Home Aviação de Ataque FOTOS: Passagem dos A-29 Super Tucano das Filipinas por Recife (PE)

FOTOS: Passagem dos A-29 Super Tucano das Filipinas por Recife (PE)

5261
53

Os seis aviões de ataque leve Embraer A-29 Super Tucano, destinados à Força Aérea das Filipinas, foram fotografados ontem chegando ao aeroporto de Recife (PE) pelo nosso colaborador Valter Andrade.

As matrículas da Embraer são: PT-ZZO, ZZS, ZZQ, ZZM, ZZN E ZZU.

Os aviões devem cruzar pelo Saara, passar pelos Emirados Árabes, Índia, Singapura, Malásia e finalmente Filipinas, em cerca de seis dias de viagem.

A compra dos A-29 pela Força Aérea das Filipinas foi anunciada em 30 de novembro de 2017 e a entrega estava prevista para o final de 2019.

A escolha do A-29 ocorreu após um abrangente processo de licitação pública, que contou com a participação de vários fabricantes de todo o mundo, cumprindo os mais rigorosos processos de avaliação.

A aeronave será utilizada em missões de apoio aéreo tático, ataque leve, vigilância, intercepção e contra-insurgência.

Um SC-105 SAR chegou hoje no começo da tarde e vai seguir até Fernando de Noronha, para dar apoio aos seis A-29 Super Tucano, caso haja algum problema no trecho de saída até a metade do Atlântico – Foto: João Luís de Arruda Pereira Zoobi

Subscribe
Notify of
guest
53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Filipe Prestes
Filipe Prestes
22 dias atrás

E de Fernando de Noronha em diante, onde eles irão reabastecer? Ascenção? Cabo Verde?

Marco
Marco
Reply to  Filipe Prestes
22 dias atrás

Provavelmente irão reabastecer na Ilha do Sal.

MÁRIO FILHO
MÁRIO FILHO
Reply to  Filipe Prestes
22 dias atrás

Estranho avião da FAB (governo) dando apoio a aviões da Embraer (empresa privada ) , de onde sai o dinheiro ?

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  MÁRIO FILHO
21 dias atrás

Os Rafale indianos na sua viagem para a Índia foram apoiados por aviões de reabastecimento da França. Esses aviões são aviões comprados por um país amigo e existe um interesse diplomático para mantermos boas relações entre os países isso envolve diplomacia e comércio internacional, não é uma compra de um particular, os aviões da Embraer vendidos a particulares não contam com esse apoio.

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  MÁRIO FILHO
21 dias atrás

Embraer deve cobrir os custos da viagem, nada de errado aí não…

Camargoer
Camargoer
Reply to  MÁRIO FILHO
21 dias atrás

Olá Boa pergunta. Talvez os filipinos ou a Embraer deve restituir a despesa, assim como os clubes de futebol pagam uma taxa para a PM pela segurança nós jogos ou as empresas que transportam grandes máquinas pela cidade de São Paulo pagam uma taxa pelo apoio da CET.

Ziferaldo
Ziferaldo
Reply to  MÁRIO FILHO
21 dias atrás

A Embraer paga por este serviço. Ela contrata a Fab para prestar apoio SAR na travessia.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  MÁRIO FILHO
21 dias atrás

Deixa eu fazer uma pergunta: suponhamos (e queria Deus que não) que uma dessas aeronaves vendidas pela Embraer tenha uma pane e se acidente no Atlântico. Não seria a FAB a iniciar a busca e o resgate? O que eu vejo aí é um procedimento que me parece comum entre nações amigas, fornecedores de material de defesa, etc. Mais além, pensando em termos exclusivamente econômicos – fora os políticos e diplomáticos, por exemplo – é do maior interesse da FAB que o AT-29 seja mais do que vitorioso no exterior. Assim, uma ação dessa é também um certo marketing: a… Read more »

Joao Argolo
Joao Argolo
Reply to  Helio Eduardo
21 dias atrás

Pois é. Concordo. O que eu acho engraçado é alguns falarem aqui, como se o pessoal que estudou anos e anos a fio, montou toda a estratégia de logística, e não pela primeira vez, fossem um bando de aventureiros, que irão arriscar fazer uma entrega dessas por meios duvidosos. Somos leigos e tratamos profissionais como se fossem leigos também??? Para uma empreitada dessas existe uma cadeia enorme de processos e pessoal, todos exaustivamente estudados e considerados por quem entende, com certeza. Abrçs

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  MÁRIO FILHO
21 dias atrás

Acho que você fez uma pergunta legitima, mas isso é compra de material de defesa, tem características diferentes. E não se esqueça que cada venda de A-29 a FAB ganha também em forma de royalties.

Maximiliano
Maximiliano
Reply to  Filipe Prestes
21 dias atrás

Reabastecerao na Ilha do Sal.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
22 dias atrás

Nao sou piloto, por isso nao entendi direito, parece que vão decolar de Recife e voar ate o Saara Ocidental sem reabastecimento ???

Me parece uma distancia enorme, mesmo com tanques extras … …

Marco
Marco
Reply to  Entusiasta Militar
22 dias atrás

Parece que vão reabastecer na Ilha do Sal.

Maximiliano
Maximiliano
Reply to  Marco
21 dias atrás

Ontem(30/8) pousaram aqui no meu quintal.(kkkkkk), em Fernando de Noronha. Estariam aguardando outras aeronaves de apoio, para reabastecimento e preparativos para voarem um percurso mais longo na terça feira. Acredito que devem reabastecer em outras ilhas ou território africano.

Last edited 21 dias atrás by Maximiliano
joel eduardo soares
joel eduardo soares
Reply to  Entusiasta Militar
21 dias atrás

A-29 Super Tucanocomment image  

comment image

MAIS

IMAGENS

Caça de ataque leve. Executará Medidas de Policiamento do Espaço Aéreo. Permanecerá em Alerta em Voo a média altitude (15.000 pés ou 5.000 metros) durante os períodos de ativação das áreas de exclusão.FICHA TÉCNICAFunção:
Treinamento básico/avançado e ataque leve de precisão.Comprimento:
11,3mAltura:
3,97mEnvergadura:
11,14mPeso Máximo:
5.400 kgVelocidade Máxima:
590 Km/hAlcance:
2.855 KmAutonomia:8,4 horas
Também não sou piloto m mas dei uma olhada e a distancia até a ilha do sal
da +- 2900 Km com tanque extra da tranquilo.
Abraço

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Entusiasta Militar
21 dias atrás

Teoricamente seria mais seguro decolarem de Natal, escalarem em Fernando de Noronha e dai cruzarem o Oceano Atlântico com o destino ao Arquipélago do Cabo Verde. Sem muito stress e com uma jornada de 6 horas pelo oceano (2.550km). Do Cabo Verde as possibilidades para chegar a Africa são inúmeras.

Dados Wikepedia (sei lá se é verdade):

Velocidade máxima593 km/h
Velocidade de cruzeiro520 km/h
Autonomia de voo4.820 km
Comprimento11 m
Custo unitárioUSD 9.000.000–14.000.000 (2011)
Tipo de motorPratt & Whitney Canada PT6
FabricanteEmbraer

Last edited 21 dias atrás by Ricardo Bigliazzi
Vitor
Vitor
22 dias atrás

Espero que sejam os primeiros e que substituam os Bronco no longo prazo. Não faz sentido manterem dois tipos de aeronave para a mesma função.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
22 dias atrás

Nessa rota o trecho do Saara vão atravessar quais países? creio que devam ter planejado uma rota desviando da Líbia, não é bom passar por um país em guerra civil!

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Fabio Araujo
21 dias atrás

Não atravessam o deserto. Normalmente ativem para a Espanha, depois Malta, Egito,…

Doug385
Doug385
22 dias atrás

Não seria mais adequado transportar as aeronaves desmontadas em cargueiros comerciais? É uma rota muito longa.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Doug385
22 dias atrás

Olá Doug. Estava pensando na mesma coisa, mas talvez o comprador queria aproveitar o translado para dar horas de voo para seus pilotos e aumentar a experiência deles. De todo modo, há um custo envolvido no translado, seja voando ou no porão de um navio. As Filipinas é longe. Talvez a Embraer use este translado como propaganda do produto (dai o translado acaba custeado pela Embraer). Talvez o Fernando EMB saiba explica melhor como funciona esta questão do voo de translado.

Charles
Charles
Reply to  Doug385
22 dias atrás

Ola Doug, faço parte de teus questionamentos e replicado pelo camargoer. Um translado dessa magnitude, requer muito planejamento e sempre há os riscos envolvidos.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Doug385
22 dias atrás

Todas as entregas dos super tucanos tem sido feitas em voo… Incluindo para Indonésia (a partir do Brasil), quanto para o Afeganistão ou Líbano (a partir dos EUA). A primeira remessa para o Afeganistão apenas é que foi de navio, com os aviões totalmente montados até a Espanha (snme), e de lá em diante em voo.

Doug385
Doug385
Reply to  Fernando EMB
21 dias atrás

Agradeço os esclarecimentos.

Fernando EMB
Fernando EMB
22 dias atrás

Boa notícia para provar para alguns comentaristas daqui que os ST continuam sendo vendidos e produzidos pela Embraer.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Fernando EMB
22 dias atrás

Olá Fernando. Pois é. Eu fico feliz.

Matheus
Matheus
22 dias atrás

Não seria mais facil ter subido até a América do Norte e de lá para Ásia?

Ziferaldo
Ziferaldo
Reply to  Matheus
21 dias atrás

Há outros problemas envolvidos: temperaturas baixas, permissão de sobrevoo, autorização para pousos. Em certos países vc não pode pousar, mais por conta de restrições devido aos equipamentos críticos da aeronave.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Matheus
21 dias atrás

Não.

PauloOsk
PauloOsk
22 dias atrás

Os pilotos sao brasileiros ou filipinos?

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

No caso dos Rafale indianos foram os pilotos da força aérea indiana que levaram os caças da França até a Índia, nesse caso não vi informações!

Ziferaldo
Ziferaldo
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

Todos os translados pelo Atlântico de aeronaves Super Tucano até hoje foram executadas por pilotos da Embraer. As aeronaves vão equipadas com tanques maiores que servem apenas ao translado, ou seja, não são vendidos a nenhum outro cliente.

Eduardo
Eduardo
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

Devem ser filipinos. Os tucanos vendidos ao Chile tinham pilotos chilenos.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

Pode ser tripulação mista ou só de brasileiros. Não acredito que sejam filipinos os os mesmos ainda não estão suficientemente treinados posts um voo destes.
Pode ser cada aeronave com um tripulante brasileiro e outro filipino.
Se forem só pilotos brasileiros podem ser todos da Embraer, ou até Embraer com alguns “emprestados” da FAB.

Kemen
Kemen
21 dias atrás

Se a Embraer paga-se o transporte e a MB aceita-se poderiam ser transportados no conves do Atlantico.
Sera que o custo seria maior? Ou a salinidade do mar poderia prejudica-los, considerando que não são aeronaves para atuar em ambiente marinho?
A Embraer pagou um seguro de deslocamento?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Kemen
21 dias atrás

Olá Kemen. Com certeza alguém pagou o seguro. Sei de uma caso de um senhor que comprou um carro zero na mesma concessionária que comprei o carro da minha esposa. Ao contrário de nós, ele achou que podia levar o carro para a casa antes da documentação do seguro ficar pronta. Bateram no carro dele duas quadras depois da concessionária. Acho que usar um navio militar para levar seus tucanos ficaria muito caro. Transportamos em um navio comercial seria o mais barato.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Kemen
21 dias atrás

No final das contas quem paga o translado é sempre o cliente. O contato estipula quem paga o quê (combustível, seguro, etc), e tudo acaba fazendo parte do valor do contrato.

Luiz Floriano Alves
Reply to  Fernando EMB
21 dias atrás

O translado significa confiança na qualidade do avião. A turbina PT6 tem ótima confiabilidade. Ela que precisa aguentar as pontas numa travessia destas. A Embraer deve ter executado todo tipo de verificação. É muito vento a cortar.

sub urbano
sub urbano
21 dias atrás

A decisão de comprar os Super Tucas veio log após a batalha de Marawi em 2017 onde os filipinos usaram Broncos e os T-50 contra os guerrilheiros do Abu Sayaf. Ironicamente os antiquados Broncos se sairam melhor que os T-50 que causaram ate mesmo um incidente de fogo amigo com uma bomba de 250 libras. Se a Filipinas comprou é porque estão precisando mesmo, é um país extremamente corrupto, uma bagunça cultural já foram colonizados por indianos,chineses, espanhóis, japoneses e americanos.Tem pelo menos duas guerrilhas ativas: uma de orientação islamica salafista e outra comunista.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
21 dias atrás

Gostei da pintura, que venham mais vendas.

O porque os aviões estão sendo levados em voo??? Porque é mais barato. Simples assim, vivemos num mundo em que “rasgar dinheiro” não faz sentido algum.

Daniel
Daniel
21 dias atrás

Pergunta que não quer calar,
Por que o Gripen também não vem voando? Não engoli este papo de vir de navio por causa de custo.

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Daniel
21 dias atrás

Talvez porque o A-29 seja velho de guerra, tenha feito travessias assim muitas vezes, já o Gripen E é praticamente protótipo, pouco testado, e a perda de um aparelho representaria atraso na campanha de desenvolvimento.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Daniel
21 dias atrás

A-29 é uma aeronave operacional com todos os seus certificados. O Gripen ainda é protótipo e não possui suas licenças para operar em certos espaços aéreos.

Daniel
Daniel
Reply to  OSEIAS
21 dias atrás

Mas o protótipo do KC-390 não rodou o mundo?

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Daniel
20 dias atrás

Fabricantes diferentes tem pensamentos diferentes…

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Daniel
20 dias atrás

Você está comparando avião de combate com um cargueiro que tem que comprovar robustez. E as licenças são bem especificas de permissão de voo para um avião de cargas e um avião de caça. E o KC já tinha as certificações provisórias da ANAC para operação de voo. E os objetivos da EMB são bem diferentes da Saab.

Tutu
Reply to  Rinaldo Nery
21 dias atrás

Apesar de tudo, a kombi tem estilo.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
21 dias atrás

Lendo a matéria fico pensando : Se um Super tucano pode sair do Brasil até a Ásia,qual o problema de trazer nosso Gripen voando da Scandinavia?!

Eles fizeram isso ao irem para a RED FLAG…

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
21 dias atrás

E qual o grave problema de vir de navio. Meu Deus que tempestade vocês fazem por qualquer coisa!!!
Se está vindo de navio é porque acharam que seria melhor e pronto… Muitos motivos para isso já foram dados aqui.

Tutu
Reply to  Fernando EMB
21 dias atrás

Por falar nisso ele já deve estar embarcando né, afinal dia 15 está chegando.

Tutu
Reply to  Tutu
21 dias atrás

Confundi as datas, kkkkk
Ele tem que sobrevoar brasília no dia 23 de outubro.

Kemen
Kemen
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
20 dias atrás

Sabe-se lá o porque, devem ter suas razões, talvez o custo ou ter os caças novinhos entregues com o cheirinho de novo, etc… mas de qualquer forma o melhor meio de transporte seria por teletransporte, onde desfazemos a materia na origem e a refazemos no destino coisa de um futuro bem distante, desculpe a minha brincadeira.