sexta-feira, maio 14, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer: sem dinheiro, Defesa atrasa projeto do KC-390

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Embraer KC-390

Com uma previsão de incremento de apenas 5% no orçamento de 2021, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, sinalizou que projetos estratégicos sofrerão atrasos. Entre eles, o desenvolvimento do avião cargueiro KC-390, construído pela Embraer (EMBR3), em parceria com os militares.

Considerado um dos mais modernos do mundo, o cargueiro já desperta o interesse de diversos governos. Iniciado em 2009, o projeto ganhou impulso em 2014, quando a então presidente Dilma Rousseff assinou um contrato para a aquisição de 28 aeronaves para substituir os atuais cargueiros Hércules da FAB.

Na época, o acordo foi orçado em R$ 7,2 bilhões. As unidades deveriam ser entregues a partir de 2016, mas o primeiro KC 390 só foi incorporado à frota da FAB em 2019.

FONTE: www.moneytimes.com.br

- Advertisement -

269 Comments

Subscribe
Notify of
guest
269 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos10

Aí ninguém entende os motivos de a Embraer querer se juntar com a Boeing.
Ninguém entende os motivos que levaram os Brasil a virar de fabricante em importador de blindados de segunda mão.
Ninguém entende os motivos de a Uhu ter desaparecido.
Ninguém entende os motivos da Oceana ir parar nas mãos da Thyssen Krupp.

Cristiano de Aquino Campos

O quê a união da EMBRAER com Boeing tem com a falta de dinheiro do governo federal?
Você acha mesmo que a Boeing, iria colocar dinheiro dela para fabricar um avião para um cliente, no caso o governo federal? Duvido.

Marcos10

O KC390 gerou problemas seríssimos de caixa na Embraer.

Marcos10

Ter demanda estatal por equipamentos militares sempre ajuda.

Caio

E como ajuda diga os EUA, onde o governo é o maior fomentador da indústria bélica deles.

JT8D

Não amigo, o que o colega quis dizer é que a Embraer Defesa e Segurança não consegue se sustentar com as encomendas magras do governo brasileiro. Então a Embraer tem que se virar para se manter viva, sem esperar ajuda do governo. Se juntar à Boeing seria parte dessa estratégia, pois a Boeing também ajudaria na venda do KC 390. Eu preferiria que a Embraer não fosse vendida, mas e aí, quem é que vai pagar essa conta? Vamos reestatizar a empresa? Nada contra, quer reestatizar, reestatiza. Mas se nem governos anteriores que eram favoráveis a estatizações tiveram coragem de… Read more »

Last edited 7 meses atrás by JT8D
Cristiano de Aquino Campos

O nome disso e capitalismo amigo. Quer gostemos ou não, e assim que tem que ser. Empresa que depende das encomendas historicamente incertas de um governo e não se prepara para isso esta fadada a ter problemas.
Foi por comodismo que levou a incopetência comercial que a engesa faliu.

Hélio

A intenção do projeto KC 390 NUNCA FOI SER MANTIDO POR ENCOMENDAS BRASILEIRAS, mas sim competir com o Hércules, essa foi a ideia da Embraer e foi com esse argumento que a Embraer vendeu o projeto para o governo. Se o projeto deu errado, foi por culpa única e exclusivamente da Embraer, que pensou que venderia um produto que não inova em nada, concorrendo com outro extremamente bem sucedido e consolidado.

FernandoEMB

Não inova??? Bem, seria melhor se informar melhor antes de postar.
O KC390 foi apresentado para a FAB como substituto do C-130 para as necessidades da FAB. E a FAB pagou por isso. A possibilidade de exportação era um “plus” e não o que viabilizaria o programa. Mais uma vez você procura manchar a Embraer por ranço seu, usando de desinformação.

Aloisio Adib

Com os meus parcos conhecimentos de aeronaves
, na sua essência, gostaria muito de saber onde o Hércules e sua última versão é melhor que o C-390? Me explica pois estou curioso.

Caio

Discordo o próprio Estados Unidos tem na compra estatal o maior motor da sua indústria militar, assim como a Suécia para a Saab, o Reino Unido para a Base sustém, o Japão para a Mitsubishi, e a Coreia do sul para Hyundai.

Cristiano de Aquino Campos

Quer comparar as compras militares de uma super-potência militar e econômica com a nossa?

Alex prado

Se volta a ser estatal já viu…vira um cabideiro de parentela de políticos e os cargos de administração e projetos serão dos generais melancias reformados.

Renato

Cristiano, O problema do país é cultural. Nós somos um país sem valores morais. Independente de que setor da sociedade falemos. Tudo contaminado. Num país sério sem desvios ou facaltruas, o ideal seria.que empresas como a Embraer fossem estatais. Para não depender da volatilidade ou fluxo de mercado. Em condições normais de legalidade, o governo teria plenas condições de manter uma Embraer da vida. O ideal seria que a Embraer tivesse um quadro móvel de pessoal. Aumentasse ou diminuísse de acordo com a demanda. O problema que ela se diz privada e quer ajuda do governo através do BNDES. A… Read more »

leonidas

Os motivos estão para lá de claros, ocorre que para uma nação ser digna desse nome ela deve manter uma empresa como a Embraer sob controle.
Não é tão difícil de entender, no dia que um grupo empresarial Brasileiro tentar comprar a Dassault, ou a Boeing acho que você irá entender realmente como é que funciona as coisas neste mundão de deus…

Wellington Góes

Não tem nada a ver uma coisa com outra… Aliás, são os desenvolvimentos de equipamentos militares, ou seja, pagos pelo governo, que se gera novas tecnologias… A própria BOEING ainda queria que o governo ajudasse a bancar o desenvolvimento de novas aeronaves e por quê?! Porque é isso que se faz mundo a fora, é só no Brasil que existe iluminado achando que isso vem só do setor privado… Já tentou estudar de como as coisas funcionam nos EUA, França, Alemanha ou Israel, por exemplo?!

ADEMAR

Acordo entre Boing e Embraer não existe mais, e os blindados não foram comprados, foram doados pelos EUA ao exército brasileiro.

NILSON DA SILVA SILVEIRA

O efetivo, esse aumenta ou estabiliza agora os meios materiais sabemos o que acontece. E ainda se intitulam patriotas. Grande porcarias.

Wagner

Estava demorando…
Em vários posts eu tenho criticado o andamento do programa de defesa brasileiro… e parece que estou certo…

RENAN

Vamos exercitar o hábito de sugerir. Pois é visível que qualidade para dizer como gastar o dinheiro nossos generais não tem. Minha única opinião sobre como resolver estes problemas é: Reformular toda a carreira militar. Colocar número para cada patente Ex: a cada 25 soldado um sargento, a cada 25 sargento um tenente, a cada 10 tenente um major, a cada 10 major um coronel, a cada 10 coronel um general Assim para ter 1 general é necessário ter 10 coronel 100 major 1000 tenente, 25000 sargento e 625000 soldados. Assim não tendo pessoa promovida por tempo de serviço, apenas… Read more »

Kommander

O melhor comentário que eu vi no site em anos. Só não deixa os milico ver, senão vão chorar dizendo que trabalham muito.

Montinogru

Fui militar por 28 anos, FAB, conhecemos muitas fragilidades que podem ser melhoradas mas precisa de pessoas corajosas pois vão enfrentar séculos de maus costumes. Por exemplo a desnecessidade da existência de Prefeituras de Aeronáutica, dizem que cuida de Próprios Nacionais Residenciais, sendo que a quantidade de militares para cuidar dessa burocracia insensata poderia ser substituída pelos próprios militares beneficiados com a concessão desse benefício para moradia que se concentram EM GRANDES CENTROS URBANOS.

RENAN

Muito obrigado pelo seu relato, nada melhor de quem vive ou viveu dentro do meio militar para saber onde está cada desperdício de dinheiro público. Se existe um meio de mudar algo é através da informação. Quanto mais as pessoas saberem onde vai o dinheiro público maior a chance de formar um fórum para discutir meios de otimizar nossas leis. É muito utópico mas acredito se um dia tiver 10 milhões de pessoas unidas com um único propósito é possível mudar algumas leis que atrapalha o desenvolvimento do Brasil. Caro amigo você já imaginou se o Brasil tiver 7,5 bilhões… Read more »

Rinaldo Nery

Esse cara não sabe o que fala. As vilas da Ala 2 (Anápolis) têm mais de 200 residências. Oficiais e sargentos. E ele fala que os moradores têm que cuidar? Fumou maconha estragada… Foi militar de que Arma?

RENAN

Rinaldo Nery com toda sua vasta experiência na força aérea poderia nos dizer quais funções poderia ser desempenhada por funcionários terceirizados. A exemplo de outras forças armadas no planeta.

Sei que na Inglaterra a babcock realiza inúmeras tarefas reduzindo assim gastos com seus militares para tarefas como exemplo manutenção.

Rinaldo Nery

Essas da Prefeitura poderiam, perfeitamente. Mas dizer que os moradores deveriam assumir é um absurdo total. Áreas de pessoal, licitações, fardamento, alimentação, tecnologia da informação.

Hélio

Ainda bem que temos o grande especialista Wagner para nos dar uma luz.

Wagner

Bom, como dizia Sócrates, tudo o que sei é que nada sei. Entretanto procuro embasar solidamente minhas opiniões. Não costumo falar a respeito de minha vida particular, mas eu sou piloto de avião há 21 anos, atualmente resido na Jordânia (caso não saiba onde fica, é no Oriente Médio, entre o Iraque e Israel), onde estudo árabe clássico no Arab Community College (em Amman) e estou me preparando para fazer meu doutorado em relações internacionais na Rep. da Georgia. E você? Qual sua expertise?

Allan Lemos

Entra governo,sai governo,mas nada muda nesse país. A defesa é sempre jogada a segundo plano. É por essas e outras que eu falo que o meu desejo era que tivéssemos uma Coreia do Norte ou um Paquistão da vida aqui do lado.

Marcos10

Não é só Defesa, é tudo.
Em infraestrutura precisamos dobrar os investimentos só para cobrir depreciação.
Um país que vive de empréstimo para pagar salários faz o quê?

Rogério Loureiro Dhierio

Amigo Allan, os funcionários públicos das três forças não se sentem em segundo plano todo final de mês.
ABS.

RENAN

Amigo durante a pandemia os trabalhadores CLT tiveram seus contratos cancelados ou carga horária reduzida e receberam no máximo 1813 reais então deveria fazer isso com os militares também para ter dinheiro para honra seus compromissos.
Sem privilégio a está casta
Assim seria Justo

Rodrigo

Pode ir culpando os militares por essa situação, quando é gasto quase 80% do orçamento com o pessoal não tem muito o que fazer com que sobra mesmo. Gastamos quase 30 bilhões de dólares por ano e temos uma força totalmente defasada, agora compare forças armadas como a do Egito e da Turquia que gastam 13 bilhões e 20 bilhões de dólares respectivamente com a nossa e veja a diferença, a diferença é brutal, tanto em treinamento(faz sentido haja vista que eles estão na zona mais quente do mundo) quanto em equipamento.

Rinaldo Nery

A verba de pessoal, lá, faz parte desse montante? Ou está fora do orçamento?

Justin oliveira

SIM, está incluido.

Rodrigo

prezado Rinaldo, não sei ao certo, esses valores são as fontes apresentadas pelo SIPRI, no Brasil está com 27 bilhões incluindo verba pessoal, não posso confirmar se na situação do Egito e da Turquia também estão, porém o investimento é relativamente mais baixo em relação ao Brasil devido a economia desses países serem menores.

De qualquer modo, a diferença é gritante, países com orçamento militar bem menor que o nosso tem forças armadas extremamente superiores a nossa.

GFC_RJ

Coronel,

O aumento de 5% será do total do MD incluindo o obrigatório e o discricionário. Sim incluirá a folha de ativos, inativos e pensionistas.
No entanto, o discricionário, que incluem os investimentos, na última informação que li, cairá em cerca de 0,5 Bi em relação a 2020.

Abraços.

Rinaldo Nery

Perguntei do Egito e Turquia.

Wellington Góes

Tá de sacanagem?! Rsrsrsrs
Depois eu escrevo bobagens…. Rsrsrsrs

Rinaldo Nery

Não entendi. Sim, você posta MUITA bobagem.

Victor Filipe

Fiz umas pesquisas aqui. Em 2017 os EUA Gastou 47.9% do seu orçamento militar com o salario dos militares (isso junta salario + todos os benefícios segundo a Wiki em inglês) Apenas Salários: Índia em 2020: 59% USA: 38% China 30.8% Russia 35% UK 30.6% (vou mandar o link em separado) Existem diversas fontes e diversas maneiras de se calcular quanto é gasto com pessoal. em todas as fontes que achei em nenhum pais pesquisado, mesmo somando todos os benefícios os gastos com pessoal nunca passaram de 60% do orçamento militar. Então me elucide, porque apenas o Brasil é o… Read more »

OSEIAS

Poderia falar que é apenas o Brasil, sendo Brasil. Mas a verdade é que a crise financeira apertou, e eu temo que a economia global despenque de vez. Isso seria a repetição de um passado não muito distante, onde crises econômicas são o estopim para guerras.

Camargoer

Olá Oseias. Eu concordo com você que 2020 está sendo atípico. Segundo a OCDE, com exceção da China que irá crescer 1,2%, todos as principais economias do mundo terão queda da atividade econômica (a previsão deles é de 6% para o Brasil, parecido ao Japão, mas muito melhor que a França que terá queda de -10%). A atual crise é muito diferente de qualquer outra ocorrida desde a II Guerra.

MARS

Essa matéria não faz sentido!

Sem dinheiro… com incremento de apenas 5% (ou seja, não pode aumentar, mas pode manter o que já estava previsto).

O desenvolvimento… Mas já está praticamente 100% operacional.

Algo de errado não está certo!

Last edited 7 meses atrás by MARS
Fernando EMB

O Programa KC390 está em desenvolvimento… Isso inclui a certificação operacional completa (por atingir) e a entrega das unidades contratadas… Até lá, é um programa em desenvolvimento.

Flanker

Concordo que está em desenvolvimento e demanda custos…altos, aliás. Mas, se vai haver incremento de 5% no orçamento do cano que vem, quer dizer que o orçamento desse ano tb era insuficiente para o programa? Mas, e a readequação de prazos que foi feita no programa há algum tmdpo atrás? Mesmo aumentando o orçamento, atrasa mais ainda o programa?

Jadson Cabral

Só que dos 5% de incremento, a maior parte, quase 4bi, vai para o pagamento de salários, já que a carreira militar foi reestruturada na reforma da previdência. O que sobra, que não é muita coisa, é dividido com as outras forças, que tbm têm programas estratégicos em desenvolvimento.

Bille

Buenas!

Tem muita coisa pra ser ensaiada ainda. Tem coisa que só aparece com o avião voando.
Outro problema é o preço do Dólar. Tem muito componente importado, e com a subida do dólar, o reajuste cambial prejudica o orçamento. Como não tem dinheiro infinito pra colocar no projeto e o dólar é incontrolável, alguns ajustes podem ser feitos.
É possível atrasar o projeto, aumentar os recursos, cortar aeronaves, etc. Pra cada solução tem uma consequência.

MARS

Mesmo com todas as variáveis citadas, o projeto do KC-390 só atrasa se quiserem.

Não creio que o que resta pra fazer nesse avião ultrapasse o valor de dois aviões novos. E se o orçamento não poder cobrir isso… ai pode “entortar o rabo da porca”…

Em relação a futuros problemas, confio na engenharia da Embraer, fazer avião top é o sobrenome deles.

O único problema realmente é o dólar! Um problema para o mundo todo!

Plinio Jr

Perfeito, as pessoas se esquecem que muitos componentes da aeronave são importadas e com a alta do dólar vai encarecendo o processo….vamos aguardar a FAB se pronunciar oficialmente quanto a isto….este ano estava previsto o recebimento de 02 ou aeronaves, sendo que uma delas já foi entregue ….algo que diz que dificilmente o pedido de 28 aeronaves será reduzido …

Wagner

Em se tratando de Br, tudo é possível. Especialmente se for para dar errado.

Plinio Jr

Retificando, ainda acho que dificilmente o pedido de 28 aeronaves será atendido, muito provavelmente será reduzido ….

Camargoer

Olá Plinio. O programa KC390 é pago pelo Tesouro. Os prazos podem ser readequados sem custo financeiro porque não tem financiamento de banco envolvido

Wagner

Mas a equipe econômica não era a melhor do multiverso??? O que deu errado??? Ah… “a culpa é da panemia”…

Bille, essa crítica não é ao seu comentário e sim à realidade tacanha que se vive no Brasil.

Ademais, concordo com você: com a desvalorização recorde (absurda!) de quase 50% do valor da moerda brasileira ante ao dólar americano, programas que exigem extensos investimentos nessa moeda acabarão por afundar.

MARS

Sim, a culpa é da pandemia… Não enxergar, ou não reconhecer isso é de uma ignorância(ou má fé) colossal.

Last edited 7 meses atrás by MARS
Wagner

Após ler o seu comentário, percebo que ele se aplica muito bem a você. Culpar o Covid 19 pelo descaso histórico aos programas de defesa nacional, pela brutal desvalorização artificial da taxa cambial que tem promovido uma evasão de divisas de moeda americana como poucas vezes se viu (lembre-se que começou bem antes da pandemia) e o torra-torra das reservas cambiais (que atingiu níveis históricos muito antes de dezembro de 2019), só pode ser ou ignorância ou má fé.

Camargoer

Caro Mars. A crise da Covid foi agravada pelas decisões equivocadas da equipe econômica. Eu tenho certeza que a enorme queda da atividade econômica foi causada pela Covid (eu fiz uma média de todas as estimativas para a economia brasileira, e cheguei ao valor médio de -7%). Então são duas coisas. De um lado a crise da Covid demandando ações e recursos, do outro uma equipe econômica fraca.

MARS

Mas essa é a média de queda das economias no mundo. No 2°tri por exemplo, a economia do Brasil foi uma das que menos caíram na América Latina(e foi uma grande queda 9 ou 11, não recordo agora). Mas vamos a alguns exemplos: 2° tri – 2020 Peru: uma cassetada de -30% Argentina: quase -20% Colômbia: quase -15% … E por ai vai… Europa: mesmo jeito, as que mais caíram (UK e Espanha) em torno de -20% no 2° tri… Esses números demonstram que o problema do Brasil não é sua equipe econômica! Eu acho que eles estão fazendo é… Read more »

Last edited 7 meses atrás by MARS
Camargoer

Caro Mars. Gostaria que o problema da Covid fosse apenas a queda da atividade econômica. O setor industrial está com uma capacidade ociosa em torno de 50% (o setor industrial teve uma enorme queda). O governo federal destinou cerca de R$ 300 bilhões para o auxílio emergencial, financiamento de folha de pagamento e bolsa família (perfeitamente justificados, mesmo que fosse o dobro). Contudo, a equipe econômica perdeu meses apostando (e perdeu) que 2020 terminaria até com crescimento e foi incapaz de executar qualquer programa de apoio á atividade econômica (aliás, o pagamento do benefício foi um outro desastre, com atrasos,… Read more »

JT8D

Caro Camargo. Essa equipe econômica comete erros. Ponto. Eu só fico imaginando qual seria o desempenho da equipe econômica do governo de sua preferência. Lembre-se, nada é tão ruim que não possa ser pior ainda. Abs

Camargoer

Caro Jt&D. Temos que separar as ações da equipe econômica em dois grupos. De um lado, as ações a médio e longo prazo a partir do que seria o desempenho econômico em tempos normais. O outro, as ações envolvidas no combate à Covid. Sem esta clara distinção, nenhuma crítica faz sentido. Ontem, foram divulgados trechos do livro do ex-ministro Mandetta contando que o ministério da saúde tinha uma previsão de 180 mil mortes caso nada fosse feito (o Brasil esta com 140 mil), que foi ignorado pelo ministério da economia. O Brasil tinha 3 meses de vantagem sobre os países… Read more »

MARS

Mas esse é o problema, nenhuma equipe econômica no mundo seria(ou é capaz) de prever ou estabelecer planos eficientes, não em um país como o brasil que possui uma grande dependência comercial(seja em importações ou exportações) com o restante do mundo, o cenário dinâmico e inédito, causando pela pandemia, é imprevisível e incontrolável. Em relação ao auxílio, como programador e analista de sistema, sei que nenhum programa seria capaz ou teria capacidade de suportar (com eficiência) naquele espaço de tempo o volume de dados suportado pelos canais de comunicação fornecidos pelo governo. E houve sim, uma maturação dos sistemas (uma… Read more »

Last edited 7 meses atrás by MARS
Camargoer

Caro Mars. As crises são crises por serem difíceis de serem previstas (ainda que algumas pessoas consigam perceber alguns sinais). O Brasil tinha 3 meses de vantagem sobre os países da Europa. Tempo suficiente para preparar várias ações. Eu mesmo escrevi bastante sobre isso entre janeiro/fevereiro. Planos emergenciais não precisam ser eficientes, mas eficazes.

João Rodrigues Dos Santos

Meu caro, vc só esqueceu do fator STF, que tirou das mãos do presidente o direito de decidir o que fazer nessa pandemia, ou vai cair em negação também ? Além de entregar o direito de ir e vir dos cidadãos, nas mão de governadores corruptos metidos a tiranetes do “Eu MANDO EM TUDO” e de prefeitos, muitos deles, capachos de governadores que, ao invés de se reunirem com o governo federal para planejarem o melhro para o país, procuram o embaixador da China, para planejarem não sei o que!! E ai, vc vem falar do livro do Sr. Mutreta… Read more »

Last edited 7 meses atrás by João Rodrigues Dos Santos
Paulo Siqueira

A equipe econômica foi incompetente?O programa de assistência do governo foi muito importante e o resultado evitou o caos completo na economia.Se houve problemas nos pagamentos de quem precisava ,não foi por culpa do governo e sim dos estabelecimentos que não obtiveram tempo suficiente para se adequarem à grande demanda dessa urgência!O governo também liberou verbas extraordinárias para os governos estaduais e prefeituras poderem adquirir equipamentos hospitalares para ajudarem as vítimas dessa pandemia!Nem todos os países arcaram com essas despesas como o Brasil o fez,e não reconhecer isso chega a ser leviandade!Acho que vc deve estar lendo demais sobre a… Read more »

Camargoer

Caro Paulo. Segundo dados do Senado, o governo federal fez pagamentos da ordem de R$ 420 bilhões no combate à Covid, sendo cerca de R$ 300 bilhões para o auxílio emergencial, financiamento de folha de pagamento e bolsa-família. São gastos justificados. Já afirmei isso. Seriam justificados mesmo que fossem o dobro. Estes recursos incluem os repasses para os governos estaduais e municipais. Os problemas de pagamentos indevidos foram poucos. Como escrevi, em caso de emergência é preciso efetividade ao invés de eficiência. Os problemas do auxílio emergencial foram as panes no sistema, os erros do aplicativo, os pagamentos QUE NÃO… Read more »

igortepe

A culpa se deve mais a peça teatral de origem árabe, que o desgoverno está encenando.
Ali Mijair BoçalNaro e os  6.157 ladrões. Esse é o número de militares no governo.

Camargoer

Caro Wagner. Tenho criticado muitas decisões do governo, inclusive sobre ele tem conduzido o combate à Covid. Contudo é um fato que 2020 é excepcional e muitos problemas são decorrentes da pandemia. É impossível negar isso. Também é impossível negar que a equipe econômica é um desastre.

JT8D

Desastre … essa palavra me lembra de outros tempos. E olha que naquela época nem havia covid

Camargoer

Olá JT&D. Pois é. Há um ditado que diz “não se dever desperdiçar uma crise”. O crise do Covid tem um apelo de solidariedade e de sacrifícios que outras crises não tinham. Havia (não há mais) uma oportunidade de reconciliação nacional em torno do combate à Covid. Escrevi isso no início do ano. Acredito que alguns dos ex-presidentes ainda vivos teriam percebido isso.

Rinaldo Nery

Equipe econômica desastre? Bom era o Guido Mantega?

Camargoer

Olá Cel.Rinaldo. A discussão é sobre as ações e decisões de quem está no exercício. Eu tenho separado as ações sobre o combate à Covid, que é um período excepcional para tosos os países, daquelas que seriam tomadas em períodos ordinários. Todos os governos erram. O importante é acertar mais dofque errar. O Brasil tinha um prazo de 3 meses para se preparar para a crise da Covid (debatemos bastante aqui, inclusive o atraso em adquirir material hospitalar). Os trechos do livro do ex-ministro Mandetta divulgados ontem informa que o Ministério da Saúde tinha uma previsão de 180 mil mortos… Read more »

Roberto Bozzo

Camargoer, o governo federal decretou emergência em 03-02, mas os governadores e prefeitos insistiram no Carnaval e deu no que deu; inclusive foram ao stf para não terem de seguir o plano do ministério da saúde, só quiseram Lockdown e dinheiro. Inclusive a própria oms ignorou o pedido do governo brasileiro para decretar a pandemia mundial e 10 dias depois o fez. Os problemas nos cadastros eram impossíveis de se evitar, milhões de pessoas acessando o sistema ao mesmo tempo para se cadastrar, não há lugar no mundo que tenha está capacidade de processamento instantânea. O mesmo para pagar aos… Read more »

Salim

Maior desvalorização cambial entre os 44 países em desenvolvimento e desenvolvidos. Devido a isto inflação perigosamente pode desandar, infelizmente só com esta desvalozicao de 35%, perdemos 10 kc390, 1 Tamandaré, 12 Gripen, e quase 2 scorpene. Isto e o desastre em perdas práticas nas Faas. Será difícil repor pois o teto de gastos e dívida governo estouraram. Espero que revertem, porém os fundos investimento estão saindo Brasil pelo descaso ecológico. Teremos turbulências pesadas pela frente.

Camargoer

Caro Salim. A demanda está baixa por causa do desemprego, o que está segurando a inflação. O maior risco seria uma estagflacao, uma estagnação econômica com deflacao.

GFC_RJ

Estagflação é uma estagnação econômica combinada com inflação e não deflação.
Meio tipo Argentina… ou Brasil anos 80.

Camargoer

Olá GFC. Você tem razão. Eu errei ao usar o termo. Obrigado pela correção (aprendo muito com você). Fui olhar os dados do IBGE para contextualizar a discussão. O IPCA acumulado nos últimos 12 meses foi de 2,44%, e o acumulado de 2020 foi de 0,7%. Portanto, o país esta longe de um processo inflacionário. A taxa do PIB foi de -2,2% nos últimos 12 meses, sendo a queda acumulada em 2020 de -5,9%. No último trimestre, a queda na taxa do PIB foi de -11,4%. Para comparação, em 2015, a queda foi de -3,5% e em 2016 foi de… Read more »

Salim

Senhores, com perda de 35% real frente moedas fortes, teremos inflação pesada ou falta de materiais. Só esta contida pelo desemprego e falta investimento. Moeda frente dólar teria voltar rs 4,50 a 4,80 para não termos inflação alta e crescimento. Como exemplo tenho aumento generalizado mp que compro e escassez de mp, não por demanda, estão exportando o que podem.

Salim

Desemprego recorde, desinvestimento externo, desvalorização cambial exacerbada. Espero que reaprumem a proa pois se propor mais imposto via cpmf ou onerar empresas simples só vislumbro turbulência pesada

João Rodrigues Dos Santos

Só ver desgraça!! Meu Deus, que desespero!!
Procure um psicólogo, antes que tente o suicídio!!

Last edited 7 meses atrás by João Rodrigues Dos Santos
Salim

Quase 70 milhões recebendo renda de 300,. Anda nas ruas cara, desgraça não e a pura realidade.

Douglas

Está desvalorização cambial veio em boa hora . Poderia ter sido antes.

Douglas

Não são melhores que a turma de antes . Apenas tem um viés diferente .

Douglas

Fizeram reformas que tiram direitos antes de uma reforma tributária e do pacto federativo .
tiraram direitos do cidadão comum que paga mais para se aposentar e deram privilégios a uma poucas carreiras .

Wagner

Camargoer, eu postei uma resposta ao camarada la acima que sugeriu que eu fosse ou ignorante ou tivesse má fé, mas ainda não foi aprovada. O que eu disse é que não podemos colocar a culpa do descaso histórico aos projetos de defesa nacional, nem da desvalorização absurda do real (que começou antes de dezembro de 2019), nem do torra-torra da reserva cambial brasileira (que começou já em 2018) na pandemia. Isso sim seria ignorância ou ma fé.

Camargoer

Olá Wagner. Concordo com você. A crise da Covid está impondo novos desafios para a sociedade brasileira em um contexto de queda da atividade econômica e aumento das despesas extraordinárias. Por outro lado, o governo federal tem cometido erros que superam os seus acertos, o que está prejudicando as estruturas do país, provocando um desmonte sistemático do país. Temo que a recuperação em alguns setores foi completamente inviabilizada. Não haverá recuperação possível por gerações.

Wagner

Temo que esteja com a razão, Camargoer. Os cenarios são sombrios.

Andre

Wagner, acredito que você seja um grande piloto e que seja ótimo em árabe clássico. Não tenho dúvidas que será um excelente doutor em relações internacionais. Mas em economia talvez seja melhor ter um pouco mais de cuidado. Neste ano o dólar foi de R$4,024 para R$ 5,554 (28/09/2020), uma tremenda desvalorização de 38%. Não sei se da para falar em quase 50%…. E essa absurda desvalorização não é record. Em 2002 teve-se a desvalorização record do plano real: 57,5%. Em segundo lugar, temos a de 2015: 48%. Muito perto, tem-se a de 2008: 36%. Em todos esses anos, assim… Read more »

Frederico

Provavelmente é algo como colocou o Bille.
Apesar de um incremento de 5% nas verbas, tal aumento não é suficiente para compensar a desvalorização do real perante o dólar. Diminuindo o ritmo do projeto.

Wagner

Frederico, numa sociedade onde poucos compreendem o que leem, esperar que consigam associar a desvalorização cambial com o atraso nos programas de defesa é complicado.

Matheus S

O problema não é nem compreender o que lê e sim as mentiras que contam. Por exemplo, o mainstream econômico afirma que a desvalorização cambial é bom para um país em desenvolvimento, pois permite um crescimento de exportação, só que em termos monetários e não quantitativos, enquanto o resto da sociedade arca com os custos mais altos. Ontem mesmo li no twitter um perfil de uma fábrica têxtil afirmando que 90% do algodão está sendo exportado, sobrando 10% apenas para a indústria nacional, o que acarretou em mais preços para o produtor nacional, enquanto há fartura para os países estrangeiros… Read more »

Wagner

Matheus S, concordo contigo, esse é o Brasil…

Salim

Trabalho com algodão, aumentou até agora 30% e está difícil de conseguir. A inflação esta galopando, desemprego em alta, teremos turbulências fortes.

Salim

Estou sofrendo esta falta mp na carne, além de ter aumentado mais 30% sumiu mercado.

João Rodrigues Dos Santos

Comentário perfeito!!

João Rodrigues Dos Santos

Cara, vc foi perfeito nesse seu comentário!
Exatamente isso!
O povo não entende o que lê, e quando entende, não consegue descrever o que entendeu!

Renato

Quem quer saber a REALIDADE brasileira vá a um supermercado e pague R$ 9;00 o kg de arroz já em alguns supermercados.
Não vou nem falar da carne.
Isto é, quem tem grana para visitar um supermercado.
Os economistas de plantão bem que poderiam colocar como termômetro da.econpmia os maiores especialistas do país:
Donas de casa.
E vejam o que elas tem a dizer.

ADRIANO MADUREIRA

É o problema de depender de componentes de tecnologia estrangeira,sempre haverá dependência,se muita coisa da aeronave fosse feita aqui,ajudaria certamente no preço da aeronave.

Salim

Nossa economia esta atrelada mercado externo, desvalorização cambial nesta magnitude Brasil fica 35% mais pobre. So salario fica prezo e tudo aumenta, para FAAS sera terrível pois todos programas terão aumentos significantes, como exemplo, aço, eletronicos, contratos externos.

Camargoer

Caro Frederico. Segundo dados no Senado, o governo federal pagou R$ 918 milhões em 2017 no programa KC390, R$ 674 milhões em 2018, R$ 823 milhões em 2019 e R$ 563 em 2020 (até agora). A média anual foi de R$ 750 milhões (não inclui 2020 na média). O real desvalorizou 33% este ano. Supondo que metade do valor do KC390 seria afetado pelo dolar, isso significaria um aumento de 15% do valor médio, passando de R$ 750 milhões para R$ 860 milhões. Para comparar, a aquisição dos Sherpa usados pelo EB teria custado R$ 100 milhões (ou US% 18… Read more »

Salim

Camargoer, Aço, alumínio, motor, eletrónicos e vários componentes São comodites atreladas ao dolar, bem como toda nossa cadeia alimentar. O único valor em real e mão de obra e deve ser menos 10% valor destes aviões, corvetas e submarinos. Encarar verdade e o melhor para sairmos deste atoleiro.

glasquis 7

Motores, eletrônicos e os “Vários” componentes Não são comodities,

O termo “Comoditie” é usado pra definir apenas Materia Pima. Manufaturados como Motores, eletrônicos e Componentes não fazem parte desta definição.

Salim

Ok, vc tem razao , usei termo pois sao base de produtos maior valor.

Camargoer

Caro Salim. As despesas com pessoal são pagos em reais, portanto com a desvalorização da moeda devem reduzir o preço, já que as despesas com pessoal são um componente importante do preço. Além disso, há uma série de componentes fabricados no Brasil usados pela Embraer em seus aviões que também teriam seus preços relativos reduzidos pela desvalorização do real. Portanto, a alta do dólar deve afetar apenas parcialmente o preço final do KC390. Eu não sei quanto, por isso usei 50%. Pode ser menos. Pode ser mais.

Cristiano de Aquino Campos

Exiateva parte de projeto do avião e a parte de entrega do avião para o cliente. No caso essa ultima oarte e que esta atrasando.

Zorann

Possivelmente o incremento de 5% nao é suficiente para cobrir o aumento de gasto com pessoal, oque significa na prática, diminuir o investimento para conseguir custear os gatos obrigatorios

Camargoer

Ola Mars. Há coisas estranhas na matéria. O MinDef pede um AUMENTO de 5% do orçamento em um contexto de uma queda de atividade econômica de -6%, com demandas extraordinárias em função da pandemia de Covid. Era de se esperar que o MinDef coordenasse suas ações em torno do combate à Covid com outros ministérios e que buscasse manter os programas estratégicos por meio de remanejamento de despesas internas (por exemplo, adiar programas não-prioritários e reduzir pessoal por meio da não-reposição). Todos os orgãos do governo do executivo terão seus orçamentos reduzidos.

Rinaldo Nery

Não formar oficiais (de qualquer arma combatente) poderá acarretar prejuízos incontornáveis no futuro. Não dá pra pegar aviador no aeroclube de Jundiaí e colocá-lo num A-29, nem colocar um arrais amador dentro de uma fragata. A FAB, anos atrás não formou turmas de Intendência, graças a um ¨Brigadeiro iluminado¨. Isso causou um problema enorme no fluxo de promoções e interstícios no quadro.

Camargoer
  1. Olá Cel.Nery, Em outro comentário, mencionei que o EB é responsável por 2/3 dos militares. O simples corte linear é sempre um erro. Existem setores que podem reduzir pessoal, remanejamento (eu defendo há anos a extinção dos TG). Geralmente, os cortes são sobre o custeio (o que prejudica treinamento e operação). Depois, vem os cortes em investimento. O pessoal inativo é uma obrigação, mas o pessoal ativo é um número que pode ser otimizado. Este ano é algo excepcional. Todo mundo está apertando o cinto.
Salim

Exatamente, não pode parar de repor pessoal trabalha. Embora seja crítico ao extremo ao nr de 75 mil homens na fab, tem que priorizar operacional real e equipamentos e reduzir drasticamente o Cabidao comparado a forças de outros países.

Renato

Rinaldo, Vou levantar uma polêmica. Já vi muita gente comentar que dado a aproximidade do Presidente Bolsonaro dos americanos e que eles tem um olho gordo na Amazônia, se não seria interessante terceirizar as forças armadas e extinguir a brasileira. Dizem que o impacto imediato seria o enxugamento na folha de pagamentos de pessoal e pensões. Outrossim, o pagamento a título de royalties ao governo americano seria infinitamente menor do que os encargos militares atuais nós cofres do governo. Do ponto de vista ECONOMICO vc acha viável essa proposta? Tecnicamente teríamos uma das maiores potências militares do planeta tomando conta… Read more »

Rinaldo Nery

Você tá louco? Só se assassinar TODOS os militares do Brasil.

Salim

Faz isso não, nem pensa alto. Isto sim seria loucura total. Delirou um pouco nessa, se fizerem isto até eu me levanto armado.

Gabriel

Mais uma matéria padrão “Veja”.
O que está acontecendo com o Blog?
Colocaram um estagiário para trabalhar no final de semana?

gsilva

Onde a insensatez nos trouxe !Tudo poderia está muito mais estabilizado!!

Salim

Gabriel, Leia e reflita sobre números reais, esquece torcida. Os programas de reaparelhamento são todos lastreados em moeda estrangeira, só para repor desvalorização teria que aumentar em 30% valores destinados a estes programas e com pib em queda e desemprego no curto,médio prazo teremos dificuldades.

Kommander

A matéria é padrão Veja, igualmente a sua leitura que é vazia e sem imaginação.

João Rodrigues Dos Santos

Negativo!
O Padrão “Veja, é do padrão de “girafa da Amazônia”!! srsrsr kkkkkk.
E na pandemia do #VirusChines, é o da turma do “fica em Casa”, “Economia vê depois”, um certo remédio ” Não tinha comprovação científica” e do ciência, ciência, ciência…
Agora ta bom, o fim do mundo, chegou segundo os números da da veja!!

Reclama não, continuem em casa!
E lembre-se, ciência, ciência, ciência…

Last edited 7 meses atrás by João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos

Cara, seu comentário está perfeito!
Padrão veja, com comentaristas aqui, que não vou falar o nome, no padrão Estadão e Foice de São Paulo…
Esses que não citei, certamente são anti-horarios envernizados, da turma do “selo azul” e do “fique em casa” que, já postaram comentários contra a policia ou de desarma-las! Pessoas com pensamento
“progressista” !
Tá feia a coisa, amigo!

Larri Gonçalves

O governo brasileiro tem responsabilidade de manter a EMBRAER e os projetos que podem garantir emprego e a empresa operando normalmente, portanto dando continuidade aos projetos, principalmente o Gripen e o KC 390 e ainda tem as modernizações do tucano, AMX (A-1) que pode ser acelerada, porque é uma excelente aeronave, segundo os pilotos e comandantes da FAB, e até aumentar o nº de células modernizadas do AMX (A-1), tem ainda a modernização dos EMB 145 AEW, os A-4 da MB; a EMBRAER tem serviço, cabe ao Governo equacionar os recursos para mante-la operando em 2021, que será um ano… Read more »

Wagner

“Governo brasileiro” e “responsabilidade” são termos contraditórios.

João Rodrigues Dos Santos

Bom mesmo era quando?

Fabio Araujo

Cobertor curto + pandemia = corte de gastos! Infelizmentea realidade financeira do país complica tudo!

Wagner

A vantagem do Covid é que dá para jogar a culpa nele.

Rogério Loureiro Dhierio

Exatamente.
Daí ninguém mais fala em má gestão do dinheiro, corrupção que desvia as verbas destinadas a pasta da defesa, o imenso abismo que existe entre folha X aquisição/investimento/conhecimento/novas tecnologias etc…

A pandemia tem sim papel de culpa. Máso acaso tivessemos um excelente programa de gestão eficiente com direcionamento correto e justo de verbas para folha, custeio e investimento, o impacto da pandemia não seria tão grande.

Más para justificar toda essa bandalheira e roubalheira, ah… culpa a Covid aí.

JT8D

É verdade. Outros governos não tiveram essa “sorte”, e aí ficou evidente que eram incompetentes nesmo

Camargoer

Caro Wagner. Outros governos tiveram a crise do subprime, as crises da dívida externa, a crise dos tigres asiáticos, as crises do petróleo, tiveram as crises dos efeitos orloff e tequila… até teve a crise do bug do milênio…

Zorann

O cobertor nunca é curto, já que é exatamente o tamanho do cobertor (orçamento) que deveria nortear o planejamento dos gastos.

O que isto aí mostra é que continuam “planejando” gente demais dentro do orçamento. Aí tem de cortar do investimento, do custeio, para a conta fechar.

Rogério Loureiro Dhierio

Falou tudo. Gente de mais. Ainda arrisco a dizer que tem estrutura demais TB. Tem que enxugar tanto o contingente como reduzir o número de bases ineficientes que apenas apresentem gastos, bem como cortar os privilégios das aposentadorias das filhas das filhas dos filhos do C@r$#$_ a quatro e mais, repassar os materiais obsoletos para os vizinhos ou a quem queira tentando ainda enfiar modernização via Brazilian Companies. Pegar todo o soldo das economias, das vendas de materiais, do aumento do percentual para a pasta 2%, e investir em qualificação da tropa, menor e mais eficiente, aquisição de material no… Read more »

GFC_RJ

Variação cambial e aumento do gasto obrigatório influenciam no corte de encomendas. Teto de gastos idem.
Covid, muito pouco. A Covid afeta RECEITAS e o orçamento está sendo o planejamento de DESEMBOLSOS. Estes últimos estão previstos crescimento de 5%. Portanto, o problema não é a Covid.

O que a Covid pode afetar é no contingenciamento futuro, se a receita for bem abaixo do planejado. Mas isso é papo pro ano que vem.

Camargoer

Olá GFC. Discordo um pouco. A crise da covid criou novas necessidades de despesas, como o auxílio emergencial (cerca R$ 213 bilhões dos R$ 411 bilhões pagos pelo governo federal no combate á covid, para mim um gasto justificado). Então há uma pressão por despesa também. Por outro lado, concordo que o impacto sobre a arrecadação está sendo tremendo (a queda acumulada em 2020 já é de -5,9%)

GFC_RJ

Uma coisa é o exercício 2020. E o gasto da Covid foi separado no “orçamento de guerra”. A LOA 2020 foi mantida, os gastos da Covid foram para esse outro “Ledger” paralelo, e não se viu maiores atrasos no programa devido a questões financeiras, mas a questões logísticas. Para 2021, o orçamento planejado é esse da LOA sendo proposta, onde o MD tem previsto 5% de acréscimo e esses 5% a mais tem muito pouco a ver com Covid. Pode ter nas operações logísticas extraordinárias, pode ter nos laboratórios produzindo cloroquina… Mas, de boa, quando põe na planilha, não é… Read more »

Camargoer

Olá GFC. Você tem razão. Comentei em outros lugares que os gastos com a Covid foram justificados, e continuariam sendo mesmo que tivessem sido o dobro dos R$ 400 milhões pagos até agora. A ampliação de 5% do orçamento militar nada tem a ver com a Covid (praticamente R$ 5~6 bilhões). Eu fiz uma conta sobre as despesas com o KC390 (média de R$ 750 milhões por ano). Mesmo considerando a desvalorização do real, ainda assim os atrasos tem outra razão, como você disse. O Senado tem uma excelente ferramenta de análise dos gastos do executivo que é o “SigaBrasil”,… Read more »

Salim

Camargoer, R$ 400 milhões são usd 70 milhões, temos mais de usd 300 milhões reserva rendendo zero, este dinheiro e reserva, serve para emergência. Vende usd 100 milhões paga deficit, retorna o dolar a valor razoável, dai com reformas vaos crescer razoavelmente. Agora tem incluir poder publico reforma. Se governo fosse serio limitava salários com penduricalhos , tem poderes burlando teto em muito e fazia analise em todos os poderes do tamanho funcionalismo e restringia cargos de confiança

Salim

A Covid afeou todos ( menos China pois não e sabemos a real situação ) O que vai matar e a desvalorização recorde, desinvestimento e sede governo criar mais impostos. Você vera economias bem geridas voltarem ao patamar anterior rapidamente após solução via vacina da covid. A falácia de desvalorização implica maior valor importação, inflaçao e desvalorização ativos Brasil. China vai deitar e rolar. Ai pergunto, quem e patriota, eles vão comprar empresas barato e revender para eles mesmo. Discurso Amazônia esta igual guerra das Malvinas.

Gabriel BR

A gente têm é que levantar as mãos para o céu que ao menos não houveram cortes no orçamento em função da pandemia.

Wagner

Kkkkkkkkkkk

Era piada, não?

Infelizmente Ersn, jamais acontecerá…

Last edited 7 meses atrás by Wagner
Carlos de freitas Pietro

Bom dia, dinheiro existe sim, o que falta é saber usar aonde é mais importante e parar de modernizar sucata velha. Nossos oficiais militares não sabem administrar dinheiro público.

V12 aero

Dinheiro sempre tem, só que vai pro lado errado, tipo pagar caviar e lagosta pra poucos que não serve pra nada. brasil sendo brasil. Sim com letra maiúscula.

RPiletti

Esqueceu do vinho com 4 medalhas em premiações internacionais…

Rinaldo Nery

Sim, claro. Nunca comi tanta lagosta e bebi Romané Conti quando estava na ativa! Quanta bobagem…

Carlos de freitas Pietro

Boa noite, caro Rinaldo,não é bobagem;é verdade: Gasta-se muito dinheiro em altos soldos, viagens internacionais hospedando-se em hotéis 5 estrelas e nas melhores comidas.

Rinaldo Nery

Quem te disse isso? O que é um alto soldo pra você? Melhores comidas? Já comeu num refeitório militar?

Bille

Esse tipo de coisa é interessante comprovar. Milico fica em hotel de trânsito e alojamento de quartel. Esse pessoal do hotel 5 estrelas deve ser de outro poder. E tá cheio de reportagem por aí…

GFC_RJ

“Viagens internacionais, comidas e hotéis 5 estrelas…” Se ocorrer como essa fama que pessoal alardeia, tem efeito meramente simbólico no orçamento. Os investimentos não são baixos como são por causa disso. Quem repete o mantra nunca viu uma planilha financeira na vida.

O que não significa que não haja problemas graves. Mas é bem melhor gastar cartucho em outro alvo, pois o problema maior é outro.

Camargoer

Olá GFC. Pois é. Concordo com você. A aplicação da análise de Pareto (ou curva ABC). As despesas do governo federal são publicas, publicadas tanto pelo Senado quando pelo Portal da Transparência. Os problemas de desperdício existem, os privilégios existem, as decisões erradas ocorrem, existe corrupção. É preciso evitar desperdício, é preciso cortar privilégios, é preciso minimizar erros, é preciso combater a corrupção. Ótimo. Só que isso são tarefas continuas, que precisam ser monitoradas o tempo todo. Por outro lado é preciso também ter claro que os gastos públicos são necessários e precisam ser eficazes e que arrecadação depende da… Read more »

Salim

Quem trabalha so rala e come poeira, com equipamento obsoleto e restrições uso operacional. O pessoal da cúpula vive bem em Brasília e em certos comandos. Operacional so leva fama, igual funcionário público, tem os que trabalham duro e os que são apaniguados poder com salários exorbitantes, especialmente legislativo e judiciário.

V12 aero

Depois de grande notícia que foi o vôo do gripen ,vem essa para nós colocar no devido lugar. M**** de país.

Wagner

Temo que você esteja com a razão.

Zorann

O Gripen por si só ja anda “atrasado” em relação ao cronograma original pelos mesmos motivos.

O mesmo acontece com todos os programas ditos estratégicos das FFAA. E a um bom tempo

Rogério Loureiro Dhierio

Kkkkk verdade. Balde de água fria, com direito a tapa na cara com luva de borracha.

Jadson Cabral

Eu não sei porque vocês ainda têm esperanças no Brasil… é assim desde sempre, mas vocês não aprendem. Vivem sonhando… aí quando vem alguém abrir seus olhos é taxado de vira-lata. Melhor maneira de não se decepcionar é não criar expectativas. E decepção do Brasil é regra.

Camargoer

Caro Jadson. Talvez porque a maioria mora no Brasil, tem suas famílias no Brasil, tem suas carreiras profissionais no Brasil, se identificam com a comida, com os valores culturais, talvez porque têm filhos que nasceram no Brasil e com todos os coleguinhas brasileiros. Talvez um pouco de cada coisa. Outros já moraram no exterior e se sentiram desconfortáveis. Talvez porque a gente continue lendo livros e compreendendo que é muito fácil encontrar lugares piores que o Brasil e mais difícil encontrar lugares melhores em todos os sentidos. Talvez porque o Brasil tenha coisas ruins e coisas boas ao mesmo tempo,… Read more »

Salim

Camargoer, o que tenho visto entre pessoal estudado e com dinheiro para investir, estão saindo Brasil via Portugal, Espanha, Italia, Canada, USA, etc… Esta perda e terrível para Brasil pois pais investiu nestas carreiras e criou estas fortunas que estarão beneficiando outros países que estão recebendo este pessoal de braços abertos. Desinvestimento não e só dinheiro externo, perda destes ativos são difíceis repor. Se pessoal esta saindo significa que não estamos bem.

Jefferson Ferreira

O título deveria ser, mesmo com um dos maiores orçamentos em defesa do mundo e com um incremento de 5%, defesa atrasará projeto!!

Dinheiro tem de sobra, mas do voluptuoso orçamento quantos % são alocados em investimentos ? E % em folha e pessoal ??

Salim

Lembre orçamento em real , investimento moeda forte. Sempre coloco gasto FAAS em usd, saímos de usd 25 bi para USD 17,5 bi em 12 meses

RPiletti

Jamais…

Daniel Ricardo Alves

Acho que era meio inevitável. A pandemia afetou a economia mundial e com o dólar em alta, todo mundo já esperava uma coisa dessas. Azar da EMBRAER e da FAB que continuam reféns de peças importadas com preço em dólares.

Fernando EMB

O fato da questão das peças serem compradas pela Embraer em USD, se equilibra com o fato da maior parte da sua receita também ser nesta moeda.

Camargoer

Olá Fernando. Exato. Além do fato das despesas em reais (como salários) ficarem relativamente mais baratas.

Salim

Para exportação ok, porem para empresa aviação e FAB o preço vai aumentar muito visto receita e dotações são em real.

Cleber

Dinheiro e nao e pouco , para banqueiros sempre tem .

DIEGO TARSES CARDOSO

Sempre teve, isso é fato.

Gilson

irmãos vamos analizar primeiro da onde surgiu a reportagem qual foi a fonte e se o CEO, da Embraer, concorda. Se ele concordar com a reportagem aí sim pode diminuir os ritimos de fabricação e não atrasar os projetos…, quais os projetos da Embraer, em andamento? GRIPEN NG, KC 390, E2 190 e 195 e outros eles vão dizer, agora dizer que governos passados falharam e que a união entre BOING e EMBRAER, não era pra acontecer e que tudo isso contraiu para barrar os projetos da EMBRAER. Uma coisa é certa amigo; BOING, EMBRAER, BOMBARDIER, AIRBUS e outras pelo… Read more »

Marcio

Brasil é uma piada.. chega ao ponto do pessoal “chorar” por ver um simples caça voar, mostra o quanto esse país está atrasado.

DIEGO TARSES CARDOSO

Quero acreditar que você diz isso pelo fato de nosso caças serem da década de setenta, e que estamos felizes de finalmente vermos que eles serão substituídos por algo realmente melhor.

fewoz

Falou e disse. E quando o Gripen estiver plenamente incorporado (com um máximo de 60 unidades), China, países da Europa e EUA já estarão nos seus programas de sétima geração… E quando estes já estiverem sendo produzidos, a FAB estará feliz com suas compras de oportunidade de caças de quinta geração… Espero estar errado.

Marcio

60 ? se chegar a 36 pode comemorar… quinta geração ? duvido muito. O que é mais patético ainda é que tem países que tem menos dinheiro e tem mais condições do que o nosso. É vergonhoso, mas muitos aqui batem palma pra isso e ainda ficam com ar de soberba.

Carlos Gallani

Lembrei do Tamoyo!

ADRIANO MADUREIRA

  “Dinheiro sempre tem, só que vai pro lado errado, tipo pagar caviar e lagosta pra poucos que não serve pra nada. brasil sendo brasil. Sim com letra maiúscula”. [ V12 aero ]. Exatamente amigo ! pagar Caviar,lagosta e até contratar 21 assessores para cada deputado federal poder comer uma fatia do salário tranquilamente… Isso sem não poder esquecer os nobres senadores,que podem contratar até 50 assessores. É muito gasto,é muito luxo com poderes incompetentes e perdulários,tudo custeado por nós… Enquanto isso,na itália,o país fez um referendo sobre reforma constitucional que passou e irá cortar um terço do número de… Read more »

Last edited 7 meses atrás by ADRIANO MADUREIRA
Bille

Que dinheiro tem, é muito, é indiscutível. Gasta-se muito sem fiscalização nesse país. Vide COVIDão.
Por ex: a universidade de Santa Maria/RS (UFSM) tem mais orçamento que a cidade de Santa Maria. Alguém já viu prestação de conta de universidade pública?
Já foram cobrar seu deputado ou senador?
Enquanto o povo não entender que os principais cargos são esses aí (que é quem vota e fiscaliza), e achar que um PR vai resolver, vamos continuar na mierd@.
Se a justiça do Trabalho fosse fechada, e todos os processos pagos, a economia seria de 50%.

GFC_RJ

“Enquanto isso,na itália,o país fez um referendo sobre reforma constitucional que passou e irá cortar um terço do número de deputados e senadores, Agora, o número de 630 deputados caiu para 400 e os de 315 senadores caiu para 200 parlamentares. A reforma ainda limita a cinco o número de senadores vitalícios nomeados pelo presidente da República, cota que já está preenchida”. Vamos combinar que para um país de 60MM de habitantes, essa estrutura faz o nosso parlamento federal ser bem “enxuto”. Não vejo exemplo nenhum nos italianos. Outra coisa… Você mencionou 1,3Bi, mais 2,1 Bi… Arredondando dá 3,5 Bi… Read more »

Camargoer

Olá GFC. Há uma disputa de narrativas para definir quem ficará com os recursos públicos. Você colocou bem que a maioria das “manchetes sensacionalistas” focam nas “tapiocas”. Tanto o legislativo federal quando o dos outros poderes podem reduzir privilégios e reduzir os custos. É uma decisão ética e moral, mas concordo com você que são despesas que pouco alteram o quadro geral. Tomo como exemplo a velha comparação do salário médio dos funcionários públicos (do executivo federal em torno de R$ 8 mil, segundo o Ipea) com o salário dos empregados da iniciativa privada (em torno de R$ 2,3 mil… Read more »

GFC_RJ

Como eu disse, “Não que eu seja contra a dita PEC, pois eu sou do time que tem que enxugar mesmo”. Vamos sair do âmbito acadêmico e ir para o “chão de fábrica”. Já implantei sistemas de controle orçamentário em grandes empresas. Em TODAS elas gastos com viagens são emblemáticos e por isso tem de ser tratado com prioridade. E é um gasto um tanto difícil de orçar, mas principalmente de controlar. Essa última por inúmeros motivos que não cabem aqui. No final das contas, as rubricas de viagens (passagem, hospedagem e despesas) não chega nem a 3% da Despesa… Read more »

Camargoer

Olá GFC. Pois é. Eu também tenho apresentado números parecidos obtidos de outras fontes, como o “Portal da Transparência” e do “SigaBrasil” do Senado, principalmente sobre os gastos do EB com pessoal. Neste documento, o EB aparece com cerca de 220 mil tropas. Por ano, ingressam cerca de 90 mil jovens para o serviço militar obrigatório representando uma despesa de R$ 1 bilhão. Podemos adotar a divisão de 2/3 deles vão para o EB, o que resultaria em um efetivo de 160 mil militares de carreira, praticamente sem alterar a despesa. No caso da MB, o soldo médio é R$… Read more »

Camargoer

Olá GFC. Obrigado pelo arquivo. Muito legal.

Salim

Camargoer, não e o gasto e sim o que traduzem em resultado para Brasil. Nenhum setor publico Brasileira prima pela excelência. O que falta e entregar o que pagamos, não discuto gasto, contesto como e gasto e o Brasil queima tudo em administração e entrega pouco em relação gasto pela sociedade.

Astolfo

“Incremento de APENAS 5%”! É uma piada? 5% de aumento num orçamento bilionário é pouco? É apenas mais um sinal da inépcia e corporativismo dos militares. A previdência deles está intacta (na verdade eles agora têm mais benefícios ainda), e isso era o verdadeiro objetivo deles. A folha de pessoal inflada? Os projetos estratégicos? Nada disso importou, exceto para uma minoria dedicada de militares. Os altos oficiais só querem saber de caviar mesmo. E eu vou voltar a bater nessa tecla até isso mudar (ou seja, até eu morrer). Repito, 5% de incremento para este orçamento é um incremento MONSTRUOSO.… Read more »

Cleber

Aonde assino ? E em meio a toda esta crise devido a pandemia , receberam todos em dia , inclusive funcionarios publicos .

Guacamole

Nada pare ver aqui.
Por favor, siga em frente.

Funcionario da Comlurb

Enquanto o Brasil estiver a mercê da Constituição revanchista de 1988, o dinheiro nunca será suficiente .

Camargoer

Caro Funcionário. No que a CF88 é revanchista? Contra quem? Quais artigos dela são revanchistas? O que motivou tal revanche? Do que você está falando?

Salim

Aparelharam governo inteiro, o nr funcionários públicos foi alturas. Vão cortar infelizmente na carne do povão, das pequenas empresas e do pessoal operacional. Mas super salários e Cabidao ninguém vai mexer.

Camargoer

Caro Salim. A maioria dos servidores públicos ingressa por concurso. Os cargos de confiança são preenchidos governo a governo. O que significa aparelhar o governo e qual a influência dos cargos de confiança sobre o desempenho do governo?

Salim

General saúde, dentista no meio ambiente e por ai vai, estes caros são distribuídos sem critério. Vacinação esta despencando, transplantes idem, tratamentos cancer etc… Meio ambiente mal gerido resultou em desinvestimento e fim fundo Amazônia que deveria ser gasto fiscalização e manutenção, desonerando governo. O general ate e bem-intencionado, porem de boas intenções cemitério esta cheio.

leonidas

Com um poder judiciário cujo orçamento ANUAL excede 100 BILHOES DE REAIS.
O Senado excede 4 BILHOES DE REAIS
O Congresso excede os 10 BILHOES DE REAIS
Ontem na tv foi noticiado que o governo economizou 1 BILHAO de reais em apenas 5 MESES!!!!!!! ao não ter que pagar viagens, auxilio alimentação e coisa do tipo para o ALTO CLERO do funcionalismo Federal.
Então a gente logo vê que não é FALTA DE DINHEIRO e falta de VERGONHA NA CARA…

Antonio Palhares

A velha história do se.
Se não houvesse tanta corrupção…
Se não houvesse tanto privilégio..
Se não houvesse tanta incompetência..

Camargoer

Caro Antonio. Segundo a Transparência Internacional, o Brasil não figura com um país de grande corrupção. Por exemplo, Russia é pior avaliada que o Brasil sobre corrupção. Segundo um relatório da FIESP, a LavaJato causou em 2015 uma redução de R$ 150 bilhões na atividade industrial, enquanto que na página do MPF mostra que foram recuperados (em todos os estados, ao longo de todos os anos) menos que R$ 5 bilhões. Isso mostra que há um erro conceitual nas ações da operação.

Overandout

Brazil zil zil zil

Cleber

O problema nas nossas forcas armadas e administrativo tambem : Enxugamento de pessoal e corte de pensoes . E nao vejo a curto prazo uma melhora neste sentido .