Home Aviação de Treinamento Suécia suspende aquisição de novas aeronaves de treinamento

Suécia suspende aquisição de novas aeronaves de treinamento

2009
27
SK 60

A aeronave de treinamento SK 60 (Saab 105), que já existe há muitos anos, será substituída por um sistema completo denominado Basic Trainer Aircraft. A FMV iniciou uma licitação e solicitou propostas.

Mas a aquisição já foi cancelada e o FMV informou a todos os licitantes disso.

“Cancelamos a aquisição em agosto. Não havíamos recebido uma proposta que atendesse a todos os requisitos ”, disse Andreas Säf Pernselius, gerente de projetos da FMV.

No momento, está sendo analisada a situação tanto da FMV quanto das Forças Armadas da Suécia, onde os trabalhos preparatórios estão em andamento.

A necessidade de uma substituição para o SK 60 permanece. A meta é que o novo sistema de treinamento esteja pronto em Malmen, em Linköping, para a primeira turma de pilotos alunos no verão de 2023.

FONTE: Agência Sueca de Materiais de Defesa – FMV

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

E o projeto T-X da Boeing e SAAB não entrou na disputa?

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Esquisito isso. Nem deveria haver concorrência.

O TX seria o ideal, inclusive para a FAB TB

ALLAN
ALLAN
Reply to  Rogério Loureiro Dhierio
1 mês atrás

A FAB já tem o Super Tucano para essa função e qualquer coisa mais aprofundada será realizado o treinamento no Gripen F de dois assentos; Comprar uma aeronave para fazer essa função é retirar um trabalho muito importante do ST e praticamente ignorar o Gripen F, q é até agora exclusivo do Brasil.

Gonçalo Jr
Gonçalo Jr
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Pois é. Eu também achava que o projeto TX da Saab com a Boeing seria o mais óbvio como escolha. Estranho isso.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Gonçalo Jr
1 mês atrás

Não é estranho, pois é mais caro, e os Suecos querem um avião só para treino, e o avião da Boeing/,Saab é um avião de treino, mas com mais capacidades.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Se você observar como é estruturado o treinamento deles, o Boeing-Saab T-7 não faz sentido financeiramente. Usar uma jato daqueles para treinamento primário não rola. Eles provavelmente prefeririam algo semelhante ao Saab 105. Subsônico, barato de operar e com assentos lado a lado por causa do treinamento primário. Como aparentemente não tem treinador disponível com essas caractarísticas, eles cancelaram a concorrência. Então de duas uma: ou eles abandonam um possível requerimento para assentos lado a lado e compram o Leonardo M345, que é atualmente o mais barato dos treinadores à jato, ou mandam a Saab desenvolver algo do zero. Outra… Read more »

Tutu
Reply to  Clésio Luiz
1 mês atrás

O Pampa III é mais barato que o M345, mais esse aí é carta fora do baralho.

Tutu
Reply to  Tutu
1 mês atrás

Aparentemente um Pampa III custa na casa de US$ 12 milhões, isso é mais barato que um A-29 completo.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Tutu
1 mês atrás

O problema é conseguirem entregar uma boa quantidade!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Clésio Luiz
1 mês atrás

Realmente o M-345 poderia ser uma boa opção, mas concordo se não aparecer algo vão mandar a SAAB desenvolver algo novo nem que seja uma versão modernizada do SAAB 105!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 mês atrás

Salvo engano, os suecos possuem apenas o Saab 105 como treinador. E isso é caso único mundialmente, onde a instrução primária e avançada é feita numa única aeronave, passando diretamente para a primeira linha depois dele.
Método de treinamento mais enxuto não existe.

Rommelqe
Rommelqe
1 mês atrás

GRIPEN F, brasileiro/sueco.

Junior
Junior
Reply to  Rommelqe
1 mês atrás

Acho mais fácil eles escolherem o T7 Red Hawk da Saab/Boeing, que é muito mais barato, do que o Gripen F. Creio que eles suspenderam a licitação mais por falta de fundos por causa da pandemia do que por qualquer outra coisa

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Rommelqe
1 mês atrás

Um caça supersónico desenhado para ser aerodinamicamente instável e que custa no minimo 60 milhões de dólares a unidade para treinar pilotos vindos de turbohélices???? Sim, faz sentido!

Lucianno
Lucianno
Reply to  MestreD'Avis
1 mês atrás

Kkkk . Me divirto muito lendo os comentários dos sem noção por aqui.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Essa seria a opção natural para a força aerea suéca…
comment image
comment image
comment image
comment image

Teropode
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Mas se os requisitos incluir os assentos lado a lado este ai já era .

Kemen
Kemen
1 mês atrás

Eu acho que vão aguardar o término do projeto T-7.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

O melhor é encomendar um projeto sob medida para a Saab

Kemen
Kemen
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Ai sim, provavelmente sairia mais caro. Mas é uma posibilidade e até com a cabine dupla lado a lado, entretanto é um detalhe apenas no treinador atual sueco, não entendo porque não poderia ser igual aos treinadores dos outros paises.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Estranho… Tá mais para contingência financeira do que atendimentos de requisitos técnicos… Muito estranho…

Aéreo
Aéreo
1 mês atrás

É uma força área focada em combate basicamente. Possui pouquíssimas aeronaves de transporte (6 C130 e 2 SAAB 340). Normalmente praticamente formam apenas pilotos de caça. As demais aviações (SAR, AEW, ELINT, REVO), recebem os pilotos de caça depois que deixam de voar na primeira linha. Experientes na aviação de combate, passam a atuar em funções de apoio ao combate. A visão da Flygvapnet é sempre maximizar sua capacidade de combate com os recursos financeiros e humanos que possui. Algumas forças aéreas com alto foco em primeira linha possuem aviação de treinamento bastante antiga, como a Flygvapnet com os SK 60,… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Aéreo
rui mendes
rui mendes
Reply to  Aéreo
1 mês atrás

Já a força aérea Italiana, têm os sf260, M-345, e M-346 Master, não falta nada.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Aéreo
1 mês atrás

Experientes???? Na aviação de combate??? Que combate??? Onde??? Quando???
A Suécia é um país de ecologistas frouxos. Só isso. E o gripadinho é um projeto da década de 80, não ė mais de primeiro linha.

Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

Aqui está um bom treinador para a força aérea sueca: https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRQ3tPiUm_p3gneGiLSjzMjzhHBGVrmjhVB9g&usqp=CAU
O T-X da Boeing é quase em Gripen de baixo custo, a Suécia quer algo mais simples.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás
Helder Cerejo
Helder Cerejo
21 dias atrás

O Saab 105 ou Sk 60 é um avião de treino da força aérea Sueca e Austríaca. E da década de 60, e já tem muitos bons anos de serviço. Na altura do seu desenvolvimento era comum aviões biplace lado a lado. Contemporâneos temos o Jet Provost Mk3 – Mk4 e mais tarde o Mk5. Temos uma serie de aviões de construção Inglesa que optava por esta forma de desenho para os aviões de combate: o hawker siddeley hunter, os Camberra, Hawker siddeley Gnat, English electric Lightning, De haviland Vampire. E se olharmos para a força aera sueca, ela chegou… Read more »