem das regaliass levantam grande resistência contra o fim disto. E quem não aceita as mudanças necessárias está sabotando o progresso do país.

Agnelo

Faça como os últimos 4 governos federais. Faça a conta…
Todos mantiveram as tais regalias e não trocaram pelas outras regalias…
Por que?

Agnelo

Há anos, o militar trabalha de 70 a mais de 100 horas por semana na primeira metade da carreira (e adivinhe, na segunda metade não muda muito), suas esposas tem enorme dificuldade em trabalhar e estudar, pelas mudanças, e também por isso, os filhos tem prejudicada sua educação. A maioria dos militares não tem aproveitado os tais festas q tanto dizem, mas, enquanto uma grande massa #ficou em casa, trabalharam mais ainda, sem dia de descanso semanal e até mensal, sem ganhar nem mais um tostão por isso. Os militares já tem dado a vida com esse sopa entornando há… Read more »

Michel

Compreendo… mas curiosamente, apenas citando um exemplo, embora não recente, quando a FEB partiu para a luta, milhares daqueles soldados eram, na verdade, civis, convocados ou voluntários. Estejamos certos de que um dia a história se repetirá, pois ela não é exatamente contínua, e sim ciclíca. Demais a mais, uma coisa é ser militar em tempos de paz porque veja bem, além das ótimas vantagens que estão a surgir em cargos civis – na administração publica federal, há a acumulações dos “n” benefícios advindos da atividade militar (ficaram até de fora da reforma da previdência, tiveram soldo ampliado em época… Read more »

Agnelo

Gritaria, esperneio e agressões.
Chora, Bilu tetéia….
TODOS os governos concordaram com o q escrevi, pq é inegável.
Bilu Bilu…

Agnelo

há” não, aí seria “a” áreas
Não, apagou o , pois.

Gottfrid

Existe algum estudo de quantos militares estão, neste momento, exercendo função / atividade eminimentemente política?

Michel

Colega, devem estar na casa dos milhares.

Paulo Sollo

Um levantamento feito pelo TCU neste ano apontou 6.157 militares da ativa e da reserva em cargos civis no atual governo federal.

Agnelo

Os cargos não são civis. Sua narrativa é o choro dos perdedores de mamata.
São cargos de segurança e assessoramento.
De segurança, sempre foram dos militares. De assessorando, saiu da militância sindical de aparelhamento e entrou competência.

Paulo Sollo

É, ministro da saúde e os batalhões que ele pôs lá não é cargo civil…e todos incompetentes, inúteis. Aparelhamento aos extremos
Cara, vai tomar seu Rivotril e aproveita pra fazer uma bela massagem com Tarraquetol pra relaxar ao invés de passar vergonha dando chiliques. Você é uma múmia dos anos 60.
Acho até interessante que você exista porque serve como exemplo às novas gerações de um tipo de mentalidade medíocre, ultrapassada, desonesta e truculenta que dá suas últimas convulsões antes de desaparecer de vez.

Agnelo

Mais um bilu bilu tetéia…. já são 4…

Agnelo

Não precisa ter estudo, são dados abertos, com transparência.
Não me recordo dos números, mas um pouco menos q da presidente.

Defensor da liberdade

Marinha Italiana: 30 mil militares, porta aviões, F-35, submarinos, fragatas, destróieres, etc

Brasil: 80 mil militares, ????????

Preciso dizer mais nada.

Kemen

Quem quiser ver o milagre australiano, pode concluir o porque lendo os tópicos abaixo.

https://www.abc.net.au/news/2020-06-30/australia-unveils-10-year-defence-strategy/12408232

https://tradingeconomics.com/australia/military-expenditure

https://www.afr.com/policy/foreign-affairs/will-australias-defence-budget-magic-number-stand-the-test-20180503-h0zkuz

Em resumo:

Apoio politico ao reequipamento militar.
Aumento expressivo no orçamento militar, que pode vir a ser reforçado no futuro, porque apesar de tudo se preve que ficara comprometido 55% do orçamento.

“Its budget was expected to grow to 2 per cent of Australia’s gross domestic product by 2020-21, “equating to approximately $200 billion in Australia’s defence capability over 10 years”, making the new announcement an increase of $70 billion to the department.”

Milagres não existem!
Valores em dolares.

Last edited 7 meses atrás by Kemen
Maurício.

Jefferson, nem começa com esse papo de orçamento, se não daqui a pouco, a milicada começa a dar chiliques…rsrsrs

PACRF

Maurício, fatos são apenas fatos. A “milicada” pode criar a narrativa que quiser, porém fatos fundamentados em números, como orçamentos, desmentem qualquer narrativa.

Agnelo

Isso
Seja mais um q analisa fatos sem contexto, e permaneça na ignorância ou na má fé.

Kemen

Os chiliques escritos aqui é de alguns civis “franguinhos”.

Last edited 7 meses atrás by Kemen
Maurício.

Kemen, chora mais…rsrsrs
Não esquece que o soldo dos milicos vem dos “franguinhos” civis, e se tá achando ruim, pede pra sair!

Antonio Palhares

Um Feliz ano novo.
Para os editores e participantes da nossa querida Trilogia.
Que venhamos a ter muitos assuntos interessantes para nossas forças armadas.

737-800RJ

Sem dúvidas 2021 será um ano de MUITAS novidades para nossas Forças Armadas! Teremos notícias, espero que avançadas, sobre o AV-TM 300 Matador, sobre as Fragatas Tamandaré, decisões sobre nosso novo sistema de defesa antiaérea, nossos submarinos em fase de construção/testes, receberemos mais algumas unidades do KC-390, do Gripen E, dos E-99 que estão sendo modernizados…
Tem tudo pra ser um ano de ótimas notícias aqui na Trilogia!

Bosco

Um dia desses eu humildemente elaborei um texto no Naval a respeito de como o Brasil poderia se contrapor a um CSG americano com alguma chance de sucesso. Na minha conta precisaríamos de pelo menos uns 80 a 100 caças armados com mísseis antinavios supersônicos de longo alcance, sistemas de ataque eletrônico, mísseis despistadores, aviões tanque, submarinos, aviões radar, patrulhas marítimas de longo alcance, etc. Digo isso para demonstrar o divisor de águas que um caça como o F-35 representa para um país. Tivéssemos algo em torno de duas dúzias, dispersados em bases fora do alcance de Tomahawks e meia… Read more »

Carlos Campos

onde vc escreveu que eu quero ler. ?

Bosco
Bosco

No Naval no post de divulgação da Live nº8

Rui Chapéu

é…

Se a trilogia quer que agente veja os videos dele, um bom exemplo seria explicar em detalhes essa diferença absurda ai.

Nos modelos daquele canal The operation Room.

Mostrando exemplos de como outros aviões e meios seriam facilmente neutralizados comparado a dificuldade de se neutralizar um F-35.

Victor Filipe

Poxa Rui, Canal muito bom, inclusive recomendo, ele ta fazendo uma serie de videos sobre a operação Tempestade no deserto, são especialmente interessantes

Augusto L

Achava que era só eu que conhecia hahaha

Victor Filipe

Eu também :v

Rui chapéu

Eu postei um link e o aéreo fez um post sobre ele.

É o melhor/um dos melhores canais pra entender os equipamentos, táticas e guerras.

É sensacional.

Deveriam fazer algum daqueles moldes sobre alguma operação da FEB na segunda guerra.

100nick-Elâ

Esqueceu de citar o chip que os americanos instalariam no F-35 para desativá-lo, caso intencionássemos usar contra eles.

Bosco

100,
Se você acredita nisso o problema é seu. Também deve acreditar em dezenas de outras estultices acerca dos marvado americano.
Quanto ao F-35, foi só exemplo. Onde está F-35 lê-se Su-57. Agora ficou bom pra você?

Kemen

Desista, já era, submarinos são a maior preocupação e maior possibilidade de exito contra um CSG, mesmo sendo uma aventura tipo kamikaze.

Teropode

E como vende heim ? A Espanha tá na fila para comprar seus F35B , Marrocos já fez algumas consultas , já já AS também embarca de vez , o Canadá é garantido . A visão frontal deste caça é maravilhosa , já o perfil kkkkkkk

Kemen

Fake, nem o Marrocos nem a Espanha estão na fila de compra. A Espanha se quiser aviação embarcada nova so teria essa opção e só depois de 2028/32, é mercado cativo, mas não esta em fila nenhuma para compra, o Marrocos acabou de comprar F-16 70 e não pretende comprar F-35. Conta outra.

A Argentina sim esta comprando 42 ! kkkkkkkkkk

Last edited 7 meses atrás by Kemen
Victor Filipe

Eu vou, na maior sinceridade, tentar “desmistificar” o termo detectar que é usado para desacreditar a tecnologia furtiva, seja ela Russa, Americana ou chinesa nunca foi um “grande” problema detectar aeronaves furtivas. devido a própria natureza da tecnologia radares de baixa frequência geralmente UHF e VHF conseguem identificar que um objeto esta voando e em determinada região Acontece que radares de baixa frequência são incapazes de oferecer muita precisão. por exemplo: Seria como você escutar um barulho na floresta a noite. você sabe da onde ele vem e sabe aproximadamente a localização, mas não sabe EXATAMENTE onde ele esta e… Read more »

Kemen

Os sistemas de defesa aérea estão em desenvolvimento desde que se ouviu falar em projetos de furtividade de aeronaves e drones, eu acho que esses desenvolvimentos não vão terminar, cada vez serão mais aprimorados as realidades que se apresentem. um exemplo atual.

The 91N6E panoramic radar Has a declared anti-stealth targeting range of 150 km (93 mi) Maximum targeting ranges (detection ranges are wider) are:

  • For a ballistic target (speed of 4800 m/s and a RCS of 0.4 square metres): 230 km
  • For a target with RCS of 4 square metres: 390 km
  • For targeting of strategic-bomber sized types: 570 km
Last edited 7 meses atrás by Kemen
Teropode

Avise os russos , chineses , coreanos , alemães , franceses , japoneses e ingleses pois eles não sabem disto e estão investindo em caças e drones furtivos , avise os , vc tem informações fundamentais que os pobres mortais ignoram .

Mário Liberato

O F-22 tem um RCS de 0,0001 m2.
Se para um alvo com um RCS de 4 m2 o alcance de detecção é de 390 km, então para um alvo com um RCS 40.000 vezes mais pequeno, isso significa basicamente que o radar 91N6E é incapaz de detectar um F-22.

Antunes 1980

Se a Austrália tivesse mais de 10% das nossas riquezas, a força de defesa deles seria ainda maior.
Enquanto aqui governantes abrem as pernas para o dinheiro chinês, fica evidente que aqui, a maioria dos poderosos são parasitas corruptos e inescrupulosos.
Em contrapartida os militares e policiais que deveriam impulsionar nossa defesa e desenvolvimento, ficam estagnados com medo da mídia falida e sem credibilidade.
Chega de beijar os pés de redes de tv, jornais e sites comandados por entreguistas.

Falta a este país seriedade, coragem e patriotismo.

Last edited 7 meses atrás by Antunes 1980
Kemen

A imprensa livre é o que nos mostra a verdade, na China uma jornalista independente foi presa por ter divulgado noticias contrarias ao poder vigente. Espero que isso não se torne uma realidade no ocidente. A imprensa livre fora de qualquer pressão coercitiva, é a que divulga a verdade que pode ser contestada mediante comprovações isso é democracia, viver enganados pode ser o desejo de alguns, mas eu não tenho esse desejo.

Luiz Trindade

Uma coisa é certa… Além desse blog informar nos divertem muito… Kkkkkkkkkk

Kemen

Demais.

Últimas Notícias

Taiwan conclui as avaliações operacionais do míssil Sky Sword II aprimorado

Novo míssil projetado pelo NCSIST de Taiwan tem alcance estendido de 60 km TAIPEI (Taiwan News) – Oficiais militares disseram...
- Advertisement -
- Advertisement -