quinta-feira, março 4, 2021

Gripen para o Brasil

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

USS Nimitz (CVN 68)

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a saliva, em retaliação às ameaças de sanções ao Brasil por causa das queimadas na Amazônia.

Bolsonaro não citou o nome de Joe Biden, presidente eleito dos Estados Unidos, mas durante o primeiro debate presidencial o democrata disse que “a floresta tropical no Brasil está sendo destruída” e afirmou ainda que poderia impor sanções ao Brasil, pressionado a adotar medidas contra a devastação ambiental.

A situação inusitada nos fez imaginar um cenário hipotético em que o Brasil precisasse usar a “pólvora” contra a ameaça de um grupo de ataque de porta-aviões dos EUA, que seria enviado à costa brasileira para exercer pressão de “toneladas de diplomacia”.

Como a Força Aérea Brasileira e a Marinha do Brasil se sairiram em combate contra um porta-aviões dos EUA?

Acesse a matéria completa e o vídeo da simulação no site Poder Naval, clicando aqui.

- Advertisement -

Combates Aéreos

VÍDEO: ‘Dogfight’ entre Rafale e F-22 Raptor

 Assista no vídeo acima à gravação de um treinamento de combate aéreo entre o caça francês Rafale e o...
- Advertisement -
- Advertisement -