sexta-feira, outubro 22, 2021

Gripen para o Brasil

VÍDEO: Curvas de alto desempenho em combates aéreos

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Este vídeo, o segundo da série, apresenta os aspectos aerodinâmicos para a realização de curvas em combates aéreos. Diferentemente das curvas executadas na aviação geral e comercial, as curvas em combates aéreos demandam alto fator de carga que impõem severas penalidades à estrutura das aeronaves e aos pilotos.

O fator de carga é a penas um dos cinco fatores físicos que influenciam este tipo de manobra. Todos estes fatores são devidamente analisados e relacionados entre si. Ao final do vídeo os fatores são integrados no Diagrama Universal de Curva, item básico e essencial para se comparar caças.

- Advertisement -

17 Comments

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rinaldo Nery

Parabéns, Poggio! Bem didático e de fácil entendimento. Só uma pequena observação, bem no início: geralmente, nas curvas, não há a necessidade do uso do pedal, somente em baixas velocidades. Em aeronaves de caça, basta inclinar e puxar (a fim de manter o vôo nivelado), com os pedais centralizados. A definição de raio/taxa de curva mostra aos leigos porque não se combate WVR em altas velocidades. Em combate, utiliza-se a manobra ¨extensão¨ onde, ao se aplicar 0 G, faz com que a aeronave acelere rapidamente e diminua o arrasto induzido, afastando-se do oponente. Nos cruzamento frente a frente, colocar o… Read more »

Paulo Maffi

Poggio, que tal o Poder Aéreo começar fazer umas demonstrações de engajamento no DCS?
Tem um canal no youtube que é um bom referencial nesse material: https://www.youtube.com/channel/UCh2rDh7vXGeoh1LlzL3QEwg

Paulo Maffi

Cel., qual é a importância da manobrabilide em combates BVR, visto que a distância e a velocidade do engajamento são bem distintos? Desde já agradeço seus importantes esclarecimentos.

Rinaldo Nery

Olá Paulo! Assisti uma aula online, do GITE (Grupo de Instrução Tática e Especializada) a escola do COMPREP sediada em Natal, sobre combate BVR. Bem didática, como essa do Poggio. No combate BVR, em função da distância entre os oponentes, a capacidade ascensional é mais importante que a manobrabilidade, visto que, quanto mais alto, maior a ¨lança¨ (alcance ) do míssil. Durante as órbitas, a razão de curva é importante, pois, conforme a aproximação do oponente, você deve recuar, curvando 180° o mais rápido possível. Na fraseologia de combate BVR o controlador informa ao caçador se o bandido está ¨hot¨… Read more »

Paulo V S Maffi

Muito obrigado pela explicação!

BRUNO CORREIA

Obrigado pelo vídeo. Bem instrutivo.
Estou aguardando o próximo.

Blayke

Que aula Poggio. Parabéns !!!

Espero por mais conteúdo como esse, e que esse tipo de vídeo ajude a melhorar a qualidade dos comentários aqui no P.A.
Acredito que assim como eu muita gente já está bem cansado de ver “torcidas” brigando enquanto a aviação é deixada de lado.

Last edited 10 meses atrás by Blayke
Kemen

O video é muito interesante, define parâmetros aeronauticos de engenharia. Esses limites nos caças da nossa geração são controlados eletrônicamente pelo Fly By Wire, o Rafale por exemplo, permite mediante um recurso previsto para “emergência”, ultrapassar o limite G de projeto da aeronave por muito pouco tempo, naturalmente pode abreviar o tempo de vida da estrutura. Outro detalhe é que o famoso Dogfight que exige grandes manobras de escape atualmente com os radares, ECM´s e misseis existentes, tem previsão de ser muito raro. No caso do F-39 o limite é +9 e -3, igual a do Eurofigther, SU-35, SU-57. F-35… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Kemen
carcara_br

Bela aula, aguardando a terceira parte.
Dica: Coloque um título chamativo: Gripen o caça mais manobrável do planeta! ou F-22 vs Su-35 quem ganharia num dogfight? Rsrsrsrsrs, e entope o pessoal de conceitos físicos e suas representações matemáticas e gráficas.

Hermes Gomes dos Santos Júnior

Olá Poggio! Parabéns por mais um ótimo vídeo! Gostaria de sugerir uma parceria do canal Forças de Defesa com o Lito, do canal Aviões e Músicas. Ele é um ótimo You Tuber, grande conhecedor de aviação civil e fã de aviação militar, mais precisamente do Saab Viggen. Acho que seria interessante e muito informativo assistir a vcs, trocando idéias em um vídeo conjunto. É isso. Obrigado pelo ótimo conteúdo que vc e a equipe da Trilogia de Defesa disponibilizam. Abraços!

nonato

É interessante essa série. Trazer mais teoria e prática. Sem dúvida, trazer notícias sempre abre espaço para discussões. Mas acredito que a trilogia pode aprofundar os conhecimentos. Isto é, trazer mais conhecimentos aprofundados para quem sempre acompanha. Quanto a Lito, poderiam ser vários vídeos. No primeiro uma conversa iinformal ele entrevistando os editores. Numa outra, ele entrevistaria sobre aviões de cacas modernos, mudança do perfil de combates desde a segunda guerra, principais aviões da atualidade (superioridade aérea, multifuncao, bombardeiros, interceptadores, 4a, 5a e 6a gerações, aeronaves ocidentais, russas e chinesas), radares, mísseis, alcance, velocidade, furtividade, combates WVR e BVR. Dogfights,… Read more »

Últimas Notícias

Finlândia participa do Exercício de Defesa Aérea 2021 na Suécia

FORÇAS ARMADAS DA SUÉCIA – Durante o período de 21 de outubro, das 12h a 27 de outubro às...
- Advertisement -
- Advertisement -