Home Aviação de Caça VÍDEO: O voo do caça F-39E Gripen da FAB de Navegantes (SC)...

VÍDEO: O voo do caça F-39E Gripen da FAB de Navegantes (SC) a Gavião Peixoto (SP)

3138
30

Ontem, 24 de setembro, o primeiro Gripen E Brasileiro, chamado de F-39E Gripen pela Força Aérea Brasileira (FAB), concluiu seu primeiro voo no País. O caça voou do aeroporto de Navegantes (SC) para as instalações da Embraer em Gavião Peixoto (SP) comandado pelo piloto chefe de testes da Saab, Marcus Wandt.

A apresentação oficial da aeronave está prevista para ocorrer durante a cerimônia do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, comemorados no dia 23 de outubro.

A partir de agora o programa de ensaios irá incluir o Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, do inglês Gripen Flight Test Center) na Embraer, em Gavião Peixoto (SP), que será totalmente integrado ao programa de ensaios que já está em andamento na Saab, em Linköping, Suécia, desde 2017.

As atividades no Brasil incluem testes nos sistemas de controle de voo e de climatização, assim como testes na aeronave em condições climáticas tropicais.

Além dos ensaios que são comuns às aeronaves do Programa Gripen E, serão testados no Brasil características únicas das aeronaves brasileiras, como integração de armamentos e o sistema de comunicação Link BR2 – que fornece dados criptografados e comunicação de voz entre as aeronaves.

Os primeiros caças serão entregues à Força Aérea Brasileira, na Ala 2, em Anápolis (GO), a partir do final de 2021.

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RenanZ
RenanZ
1 mês atrás

Torço muito para que este momento histórico seja de fato aproveitado pelo Brasil e sua indústria aeronáutica, e não fiquemos “apenas” nas 36 aeronaves, quebrando esse nosso vício de desperdiçar grandes oportunidades

Rodrigo Maçolla
Reply to  RenanZ
1 mês atrás

Concordo, RenanZ

Muito bacana e emocionante o Vídeo, tô apaixonado por este caça e agora só falta ver ao vivo:)

E também muito interessante esse gesto do piloto Sueco em erguer as duas mãos pro alto a hora que o Canopi se abriu , Mostra que ele sabe realmente a importância desse voo para o Brasil e lógico para a Saab.

Last edited 1 mês atrás by Rodrigo Maçolla
Funcionário dos Correios
Funcionário dos Correios
1 mês atrás

Fantástico!!!!!

Antonio Palhares
Antonio Palhares
1 mês atrás

Este piloto sueco entrou para a história de nossa força aérea.
Vai contar isso para os netos

Paulo Henrique
Paulo Henrique
1 mês atrás

Legal a trilha sonora

Tomcat
Tomcat
1 mês atrás

Top demais elevado à milésima potência!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Jesus R.Ribeiro
1 mês atrás

Putz. Sonhava em ver este momento desde em que começou o finado FX-1.
Para o alto… e avante Gripen!!! 💪🏻

André Bueno
André Bueno
1 mês atrás

Para quem gosta de aviação, observar o voo, pouso ou decolagem de uma aeronave é sempre um prazer. Pode ser Paulistinha, Cessna, Piper, Mooney… Boeing, Airbus… caças, transportes, helicópteros… imagino como devem ter sido o lançamento dos Saturno V. Mas quando é “nosso, sonhado e tão sofrido, pela demora, o prazer é muito grande. É uma forte emoção, a culminância de um gigantesco esforço! Agora é continuar esse esforço para desenvolver a aeronave e receber as demais unidades.
Gripen!!!!!!

Hercules de Araujo
Hercules de Araujo
1 mês atrás

Tenho uma questão: Não estou vendo nesse protótipo os receptores/transmissores de alerta de míssil (RWR) nas postas das asas, que deixam os pods/trilhos mais sobressaltados. Será que apenas nesse protótipo não estão instalados? Tudo bem, o IRST não está instalado ainda lá à frente da cabine, mas esses dispositivos das pontas das asas são aparentemente os mesmo dos modelos anteriores ao “E”.

Flanker
Flanker
Reply to  Hercules de Araujo
1 mês atrás

Só uma correção: não é um protótipo. É o primeiro de série, que será usado para testes. Mas, concordo com sua onservação. Realmente, as estruturas de pontas de asas desse exemplar são diferentes
daquelas que esse mesmo exemplar ostentava quando fez seu primeiro voo lá na Suécia. Aqueles eram mais robustos, com extremidades dianteiras e traseiras mais proeminentes. Talvez tenham redesenhado. Percebe-se que no atual há uma antena, na parte interna da extremidade traseira, semelhante a um sensor RWR. Aguardemos. Mas, assim como o IRST, todos os outros sensores encomendados na nossa versão serão incorporados e entregues.

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Flanker
Flanker
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Corrigindo a mim mesmo, ampliei fotos da entrega e do primeiro voo do Gripen no Brasil e comparei com fotos dele mesmo na Suécia e com os outros Gripen E. Os trilhos de pontas de asas são diferentes dos Gripen A, B, C e D. Se é diferente dos primeiros trilhos da versão E? Talvez….mas, possui as extremidades dianteiras e traseiras bem diferentes das versões mais antigas da aeronave……acredito que essa seja a versão definitiva dos trilhos, com seus sistemas que carrega acoplados.

angelo
angelo
1 mês atrás

A foto acima vale um papel de parede……

angelo
angelo
1 mês atrás

Nessa foto, até o céu, completamente azul, parece estar homenageando este momento marcante para nós, neste inicio de milênio….

Rafael Cordeiro
Rafael Cordeiro
1 mês atrás

Algumas observações: 1) No começo da rolagem para a decolagem da pra perceber o quanto é ruim a pista do aeroporto de navegantes, aos 26s do vídeo parece que o Gripen vai bater asas para decolar ao passar por uma irregularidade; 2) Incrível como o Gripen decola em uma pista curtíssima, sei que está sem carga externa, mas mesmo assim, pelos vídeos parece que não utilizou1/3 da pista para deixar o solo, sendo que a pista do aeroporto de Navegantes é pequena, possuí cerca de 1700 m; 3) A felicidade estampada no rosto do piloto sueco é visível, certamente sabe… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Rafael Cordeiro
1 mês atrás

A pista de Navegantes não é ruim não. Opero lá todo mês, de A320. Ruim é a pista de Cuiabá. Essa sim já passou da hora do recapeamento.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Olá Cel.Nery. O interior de SP tem excelentes rodovias. Creio que muitas delas poderão servir ao F39, mas nunca imaginei um avião comercial como um A320 ou um Emb195 pousando nelas. Em caso de emergência, faz sentido um pouco assim ou seria mais adequado um pouso em um canavial, por exemplo?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Faz sentido sim.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Uma rodovia como a Bandeirantes suporta um pouso de um A320?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Em emergência qualquer coisa suporta um A320.

Flanker
Flanker
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Concordo, afinal tu és piloto. Entretanto, as imperfeições são percebidas de forma bem diferente por um A320 e por um F-39.

Flanker
Flanker
Reply to  Rafael Cordeiro
1 mês atrás

Aos 26s ela libera os freios…aí, a vibração é normal. Entreþanto, dos 27 aos 29s as asas cobrar um pouco, mesmo….talvez reflexo ainda da liberação dos freios ou irregularidade da pista, mesmo.

Jacinto
Jacinto
1 mês atrás

Olha ai. A FAB já pode ensinar os russos como fazer fazer uma peça publicitária sem precisar derrubar um avião!!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Jacinto
1 mês atrás

Olá Jacinto. Boa. “Quem decola com um Gripen tem certeza que vai pousar”

Antonio Neto
Antonio Neto
1 mês atrás

Logo na decolagem (por volta dos 30s do vídeo) já se observa o papel ativo que os canards exercem nessa fase do vôo. Eles atuam através de movimentos bem rápidos. No momento do pouso, dá pra ver como de repente eles levantam para dar mais sustentação aerodinâmica e logo depois assumem outra função para auxiliar na redução da velocidade. E não estou me resumindo apenas a pouso e decolagem. Eles irão interferir em todo o vôo.

Argos
Argos
1 mês atrás

Alguém saberia a velocidade utilizada nesse tipo de vôo?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Argos
1 mês atrás

Vou chutar Mach .82. Uma aeronave comercial emprega em torno de Mach .78.

Matheus
Matheus
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Considerando as aerovias prováveis em rota ele fez quase 600km de distância em 50 minutos. Isso da em torno de Mach 0.58 a media.

Last edited 1 mês atrás by Matheus
Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Isso dá menos de 380 KT de ground speed. Veio c motor bem reduzido.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
1 mês atrás

Próxima foto tem que ser carregado de armas até o ladrão e mostrando os dentes.

Fernando Jesus
Fernando Jesus
1 mês atrás

A pista de Navegantes tem 1600 m de comprimento. Pelo vídeo ele usou menos da metade. Não imaginava que ele decolasse em tão pouco espaço.