Home Aviação de Ataque Dois MiG-29s russos caíram na Líbia, segundo inteligência dos EUA

Dois MiG-29s russos caíram na Líbia, segundo inteligência dos EUA

2486
29

Oficial do Comando dos EUA na África fornece datas de duas perdas de MiG-29 e reitera as conexões dos jatos com o Grupo Wagner

O Comando da África dos EUA diz que pelo menos dois caças MiG-29 Fulcrum, possivelmente pilotados por mercenários russos, caíram na Líbia.

Jared Szuba, o correspondente do Pentágono para o AI-Monitor, tweetou que um dos jatos foi aparentemente perdido em 28 de junho, enquanto o outro caiu em 7 de setembro de 2020. Esta informação veio em um comunicado do contra-almirante Heidi Berg, Diretor de inteligência do Comando da África (AFRICOM) dos EUA.

Outro tweet indica que Berg acredita que “aviões de caça russos”, presumivelmente MiG-29s também, mas potencialmente também aviões de ataque Su-24 Fencer, realizaram ataques aéreos na Líbia.

Szuba, do AI-Monitor, repetiu a afirmação do AFRICOM de que as aeronaves russas estão sendo operadas por empreiteiros paramilitares do Grupo Wagner. Esta organização tem ligações muito próximas com a agência de inteligência militar do Diretório Principal da Rússia, mais conhecida pela sigla russa GRU.

FONTE: The Drive/The War Zone

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Delta
Delta
8 dias atrás

Normal.

John
John
Reply to  Delta
8 dias atrás

Quem não voa não cai, esse não eh rainha do hangar.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  John
8 dias atrás

Verdade.

Ayron
Ayron
Reply to  John
8 dias atrás

Sentiu.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Delta
8 dias atrás

Claro, são alvos, estão sujeitos a chuvas e trovoadas de armas contra eles.

Normal.

John
John
8 dias atrás

O enredo e narrativa parece extraido das missões na Africa que tinha disponivel no simulador MiG-29 de epocas passadas.

Theo Gatos
Theo Gatos
8 dias atrás

Se não caíram em acidentes, possivelmente foram abatidos por tropas turcas ou apoiadas pela Turquia! E se esse tiver sido o caso, se continuar assim o Erdogan vai limitar ainda mais a relação com fornecedores e ter que comprar armas dos chineses porque nem ocidentais e nem os russos estarão muito dispostos a fornecer equipamentos de primeira linha…
.
Sds

Last edited 8 dias atrás by Theo Gatos
Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Theo Gatos
8 dias atrás

Acho que não, em tempos de COVID-19 nenhum pedido de compra está sendo negado (desde que não seja uma “joia da coroa”).

Segue o jogo…

BrunoW
8 dias atrás

Caso qualquer aeronave da LNA ou apoiadores caíssem ou fosse abatidas na Líbia.. Os primeiros a anuciar isso seria o Governo do Acordo Nacional (GNA) e a Turquia, assim como aconteceu em outras ocasiões.Mas não houve nenhuma declaração de ambas as partes e muito menos provas (vídeos ou fotos do caça caido). O Africon quer apenas forçar uma declaração oficial do governo Russo, negando tal acidente com as aeronaves, para ao mesmo tempo provar a atuação Russa na Líbia. Mesmo que todos sabem da presença Russa na Líbia, ela ainda não e oficialmente admitida por Moscou, assim como é na… Read more »

Matheus S
Matheus S
Reply to  BrunoW
8 dias atrás

Os russos não cairiam nessa armadilha de fazer uma declaração, pois isso daria margem para o Africon querer se engajar militarmente na Líbia. Não é de hoje que o Africon queira ter provas da intervenção russa na Líbia. Ao meu ver, Putin não cairia nessa cilada. Ele certamente aprendeu a jogar o jogo geopolítico dos americanos e seus aliados da OTAN.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
8 dias atrás

Caíram, ou foram derrubados?
Se caiu, caiu porquê?
Se foram derrubados, foram abatidos por quem?

Matheus
Matheus
8 dias atrás

O unico video que existe é de um “piloto” que tirou selfies no meio de um deserto e não havia nenhum sinal de fumaça ou destruição de aeronave.
Sinceramente se dois Mig-29 Russos foram realmente derrubados, já teriam milhares de videos sobre o abatimento, assim como foi com o Su-25 na Siria.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Matheus
8 dias atrás

De vez em quando é por vergonha, ou mesmo por discrição de quem mandou esses mercenários abaixo. Será que se fosse um F-35 de Israel o realizador dos abates haveria propaganda sobre isso? Acho que não… fica melhor ser um “disco voador” que ninguém viu.

Hélio
Hélio
Reply to  Ricardo Bigliazzi
8 dias atrás

Que droga você está usando, Ricardo? Maneira aí nos seus delírios apaixonados.

Observador
8 dias atrás

Estes MiG-29 e demais aeronaves que
Putin disponibilizou ao Wagner Group devem estar no osso. Ao serem mais exigidas vão colapsar mesmo. Há no entanto a possibilidade de terem sido abatidas por armamento turco.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Observador
8 dias atrás

Você realmente acha que os Russos iriam aplicar na região equipamentos de 2a. linha??? Impossível. Não faz sentido. Além da intervenção isso é pura propaganda politica Russa, e é concebível pensar que usariam péssimos aviões e mercenários mal treinados para realizar essa empreitada!!! Definitivamente acho que não.

Observador
Reply to  Ricardo Bigliazzi
7 dias atrás

Sim eu acho. E não é impossível, é conveniente e a altura das capacidades dos adversários. Não tenho dúvidas de que estes MiG-29 além de cansados tem sistemas de combate inferiores aos que os russos usam em seus MiG-29 de linha de frente. E quanto aos mercenários, os russos os consideram de fato como carne de canhão, descartáveis. Nem de longe tem o mesmo treinamento das tropas regulares, porém nestes caças podem ser pilotos veteranos. Lembremos daquele episódio na Síria em que os russos enviaram mercenários contra uma base dos EUA apenas para testar a reação e eles foram aniquilados… Read more »

Pedro
Pedro
8 dias atrás

Como o colega escreveu abaixo, se isso realmente fosse real, a Turquia e o Governo em Tripoli estaria fazendo um carnaval em cima disso! Se eles faziam videos falsos ou reaproveitavam imagens de outros locais para vender que supostamente estavam derrotando seus rivais, pq nao usar isso contra o outro lado? Ainda bem que hj a internet esta ai para vermos que nem sempre o que fala um lado, realmente trata-se da verdade. Interessante que para espionar se tem aviao ou nao da Russia na Libia tem satelite e tal, agora os movimentos de contrabandistas e traficantes de pessoas que… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
8 dias atrás

Eu tinha lido que tinha sido um só e que o piloto que falava russo conseguiu se ejetar. Isso mostra que o GNA melhorou sua defesa AA, com certeza com material turco operado por turcos ou pelos mercenários sírios trazidos pelos turcos.

Jagderband#44
Jagderband#44
8 dias atrás

– 2

Nilton L Junior
Nilton L Junior
8 dias atrás

Ultimamente o twitter esta aceitando todo tipo de qualquer coisa.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
8 dias atrás

Quem te viu e quem te vê heim Rússia…

Hélio
Hélio
8 dias atrás

E as provas? Quando mostrarem os aviões destruídos no chão eu acredito.

Emmanuel
Emmanuel
8 dias atrás

Nada de novo.
Tudo normal na família Mig.
Quando não tá caindo de velho, tá caindo de abatido.
Não chora Kings.

Gabriel BR
Gabriel BR
8 dias atrás

Talvez nunca saibamos as causas do acidente , se é que foi acidente…

JuggerBR
JuggerBR
7 dias atrás

Só acredito quando o sputnik publicar…

Andre
Andre
7 dias atrás

A mig ja fez grandes aviões , como o mig15, com motor britânico, ou o icônico mig21, mas esse mig29 é um caro alvo. Deve ser no mesmo nível do f5.

Aéreo
Aéreo
7 dias atrás

Sem saber oque aconteceu, tudo que podemos fazer é especular. Mas vamos supor que sejam caças russos operados por russos. O que a Rússia aprendeu na Georgia em 2008 e aplicou em parte isto na Síria anos depois é que a operação de caças em um ambiente de combate mesmo que assimétrico precisa de uma rede de suporte para que ela seja otimizada. Coisas que aconteceram na Síria por exemplo. Aviões de ataque atuavam sem escoltas, precisou ocorrer o abate de um Su-24 para mudarem a doutrina. Morteiros e drones eram uma ameaça a bases áreas, contramedidas precisaram ser desenvolvidas.… Read more »

ScudB
ScudB
7 dias atrás

“While AFRICOM has periodically released images of the Russian jets operating in Libya in the past, it may be hoped that similar visual or some other confirmation might be provided soon to confirm these two MiG-29 losses.”
Cortina, aplausos….